Governo do Estado vai construir mais 464 casas para famílias afetadas pelas chuvas

Governo do Estado vai construir mais 464 casas para famílias afetadas pelas chuvas


Mais 464 casas serão construídas para famílias afetadas pelas chuvas em cinco municípios baianos. As autorizações para os convênios entre as prefeituras e a Secretaria de Desenvolvimento Urbano (Sedur) foram assinadas pelo governador Rui Costa nesta segunda-feira (14), em evento no Parque de Exposições, em Salvador. Na ocasião, Rui também entregou 52 tratores e outros equipamentos para 19 consórcios de infraestrutura, beneficiando 266 municípios.

Foram entregues ainda 33 tratores com implementos agrícolas para associações de pequenos agricultores e prefeituras, além de 31 ambulâncias tipo van. O governador também autorizou mais de 30 convênios com municípios para a pavimentação de ruas, construção de praças e ações de desenvolvimento urbano.

As casas serão construídas nos municípios de Itacaré (49), Medeiros Neto (77), Santa Inês (104), Jiquiriçá (108) e Vereda (126), com investimentos da ordem de R$ 34,3 milhões. Sobre os convênios para a construção dos imóveis, Rui destacou que o formato está sendo adotado na quase totalidade dos municípios atingidos pelas chuvas. “O prefeito disponibiliza o terreno e apresenta um projeto de urbanização. O projeto das casas é padrão para todos os municípios. E estamos assinando os convênios como fizemos mais uma vez hoje. A partir daí, as prefeituras licitam as obras, fazem mutirões e, daqui a alguns meses, as pessoas atingidas pelas chuvas terão novamente uma moradia digna”.

Rui acrescentou que nos municípios de Itabuna e Ilhéus, que tiveram um maior número de casas destruídas, será feito um projeto semelhante ao programa Minha Casa Minha Vida. “Os empresários vão adquirir os terrenos, construir, e a gente paga a unidade habitacional pronta para as pessoas morarem em casas com revestimento de piso, com padrão de alta qualidade”.

Consórcios de infraestrutura

As máquinas entregues nesta segunda (14) vão promover economia e rapidez na realização de obras de infraestrutura nos 266 municípios beneficiados, especialmente naqueles atingidos pelas chuvas. Presidente do Consórcio Intermunicipal do Vale do Rio Gavião (Civalerg) e prefeito de Licínio de Almeida, Fred Vasconcelos informou que são 20 municípios consorciados do Civalerg e beneficiados pelas máquinas doadas pelo Governo do Estado. “Isso facilita o nosso trabalho e proporciona economia também. Nossos municípios são pequenos e têm deficiência de maquinário, ainda mais nesse período de chuva que a gente atravessa”.

O presidente do Consórcio de Infraestrutura do Baixo Sul e prefeito de Gandu, Leo de Neco, ressaltou que trabalhar de forma consorciada é muito importante. “Isso integra os municípios e possibilita obras muito maiores do que as prefeituras têm capacidade de realizar. O governador Rui Costa tem incentivado muito isso e vem doando essas máquinas que facilitam a realização de mutirões entre os municípios”.

Para o secretário de Infraestrutura do Estado, Marcus Cavalcanti, a política pública de execução de ações por meio dos consórcios fortalece as comunidades locais. “Com o problema das enchentes e a destruição provocada pelas chuvas, os consórcios de saúde, com as policlínicas, e de infraestrutura foram primordiais no apoio aos municípios e às comunidades que estavam isoladas. Então, estamos cedendo mais equipamentos para terraplanagem, como patrols, escavadeiras e usinas de asfalto, e os municípios poderão fazer suas estradas vicinais e até mesmo colaborar com o Estado em algumas rodovias estaduais”.

Agricultura familiar

A presidente da Associação dos Pequenos Produtores Rurais de São Miguel das Matas, Luciene de Jesus Cerqueira, recebeu um dos tratores entregues pelas secretarias de Desenvolvimento Rural (SDR) e da Agricultora (Seagri). Ela disse que a máquina vai beneficiar mais de 100 agricultores familiares da comunidade e de outras vizinhas. “Não apenas a nossa comunidade, mas todas aquelas que são próximas a nós poderão usar o trator. Essa máquina faz em um dia o trabalho de muitos homens. Vai ajudar muito os agricultores das nossas comunidades”.

Ambulâncias

Segundo a secretária da Saúde do Estado, Adélia Pinheiro, a entrega das 31 ambulâncias “representa um investimento superior a R$ 6 milhões e integra um total de cerca de 1,5 mil ambulâncias entregues para qualificar o sistema estadual de saúde, dando capacidade aos municípios para deslocar o seu paciente, buscando sempre uma melhor assistência”.

Repórter: Raul Rodrigues

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar