Prevenção ao suicídio segue sendo pauta de ações alusivas ao ‘Setembro Amarelo’ em Sento-Sé

Prevenção ao suicídio segue sendo pauta de ações alusivas ao ‘Setembro Amarelo’ em Sento-Sé

Desde 2014, o mês de setembro é marcado pela campanha Setembro Amarelo, que tem como foco a prevenção da ocorrência de suicídios a partir de ações de conscientização sobre o tema. Em Sento-Sé, diversas ações estão sendo realizadas ao longo do mês, com destaque para as palestras em salas de espera que estão acontecendo nas Unidades de saúde da rede municipal, realizadas pela Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Saúde.

Nesta quarta-feira (14) os pacientes que buscaram atendimento na Unidade de Saúde de Aldeia participaram de uma dessas salas de espera, momento em que aprenderam um pouco mais sobre o tema. “O suicídio é um fenômeno complexo e multicausal e deve ser compreendido e abordado de forma ampla. Este é um mês muito importante. É fundamental falarmos sobre o tema, promovendo a prevenção ao comportamento suicida de forma efetiva. É isso que estamos fazendo nessas salas de espera, trazendo psicólogos, enfermeiros, nutricionistas, profissionais de educação física, para conscientizar sobre o tema, ajudar a reconhecer os sintomas, e principalmente informar sobre como a alimentação a prática da atividade física colaboram na prevenção e tratamento”, ressalta a coordenadora do CAPS em Sento-Sé, Thaiane Castro.



Thaiane Castro explica que as ações vêm acontecendo na sede e interior de Sento-Sé. “Iniciamos as ações no dia 1º de setembro na sede do Caps e agora estamos levando para as unidades de saúde. Na sede estamos realizando dois encontros em cada unidade, sendo que o primeiro conta com a participação dos psicólogos e enfermeira e o segundo encontro com os educadores físicos e nutricionistas. Já no interior toda a equipe faz suas abordagens em um único encontro em algumas localidades, outras seguem o padrão que estamos utilizando na sede”, explica.

Até o momento, além do Caps já receberam as ações alusivas ao Setembro Amarelo as unidades de saúde de Aldeia, e também Bela Vista, que aconteceu na terça-feira (13). As próximas unidades a receberem as ações serão: Eliomar Cavalcante, Maria Rocha, hospital municipal e policlínica. No interior Riacho dos Paes será a próxima.

A Agente Comunitária de Saúde, Alcione Alves de Souza, participou da ação na USF de Aldeia e disse que aprendeu muito com as palestras e que agora vai poder ajudar a população com mais eficiência. “A ação de hoje foi muito proveitosa, aprendi como ajudar mais o meu povo a se prevenir, a observar reações físicas que são indicativas de quadros suicidas, achei a fala da nutricionista muito importante”, avaliou Alcione.

A psicóloga do Núcleo de Apoio à Saúde da Família (NASF), Gabriela Nogueira, também participou como palestrante da Sala de Espera que aconteceu na USF de Aldeia. Ela destaca a importância da informação sobre o assunto, com o intuito de alertar, identificar atitudes suicidas, oferecer ajuda e consequentemente prevenir o suicídio. “Esse momento é de suma importância para que as pessoas tenham consciência da gravidade da situação e que ela pode ser evitada. É valioso reforçar a importância de cuidar da saúde mental durante o ano todo, visto que impacta diretamente na qualidade de vida das pessoas”, destaca a psicóloga.

“Temos que nos colocar sempre pela valorização e dignidade da vida em todos os sentidos e de todas as formas. Não é somente sobreviver, mas sim construir histórias, sonhos, expectativas e projetos de vida, e a gestão municipal está fazendo sua parte quando institui políticas públicas com olhar diretivo para a temática em atenção, informação e cuidados, dando, assim, mais força a temática abordada não só na campanha do Setembro Amarelo, mas no dia a dia”. Pontuou o secretário Municipal de Saúde, Samuel Santana.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar