Eduardo exalta Paixão de Cristo do Recife e presta homenagem a atores

Postado em 28 de março de 2013 por Josélia Maria

image-7122

“É uma sensação muito boa ver poder esse belo espetáculo, feito com tanta luta por aqueles que produzem há 17 anos a Paixão de Cristo do Recife. Vim para poder ver esta que é a mais bela história da humanidade, a história da vida, da morte e da ressurreição de Jesus”. Essas foram as palavras do governador Eduardo Campos, após conferir, na noite desta quarta-feira (27/03), a estreia da 17ª edição da Paixão de Cristo do Recife, na Praça do Marco Zero. O governador assistiu ao espetáculo ao lado da primeira-dama Renata Campos, do filho mais novo, José, do prefeito Geraldo Julio e da primeira-dama do Recife, Cristina Mello.

A ocasião também marcou a homenagem à dama do teatro pernambucano, a atriz Geninha da Rosa Borges, que interpretou Marta, uma das seguidoras de Jesus, por 16 anos na encenação do Recife. Ao lado do prefeito, Eduardo entregou um troféu para Geninha e destacou a grandeza e referência que a atriz simboliza para a cultura pernambucana. “Toda homenagem que se preste a Geninha é pouco perto de tudo que ela fez pelo teatro e pelos atores e atrizes. Todos que estão no palco passaram pela mão dela”, disse Eduardo, ao falar da alegria em poder homenagear a atriz por duas vezes em dez dias. No último dia 18, Geninha recebeu a Medalha da Ordem do Mérito Guararapes, maior comenda concedida pelo Estado.

Emocionada, ao ser questionada sobre o valor da homenagem, Geninha respondeu: “Imagina, uma pessoa com 90 anos receber uma homenagem dessas, ainda mais da mão do governador”, disse sorridente, ladeada por Eduardo e Geraldo.

O governador estendeu suas congratulações ao ator e diretor José Pimentel. “Gostaria de prestar também uma homenagem a este guerreiro do teatro pernambucano, José Pimentel, que com tanta luta coloca de pé essa Paixão, para a alegria de milhares de pessoas que vêm assistir a um espetáculo gratuito, na Praça do Marco Zero do Recife”, exaltou Eduardo. Pimentel se disse “muito feliz” e “honrado” com a presença do prefeito e do governador na estreia da Paixão, que será encenada até o domingo (31/03).

PÁSCOA – Antes da encenação, Eduardo deixou uma mensagem de Páscoa para todo público presente. “Quero desejar a todos os pernambucanos e pernambucanas uma grande Páscoa. Que seja um momento de reflexão para pedirmos perdão pelo que fizemos de errado. Mas que também seja um tempo em que possamos encher o coração de esperança e de fé no futuro para construir um mundo mais justo, sem tantas desigualdades”, disse o governador.




[LoginRadius_Share]