A dificuldade dos votos casados nas majoritárias em Pernambuco nas eleições 2022 – Por Luiz Fernandes

A dificuldade dos votos casados nas majoritárias em Pernambuco nas eleições 2022 – Por Luiz Fernandes

Coluna do Portal de Prefeitura
Nesta edição analisamos como o eleitorado pode escolher candidatos ao Governo e Senado que não fazem parte da mesma chapa.
Em Pernambuco os pré-candidatos das chapas majoritárias devem enfrentar dificuldade para conseguir casar de fato os votos de governador e senador. Um exemplo claro é a união entre a deputada Marília Arraes (SD) e André de Paula (PSD). Enquanto o voto de Marília é formado majoritariamente pela esquerda, o de André é mais centro-direita e conservador.

O mesmo acontece entre Danilo Cabral (PSB) e Teresa Leitão (PT), pré-candidatos ao Governo e Senado, respectivamente. Embora estejam do mesmo lado no espectro ideológico, nem todos os eleitores de Teresa estão dispostos a votar em Danilo.

Em 2018, ano que Marília teve sua candidatura rifada após uma união do PT com PSB nacional, Teresa e Marília estavam lado a lado.

Também naquele ano, Humberto Costa (PT) fez parte da chapa com Paulo Câmara (PSB), mas não contou com tanta resistência para conseguir casar o voto. A prova foi a vitória de toda a chapa.

Levantamento – Dados da pesquisa Exame/Ideia mostram que o ex-presidente Lula é o favorito na disputa em Pernambuco, com 34% das intenções de votos. No estado mais da metade do eleitorado avalia o governo Bolsonaro como ruim ou péssimo (51%) e cerca de 57% não concordam em dar um segundo mandato para o atual presidente.

Governo – O deputado Danilo Cabral, do PSB, o pré-candidato do atual governo, tem 16% de rejeição. O parlamentar perde apenas para Miguel Coelho (UB), que tem 20% de rejeição. Danilo ainda sofre com o desgaste das chuvas que atingiram Pernambuco nos últimos dias e deixou 129 mortos.

Luciana no jogo – Vice-governadora de Pernambuco, Luciana Santos (PCdoB), aparece como 6% das intenções de votos na pesquisa do Exame/Ideia. Já se sabe que a pré-candidata a Casa Alta da Frete Popular é Teresa Leitão (PT), que tem 7% das intenções.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar