Destaques

CASO BEATRIZ MOTA; FORAGIDO PODE SER PRESO A QUALQUER MOMENTO

Em contato no início desta tarde de quinta (18), os pais da menina Beatriz Mota, assassinada no ano ...

Secretaria da Educação do Estado realiza nestas quinta e sexta-feira (18 e 19) matrícula para os cursos técnicos de nível médio

A Secretaria da Educação do Estado realiza, nestas quinta e sexta-feira (18 e 19), a matrícula pa ...

Classificada para o Campeonato Brasileiro Nacional de Judô Alana Moura busca patrocinador

A atleta do Clube Judô Juazeiro  Alana Moura teve esse ano uma ascensão espetacular no Ranking ...

Vereador Alvorlande Cruz declara guerra e exige que as operadoras instalem sinal do celular em Rajada

Postado em 13 de agosto de 2013 por Josélia Maria

image-12650
Operadoras de telefonia celular Oi, TIM, Vivo e Claro terão uma verdadeira pedreira para enfrentar em Petrolina. O vereador Alvorlande Cruz (PRTB) anunciou que exige a imediata instalação de uma antena para que a população de Rajada e comunidades vizinhas possa realizar o sonho da telefonia móvel.

O parlamentar deve conseguir o apoio dos colegas da Casa Plínio Amorim para que o projeto seja apreciado em regime de urgência urgentíssima. Alvorlande ressaltou que a área de Rajada, por determinação da Anatel, é de responsabilidade da operadora Vivo e que a Câmara fará sua parte que é regulamentar a instalação das antenas.

Ainda segundo Alvorlande, o prefeito Julio Lossio (PMDB), garantiu que caso as empresas não iniciem a operação do celular na região de Rajada, elas não receberão mais autorizações de ampliação do sistema na área urbana.

O parlamentar ainda anunciou que o Ministério Público será convocado para fazer valer a concessão do serviço e pedi a suspensão de aparelhos e chips das grandes operadoras caso o sinal dessas operadoras não chegue ao distrito e em localidades próximas. As informações são do Blog do Banana.

 




jr telecom

O Milagre de um novo dia

Postado em 13 de agosto de 2013 por Josélia Maria

image-12646
Apalavra

Eu tenho responsabilidades para cumprir hoje. Eu sou importante. É minha função escolher que tipo de dia terei hoje.

Hoje eu posso reclamar porque está chovendo ou posso agradecer às águas por lavarem energias pesadas.

Hoje eu posso ficar triste por não ter muito dinheiro ou posso me sentir encorajado para administrar minhas finanças sabiamente, mantendo-me longe de desperdícios. Hoje eu posso reclamar sobre minha saúde ou posso dar graças a Deus por estar vivo.

Hoje eu posso me queixar dos meus pais por não terem me dado tudo que eu queria quando estava crescendo, ou posso ser grato a eles por terem permitido que eu nascesse.  Hoje eu posso lamentar decepções com amigos ou posso observar oportunidades de ter novas amizades. Hoje eu posso reclamar por ter que trabalhar ou posso vibrar de alegria por ter um trabalho que me põe ativo.

Hoje eu posso choramingar por ter que ir à escola ou abrir minha mente com entusiasmo para novos conhecimentos.

Hoje eu posso sentir tédio com trabalho doméstico ou posso agradecer a Deus por ter dado-me a bênção de um teto que abriga meus pertences, meu corpo e minha alma. Hoje eu posso olhar para o dia de ontem e lamentar as coisas que não saíram como eu planejei ou posso alegrar-me por ter o dia de hoje para recomeçar.

O dia de hoje está à minha frente esperando para ser o que eu quiser.  E aqui estou eu, o escultor que pode dar-lhe forma. Depende de mim como será o dia de hoje diante de tudo que encontrarei.

A escolha está em minhas mãos: Hoje eu posso enxergar minha vida vazia ou posso alegremente receber o Milagre de Um Novo Dia !





Avião da Esquadrilha da Fumaça cai e mata piloto e copiloto

Postado em 13 de agosto de 2013 por Josélia Maria

image-12641
Estadão Conteúdo

Um avião da Esquadrilha da Fumaça caiu na manhã desta segunda-feira na Academia da Força Aérea (AFA), em Pirassununga, interior de São Paulo, enquanto treinava um looping (exercício de acrobacia aérea que consiste em executar uma volta completa no plano vertical). O piloto, capitão João Igor Silva Pivovar, e o copiloto, capitão Fabrício Carvalho, os dois de 31 anos, ejetaram-se, mas morreram por falta de altitude para que o paraquedas abrisse.

image-12642
O avião, um A-29 Super Tucano, do Esquadrão de Demonstração Aérea (EDA), caiu às 9h10 próximo à pista. Os novos modelos de avião substituirão os antigos T-27 e estão em fase de transição e preparação.

Em nota oficial, a Força Aérea Brasileira (FAB) afirmou que Pivovar e Carvalho eram experientes e faziam treinamento quando aconteceu a queda. Na nota, o brigadeiro Marcelo Kanitz Damasceno, chefe do Centro de Comunicação Social da Aeronáutica, afirmou que o Comando da Força iniciou as investigações para apurar as causas do acidente.

Pivovar e Carvalho teriam feito contato com a torre momentos antes da queda. Eles teriam comunicado que fariam um pouso de emergência por causa de uma falha mecânica. A FAB não confirma a informação.

Pivovar e Carvalho foram recentemente promovidos para a Esquadrilha da Fumaça. O copiloto era de Conselheiro Lafaiete, na Grande Belo Horizonte, estava na Força Aérea desde 1998 e tinha mais de 2,3 mil horas de voo. O piloto era de Jaguariaíva, a 222 quilômetros de Curitiba, entrou para a FAB também em 1998 e também pilotava helicóptero.

Avião
O Super Tucano tem praticamente o dobro do peso e da potência do T-27 e é controlado por comandos digitais. Neste domingo (11) em homenagem ao Dia dos Pais realizada em Pirassununga, a Esquadrilha da Fumaça voou com os modelos, mas não fez manobras aéreas porque os pilotos ainda estão em treinamento com o novo aparelho.

No início de 2013, a FAB fechou com a Embraer Defesa e Segurança um contrato de R$ 16 milhões para adequação e operacionalização das 12 aviões A-29 Super Tucano, da Esquadrilha da Fumaça. O aparelho é um turboélice de ataque leve destinado às missões de combate. A maior potência permite novas manobras para a Esquadrilha da Fumaça.

O grupo comemorou 60 anos em maio de 2012. Durante esse período, esteve desativado de 1977 até 1982. Na média, faz cerca de cem espetáculos por ano. Desde 1952, foram 3.400 – no Brasil e em outros 21 países. O último acidente com um avião da Esquadrilha da Fumaça aconteceu em 2010, quando um piloto de 33 anos morreu, após o aparelho cair numa apresentação em Lages, a 223 km de Florianópolis.

 





Lossio visita obras em andamento na cidade

Postado em 12 de agosto de 2013 por Josélia Maria

image-12638

Durante toda a manhã desta segunda, o prefeito Julio Lossio, acompanhado por secretários e assessores municipais, esteve visitando as principais obras em andamento no município. A iniciativa teve como principal objetivo acompanhar de perto os equipamentos públicos que estão sendo implantados na cidade e que certamente representarão um impacto positivo para a população.

“Apresentamos muitos projetos e temos conseguido parcerias e recursos que são importantes e possibilitam com que a cidade se transforme em um grande canteiro de obras. São quadras cobertas, creches, Clubes de Bairro, habitações, enfim, uma série de equipamentos que vão se consolidando e trarão benefícios para milhares de pessoas, sobretudo àquelas mais carentes. Isso nos motiva a continuarmos essa caminhada com planejamento e esmero para que novas obras aportem na cidade”, explica o prefeito de Petrolina, Julio Lossio.

Dentre o roteiro visitado pela equipe da gestão municipal estão obras como o Clube do Bairro.  Até o final deste mês, a cidade será contemplada com mais uma instalação: a obra está situada no bairro Cohab Massangano e já se encontra em fase de finalização. Este tipo de empreendimento voltado para o lazer é composto de pistas de caminhada, academia para a terceira idade, espaço de lazer para crianças, mesas com tabuleiros de jogos e quadra de esportes. O bairro Quati II também vai receber uma obra como esta. A previsão é de que a inauguração aconteça até o fim deste ano. Os recursos são oriundos de uma parceria entre o Ministério dos Esportes e o governo municipal, representando investimentos da ordem de mais de R$ 400 mil.

Uma das obras que chamou a atenção por sua envergadura é a Praça dos Esportes e da Cultura (praça do PEC), que está sendo implantada no bairro Rio Corrente. A obra- que tem um investimento de R$ 2 milhões oriundos do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento), do Governo Federal – vai contar com diversos espaços quando estiver pronta, a exemplo de biblioteca, cine teatro – com capacidade para 60 pessoas -, telecentro, quadra coberta, área para jogos de mesa e ginástica, pista de skate e de caminhada, espaço da criança e de multiuso, Centro de Referência e Assistência Social (CRAS), dentre outros. A previsão é de que a obra seja entregue no início de 2014.

