UPAE e HDM alertam sobre os perigos das chuvas

Postado em 22 de janeiro de 2020 por Josélia Maria

image-103474

Que a chuva é benção no sertão todo mundo sabe. Mas, além de favorecer os plantios e levar água para quem precisa enchendo as cisternas e barreiros, as chuvas causam transtornos, e é preciso estar atento.

Os banhos de chuva, muitas vezes irresistíveis para as crianças, por exemplo, devem ser evitados, principalmente quando estiver relampejando. Durante uma tempestade o raio pode atingir pessoas, animais e até a rede elétrica, provocando uma descarga de alta voltagem sobre ela.

Isso pode queimar os aparelhos ligados no momento ou mesmo transferir essa carga (dando um choque) em quem estiver usando. “É sim perigoso tomar banho quando está relampejando, assim como é perigoso ficar próximo de telefones, computadores e outros aparelhos elétricos ligados na tomada”, garante o supervisor de manutenção da UPAE, Marcílio Ingson.

Entre os outros perigos que muitas vezes as pessoas não veem ou não se dão conta estão: as rajadas de vento, riscos de inundações e deslizamentos de terra, risco de afogamento, e de doenças provenientes de águas contaminadas arrastadas pelas chuvas.

O Corpo de Bombeiros orienta que em caso de tempestades ou chuvas prolongadas a população: Desligue os aparelhos elétricos das tomadas; Fique longe de janelas; Não fique próximo de árvores ou postes, porque eles atraem raios; Não fique em pé em campo aberto; Evite campos de futebol, praias e outros locais abertos; Não retire roupas de varais de arame durante as chuvas fortes; Mantenha distância de alambrados, cercas, linhas telefônicas e elétricas, assim como estruturas metálicas em geral; Permaneça dentro do carro, já que automóveis oferecem excelente proteção contra raios; Não fique dentro da água.

Com relação à prevenção: Mantenha ralos e calhas limpos, para que o fluxo de água não seja interrompido; Tenha cuidado ao realizar a limpeza no telhado, evitando quedas; Não jogue lixo em calçadas, bueiros, rios, córregos ou galerias; Fique atento às notícias pelo rádio ou televisão sempre que puder, principalmente em dias de chuvas fortes. Isso pode evitar que você se coloque em situação de risco; Limpe os locais atingidos pela água e lama usando botas e luvas, assim você evita doenças graves.

Também não reaproveite alimentos que possam ter sido atingidos pelas águas das chuvas, mesmo os que estão fechados em pacotes, pois algumas embalagens podem ser de material absorvente, o que propicia a contaminação.

Febres, diarreia, vômitos e dores de cabeça ou no corpo, após o contato com águas de inundação, podem indicar enfermidades. Nesses casos, a pessoa deve ser encaminhada ao posto de saúde mais próximo ou serviço de saúde de referência.




[LoginRadius_Share]