Destaques

Senado erra ao aprovar intervenção militar de Temer no Rio, diz Humberto

Reconhecendo a gravidade da situação da criminalidade no Rio de Janeiro e em todo o Brasil, o líd ...

FBC diz que intervenção no RJ pode abrir precedentes

Blog do Magno Vice-líder do governo no Senado, Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE) subiu à Tribuna da ...

Nome de Adolfo Viana é cotado para liderar oposição, mas deputado declina

Foto: Divulgação por Bruno Luiz/Bahia Noticias Além de Hildécio Meireles (PMDB) e Luciano Ribeir ...

Hospedagem WordPress
Hospedagem WordPress
Hospedagem WordPress Hospedagem WordPress
RADIO WEB JUAZEIRO
Hospedagem WordPress
Hospedagem WordPress
Hospedagem WordPress
Lista de Links

Senado erra ao aprovar intervenção militar de Temer no Rio, diz Humberto

Postado em 21 de Fevereiro de 2018 por Josélia Maria

Reconhecendo a gravidade da situação da criminalidade no Rio de Janeiro e em todo o Brasil, o líder da Oposição no Senado, Humberto Costa (PT-PE), lamentou a aprovação do decreto de Temer que permite a intervenção federal militar em território fluminense e deixa de fora outros estados que apresentam índices de violência mais elevados, como Sergipe e Pernambuco. Por 55 votos a 13, a medida segue para promulgação.
Humberto avalia que esse governo medíocre, sem qualquer planejamento, quer apenas utilizar uma das últimas instituições com credibilidade no Brasil, as Forças Armadas, para mudar o foco da impopularidade e da derrota com a reforma da Previdência.
Para o senador, o Rio e outras unidades da Federação, como Sergipe, Rio Grande do Norte, Pernambuco e Ceará, precisam é da ajuda financeira do governo federal para enfrentar a insegurança e a violência. Mas uma medida drástica e de exceção como uma intervenção deveria ter sido bem planejada, discutida e usada apenas como último recurso disponível, e não como medida de marketing.
“Estamos diante de uma medida temerária, amadora, atabalhoada, equivocada, mal planejada, sem recursos definidos e olhando somente para um estado da Federação. Há um grave avanço da violência no país inteiro, e não somente no Rio de Janeiro”, reiterou.
“Como fica Pernambuco, que não tem recursos do governo federal para área de segurança pública? E qual o plano proposto para eliminar a corrupção policial no Rio, por exemplo? É uma jogada de marketing desqualificada. Os generais dessa intervenção foram dois conhecidos marqueteiros, que disseram a Temer para ir em frente, pois muita gente iria acreditar nisso”, complementou.
Segundo Humberto, é absurdo e criminoso que as Forças Armadas sejam usadas em uma jogada eleitoral que pode expor a população do Rio à supressão de garantias constitucionais importantes. Ele citou a adoção de mandados coletivos de busca e apreensão com exemplo extremamente negativo, em que só os pobres serão prejudicados.
O líder da Oposição avalia que a intervenção serve como uma saída honrosa ao descarte da reforma da Previdência. Na própria reunião do Conselho da República no Palácio da Alvorada, realizada nessa segunda-feira com Temer e sua equipe, Humberto garantiu que não houve qualquer justificativa legal que embasasse a iniciativa.
Na frente do presidente e ministros, ele observou que não houve qualquer avaliação dos resultados de intervenções anteriores realizadas pelas Forças Armadas do Estado, especialmente nos complexos da Maré e do Alemão; e não se sabe quantos homens estarão envolvidos ou quanto isso vai custar aos cofres públicos agora.
“O que se vê claramente, por parte do presidente, é o uso político do Exército, da Marinha e da Aeronáutica, para compor uma peça de marketing parida pelo Palácio do Planalto, com a finalidade de elevar o conceito desse detestado governo”, comentou.



Governo Pernambuco

FBC diz que intervenção no RJ pode abrir precedentes

Postado em 21 de Fevereiro de 2018 por Josélia Maria

Blog do Magno

Vice-líder do governo no Senado, Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE) subiu à Tribuna da Casa, ontem, para afirmar que a intervenção federal no Rio de Janeiro é “necessária e corajosa”, motivada pela rotina de descontrole da segurança pública e o comprometimento da ordem pública naquele estado.

Ao defender que o decreto de intervenção (nº 4/218) seja apoiado pelo Senado – a exemplo da aprovação da matéria pela Câmara dos Deputados, nesta madrugada – Fernando Bezerra observou que as medidas adotadas no Rio sinalizam para a abertura de precedentes a ações similares em outras regiões do país, como em Pernambuco.

“No meu estado, por exemplo, a criminalidade tem avançado de modo alarmante, com indicadores até piores”, destacou o senador, reforçando que a questão da segurança pública é um problema “que precisa ser encarado de frente, com seriedade, sem demagogia”.

Conforme pontuou o vice-líder, Pernambuco registrou o recorde histórico de mais de 5,4 mil homicídios, ano passado. Para Bezerra Coelho, o atual cenário no estado também não demonstra melhorias em curto prazo. “Este foi o segundo janeiro mais violento na história do Pacto pela Vida, criado em 2007”, ressaltou.

Na Tribuna, o senador ainda analisou o que ele classificou de “acentuada deterioração da segurança pública” em Pernambuco, também ocasionada pela “ineficiência da atividade investigativa” no estado. “Somente 32% dos quase 5,1 mil inquéritos de homicídios abertos em 2017 foram solucionados”, observou Fernando Bezerra, reafirmando incondicional apoio a ações que possam melhorar a segurança pública pernambucana. O Decreto 4/2018 está na pauta do Senado para ser votado, esta noite, em sessão extraordinária.




jr telecom

Nome de Adolfo Viana é cotado para liderar oposição, mas deputado declina

Postado em 21 de Fevereiro de 2018 por Josélia Maria

Nome de Adolfo Viana é cotado para liderar oposição, mas deputado declina

Foto: Divulgação
por Bruno Luiz/Bahia Noticias

Além de Hildécio Meireles (PMDB) e Luciano Ribeiro (DEM), o nome do deputado estadual Adolfo Viana (PSDB) começou a circular nos bastidores da Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA) como um possível substituto de Leur Lomanto Júnior (PMDB) na liderança da oposição. No entanto, em entrevista ao Bahia Notícias, o tucano fez questão de dizer que não há possibilidade nenhuma de comandar a bancada. “Meu nome foi colocado por alguns colegas, mas eu já declinei. Coloquei desde o ano passado que não poderia participar. Eu disse que ia enfrentar esse ano uma eleição mais difícil, saindo de deputado estadual para deputado federal”, negou, com veemência. Com a negativa de Adolfo, a disputa deve ficar mesmo entre Hildécio e Luciano. A postura do democrata tem sido de negar publicamente a possibilidade. Por outro lado, o peemedebista não esconde a vontade de assumir a liderança e já colocou seu nome à disposição. 




jr telecom

Avenida da Estação recebe mutirão de limpeza

Postado em 21 de Fevereiro de 2018 por Josélia Maria

A Secretaria de Serviços Públicos (SESP) está realizando mutirão de limpeza esta semana na Avenida da Estação, localizada no bairro Piranga. O mutirão começou na segunda-feira (19) e segue até a quarta-feira (21). Ao todo, 13 agentes de limpeza estão executando serviços de varrição, capina e pintura de meio-fio.

De acordo com o diretor de limpeza Jorge Medrado, a estimativa é que 15 toneladas de terra e capina sejam recolhidas nesses três dias de mutirão. Além da Avenida da Estação, outros bairros estão sendo contemplados com varrição diária nesta terça-feira (20), é o caso dos bairros: Morada do Rio, Santo Antônio, Centro, Dom José Rodrigues, Piranga, Alto da Maravilha e Alagadiço.

O secretário Celso Leal destaca que os serviços de limpeza e iluminação atendem a uma programação diária, executada de acordo com a solicitação de moradores. “Nós realizamos sempre esse serviço, mas a população também pode ajudar não jogando lixo nas ruas. Temos uma coleta de lixo eficiente e não justifica o descarte de resíduos de forma incorreta por parte dos moradores”, finalizou Celso.




Governo Pernambuco

Justiça solta Wesley Batista; Joesley continua preso

Postado em 21 de Fevereiro de 2018 por Josélia Maria

Por Camila Bomfim, TV Globo, Brasília

STJ substitui prisão de irmãos Joesley e Wesley Batista por medidas cautelares

Com decisão, Wesley Batista deixará prisão, mas Joesley seguirá preso por ter outro mandado contra ele. Irmãos foram presos pela Polícia Federal no ano passado.

A Sexta Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) substituiu nesta terça-feira (19) a prisão preventiva dos irmãos Joesley e Wesley Batista, donos do grupo J&F, por medidas cautelares. Na prática, Wesley deixará a prisão, mas Joesley seguirá preso por ter um segundo mandado de prisão contra ele.

Pela decisão do STJ, Wesley Batista:

  • Terá de comparecer em juízo e manter endereço atualizado;
  • Ficará proibido de se aproximar ou ter contato com outros réus e testemunhas;
  • Ficará proibido de ocupar cargo no conjunto de empresas envolvidas no caso;
  • Ficará proibido de deixar o Brasil sem autorização;
  • Será submetido a monitoração eletrônica.

A decisão, por 3 votos a 2, foi tomada no âmbito do processo em que Wesley e Joesley são réus, acusados de ganhos ilegais no mercado financeiro.

Entenda as prisões

Os irmãos Batista fecharam, no ano passado, acordo de delação premiada com o Ministério Público Federal no âmbito da Operação Lava Jato.

Em setembro, porém, a Procuradoria Geral da República suspendeu os acordos de Joesley Batista e de Ricardo Saud, outro delator do grupo, por suspeita de omissão de informações nos depoimentos – Joesley e Saud foram presos por esse motivo.

A rescisão das delações, contudo, ainda depende de uma decisão do ministro Luiz Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), relator da Lava Jato na Corte.

No caso de Wesley Batista, o empresário foi preso, também em setembro, por suspeita de usar informações privilegiadas para lucrar no mercado financeiro, o chamado “insider trading”.

Denúncias contra políticos

Com base nas informações dadas pelos dois irmãos e por mais executivos da J&F, a PGR ofereceu duas denúncias contra o presidente Michel Temer e uma denúncia contra o senador Aécio Neves (PSDB-MG) em 2017.

No caso de Temer, o STF só poderia analisar as denúncias se a Câmara dos Deputados autorizasse, mas a maioria dos parlamentares rejeitou o prosseguimento dos dois processos no ano passado.




Governo Pernambuco

Ciro Gomes e Haddad procuram se acertar. Lula sabe?

Postado em 21 de Fevereiro de 2018 por Josélia Maria

Ciro diz que, sem Lula candidato, a chapa ideal teria ele na cabeça e Haddad como vice

Mônica Bergamo – Folha de S.Paulo

Ciro Gomes (PDT-CE) e Fernando Haddad (PT-SP) tinham um jantar marcado para a noite desta terça (20) em São Paulo.

É a primeira conversa pessoal entre eles desde a condenação de Lula.

Ciro, que com a possível saída de Lula do páreo eleitoral tenta se firmar como opção à esquerda, repete onde vai que a chapa ideal para a Presidência da República, sem Lula no páreo, seria a que tivesse ele na cabeça e Haddad como vice.

Apesar do diálogo, a costura em torno desta hipótese é complexa.

Petistas como Haddad seguem afirmando que o ex-presidente será o candidato do partido e que não existe plano B.

Além disso, Ciro tem feito críticas a Lula que o PT não engole.




jr telecom

Manuela D’Ávila chega ao Recife na próxima quinta-feira

Postado em 21 de Fevereiro de 2018 por Josélia Maria

A convite de Luciana Santos, a pré-candidata à Presidência da República participará de debates e visitas na capital pernambucana.

Manuela D’Ávila, deputada estadual no Rio Grande do Sul e pré-candidata à Presidência da República pelo PCdoB, chega ao Recife nesta quinta-feira (22).  A pré-candidata participa de debate no Porto Digital na manhã da sexta-feira (23) com o tema “Desenvolvimento Nacional e Estratégias de Inovação: Ideias para o Brasil”.

Manuela atende convite da deputada Luciana Santos, presidente nacional do PCdoB e pré-candidata ao Senado, que deve acompanhar toda a agenda.

Após o debate, na sexta-feira, Manuela D’Ávila será recebida para um almoço com o governador Paulo Câmara, no Palácio do Campo das Princesas. Além da deputada Luciana Santos, o prefeito do Recife Geraldo Júlio, e o vice-prefeito Luciano Siqueira, devem participar do encontro.

Na noite de sexta-feira haverá debate público promovido pela Associação de Docentes da Universidade Católica de Pernambuco (ADUCAPE), na Universidade Católica de Pernambuco. A proposta é conversar sobre a situação do país e saídas para o desenvolvimento da educação e para a superação da crise.

O PCdoB em Pernambuco está se preparando para receber a candidata com muita festa, já no aeroporto do Recife na quinta à tarde. Na noite de quinta-feira Manuela será recebida, informalmente, por amigos em Olinda. Na tarde da sexta-feira a pré-candidata participa de programas de rádio e TV e atende a imprensa pernambucana. Um horário específico foi dedicado à imprensa alternativa e mídias comunitárias locais.

Manuela D’Ávila

Manuela D´Ávila é jornalista e mestranda em Políticas Públicas pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Em 2014, foi eleita deputada estadual e, atualmente, é procuradora especial da Mulher da Assembleia Legislativa gaúcha.

Manuela cumpriu dois mandatos como deputada federal, quando foi líder do PCdoB na Câmara dos Deputados, liderou a bancada gaúcha em Brasília e presidiu a Comissão de Direitos Humanos. Foi autora da Lei do Estágio e relatora do Vale-Cultura e do Estatuto da Juventude.

Foi indicada três vezes pelo Diap como uma das 100 “Cabeças” do Congresso e cinco vezes ao Prêmio Congresso em Foco, que premia os melhores parlamentares do Brasil.

Em 1999, filiou-se à União da Juventude Socialista (UJS). Também foi vice-presidente da União Nacional dos Estudantes (UNE). Ingressou no PCdoB em 2001, foi eleita presidenta estadual do partido em 2013 e é dirigente nacional desde 2003.

Em 2004, com 23 anos, foi eleita a mais jovem vereadora de Porto Alegre. A base de atuação da deputada na Assembleia está ligada ao direito das minorias, de forma geral, e ao direito das mulheres e da primeira infância.

Em todas as eleições parlamentares que disputou, foi eleita com a maior votação naquele respectivo ano.

*Serviço:*

*Coletiva com a Mídia Alternativa e Comunitária*

Quinta, 22/02 às 18h

Pousada São Pedro

Rua 27 de Janeiro, 95 – Carmo, Olinda – PE

*Desenvolvimento Nacional e Estratégias de Inovação: Ideias para o Brasil*

Debate no Porto Digital

Sexta, 23/02, das 9h às 10h30,

Auditório da SOFTEX Rua Domingos José Martins, 75, Bairro do Recife | Auditório Térreo

*ADUCAPE Debate com Manuela D’Ávila*

Encontro com a Manu

Sexta, 23/02, 19h

Auditório G2 da UNICAP




Governo Pernambuco

RELIQUIAS

Postado em 21 de Fevereiro de 2018 por Josélia Maria

O amigo Ronaldo Lustosa de Belém do São Francisco (PE) tem em sua posse  um convite de casamento dos seus avós, Aristides e Orcelina, feito em linho, O convite fará 102 anos em 2018.




Governo Pernambuco