Santa Maria da Boa Vista: Prefeito Humberto Mendes diz que audiência para discutir gastos dos precatórios foi ato político

Postado em 10 de dezembro de 2019 por Josélia Maria

( Anderson Guimarães/ Nossa Voz)

Nesta semana, na câmara de vereadores de Santa Maria da Boa Vista, foi realizada uma audiência pública para discutir os gastos dos recursos dos precatórios. A audiência foi convocada por vereadores de oposição e não contou com as presenças do secretário de educação, Adão Dias, e também do prefeito Humberto Mendes, o que deixou os oposicionistas frustrados, segundo palavras de alguns vereadores de oposição.

O prefeito Humberto Mendes declarou que já tinha uma reunião marcada com um empresário que estaria vindo à Santa Maria analisar a possibilidade de um investimento na cidade e classificou a audiência como um ato político, “o recurso do FUNDEF não é recurso do professor, é recurso do povo de Santa Maria da Boa Vista, e vamos prestar contas. Não existe qualquer real no bolso do prefeito, do vice, dos vereadores, todo dinheiro tá sendo investido, e bem investido. Nós vamos demonstrar, e com calma, não num ato político, num palanque político como se montou na câmara municipal, e não participei também por isso, não vou formar palanque para a oposição. As pessoas querem fazer palanque, e não é isso, a gente tem que levar as coisas com seriedade”.

O prefeito destacou que a própria gestão quem vai chamar a população para prestar contas de todo o recurso e ressaltou ainda que os professores devem brigar com a justiça, “vão à justiça, vão no ministério público, são com essas pessoas que vocês tem que dialogar, brigar no bom sentido, se eles disserem que o prefeito tem que pagar, vamos pagar, mas enquanto a justiça não determinar a gente não pode fazer isso sob pena de incorrer em irresponsabilidade”.

(Por: Anderson Guimarães/Nossa Voz)




[LoginRadius_Share]