REDE: PASTOR JAIRINHO LANÇA NOME PARA DISPUTAR UMA CADEIRA NO SENADO

REDE: PASTOR JAIRINHO LANÇA NOME PARA DISPUTAR UMA CADEIRA NO SENADO

O pastor, músico, teólogo e filósofo Jairo Lima, ou simplesmente Jairinho, como gosta de ser chamado, nunca viveu a experiência de se filiar a um partido político, mas nem por isso esteve alheio à vida pública.

Em companhia de uma amiga inseparável, sua sanfona, considera-se um experiente viajante e conhecedor dos problemas do país pois teve contato com a difícil realidade de milhares de pessoas por onde andou no Brasil e nos cerca de 40 país que já visitou levando esperança em forma de canções.

Jairinho é o típico brasileiro que se cansou de ser platéia e aceitou o desafio de contribuir efetivamente para a construção de um novo país através de enormes esforços coletivos e republicanos, onde a coisa pública seja tratada de forma a atender às necessidades de todas as pessoas, não de pequenos grupos, sejam religiosos, partidários, empresariais, artísticos, etc.

Provocado sobre o que almeja na política, pensando alto, apresenta-se disposto a disputar uma vaga do Senado Federal no próximo ano, colocando-se à disposição para a boa luta política: “Quero poder contribuir com o Brasil nesse momento difícil que atravessa e lutar por um país onde corrupção seja apenas mais uma palavra do vasto vernáculo, não uma prática permanente na vida pública. Quero desenvolver um trabalho no Senado Federal, ter oportunidade de estar na casa da República, onde se decidem os rumos do Brasil, planejando os próximos 20, 30 anos, e junto à nossa futura presidente Marina Silva”.

Com sua experiência de vida, conhecendo todos os Estados da federação, especialmente  a Amazônia, onde já fez vários trabalhos junto aos ribeirinhos e sonhando com uma pátria de fato mãe, justa, generosa e gentil, Jairinho viajou até Brasília,  conversou com lideranças nacionais e locais do partido, aceitou o desafio e agora é mais um que TáNa#REDE!

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar