Sertão vai virar mar da filantropia gastronômica

Postado em 21 de outubro de 2019 por Josélia Maria

Blog do Magno
Com apoio da Pousada Zé Maria e o envolvimento de 18 chefes de cozinha sertanejos, o famoso e apetitoso festival gastronômico da ilha de Fernando de Noronha se transfere, na próxima quinta-feira, para Petrolina, capital do Vale do São Francisco, maior produtor de frutas irrigadas do Nordeste com selo internacional.

Empresário bem-sucedido no ramo de hotelaria em Noronha, referência também na promoção do mais cobiçado réveillon em mares brasileiros, em sua charmosa pousada de celebridades, Zé Maria virou grife, igualmente, da boa mesa.

Criou, nas quartas e sábados, o Festival Gastronômico de Noronha, com 18 iguarias do mar irresistíveis para quem aprecia crustáceos. O jantar tem um ritual para deixar os convidados com mais água na boca: Zé Maria, que é um gentleman, apresenta um a um os mais variados pratos, inclusive as especialidades pescadas por ele próprio, com o toque das suas mãos mágicas de cozinheiro nas horas vagas.

Zé Maria chega ao Sertão com a sua grande virtude e coração largo de servir ao próximo. Parte da renda do evento será revertida para o hospital filantrópico Tom Tomas, mantido pela Associação Petrolinense de Amparo à Maternidade e a Infância, do meu amigo Augusto Coelho, ex-prefeito de Petrolina. A unidade hospitalar é uma referência no Nordeste no tratamento do câncer.

Aos interessados em conhecer o Festival, o jantar será na casa de Recepção Maria Leite, a partir das 19 horas. Os participantes terão uma rara oportunidade de conhecer os pratos mais disputados pelos turistas da ilha de Fernando de Noronha e ao mesmo estenderão a mão a uma boa causa: ajudar a salvar crianças e adolescentes sertanejos da enfermidade do século.




[LoginRadius_Share]