Ênio Cantarelli orgulho de Belém do São Francisco

Ênio Cantarelli orgulho de Belém do São Francisco

O cardiologista Enio Lustosa Cantarelli foi eleito para ocupar a 19ª cadeira da Academia Pernambucana de Medicina (APM) no último dia 19 de outubro de 2011. E enquanto novo membro da instituição, Cantarelli destacou que seu objetivo na Academia é colaborar com as finalidades estatutárias – contribuir para o desenvolvimento e o progresso da medicina, o incentivo ao aprimoramento da cultura, da ética e do ensino médicos, como também à promoção de eventos de ensino médico-social, além da preservação da memória da medicina.

Para ele, que é aposentado, é gratificante poder participar de uma associação como essa. “Quando somos convidados para um lugar como esse, sentimos que é uma forma de continuar atuando na medicina”, afirmou.

Pernambucano, Ênio Cantarelli nasceu em 1947, no município de Belém de São Francisco, onde estudou o primário e iniciou o ginásio colegial. Veio ao Recife, concluiu o ginasial, o científico e, em seguida, ingressou na Faculdade de Ciências Médicas da Universidade Estadual de Pernambuco (UPE). Formou-se em 1971 e fez sua residência em cardiologia no Hospital dos Servidores do Estado do Rio de Janeiro, em 1972/1973.

Ênio Cantarelli foi um dos fundadores e o primeiro presidente do Unicordis, presidente e vice-presidente da Sociedade Pernambucana de Cardiologia (SPC), presidente da Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC), Diretor do Hospital Universitário Osvaldo Cruz (HUOC), além de professor de cardiologia da UPE.

Da Assessoria de Comunicação do Cremepe

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar