A despedida do “BOA NOITE”!

Postado em 7 de setembro de 2013 por Josélia Maria

image-13655

O termo “boa noite”, para a maioria dos brasileiros, significa saudação.

Mas, no jornalismo, a expressão se transformou numa marca registrada de apresentadores que transmitem uma idéia de seriedade através de posturas elegantes e timbre de voz grave.

Cid Moreira é o pai do “boa noite” na televisão – Jornal Nacional, 1969.

Hoje, formas descontraídas de comunicação estão em evidência – não só no esporte, mas também nas coberturas do dia-dia.

Entretanto, AS TVS ABERTAS AINDA CONTAM COM UM “BOANOITISTA” EM REDE NACIONAL.

Bandeirantes: Ricardo Boechat.

SBT: Carlos Nascimento.

Record: Celso Freitas.

Globo: Willian Bonner, e por ai vai…

Todos eles, sem distinção, transmitem CREDIBILIDADE sem que os telespectadores fiquem preocupados em avaliá-los detalhadamente.

É algo meio louco, meio subjetivo… como se a estética por si só já os credenciassem para ser jornalistas.

Pois bem, hoje é um DIA HISTÓRICO para Petrolina: a despedida do ÚNICO “BOANOITISTA” DE SUA HISTÓRIA: EDMILSON LUÍS.

Talvez ninguém tenha parado pra pensar que provavelmente não existirá outro… estranho, não é?

A formação de comunicadores não caminha pra isso, algo perfeitamente compreensível por conta de todo um conceito de interatividade e espontaneidade que se cobra atualmente dos jornalistas.

O fato é que, após mais de duas décadas de história, EDMILSON LUÍS se consolidou como A REFERÊNCIA DA TV GRANDE RIO.

Mande alguém fechar o olho e imediatamente se lembrar de alguém do GRTV – de dez, no mínimo sete pessoas dirão Edmilson.
Profissional vibrante… que sempre teve uma relação de afeto com o jornal.

Se algo era positivo, ele dizia: “tem o perfil do dois” (em referência ao GRTV 2ª edição).

Daqui em diante, não se enganem… bons profissionais dirão “boa noite”, mas aquele “boa noite” xôxo… tal qual eu, você e todo mundo da sociedade falamos.

Oooo… “BOA NOITE”…  se aposentou!

Por Danilo Ribeiro -site da Grande Rio FM




[LoginRadius_Share]