Oposição quer investigação sobre uso de avião por ministro durante carnaval

Postado em 9 de março de 2014 por Josélia Maria

xIMAGEM_NOTICIA_5.jpg.pagespeed.ic.ORW0llc28O
image-20583

PSDB, DEM, PPS e Solidariedade pedirão à Procuradoria-Geral da República (PGR) a abertura de uma investigação sobre o uso de um avião da FAB pelo ministro da Saúde, Arthur Chioro. Ele teria utilizado a aeronave para levar a esposa a Salvador, Recife e Rio de Janeiro durante o carnaval. Na representação, que será protocolada no início da semana, também será pedida a devolução dos valores gastos no transporte. O ministro justificou que as viagens foram usadas para o programa de prevenção à Aids da pasta. De acordo com reportagem da Folha de S. Paulo, os hotéis foram pagos com a diária recebida pelo ministro, de R$ 2.541,88, e o nome da esposa não aparece entre os integrantes da comitiva na agenda oficial. “O ministro, que assumiu a pasta há cerca de um mês, repete práticas rotineiras dos governos Lula e Dilma – a de tentar manter informações em sigilo em viagens oficiais e a de misturar o público com o privado”, criticou o líder do PSDB na Câmara dos Deputados, Antonio Imbassahy (BA). O tucano também aproveitou para acusar a Comissão de Ética Pública da Presidência da República de ser “a comissão da ética da presidente Dilma”, porque evitaria abrir investigações contra ministros. O deputado promete que irá protocolar, na próxima semana, representação na PGR também para solicitar a dissolução do colegiado.

Bahia Noticias




[LoginRadius_Share]