Destaques

Paulo concede Medalha a Etiene Medeiros

O governador Paulo Câmara recebe neste momento, no Palácio do Campo das Princesas, Etiene Medeiros ...

DIOCESE LANÇA PROGRAMAÇÃO DA FESTA DA PADROEIRA 2017 E DO ENCERRAMENTO DO ANO MARIANO

A Diocese de Juazeiro divulgou na manhã de hoje (21), em uma coletiva para a imprensa regional, a p ...

PSB reúne centenas de filiados, discute política e elege Diretório e Executiva em Casa Nova

O Congresso do PSB – Partido Socialista Brasileiro, reuniu no sábado centenas de filiados, simpat ...

Hospedagem WordPress
Hospedagem WordPress Hospedagem WordPress Hospedagem WordPress
Hospedagem WordPress Hospedagem WordPress
Hospedagem WordPress
Hospedagem WordPress
Hospedagem WordPress
Hospedagem WordPress
RADIO WEB JUAZEIRO
Hospedagem WordPress
Hospedagem WordPress
Hospedagem WordPress
Lista de Links

Desgastado, PT completa dez anos no poder

Postado em 30 de dezembro de 2012 por Josélia Maria

image-3947

Fernando Rodrigues (Folha de São Paulo)

O PT completa dez anos no poder exibindo músculos na política, mas com um forte abalo em uma de suas principais bandeiras antes de chegar ao poder, a ética.

Favorito hoje para emplacar a quarta vitória presidencial seguida em 2014 –tanto Dilma Rousseff quanto Luiz Inácio Lula da Silva lideram com folga as pesquisas de intenção de voto–, a sigla tenta superar o desgaste causado pelo mensalão, maior escândalo da era Lula (2003-10).

Quando o PT chegou ao poder federal com Lula em janeiro de 2003, aderiu com rapidez aos métodos tradicionais da política brasileira.

O partido e seus aliados aparelharam o Estado e abriram espaço para a fisiologia no Congresso.

Não há inovação nessas práticas. O PT apenas emulou, ao seu jeito, o que outros faziam. E usa muitas vezes essa explicação para justificar o que pratica. Foi o caso de Lula à época em que eclodiu o mensalão, em 2005.

“O que o PT fez do ponto de vista eleitoral é o que é feito no Brasil sistematicamente”, declarou à época. E mais: “Não é por causa do erro de um dirigente ou outro que você pode dizer que o PT está envolvido em corrupção”.

Essas explicações do então presidente da República e líder máximo do PT serviram de salvo-conduto para tudo o que o partido fez e viria a fazer no exercício do poder.

Mas existem nuanças em relação ao comportamento de outros grupos políticos anteriores. A comparação mais evidente é com o governo do tucano Fernando Henrique Cardoso (1995-2002).
Tanto FHC como Lula se abriram à política miúda da fisiologia no Congresso. Mas com engenharias distintas.

Nos seus oito anos no comando do Brasil, FHC preferiu construir bancadas governistas menos fragmentadas –com número reduzido de siglas. Concentrou a adesão de deputados nas legendas-âncora de sua administração, PSDB e PFL (hoje DEM).

Já Lula decidiu repelir alianças com alguns partidos maiores, como o PMDB. Optou por horizontalizar sua base, com partidos médios e pequenos. Mas aí teve de cooptar mais agremiações.

O resultado foi simples. Enquanto nos anos FHC a centralização política foi quase total, sob Lula uma miríade de interesses se espalhou, tornando a gestão da fisiologia “”demandas paroquiais, legítimas ou não”” dos políticos às vezes incontrolável.

Os números das bancadas no Congresso no início de cada mandato são ilustrativos. Quando FHC tomou posse, em 1995, tinha o apoio formal de 387 deputados “”dos quais 258 estavam abrigados em apenas três legendas: PSDB, PFL e PMDB.

Já Lula ao assumir, em 2003, tinha uma bancada governista de 336 deputados na Câmara. Ocorre que os três principais partidos lulistas (PT, PL e PSB) somavam apenas 153 deputados.

O passo seguinte na governança política petista foi fatiar os cargos públicos entre os diversos partidos aliados.

O número de ministérios teve de crescer. Eram 27 quando FHC assumiu. Hoje são 38.

Uma base política mais fragmentada é menos controlável. Isso explica por que durante FHC o Congresso teve mais CPIs e nenhuma abalou o governo como o mensalão dos anos Lula.

O tucano conviveu com 54 CPIs, mas teve comando total em todas. Lula enfrentou 42 investigações e perdeu o controle durante a mais relevante, a do mensalão.

FHC também foi hábil ao evitar a abertura de CPIs que poderiam escapar do comando. Um caso relevante ocorreu em 1997, quando o tucano abafou uma investigação sobre a compra de votos a favor da emenda da reeleição.

À época, os deputados envolvidos foram forçados a renunciar aos mandatos. E nove dias depois de o caso eclodir, o PMDB, vital na operação dos interesses políticos tucanos no Congresso, impôs a nomeação de dois ministros.

Lula nunca conseguiu impedir a investigação do mensalão. Não que não tivesse tentado. Mas a política de fragmentação partidária não dava ao petista essa margem. De maneira inadvertida, o petismo e o lulismo ajudaram o Brasil a conhecer um pouco mais como se opera a política no país.




Governo bahia

Açude de Pinhões ,Juazeiro-BA, “cemitério de peixes e desilusões”

Postado em 29 de dezembro de 2012 por Josélia Maria

Recebemos esse video da aluna do Curso de Veterinária  da UNIVASF,Morgana Duarte, chamando a atenção das autoridades para o que está acontecendo com o Açude de  Pinhões O video mostra” o descaso dos órgãos competentes como o DNOCS(Departamento Nacional de Obras Contra a Seca); Ministério da Integração Nacional; Ibama; Codevasf e da população que permanece em silêncio. O açude de Pinhões necessita ser REVITALIZADO urgentemente e a população precisa de consciência e fiscalizar(Fotos/vídeos) desvios de água que não são destinadas para consumo humano, animal ou irrigação.”,relata a estudante.

image-3942

‘Muitos animais e muitas famílias dependem dele para a sobrevivência e seria um crime deixa-lo na situação em que encontra-se. Um verdadeiro cemitério de peixes e desilusões…”Morgana Duarte, estudante do Curso de Veterinária -UNIVASF




Governo bahia

Carlos Augusto e o Forró do Povo

Postado em 29 de dezembro de 2012 por Josélia Maria

image-3928

Hoje fui levar o meu abraço  ao radialista ,ex-vice-prefeito de Petrolina que tem sangue de vaqueiro, Carlos Augusto,apresentador  do Programa Forró do Povo todos os sábados das 06h às 07h na Grande Rio AM.

O estúdio é pequeno e o pau come em frente à emissora que fica na Av. 7 de setembro .

Os artistas dos mais diversos locais chegam pra tocar suas músicas .A animação e o improviso  é uma característica  do Programa.

image-3929

image-3930

image-3931

image-3932

image-3933

image-3934

image-3935

image-3936




Governo bahia

Pernambuco ganha mais três Patrimônios Vivos

Postado em 29 de dezembro de 2012 por Josélia Maria

image-3924

Os escolhidos foram o músico Arlindo do 8 Baixos, o compositor João Silva e a Associação Musical Euterpina de Timbaúba.

Do JC Online

A Fundarpe e a Secretaria de Cultura de Pernambuco anunciaram na última quinta (28) mais três nomes que vão compor a lista de Patrimônios Vivos do Estado. Os escolhidos foram o músico Arlindo do 8 Baixos, o compositor João Silva e a Associação Musical Euterpina de Timbaúba.

Cada selecionado receberá uma bolsa anual vitalícia, além de ter inserção garantida na Política Cultural do Estado, através da participação em ações de divulgação e transmissão de saberes, e registro de atividades, com o objetivo de valorizar, documentar e repassar essas tradições às novas gerações.

Agora, a lista de Patrimônios Vivos conta com 30 artistas e grupos populares. Entre eles, estão nomes como Selma do Coco, Lia de Itamaracá e J. Borges.

 




Governo bahia

Operação Seca – Comitê discuti e anuncia ações de convivência com a seca em Arcoverde

Postado em 29 de dezembro de 2012 por Josélia Maria

image-3920

O Comitê Integrado de Convivência com o Semiárido realizou, na manhã de  (28/12), sua XXVII reunião ordinária, no distrito de Ipojuca, em Arcoverde, Sertão do Moxotó. A localidade foi escolhida por possuir um laticínio que integra 250 famílias de pequenos criadores com uma produção diária de oito mil litros de leite. As reuniões do comitê têm um caráter democrático e objetivam discutir e apresentar à população as ações realizadas pelo governo de enfrentamento aos efeitos da estiagem prolongada.

O secretário de Agricultura e Reforma Agrária, Ranilson Ramos, fez questão de afirmar que a forma associativa encontrada pelos pequenos produtores de leite de vaca e cabra de Ipojuca é um exemplo de Arranjo Produtivo Local (APL) de sucesso que, mesmo sobre os efeitos da estiagem, sofreu poucas perdas, sendo um modelo a ser seguido e multiplicado. “Eles se organizaram e souberam aproveitar as oportunidades e tecnologias implementadas pelo Governo do Estado”.

Durante o encontro, foram apresentadas todas as ações do comitê, que envolve a assistência ao rebanho – aquisição e distribuição de cana-de- açúcar, milho, por meio do Venda Balcão – Conab, além do plantio de áreas para produção de palma forrageira e obras de Infraestrutura hídrica – carros-pipa, perfuração, instalaçãoe recuperação de poços artesianos, implantação de sistemas de abastecimento de água, entre outras.

Além disso, foi autorizada para a comunidade de Ipojuca, a distribuição de água por meio de carro-pipa para o atendimento ao rebanho, a entrega de caixas de água para armazenagem, perfuração de poços e recuperação de dessalinizadores, além de limpeza de açudes como medidas preventivas para a espera de um novo ciclo chuvoso na região.

Após visita a uma unidade produtora de palma forrageira, o secretário anunciou, também, que vai propor ao comitê a compra de 300 mil raquetes de palma (sementes) para distribuição com os pequenos produtores de leite da região, fortalecendo ainda mais a cadeia produtiva local. “A presença do secretário na comunidade é uma demonstração de que, quando o povo se organiza, o governo intervém diretamente, integrando o trabalho do homem do campo e as políticas públicas nos âmbitos federal  e estadual, disse a prefeita eleita de Arcoverde, Madalena Brito (PTB).

Para a comunidade indígena Xucurú de Pesqueira, representada pelo cacique Marcos Luidson,  foi autorizada a implantação de uma área de 72 ha irrigados para a produção de pastagens, que terá investimento previsto de 770 mil reais e integra as ações do Programa Irrigação para Todos.

O prefeito eleito de Pesqueira, Evandro Chacon (PSB), solicitou, na ocasião, uma reunião do comitê em seu município. “Encontros como este precisam ser multiplicados. É o Governo do Estado se fazendo presente num simples povoado, dialogando com a população, levando ao conhecimento do povo o que vem sendo feito a serviço deles,” destacou.

Participaram da reunião o superintendente da Conab, o secretário executivo da Agricultura Familiar, Aldo Santos, o presidente do IPA, Júlio Zoé de Brito, o coronel Cássio da Codecipe, representante da Secretaria de Recursos Hídricos, Sergio Torres, diretores e gerentes do IPA, Adagro e Prorural, o deputado estadual Júlio Cavalcanti, os prefeitos eleitos de Arcoverde e Pesqueira, além de lideranças de sindicatos e associações locais.

Por fim, acompanhado pelo presidente e técnicos do IPA e pelo Padre Adilson Simões, coordenador do Centro de Educação e Desenvolvimento Comunitário (Cedec), Ranilson Ramos fez uma visita técnica à Casa do Mel Muiraubi, na comunidade de Serra das Varas, para o monitoramento dos últimos ajustes necessários ao início do funcionamento da unidade.




Governo bahia

Bancos fecharão nos dias 31 de dezembro e 1º de janeiro

Postado em 29 de dezembro de 2012 por Josélia Maria

As agências bancárias estarão fechadas nos dias 31 de dezembro e 1º de janeiro. O motivo dos bancos serem fechados no último dia do ano, se deve ao balanço interno que é feito todos os anos nas instituições.

Estarão disponíveis aos usuários, apenas os serviços com caixas eletrônicos, internet banking, mobile banking, banco por telefone e correspondentes, como casas lotéricas, agências dos Correios, redes de supermercados e outros estabelecimentos comerciais credenciados.

De acordo com a  Federação Brasileira de Bancos (Febraban), as contas que tiverem vencimentos nos dias de fechamento poderão ser pagas sem juros ou multas no dia 2 de janeiro

Outra possibilidade é o agendamento dos pagamentos. Os boletos bancários de clientes cadastrados como sacados eletrônicos também poderão ser agendados ou pagos por meio do Débito Direto Autorizado (DDA).

A gerente de fiscalização do Procon em Pernambuco, Solange Ramalho, alerta: “o consumidor precisa ficar atento aos vencimentos, pois, caso haja atraso ou esquecimento, os bancos não vão se responsabilizar”, conclui a gerente.

Fonte: JC Online




Governo bahia

Gorete institui o PROREFIS Água no seu primeiro ato como prefeita

Postado em 29 de dezembro de 2012 por Josélia Maria

image-3915

Juazeiro será governada até a próxima segunda-feira, 31 de dezembro por Maria Gorete Alcântara, que deixa o cargo de vice e assume a função de prefeita do município. A transmissão temporária do cargo ocorreu na manhã desta sexta-feira (28), no Paço Municipal, em solenidade tomada por muita emoção. Amigos, familiares, funcionários, secretários de governo, vereadores e imprensa estiveram presentes.

Durante a transmissão de cargo, o primeiro ato da prefeita foi sancionar a Lei de Número 2.324/2012 correspondente ao PROREFIS Água – Programa de Estímulo a Regularização de Débitos, de pessoas físicas e jurídicas, públicas ou privadas, junto ao Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE), relativos às tarifas de água e esgoto, com vencimento até 31 de dezembro de 2012.

Sobre a nova Lei, a prefeita ressaltou que é de fundamental importância que a população pague suas contas visto que “Juazeiro tem crescido e para chegar água em todas as casas é preciso investir e isso só poderemos fazer se tivermos a compreensão dos nossos usuários”, disse Gorete.

Extremamente feliz, Gorete agradeceu a oportunidade e disse que tudo que foi feito nesse primeiro mandado será multiplicado. “Essa foi a segunda vez que assumi o cargo de vice (a primeira de 97 a 2000), e agora como prefeita. Quero dizer que me orgulha muito fazer parte desse momento, de estar ao lado desse grande homem que é Isaac. E dizer que quero ver Juazeiro entrar o ano novo no ritmo do trabalho”, disse a prefeita.

O prefeito reeleito Isaac Carvalho, agradeceu a toda a família Alcântara pela convivência, pelo apoio tanto pessoal como político nesses quatro anos. “É uma alegria pra gente estar nesse momento simbólico transmitindo o cargo a Gorete. Tenho a certeza que vamos continuar unidos por um projeto chamado Juazeiro. E quero dizer que mesmo Gorete não estando mais como vice, ela continuará contribuindo. Agora só sou prefeito em 1° de Janeiro”, brincou Isaac




Governo bahia

Léo Magalhães dia 1º de janeiro em Afrânio

Postado em 28 de dezembro de 2012 por Josélia Maria




Governo bahia