Eurípedes Jr, ex-presidente do Pros, pode ter prisão decretada por desvios de 50 milhões

Eurípedes Jr, ex-presidente do Pros, pode ter prisão decretada por desvios de 50 milhões

O ex-presidente do Pros, Eurípedes Júnior, pode ter a prisão decretada a qualquer momento por desvios de R$ 50 milhões em verbas públicas, que teriam sido subtraídas dos cofres do partido enquanto comandava a legenda.
A denúncia aponta que Eurípedes teria comprado helicóptero e montado uma gráfica com recursos do Pros.
Esta semana, Eurípedes voltou a ser notícia ao conseguir liminar – já cassada – para retornar ao comando do Pros com uma missão: suspender as convenções, anular a candidatura de Pablo Marçal e fechar aliança com a cúpula do PT.
A ofensiva provocou reação de Marçal, que acusou o ex-presidente Lula de tentar roubar sua candidatura.
As denúncias contra Eurípedes foram encaminhadas à 11ª Vara Federal Criminal de Goiás por suspeita de lavagem de dinheiro e ocultação de bens.
Em outro caso, ocorrido em 8 de janeiro de 2020, Eurípedes é acusado de agredir fisicamente a própria filha na sede da sigla, em Planaltina de Goiás, no Entorno do Distrito Federal.
O cinismo e a frieza de Euripedes é tão grande que ele chegou a mandar  depositar o dinheiro do maquinário ( R$ 420.000,00) da gráfica que sumiu na madrugada em que foi afastado do comando do PROS pelos escândalos, mas sabendo que o maquinário foi comprado com dinheiro público e só pode ser vendido em leilão fiscalizado pelo Ministério Público e Polícia Federal, o presidente Marcus Holanda estornou o depósito e registro Boletim de Ocorrência.
Desde segunda que Euripedes circula pelos ambientes tentando vender o PROS a quem pagar mais e pouco se importando se a legenda conseguirá ou não ultrapassar a cláusula de barreira, pois pra Euripedes o PROS funciona com uma bodega. Pagou, levou!

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar