Expedição do São Francisco chega em Juazeiro da Bahia

Postado em 18 de junho de 2017 por Josélia Maria

Hospedagem WordPress

Quinze pilotos, que são empresários e profissionais liberais, dos estados da Bahia e de Minas Gerais, amantes da aviação, chegaram neste sábado (17), a cidade de Juazeiro, no Norte da Bahia.De acordo com Kléber Rangel, organizador da Expedição, a primeira Revoada tinha como principal intenção apenas uma viagem sobre o rio, mas desta vez além de uma viagem de lazer os participantes assumiram o compromisso de registrar tudo que for visto. Será produzido material em vídeos em todas as cidades sedes da Expedição com equipe e aeronave especialmente designada para essa finalidade.

Hospedagem WordPress

As aeronaves que sobrevoam o Vale do São Francisco  pousaram numa área da empresa Agrovale.

O comandante Rangel , que é piloto e fabricante do tipo das aeronaves que são usadas, foi recebido pela secretária Municipal de Desenvolvimento Econômico, Agricultura e Pecuária, Maraiza Carvalho, que também é proprietária do Rapport Hotel, pela empresária Lílian C. Koshiyama,assessores da prefeitura e pela blogueira/radialista que foi convidada pela secretária Maraiza.

“A gente está querendo levantar a moral das populações ribeirinhas. Tem muita coisa a ser mostrada, um potencial turístico maravilhoso a ser explorado, e a questão da agricultura e das irrigações que vem projetando. Vamos focar no que está acontecendo positivamente e nos bons investimentos. Escolhemos oito cidades e faremos uma por dia. Juazeiro, depois a Barra, Santa Maria da Vitória e Bom Jesus da Lapa. Em Minas Gerais, visitaremos Januária, Pirapora e o último pouso será em Três Marias”, explicou o comandante Rangel.

Várias câmeras foram instaladas no avião do comandante, por profissionais de uma produtora de vídeo contratada para documentar a viagem.

“Como participante da primeira Revoada e Organizador dessa Expedição sinto-me responsável em receber os colegas aviadores na intenção de mostrar que as boas políticas podem mudar ou estancar a degradação dos rios de nosso país, no caso nosso Rio S. Francisco. Contando com a hospitalidade da população ribeirinha e o apoio público, faremos dessa um marco para o incentivo de outros gestores enfatizando que o bom deve ser mostrado e que nem tudo está perdido”, ressalta Cléber Rangel, organizador da Expedição.

Fotos cedidas ao Blog pelo Capitão Nilson Negrão

Hospedagem WordPress



[LoginRadius_Share]