Maria Elena afirma que Canal do Entremontes será uma de suas prioridades

Maria Elena afirma que Canal do Entremontes será uma de suas prioridades

Considerado a solução definitiva para os problemas referentes a abastecimento d’água no Sertão Central, o Canal do Entremontes está na pauta da vereadora e candidata a deputada estadual, Maria Elena (UB). Em
mais uma agenda que cumpriu em Parnamirim, sua terra-natal, onde participou de um arrastão pelas ruas da cidade, nesta terça-feira (6), a candidata reafirmou seu compromisso em lutar para tirar a obra do papel.

Maria Elena, que concedeu entrevista à rádio Sistema Beto Som, revelou ter conversado com o seu aliado, senador Fernando Bezerra Coelho (MDB), no último mês de junho. FBC disse a ela que o projeto de indenização das famílias que vivem nas imediações do canal já está bem encaminhado em Brasília. “Ele (FBC) me respondeu com essas palavras:‘Maria Elena, qualquer que seja o presidente da República ou o governador
de Pernambuco que ganhar, se eles tiverem juízo o Canal do Entremontes vai se efetivar”, pontuou.

A candidata assegurou que, caso eleita, essa será uma de suas principais bandeiras na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), não só por Parnamirim, mas pelos demais municípios a serem beneficiados pelo canal.
Maria Elena disse que espera contar também com seus demais aliados, a exemplo do deputado federal Fernando Filho (UB), que tenta o quinto mandato em Brasília, já que o Entremontes conta com recursos da União.

Apoiador de Maria Elena em Parnamirim, o vereador Professor Elson Dantas lembrou que a candidata tem outras bandeiras importantes, a exemplo da defesa dos direitos das mulheres, mas se mostrou confiante de
que ela vai reforçar a luta pelo canal. “Maria Elena será nossa voz na Assembleia pela construção do Canal do Entremontes”, ressaltou. Além de Elson, Maria Elena esteve acompanhada do primo e também vereador
Edvan Falcão, do empresário Carlos Alencar (irmão da candidata) e do ex- vereador Gilvan Miranda.

O Canal do Entremontes
Ao todo, os investimentos na primeira etapa da obra estão orçados pelo governo federal em R$ 570 milhões. O canal levará água do Eixo Norte do Projeto de Integração do Rio São Francisco até o Açude do Chapéu
(segundo maior da região). O empreendimento não apenas resolverá a questão da falta d’água de municípios como Parnamirim, Serrita e TerraNova, como também servirá para impulsionar a economia local através de
projetos de irrigação.

Ascom/Maria Elena

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar