27ª Vaquejada de Petrolina no Parque Dr. Geraldo Estrela

Postado em 27 de maio de 2013 por Josélia Maria

image-9732

Trechos da entrevista de Nélio Possídio ao Blog de Vinicius.

image-9733

Grandiosidade

“Aqui chegam caminhões que só as carrocerias superam o valor de R$ 600 mil e R$ 700 mil. Os vaqueiros investem mesmo. São apaixonados pelo esporte. A vaquejada é um caso sério. Às vezes você está apertado, sai da vaquejada, mas quando consegue qualquer segurança volta novamente. E cada vez mais, outros entram no esporte. Quando eu comecei a fazer vaquejada em Petrolina, as inscrições eram de 150 equipes, hoje vai para 1.300 inscrições.”

image-9734

Orgulho petrolinense

“Eu me orgulho de ser petrolinense. Já fiz vaquejadas em outros lugares, mas você fazer em Petrolina, na sua terra é outro negócio. Mexe com você, porque é um envolvimento maior. Durante os anos o evento mudou porque ninguém quer repetir a mesma edição anterior. Quer sempre melhorar. Antes eu fazia a vaquejada e os shows, hoje é a vaquejada, o show, o leilão e o prêmio Throwin a Fit. São quatro eventos dentro da conjuntura da vaquejada” 

Novidade da edição 2013

“Há seis anos Duda Mendonça [marketeiro político e publicitário] anda em Petrolina e há dois anos ele decidiu fazer um leilão. Ele está trazendo todo o empresariado de São Paulo, bolivianos, paraguaios. Eu acho que esse leilão vai ser muito bom para Petrolina. Pela primeira vez um grande leilão, que vai ser transmitido ao vivo, por canais especializados em agropecuária. Assim como o Grande Prêmio Throwin a Fit, que também vai ser transmitido pela televisão”




[LoginRadius_Share]