Sertão tem projeção de chuvas na faixa normal, entre junho e agosto

Postado em 28 de maio de 2013 por Josélia Maria

image-9771

As atuais condições nas áreas tropicais dos oceanos Pacífico e Atlântico e os resultados dos modelos climáticos, para o trimestre que inicia em junho e termina em agosto de 2013, indicam probabilidade de chuvas dentro da faixa normal setor leste da Região Nordeste. No Agreste, a climatologia trimestral varia entre 100 e 400 milímetros.

Esse foi o principal ponto relativo ao comportamento das chuvas, apresentado pela Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac) durante a 41ª Reunião do Comitê Integrado de Enfrentamento à Estiagem, realizada ontem (27), na sede do IPA. O secretário de Agricultura e Reforma Agrária, Aldo Santos, afirma que esse comportamento será acompanhado pelo Governo Estadual. “As previsões são importantes, no entanto, a agricultura e pecuária obedecem a ciclos de produção que dependem de tempo no processo de recuperação”, destaca o secretário.

Na ocasião, ficou definida a constituição de um Grupo de Trabalho a fim de formatar a Conferência de Convivência com o Semiárido. Também será realizado o levantamento sobre a situação do pasto nos municípios do Agreste. Na área de poços artesianos, o comitê decidiu instalar uma unidade demonstrativa de um sistema de bombeamento solar no município de Cumaru. Participaram do encontro, representantes da Secretaria de Agricultura e Reforma Agrária, IPA, Codecipe, Casa Civil, Fetape e Apac.




[LoginRadius_Share]