Sem indiretas…

Sem indiretas…

20140314_070420

Nesses 48 anos de idade, há 25 no rádio (desde 1989), professora desde 1983, na região há mais de duas décadas – pois sou natural de Belém de São Francisco –, só dois ou três políticos tiveram tempo pra me ouvir aqui em Petrolina.

Portanto, respondo aos que me cutucaram: “Santo de casa não faz milagre” e passa aperreio se não correr mundo afora.

Pronto, desabafo fechado.

Tenho observado que alguns caciques da política regional se sentem ameaçados com os novos que chegam. Lideranças, cabos eleitorais, ativistas digitais, eleitores, blogueiros, negros, índios, quilombolas, simpatizantes… Os novos incomodam os velhos políticos, independente de idade.

Enquanto sabemos caminhar com nossas próprias pernas e falar de um jeito simples e direto, eles continuam com a mesma prática de que esconder os candidatos e levá-los pra jantares e almoços em suas casas luxuosas é uma forma de mostrar força. Para mim, é política do atraso, do egoísmo, apequenada.

Isso não cabe na nova política.

Essa é uma leitura que faço de alguns políticos de Petrolina. Sem indiretas: esta é direta!

Josélia Maria

Radialista/Blogueira/Locutora/Professora

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar