Lucas Ramos lidera anúncios e entregas do Governo do Estado para a agricultura familiar do Sertão do São Francisco

Lucas Ramos lidera anúncios e entregas do Governo do Estado para a agricultura familiar do Sertão do São Francisco

O secretário de Ciência, Tecnologia & Inovação (Secti) do Estado, Lucas Ramos, liderou esta semana uma série de anúncios e entregas do Governo de Pernambuco para o desenvolvimento da agricultura familiar do Sertão do São Francisco. Como parte do Programa Campo Novo, deu início à distribuição de 82.290 quilos de sementes que irão beneficiar 13.700 produtores das cidades de Afrânio, Cabrobró, Dormentes, Lagoa Grande, Orocó, Petrolina e Santa Maria da Boa Vista. A ação foi reforçada por iniciativas complementares de apoio à produção comercial e à irrigação, além de ter sido acompanhada pelo pontapé inicial de um trabalho mais integrado entre a Secti e o Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA).

O Programa Campo Novo, gerido pelo IPA, é a evolução de duas outras políticas do Estado de apoio à agricultura familiar: o Semente para Todos e o Terra Pronta. “Ao promover a entrega de sementes no início do período de chuvas no Semiárido, o Governo de Pernambuco contribui para que pequenos produtores tenham um melhor aproveitamento da estação chuvosa, ampliando a produtividade. Mesmo no cenário ainda desafiador de enfrentamento à pandemia, o governador Paulo Câmara tem garantido a continuidade e expansão de programas estratégicos para a agricultura familiar”, destacou o secretário Lucas Ramos.

A produção de sementes selecionadas, complementou Lucas Ramos, ainda fortalece a cadeia produtiva, criando um polo produtor de insumos no Sertão do São Francisco. De forma integrada, em uma iniciativa de reforço à infraestrutura comercial, o secretário promoveu a entrega de 10 barracas e 40 galeias para comercialização de produtos agrícolas em feiras.

Lucas Ramos anunciou ainda o início da construção de um convênio entre a Secti e IPA para fomentar a pesquisa científica no campo.

Outro anúncio importante foi o da entrega de 80 kits de irrigação voltados para agricultura de subsistência, com produção agrícola em até 0,5 hectare, que acontecerá em breve. “Acreditamos que o trabalho estratégico de produção e doação de sementes integrado à recriação Programa Irrigação para Todos, com alcance para além do Sertão, tem potencial para promover um novo salto na agricultura familiar de Pernambuco. Se no passado tornou possível a implementação de mais de 2.500 hectares de perímetros irrigados, como Muquém, Pedra Grande, Porto de Palha, Assentamento Mansueto de Lavor, Ilha do Massangano, agora pode alavancar outras cadeias produtivas em outras regiões de Pernambuco, como a do leite no Agreste, por exemplo”, destacou Lucas Ramos.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar