Em plenária em defesa do SUAS, Danilo garante criação da maior rede de proteção social do Nordeste

Em plenária em defesa do SUAS, Danilo garante criação da maior rede de proteção social do Nordeste

Autor da PEC do Sistema Único de Assistência Social (SUAS), que garante recursos mínimos para o financiamento da assistência social em todo o Brasil, o candidato a governador Danilo Cabral defendeu, durante plenária com profissionais e trabalhadores ligados ao tema, nesta quinta-feira (15), o fortalecimento do segmento em Pernambuco. Ao lado das companheiras de chapa Luciana Santos (vice) e Teresa Leitão (senadora) e da ex-ministra do Desenvolvimento Social do Governo Lula Márcia Lopes, o líder do time de Lula em Pernambuco garantiu que vai implantar no estado, a partir de 2023, a maior rede de proteção social do Nordeste. Para tanto, ele vai dar início a uma série de programas, como o Comida na Mesa, Emprego Novo e ampliação de políticas de assistência aos pernambucanos mais vulneráveis.

“Preocupação nossa em garantir a proteção social daquelas pessoas que estão em situação de vulnerabilidade hoje em Pernambuco. Primeiro, garantindo o acesso à comida”, afirmou Danilo, aos profissionais da Assistência Social, em reunião em seu comitê de campanha. O socialista detalhou o projeto do Comida na Mesa, que vai levar equipamentos de cozinha comunitárias em todos os 184 municípios pernambucanos. Nas cidades com mais de 100 mil habitantes, serão construídos 15 restaurantes populares, para reforçar o combate à fome. Além disso, o candidato de Lula vai descentralizar a Ceasa, levando 11 mini unidades para cada microrregião, barateando o preço dos alimentos e incorporando a agricultura familiar, ajudando os trabalhadores e produtores rurais.

Ainda na área de proteção social, Danilo reiterou o compromisso de manter o pagamento do 13º salário do Bolsa Família no estado. A iniciativa vai beneficiar diretamente mais de 1,3 milhão de pessoas em Pernambuco. O candidato de Lula também reforçou a proposta de dobrar a bolsa-auxílio do programa Chapéu de Palha, compromisso histórico da Frente Popular, saltando de R$ 271 para R$ 606 para os trabalhadores da palha da cana, da fruticultura irrigada e da pesca.

Por outro lado, Danilo garantiu a implantação do programa Emprego Novo. O compromisso consiste em o governo dividir a conta de cada nova contratação com carteira assinada, repassando até R$ 1 mil por cada novo trabalhador durante seis meses.

“Nós também vamos garantir também a descentralização da gestão da assistência social, fazendo chegar nas regionais do Agreste, dos Sertões e da Zona da Mata uma ação articulada e compartilhada, na medida que cabe aos municípios fazerem toda proteção social através dos CRAS, dos CREAS, dos centros de atendimento à população de rua. O Estado vai articular fazendo chegar, do ponto de vista regional, essas ações no junto dos municípios”, garantiu Danilo, aos profissionais.

 

Foto: Marcus Mendes

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar