Pode faltar milho em Pernambuco por causa de uma simples portaria que Dilma não assinou

Postado em 3 de outubro de 2013 por Josélia Maria

2012032816345_20120328_003BO_AB
image-14818

O deputado Gonzaga Patriota (PSB-PE) afirmou nesta quarta-feira que mais de 35 mil criadores de Pernambuco (de gado, caprinos e ovinos) atingidos pela seca já começaram a sofrer as consequências pelo não fornecimento do milho subsidiado por parte do Governo Federal.

Segundo ele, o fornecimento foi suspenso por falta da não reedição, pela presidente Dilma Rousseff, da Portaria Interministerial nº 497 de 05/07/2013. Esta Portaria garante o fornecimento de milho a preços subsidiados na área de abrangência da Sudene.

No caso de Pernambuco, disse o deputado, o Governo Federal repassou 25 mil toneladas. Dessas, 12 mil já foram comercializadas, restando 13 mil toneladas que se encontram estocadas em vários pontos de venda no Estado.

Como a Portaria não foi prorrogada, todas as operações de venda de milho a preço subsidiado foram suspensas a partir de ontem, dia 1º de outubro. O que é um absurdo.

Patriota está acompanhando o caso e ficou de interceder junto ao Governo Federal, nesta quinta-feira, para tentar resolver o impasse, que considera “meramente burocrático”.

 Blog do Inaldo




[LoginRadius_Share]