Destaques

CASO BEATRIZ MOTA; FORAGIDO PODE SER PRESO A QUALQUER MOMENTO

Em contato no início desta tarde de quinta (18), os pais da menina Beatriz Mota, assassinada no ano ...

Secretaria da Educação do Estado realiza nestas quinta e sexta-feira (18 e 19) matrícula para os cursos técnicos de nível médio

A Secretaria da Educação do Estado realiza, nestas quinta e sexta-feira (18 e 19), a matrícula pa ...

Classificada para o Campeonato Brasileiro Nacional de Judô Alana Moura busca patrocinador

A atleta do Clube Judô Juazeiro  Alana Moura teve esse ano uma ascensão espetacular no Ranking ...

CASO BEATRIZ MOTA; FORAGIDO PODE SER PRESO A QUALQUER MOMENTO

Postado em 18 de julho de 2019 por Josélia Maria

Em contato no início desta tarde de quinta (18), os pais da menina Beatriz Mota, assassinada no ano de 2015, Lucinha Mota e Sandro Romilton confirmaram que receberam informações sobre o esconderijo do foragido da justiça Alisson Henrique de Carvalho Cunha.
Neste momento a Polícia faz cerco ao local indicado para que o acusado possa ser preso.
Alisson é acusado de ter apagado as imagens em que aparecia o assassino da menina, que foi morta no dia 10 de dezembro de 2015, no colégio Maria Auxiliadora, em Petrolina-PE.
“Recebemos informações de uma fonte anônima de que o suspeito estaria em sua própria residência, localizada na periferia da cidade, e que a polícia já está no local”, disse Romildo.
Beatriz Angélica Mota foi assassinada em 10 de dezembro de 2015, com 42 facadas durante a festa de formatura no Colégio Maria Auxiliadora. A última imagem que a polícia tem de Beatriz foi registrada às 21h59 do dia 10 de dezembro de 2015, quando ela se afasta da mãe e vai até o bebedouro do colégio.
Geraldo José
Redação Blog Foto: Polícia Civil



jr telecom

Secretaria da Educação do Estado realiza nestas quinta e sexta-feira (18 e 19) matrícula para os cursos técnicos de nível médio

Postado em 18 de julho de 2019 por Josélia Maria

image-95012

A Secretaria da Educação do Estado realiza, nestas quinta e sexta-feira (18 e 19), a matrícula para os cursos técnicos de nível médio para o segundo semestre na rede estadual de ensino. São mais de 20 mil vagas ofertadas para duas formas de articulação. Deste total, 12.510 vagas são para a forma de articulação Subsequente, para aqueles que se inscreveram e foram classificados no sorteio eletrônico, cujo resultado está disponível no Portal da Educação (www.educacao.ba.gov.br).
As outras 7.720 vagas são para cursos do PROEJA Médio, direcionadas a aqueles com mais de 18 anos, que concluíram o Ensino Fundamental e que não precisaram de inscrição prévia.

A matrícula para as duas formas de articulação será realizada, presencialmente, nas unidades de ensino. No caso do subsequente, os candidatos devem se dirigir às unidades escolares indicadas na inscrição do sorteio eletrônico e para os quais foram contemplados. Os do Proeja devem observar as unidades ofertantes conforme lista disponível no Portal da Educação. Nos dois casos, no ato da matrícula, o estudante deve apresentar documentos como o original do histórico escolar; originais e cópias da cédula de identidade ou certidão de registro civil; do CPF; e do comprovante de residência. As aulas serão iniciadas no dia 29 de julho.

As vagas ofertadas são para os Centros Estaduais e Centros Territoriais de Educação Profissional, além de unidades compartilhadas na capital, e em mais 97 municípios dos 27 Territórios de Identidade, entre os quais estão: Feira de Santana, Vitória da Conquista, Itabuna, Gandu, Ipiaú, Ilhéus, Jequié, Juazeiro, Senhor do Bonfim, Barreiras, Seabra, Itaberaba, Serrinha, São Domingos, Bom Jesus da Lapa, Xique-xique, Irecê, Santo Antônio de Jesus, Cruz das Almas, Alagoinhas, Macaúbas e Caetité

Ao todo são 45 cursos disponibilizados, a exemplo de: Administração, Segurança do Trabalho, Logística, Meio Ambiente, Agroecologia, Agropecuária, Enfermagem, Nutrição e Dietética, Análises Clínicas, Edificações, Eletrotécnica, Informática, Contabilidade, Farmácia, Química, Cozinha, Alimentos, Panificação, Recursos Humanos, Edificações, Desenho da Construção Civil, Rede de Computadores, Secretariado, Conservação e Restauro, Artes Visuais, Instrumento Musical, Documentação Musical e Regência.

Para mais informações acesse: www.educacao.ba.gov.br

 Foto: Ilustrativa/ Claudionor Jr




jr telecom

Classificada para o Campeonato Brasileiro Nacional de Judô Alana Moura busca patrocinador

Postado em 18 de julho de 2019 por Josélia Maria

A atleta do Clube Judô Juazeiro  Alana Moura teve esse ano uma ascensão espetacular no Ranking Nacional da sua Categoria na modalidade de Judô.
Classificada para o Campeonato Brasileiro Nacional de Judô, a atleta de Alto rendimento vem se superando.
Alana que sempre buscou os melhores treinos e os treinadores conseguiu sair do anonimato para uma posição seleta, hoje ela está na décima quarta (14°) posição e buscando terminar o ano entre os Top 10 de sua categoria.
Caso isso aconteça Alana devera se apresentar a Seleção Brasileira em Novembro para a disputa do meeting, competição que seleciona os atletas de base da nossa Seleção Brasileira de Judô.
Esse ranking mostra a grandeza da atleta, porém com essa grandeza ainda não foi possível conseguir um PATROCINADOR pra custear as despesas com as competições.
ALLANA MOURA  já pretende voltar a vender seus brigadeiros pois o desafios são cada vez maiores e os custos também.
Com o mês cheio de viagens Alana está se dividindo entre os estudos, curso de Faixa Preta e competições, recentemente ALLANA teve que optar entre a formatura do Colégio (3° Ano) e o Curso de Faixa Preta, pois devido aos altos valores não poderia realizar os 2 sonhos.
O bom é que mesmo diante das dificuldades financeiras ela parte pra cima e trás grandes resultados pra nossa Cidade, Alana é um exemplo de persistência, foco e determinação, muitos de sua turma já se deram por vencidos diante de tantas dificuldades, mas Alana vem dando show de com excelentes resultados.




Petrolina tem 2.353 aprovados na segunda fase da Olimpíada Brasileira de Matemática (Obmep); alunos do SESI-PE se destacam

Postado em 18 de julho de 2019 por Josélia Maria

image-95007

O Instituto de Matemática Pura e Aplicada (Impa) divulgou a lista dos aprovados para a segunda fase da Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (Obmep), que ocorrerá em 28 de setembro.  As provas serão aplicadas nos locais e horários a serem definidos pela instituição, para cerca de 1 milhão de alunos dos ensinos fundamental e médio de todo o país. Em Petrolina (PE), 2.353 estudantes de 92 escolas foram classificados – só no SESI, 12 adolescentes avançaram de fase.

A Obmep registrou neste ano mais um recorde de participação. Foram inscritas 54.831 escolas localizadas em 99,71% dos municípios, enquanto o número de estudantes totalizou 18.158.775. Na cidade pernambucana, não é a primeira vez que o SESI se destaca na avaliação nacional: em 2018, outros 10 jovens também se classificaram para a última etapa da prova.

Na primeira fase, todos os alunos responderam a 20 questões objetivas (múltipla escolha), em que cada instituição de ensino fez a correção das provas dos níveis 1 (6º e 7º anos); 2 (8º e 9º anos) e 3 (ensino médio) com base em gabaritos enviados pela coordenação da Obmep. A diretora escolar do SESI Petrolina, Geanny de Sá Gonçalves, detalha que entre os 12 finalistas da unidade, dois são do nível 1, quatro do nível 2, e seis do nível 3, “o mais difícil”.

“O número é alto se considerarmos que quase 1 milhão de estudantes do Brasil inteiro vão participar da segunda fase da Obmep”. “Originalmente tivemos 112 inscritos, e o passo agora é apoiar nossos 12 alunos para que eles sejam bem-sucedidos nessa nova etapa”, afirmou. Em todo o estado, o SESI-PE aprovou 156 adolescentes.

Na 2ª fase, os participantes fazem uma avaliação com seis questões dissertativas, em que devem expor os cálculos e raciocínio utilizados. Os resultados da prova serão divulgados no dia 3 de dezembro. Serão premiados 7.475 alunos com medalhas (575 de ouro, 1.725 de prata e 5.175 de bronze), e cerca de 51.900 menções honrosas. Todos os medalhistas também serão convidados para participar do Programa de Iniciação Científica (PIC Jr.).

Além dessas premiações, o gestor regional do Sistema FIEPE, Flávio Guimarães, ressalta que a Obmep contribui para o ingresso de jovens talentos nas universidades, nas áreas científicas e tecnológicas, e é uma ferramenta importante de incentivo à Matemática. “Os grandes países desenvolvidos ocupam excelentes posições nos índices humano e social porque deram valor ao Ensino. As casas [SESI, SENAI e IEL] do Sistema FIEPE entendem isso e esperamos que, em breve, o país possa se destacar nos hankings internacionais de Educação, trazendo consequentemente mais liberdade e qualidade de vida às pessoas”, disse.

Lista SESI dos aprovados

Nível 1:

Jonh Henrique Queiroz de Alcantara

Rebeca Pereira Clementino

Nível 2:

Ana Gabrielly Alves Alencar

Tiago Sampaio Lins

Victor Gabriel de Souza Almeida

Victor Miguel Souza Ferraz

Nível 3:

Beatriz Amorim Cavalcante

Flavia Maria Nunes Barros

Islayne Torres Santos de Carvalho

João Macedo Alencar

Lucca Gonçalves de Aguiar Gomes

Tarcizio Pereira Gama Filho





Machado de Assis e Joaquim Nabuco são homenageados em selo

Postado em 18 de julho de 2019 por Josélia Maria

image-95004

Os fundadores das cadeiras 23 e 27 da Academia Brasileira de Letras (ABL), Machado de Assis e Joaquim Nabuco, são homenageados em emissão dos Correios que será pré-lançada nesta quinta-feira (18). A cerimônia ocorrerá na sede da instituição, no Rio de Janeiro, às 17h30.

Joaquim Maria Machado de Assis, jornalista, contista, cronista, romancista, poeta e teatrólogo, nasceu no Rio de Janeiro (RJ) em 21 de junho de 1839. Iniciou a carreira com a tradução de Queda que as mulheres têm para os tolos (1861). Seu primeiro livro de poesias, Crisálidas, saiu em 1864. Em 1867, foi nomeado ajudante do diretor de publicação do Diário Oficial. Dois anos depois, em 12 de novembro, casou-se com Carolina Augusta Xavier de Novais, que foi sua companheira por 35 anos.

Machado colaborou na Revista Brasileira, participando do grupo que planejou a criação da ABL, inaugurada em 28 de janeiro de 1897. Naquele ano, foi eleito presidente da Instituição, cargo que ocupou por mais de dez anos. O escritor se dedicou à Academia até o fim da vida, falecendo em 29 de setembro de 1908, também na cidade do Rio de Janeiro.

Escritor e diplomata, Joaquim Aurélio Barreto Nabuco de Araújo nasceu no Recife (PE) em 19 de agosto de 1849. Era filho do Senador José Tomás Nabuco de Araújo e de Ana Benigna Barreto Nabuco de Araújo. Iniciou o curso de Direito em São Paulo, a partir de 1865, mas formou-se em seu Estado natal, em 1870. Foi Adido de Primeira Classe em Londres, depois em Washington, de 1876 a 1879.

De 1881 a 1884, Joaquim Nabuco viajou pela Europa e publicou sua primeira obra, O Abolicionismo. Ao ser proclamada a República, em 1889, já de volta ao país, retirou-se da vida pública, dedicando-se à sua obra e ao estudo. Nessa fase, enquanto escrevia duas de suas obras mais importantes: Um Estadista do Império e Minha formação, estreitou relações de amizade com Machado de Assis e participou das reuniões preliminares de instalação da ABL, sendo designado secretário-geral da Instituição na sessão de 28 de janeiro de 1897. Exerceu o cargo até 1899 e, também, de 1908 a 1910, quando faleceu em Washington (EUA).

A emissão – As fotos dos Imortais da ABL foram trabalhadas digitalmente para refletir um tom quase dourado. No centro da composição, foi aplicado o ex-libris da Academia em vetor, com único toque em cor verde e os nomes inseridos em faixas idênticas, ressaltadas por suave sombra para dar destaque. As técnicas utilizadas foram fotografia e computação gráfica.

A emissão tem tiragem de 120 mil selos, no valor de R$ 2,10 a unidade. As peças estarão disponíveis, a partir do dia 20 de julho, nas principais agências de todo o país e também na loja virtual dos Correios.




jr telecom

Advogado alerta como os Partidos podem estar aptos a receber o dinheiro do Fundo Eleitoral

Postado em 18 de julho de 2019 por Josélia Maria

Pela primeira vez, a grande fonte de financiamento das campanhas dos candidatos a vereadores e prefeitos em todo o país vão ser o Fundo Eleitoral e o Fundo Partidário. De acordo com o advogado, especialista em Direito Eleitoral, Emílio Duarte, anteriormente só era permitido a ajuda do Fundo Partidário. Mas, diante da crise econômica do país, o desemprego altíssimo e a descrença política, a doação de pessoa física é cada vez mais escassa. Portanto, os candidatos agora vão poder contar tanto com o Fundo Partidário, como também com o Fundo Eleitoral”.
Os diretórios partidários que desejarem receber tanto o Fundo Eleitoral como o Fundo Partidário vão ter que estar quites com a Receita Federal, terão que estar com o CNPJ regulamentado e estar em dia com a Justiça Eleitoral, ou seja, ter prestado contas todos os anos do exercício financeiro, correndo o risco de não terem verba para realizar a campanha eleitoral.




X CONFERÊNCIA MUNICIPAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL ” EM LAGOA GRANDE

Postado em 18 de julho de 2019 por Josélia Maria

image-94999




jr telecom

Noivado de João chega ao fim

Postado em 18 de julho de 2019 por Josélia Maria

Blog do Magno

Em apuração conjunta com a colunista social da Folha de Pernambuco, Roberta Jungmann, fomos informados que chegou ao fim o relacionamento de 7 anos do deputado João Campos (PSB-PE) com Lara, filha de Carlos Santana e da deputada estadual Simone Santana, ambos também do PSB.

O casamento ocorreria em novembro, na casa dos pais da noiva, em Muro Alto. O casal ficou noivo em novembro de 2018, durante viagem à Europa.