“Primeiros Socorros” é tema de palestra com alunos da rede municipal de ensino de Sento-Sé

“Primeiros Socorros” é tema de palestra com alunos da rede municipal de ensino de Sento-Sé

Quais cuidados e procedimentos devem ser tomados em caso de um engasgo, uma crise convulsiva, uma hemorragia ou até mesmo uma parada cardiorrespiratória? Esses e outros questionamentos foram respondidos pelo Tenente Enio Costa e pelo Soldado Ariel Gonçalves, do 9º Grupamento do Corpo de Bombeiros Militar da Bahia (GBM/BA), durante palestra sobre “Primeiros Socorros” realizada nesta quinta-feira (26), na quadra poliesportiva do Colégio Municipal Modelo CPM de Gestão Compartilhada Deputado Jayro Sento-Sé.

Durante a palestra os alunos do 6º ao 9ª ano do Colégio não só conheceram informações de como proceder em situações de engasgo, hemorragias e outros tipos de acidentes, mas também puderam praticar em manequins as manobras que muitas vezes salvam vidas. “As informações que aprendi hoje aqui na palestra são muito importantes, uma vez que podem salvar vidas”, afirma o aluno Pedro Samuel do Nascimento. Já para a aluna Maria Luiza Lopes, a palestra foi um momento esclarecedor. “Tinha muitas dúvidas sobre o tema e hoje aproveitei para esclarecer todas. Muito boa a iniciativa da escola em promover esses momentos, pois nos ajuda a crescer na vida”, declara Maria Luiza.

De acordo com a gestora da escola, Franciene Maria da Silva, a realização de palestras na escola passou a acontecer depois do retorno das aulas 100% presenciais. “Notamos que nossos estudantes precisam adquirir novas habilidades e buscar interagir melhor com novos temas, aguçando a curiosidade para descobertas que melhoram a qualidade de vida não somente destes, mas da família como um todo. Já trouxemos o pessoal da Ronda Maria da Penha, a equipe do CAPS para falar sobre ansiedade na infância e adolescência, vários grupos culturais e assim seguimos trabalhando a interação com uma abordagem pedagógica”, explica a gestora.

O tenente Enio Costa em sua fala durante a palestra citou o caso de Lucas Begalli, um garoto de 10 anos que morreu vítima de engasgo em um passeio de escola no dia 27 de setembro de 2017, o caso deu origem a Lei Federal  nº 13.722 que torna obrigatória a capacitação em noções básicas de primeiros socorros professores e funcionários de estabelecimentos de ensino. “Já temos no agrupamento um trabalho voltado para a realização de palestras em escolas tratando desse tema, então recebemos o convite da escola com muita honra. Para nós é um trabalho muito satisfatório, difundir o conhecimento que possibilita o salvamento de vidas”. Finaliza o tenente.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar