A obra será lançada na próxima terça-feira (30), às 20h, no instagram da autora e do Portal Culturama

A obra será lançada na próxima terça-feira (30), às 20h, no instagram da autora e do Portal Culturama

As comunidades quilombolas do município de Juazeiro, no norte do estado da Bahia, se transformaram em tema para o livro “Às Margens do Velho Chico Nascem as Histórias”, da jornalista Ana Carla Nunes. A obra é fruto do trabalho de conclusão de curso da autora e será lançada na próxima terça-feira (30), às 20h, no instagram (@anacarla.nunes – https://bit.ly/2PfvoOy e no instagram do Portal Culturama (@portalculturama-https://bit.ly/3fifmy).

A vivência de três personagens que se entrelaçam com a história das comunidades quilombolas Quipá, Alagadiço e Barrinha da Conceição, no interior de Juazeiro, fez nascer o livro “Às Margens do Velho Chico Nascem as Histórias” que revela um pouco da cultura, das lutas, conquistas e, principalmente, da memória de Antônio Cândido de Brito Filho, o Seu Tonico, Roberta Maria dos Santos Oliveira, a Dona Roberta, e Alvina dos Santos, Dona Vinô.


A escritora teve os primeiros contatos com as comunidades remanescentes de quilombos no projeto de pesquisa “Perfil fotoetnográfico das populações quilombolas da região do Submédio São Francisco: Identidades em Movimento”, na Universidade do Estado da Bahia. “Nesse período, pude fazer visitas, conversas com os moradores das localidades e estudar mais sobre remanescentes quilombolas. À medida que os estudos avançavam, pude ir estreitando o interesse com o tema”, afirma Ana Carla.

De acordo com a autora, o livro partiu do desejo de contribuir com a construção da memória local das três comunidades. As experiências e recordações compartilhadas por Dona Vinô, Seu Tonico e Dona Roberta durante as visitas, demonstraram a relação do/das perfilado/as com o desenvolvimento das suas comunidades, característica que ajudou Ana Carla a escolher as/os personagens do livro. Além dos perfis, a obra reúne fotografias que retratam o cotidiano destas pessoas e apresentação das comunidades quilombolas.

Lançamento – Após seis anos de produzido, o livro “Às Margens do Velho Chico Nascem as Histórias” é publicado pela Editora Oxente. O projeto tem apoio financeiro do Estado da Bahia através da Secretaria de Cultura e do Centro de Culturas Populares e Identitárias (CCPI) (Programa Aldir Blanc Bahia) via Lei Aldir Blanc, direcionada pela Secretaria Especial da Cultura do Ministério do Turismo, Governo Federal.

Para ser publicado, o livro passou por reedição, processo que “trouxe, novamente, memórias que estavam adormecidas. Foi como fazer uma viagem que já estava acostumada, mas que havia esquecido”, explica a autora. Enquanto jornalista, Ana Carla enxerga diversas versões da sua personalidade e experiência profissional presente nas páginas da obra. “Tem a Ana Carla fotógrafa, que busca harmonizar a poética do cenário com a realidade dos personagens. Há ainda a Ana Carla escritora, que se preocupa em deixar claro o comportamento e personalidade das pessoas. Ana Carla está presente em cada detalhe do livro”, declara a escritora.

Autora – Ana Carla Nunes da Silva. Baiana, 29 anos, natural de Senhor do Bonfim. Jornalista, formada na Universidade do Estado da Bahia – UNEB, é apaixonada pela música, pelas letras e por histórias. Neste projeto, ao dar voz a três importantes personagens símbolo de resistência em Juazeiro, norte da Bahia, a autora realiza um dos seus grandes desejos que é fazer as comunidades remanescentes quilombolas da região serem ouvidas. Sonhadora e resiliente, a bonfinense acredita que a felicidade está nos detalhes e nas pequenas coisas.

Programa Aldir Blanc Bahia – Criado para a efetivação das ações emergenciais de apoio ao setor cultural, o Programa Aldir Blanc Bahia (PABB) visa cumprir os incisos I e III da Lei Aldir Blanc (Lei Federal nº 14.017, de 29 de junho de 2020) e suas regulamentações federal e estadual. As ações são: a transferência da renda emergencial para os trabalhadores e trabalhadoras da cultura, e a realização de chamadas públicas e concessão de prêmios. O PABB tem execução pelo Governo do Estado, através da Secretaria de Cultura do Estado da Bahia, geridas por meio da Superintendência de Desenvolvimento Territorial da Cultura e do Centro de Culturas Populares e Identitárias; e as suas unidades vinculadas: Fundação Cultural do Estado da Bahia, Fundação Pedro Calmon, Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural.

Serviço:

O que: Lançamento do livro “Às Margens do Velho Chico Nascem as Histórias”

Quando: Dia 30 de março de 2020, às 20h

Onde: instagram da autora (@anacarla.nunes – https://bit.ly/2PfvoOy) e no instagram do Portal Culturama (@portalculturama – https://bit.ly/3fifmy).

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar