Destaques

Sertanejo das duplas Jorge e Mateus e Simone & Simaria e forró de Wallas Arrais e Iohannes são destaques do penúltimo dia do Festival Expocrato

Mais uma noite de casa cheia no Festival Expocrato 2018, dessa vez, para recepcionar duas das prin ...

Armando e Mendonça presenciam a força da fé do sertanejo na Missa do Vaqueiro de Serrita

O pré-candidato ao governo do Estado pela frente “Pernambuco Vai Mudar”, senador Armand ...

Estudantes da Universidade Federal do Ceará visitam Mercado do Produtor de Juazeiro

Postado em 14 de agosto de 2013 por Josélia Maria

image-12712

Alunos do curso de engenharia agronômica da Universidade Federal do Ceará (UFC) estiveram na manhã desta quarta-feira (14) visitando as dependências do Mercado do Produtor de Juazeiro para conhecer as particularidades do quarto maior entreposto comercial do país. Os estudantes tiveram a oportunidade de tirar dúvidas sobre a prática de embalagens, conservação e classificação dos vegetais; comercialização dos produtos e funcionamento do processo trabalhista no Mercado.

Todos os questionamentos referentes ao processo foram explicados, pelo coordenador de estatística e controle de qualidade do Mercado, Carlonito Dias dos Santos. “Acredito que proporcionar aos estudantes uma integração com o setor produtivo e principalmente informar sobre a importância do não desperdício adotado pelo Mercado é algo que acrescenta e muito o nosso trabalho”, observou.

A experiência foi enriquecedora para a estudante Elaine Silva dos Santos. “É interessante saber que tipo de produtos são produzidos e comercializados em Juazeiro e Petrolina. Achei o sistema produtivo utilizado aqui muito organizado e estamos animados em conhecer o processo de comercialização do Mercado do Produtor. Estamos aprendendo com a experiência local, e isso vai nos ajudar na vida futura como engenheiros agrônomos”, disse.

Durante a semana, o grupo também irá conhecer as instalações da Embrapa Semiárido e de algumas propriedades produtoras de uvas na região, além de projetos de irrigação. O professor de fruticultura da Universidade, Márcio Correia, falou da felicidade em constatar o grande potencial da região. “Podemos observar que o potencial dessa região é fantástico, e o Mercado do Produtor, por ser o maior entreposto do norte e nordeste, foi o escolhido para vermos de perto a forma que os produtos são comercializados e a maneira que é feito o escoamento para outras regiões do país. Pretendemos usar todo esse conteúdo adquirido na vida acadêmica do aluno bem como no seu dia-a-dia”, explicou.

Após ouvirem relatos sobre os trabalhos desenvolvidos no Mercado, os alunos fizeram alguns questionamentos e visitaram as locações, conhecendo de perto a realidade local. “É muito gratificante receber visitas ilustres, e poder proporcionar uma integração com o setor produtivo do Mercado do Produtor. Estamos felizes em poder contribuir de alguma forma com o futuro profissional desses jovens” destacou o secretario de Agricultura Pecuária e Abastecimento Jorge Cerqueira.

Vale destacar que o entreposto comercializa para todo o Brasil, gerando 6.000 empregos diretos e indiretos, através da agricultura irrigada. Existem 1.200 locais de comercialização entre boxes, módulos, paletes e pedras, onde circulam 6.000 caminhões por mês carregando 14 toneladas de produtos.




jr telecom

Petrolina:Prefeitura decreta ponto facultativo

Postado em 14 de agosto de 2013 por Josélia Maria

A Prefeitura Municipal de Petrolina, através do decreto n° 098, informa que nesta sexta-feira (16) será ponto facultativo nas repartições públicas municipais.

No entanto, os serviços essenciais como coleta de lixo, limpeza pública, creches municipais, serviços de saúde serão mantidos. O decreto está incluso no inciso VII, do art. 60, da Lei Orgânica Municipal.




jr telecom

Armando Monteiro confirma presença em Encontro de Blogueiros e falará sobre o Marco Civil da Internet

Postado em 14 de agosto de 2013 por Josélia Maria

image-12706
Aceitando convite do Blog da Josélia ,o senador Armando Monteiro(PTB), confirmou presença no 1º Encontro de Blogueiros do Vale do São Francisco que será realizado dia 14 de setembro, das 08h às 18h no SEST/SENAT, O senador vai falar sobre o Marco Civil da Internet que  deve chegar ao senado caso seja aprovado pela Câmara dos Deputados.

ENTENDA O MARCO CIVIL:

O marco civil da Internet, espécie de constituição da Web no Brasil, deve ser votado na Câmara ainda neste mês, disse o relator do projeto, deputado Alessandro Molon (PT-RJ), apesar de questões centrais como neutralidade da rede e privacidade ainda provocarem polêmicas.

As companhias de telecomunicações pedem que o texto do marco permita a oferta de pacotes “personalizados”, em que o usuário acesse somente alguns sites e serviços, como emails, dependendo do pacote contratado, pagando um preço menor que o valor cobrado pelo acesso pleno à Internet.

Esse tipo de modelo ainda não existe no Brasil, mas para as operadoras de telefonia seria uma forma de desafogar o fluxo de informação na rede.

“Poderíamos ter pacotes para fins diferentes, que consumiriam muito menos banda. Dar acesso mais barato que atendesse às necessidades do cliente”, disse o diretor do SindiTelebrasil, Alex Castro.

O Brasil seria pioneiro em ter um marco civil para Internet. Segundo Castro, países como Chile e Colômbia adotam apenas diretivas sobre o uso da Internet, não um marco regulatório específico.

A proposta das companhias de telefonia é rejeitada pelo deputado relator do projeto, para quem a ideia infringe o princípio básico do marco, que é a neutralidade de rede. Esse princípio estabelece que as companhias que controlam a infraestrutura não podem interferir no fluxo de informação da Internet.

“Isso não está na proposta e não há qualquer possibilidade de ser aceito no texto. A única sugestão feita pelo governo seria deixar claro que o marco civil não proíbe a venda de velocidades diferentes e pacotes com franquias de dados”, disse em entrevista por telefone à Reuters.

Caso o projeto seja aprovado para a Câmara, seguirá para o Senado para posterior sanção presidencial, afirma Molon, cuja atuação como deputado federal é mais voltada para a área de direitos humanos desde que se elegeu, em 2010.

O debate ocorre em um contexto de crescimento do uso da Internet no Brasil. Dados de maio do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) mostraram que 67,7 milhões de pessoas tinham acesso à rede em 2009, número que subiu para 77,7 milhões em 2011.

REDUÇÃO DE VELOCIDADE

Para chegar a um meio termo e levar o Projeto de Lei 2.126/2011 à votação, o governo federal propôs nas últimas semanas que o texto permita que as companhias de telecomunicações reduzam a velocidade da Internet de usuários que ultrapassarem determinadas franquias de uso, modelo de negócios já existente no país, tanto no acesso via celulares quanto por linha fixa. A sugestão ainda está em análise, disse Molon.

“Estamos exatamente estudando se a redação proposta não deixa brecha para quebra da neutralidade. Se deixar, não aceitaremos”, afirmou o deputado, que disse estar consultando especialistas sobre a questão.

A sugestão do governo também não encontra respaldo total nas empresas de telecomunicações, que, no entanto, admitem que a proposta é um avanço em relação ao texto original, disse Castro, do SindiTelebrasil. “Não foi um pleito do setor para que houvesse essa modificação. Nossas propostas são distintas”, afirmou.

De acordo com Castro, as companhias querem que o marco explicite a permissão ao que chamam de “gestão de tráfego da rede”, em que a operadora escolhe qual tipo de aplicação terá a velocidade mais rápida. O objetivo seria desafogar a Web em um cenário de aumento do uso, no qual as empresas são pressionadas a investir mais em infraestrutura.

O texto original do marco civil vai justamente no sentido oposto, e estabelece que as teles ofereçam Internet completa para os usuários, que devem ter o direito de acessar todas as aplicações, existentes e futuras. Para Castro, essa determinação é “uma interferência no modelo de negócios das operadoras”.

O sociólogo e doutor em Ciência Política pela Universidade de São Paulo (USP), Sérgio Amadeu, que acompanhou a elaboração do projeto, critica a postura das empresas.

“Em vez de preparar o negócio, as teles simplesmente querem filtrar o tráfego da sociedade, controlar os nossos desejos dentro da rede”, disse.

A fornecedora de banda larga fixa Net Serviços afirma que o marco civil precisa ser mais bem estudado pela Câmara antes de ser colocado em votação.

“O texto atual da proposta do deputado Molon impõe o sério risco de criar uma barreira legal para que os investimentos em rede sejam remunerados, inibindo futuros investimentos na construção ou na ampliação da capacidade da infraestrutura de banda larga no Brasil”, disse a empresa em resposta a pedido de comentário feito pela Reuters.

PRIVACIDADE

Além da sugestão sobre o pacote de franquias, o governo federal também propôs emenda ao projeto estabelecendo que os dados dos internautas brasileiros permaneçam em servidores com sede no Brasil. A sugestão está sendo analisada por Molon.

Para o Google, maior ferramenta global de buscas na Internet, a emenda restringirá o acesso dos internautas brasileiros a bons serviços internacionais na Web.

“O marco civil foi construído de forma democrática, com objetivo de garantir uma Internet aberta, global e inovadora. A sociedade não deveria aceitar nenhuma tentativa repentina de alterar os princípios básicos do projeto de lei”, afirmou o Google, em nota.

Os servidores da empresa estão localizados em 13 cidades, a maior parte nos Estados Unidos. Os dados dos internautas brasileiros estão espalhados em diversos servidores, explicou a gigante da Internet.

Em julho, o governo brasileiro cobrou do Google a instalação de servidores no país, após as denúncias sobre programa de espionagem da Web pelos Estados Unidos que incluiu usuários brasileiros.

O 1º Encontro de Blogueiros é uma realização do Blog da Josélia, Blog do Vinicius  e da ABLOGPE (Associação  de Blogueiros de Pernambuco)

(Reuters)

 




jr telecom

Sobradinho entre as cidades mais violentas para jovens em 2013

Postado em 14 de agosto de 2013 por Josélia Maria

image-12701
Mapa da Violência 2013, divulgado essa semana, mostra Sobradinho, na Bahia, como uma das 100 cidades onde predomina o crime de homicídio contra jovens. A lista é encabeçada pela também baiana Simões Filho. Ao todo, 22 municípios figuram na lista como Porto Seguro, Teixeira de Freitas, Ilhéus e Irecê.

Entre os 100 municípios com mais de 20 habitantes citados na pesquisa, a Terra da Barragem ocupa 97ª posição com 29 mortes juvenis entre 2009 e 2011.

O dado representa uma taxa proporcional de 58,9 homicídios para cada 100 mil habitantes. Para o cálculo da taxa de mortalidade juvenil são utilizadas estatísticas do Ministério da Saúde.

No Brasil a taxa é 54,8 mortes de jovens por 100 mil habitantes. A titulo de comparação, nossa taxa de mortalidade juvenil é 547 vezes superior à de Hong Kong.

O Mapa da Violência é publicado desde 1998 pelo Centro Brasileiro de Estudos Latino-Americanos, Cebela.( http://blogsalaojuazeiro.com.br)




jr telecom

Cabo morta foi convidada por PMs a roubar caixas eletrônicos

Postado em 14 de agosto de 2013 por Josélia Maria

A cabo Andreia Regina Bovo Pesseghini, 36, morta com a família na semana passada, foi convidada por PMS a participar de um roubo de caixa eletrônico. A declaração foi dada ontem pelo deputado major Olímpio Gomes (PDT). O parlamentar comunicou essa informação anteontem ao corregedor da PM, o coronel Rui Conegundes.

Segundo a polícia, o filho da cabo, Marcelo Eduardo Bovo Pesseghini, 13, é o principal suspeito de ter matado a mãe, o pai, o sargento da Rota Luís Marcelo Pesseghini, 40, a avó, de 65 anos e a tia-avó, de 55 anos, na casa da família, na Brasilândia (zona norte de SP). Para a polícia, o crime ocorreu no dia 5 e o menino se matou após ir até a escola.

De acordo com Gomes, Andreia avisou sobre o convite do roubo a seu superior, o capitão Fábio Paganotto, então comandante da 1ª Companhia do 18º batalhão. Paganotto tentou apurar o fato e acabou transferido, posteriormente, para o 9º batalhão. Gomes disse que os PMs não foram punidos.

Paganotto foi um dos policiais que se envolveram, com PMs da Rota, na ocorrência que deixou seis suspeitos mortos em uma suposta tentativa de roubo a caixas eletrônicos no supermercado Comprebem, em Parada de Taipas (zona norte de SP), em agosto de 2011.

Na última quarta-feira, o tenente-coronel Wagner Dimas, então comandante do 18º batalhão, disse em entrevista à rádio Bandeirantes que a cabo havia delatado colegas envolvidos em roubo a caixas eletrônicos e que não acreditava que o menino fosse o responsável pelas mortes. No dia seguinte, ele foi chamado para depor na Corregedoria da PM e desmentiu os fatos.

Dimas foi afastado anteontem do comando do 18º batalhão. A PM não quis se pronunciar sobre o afastamento nem sobre as declarações de Gomes.

CENA DO CRIME

A casa onde a família foi morta não teve a cena de crime totalmente preservada. A informação consta de nota divulgada ontem pela Secretaria da Segurança Pública de São Paulo.

“O departamento [Departamento de Homicídios e de Proteção à Pessoa, DHPP] apenas confirmou afirmação da imprensa de que o local ‘não estava totalmente idôneo’. Isso, evidentemente, não quer dizer que houve violação proposital da cena do crime”, diz o texto.

Sebastião de Oliveira Costa, 54, parente das vítimas, disse, no último sábado, que chegou à casa às 17h45 do dia 5 e que havia ao menos 30 PMs dentro dela, antes da chegada da perícia.

A polícia pretende chamar para depor os policiais militares que entraram na casa antes da chegada da perícia.

(Folha de São Paulo)




jr telecom

Lula quer Eduardo unido ao PT apoiando Dilma

Postado em 14 de agosto de 2013 por Josélia Maria

image-12690
O  ex-presidente Lula fez um convite público, nesta terça-feira, para uma conversa com o governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB), para tratar a sucessão presidencial em 2014. Lula afirmou que Campos terá seu respeito se for candidato à presidência em 2014, mas que gostaria de conversar com o pernambucano antes sobre o assunto para tê-lo no projeto de reeleição da presidente Dilma Rousseff. O ex-presidente negou que Eduardo esteja sendo ingrato em sua movimentação para deixar a base aliada e fazer voo solo. Lula fez a declaração durante o lançamento da candidatura de Rui Falcão a novo perído na presidência do PT.

“Ele tem maioridade, tem um partido político, portanto não se trata de alguém trair alguém. Se o Eduardo Campos quiser ser candidato ele vai ter meu respeito. Eu gostaria de conversar com ele, tenho certeza de que ele vai conversar comigo. E eu acho que temos que estar juntos porque o Brasil precisa que nós estejamos juntos”, disse.  (De O GLOBO –   Júnia Gama e Fernanda Krakovics)

Clique aí e leia mais: Lula convida Eduardo Campos para apoiar a candidatura de Dilma




jr telecom

UPE Campus Petrolina lança edital para seleção de estagiários em pedagogia

Postado em 14 de agosto de 2013 por Josélia Maria

A UPE  – Universidade de Pernambuco, Campus Petrolina tendo em vista  o  Decreto nº 32.948, de 19 de janeiro de 2009 que institui o Programa Bolsa-Estágio, comunica que estão abertas as inscrições para o processo seletivo de estagiários para nível Superior em Pedagogia. Este processo seletivo destina-se ao preenchimento de 08 vagas de estagiários para os turnos da manhã, tarde e noite. A seleção terá validade de 1 (um) ano a contar da publicação do resultado final, podendo ser prorrogado, uma única vez, por igual período, valendo para o preenchimento das vagas que surgirem no decorrer desse período.

As inscrições  serão realizadas no próprio Campus de 14 a 23 de agosto deste ano e a seleção consta da análise do histórico escolar e entrevista.   Maiores informações sobre poderão ser consultadas pelo seguinte endereço eletrônico:

http://ww2.upe.br/petrolina/




jr telecom

Em nota Odacy disse que estará disponível para qualquer esclarecimento na CPI do Traumas

Postado em 14 de agosto de 2013 por Josélia Maria

image-12683
O deputado estadual Odacy Amorim, do PT-PE, afirma em nota que estará disponível para qualquer tipo de esclarecimento relacionado a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) aprovada nesta terça-feira, dia 13 de agosto, na Câmara de Vereadores de Petrolina. A CPI investigará possíveis irregularidades na construção do Hospital de Urgência e Traumas  iniciada em 2001 e cuja obra foi concluída por Odacy quando administrou o município entre os anos de 2007 e 2008. Veja o que diz o deputado sobre o assunto.

“Sempre pautei a minha vida pública com correção, cumprindo com o meu dever. Fui prefeito por dois anos e realizei muitas ações, especialmente para ampliar os serviços de saúde de Petrolina como a implantação do Hospital do José e Maria (PAS) e da unidade do SAMU também no mesmo bairro, a transformação do Hospital Dom Malan em referência materno-infantil, aquisição de oito ambulâncias adquiridas com recursos próprios da Prefeitura, reformei e ampliei postos de saúde, implantei o Centro Auditivo Municipal, consegui com o governador Eduardo Campos o compromisso de trazer uma UPA para Petrolina. Realizei ainda concurso público para o SAMU, PSF e agentes de saúde e efetivei agentes comunitários de saúde e os agentes de endemias do município. Mesmo com um orçamento apertado, consegui concluir o Hospital de Urgência e Traumas, construção essa que já se arrastava desde 2001. Obra que custou mais R$ 30 milhões em investimento. Portanto, como ex-prefeito tenho a obrigação de prestar esclarecimentos quando for necessário. Compete aos homens públicos agirem com responsabilidade em todos os seus aspectos, principalmente o de entender que as disputas políticas são para a época da eleição e mesmo nesse período, devem ser pautadas na verdade e nas boas e sinceras propostas”.

 

Odacy Amorim – Deputado Estadual (PT-PE)

 




jr telecom