Outros investimentos de porte são as creches do ProInfância. Além das creches do programa Nova Semente, Petrolina conta já com duas unidades do Proinfância e mais três estão em construção, previstas para serem entregues no próximo ano, com capacidade para 180 crianças cada uma. As  creches em construção seguem  as normas exigidas do Programa e todas serão construídas a partir de uma nova tecnologia de construção para estreitamento do prazo de conclusão das obras.

Vale ressaltar que estes empreendimentos, além de representarem um ganho para a comunidade, também significam geração de emprego e renda, sobretudo aos profissionais ligados ao setor da construção civil.





Governo capta R$ 1,2 bilhão com BIRD para financiar políticas públicas no Estado

Postado em 12 de agosto de 2013 por Josélia Maria

 

image-12634

O governador Eduardo Campos recebeu, nesta segunda-feira (12/08), uma comitiva do Banco Mundial (BIRD), para tratar do Programa de Desenvolvimento das Políticas Públicas do Estado de Pernambuco II (DPL II). Trata-se de um empréstimo focado na construção de resultados que visem a diminuição da pobreza e a melhoraria prestação de serviços públicos. A operação é a maior já realizada entre o Estado e a instituição. O valor total do desembolso do DPL II é de R$ 1,2 bilhão e será direcionado para as 12 áreas definidas como prioritárias pelo Governo de Pernambuco, pactuadas no Mapa da Estratégia 2011-2014.

Eduardo ressaltou a forma inovadora com a qual é exigida a contrapartida dos governos para a realização do financiamento com o banco. Para ele, trata-se de uma “parceria de confiança”, que distingue a estrutura e a consolidação do modelo de gestão do Executivo. “É um projeto importante, porque não é só aplicação de recursos para realização de obras, mas é você poder medir resultados que têm impacto para a população. O que só fortalece nossa parceria com o Banco Mundial, porque também estabelecemos um elo na cooperação técnica. Ou seja, as equipes do BIRD nos ajudam a desenvolver e implantar esses projetos”, explicou o governador, durante a audiência, realizada na sede provisória do Governo do Estado, no Centro de Convenções.

O DPL II tem como tema “Pernambuco: Crescimento Econômico com Equidade”. As principais frentes de trabalho contemplam as áreas de saúde, educação e segurança, com destaque para a qualificação profissional e o ensino técnico. Por conta dos efeitos da seca, ações de recursos hídricos também ganharam atenção no programa. Segundo o secretário de Planejamento e Gestão, Frederico Amâncio, o Estado utilizará cerca de R$ 900 milhões em projetos executados até o final deste ano.

“Desde o ano passado, quando firmamos o DPL I em cerca de R$ 1 bilhão, nossa parceria com o BIRD vem se solidificando e crescendo. O DPL II está presente em praticamente todas as nossas áreas de atuação. E essa evolução para o DPL II só foi possível porque o banco entende que estamos avançando bem na execução do DPL I”, afirmou Amâncio, citando ainda os índices de investimento de Pernambuco, “comparáveis aos números de Estados como Minas Gerais, que possui um PIB quatro vezes maior”.

“Outros Estados brasileiros já utilizam de experiências que nascem em Pernambuco para firmar parceria com o Banco Mundial. O mais interessante que vemos aqui é a sinergia entre as áreas, que são integradas, além da gestão fiscal e da capacidade de implementação dos projetos. As equipes são muito bem preparadas”, sublinhou a diretora do Banco Mundial para o Brasil, Deborah Wetzel. O DPL possui as melhores condições praticadas no mercado. O financiamento tem prazo de 30 anos e carência de cinco anos. A taxa de juros é de 1,5%, ao ano.





Secretaria de Saúde de Petrolina realiza I Feira da Família na Agrovila Massangano

Postado em 12 de agosto de 2013 por Josélia Maria

Com o tema “Família – Eu acredito!”, a Secretaria Municipal de Saúde de Petrolina (SMS), realizará nesta quarta-feira (14), das 8h às 14h, a I Feira da Família da UBS João Augusto da Silva, na Quadra Poliesportiva da Agrovila Massangano.

A iniciativa da Equipe de Saúde da Família (ESF) da unidade tem o intuito de ofertar diversos serviços à comunidade, além de arrecadar donativos para a entrega de cestas básicas às famílias mais carentes da localidade.

A Feira contará com apresentações artísticas e culturas, feira de artesanato, oferta de serviços médicos como aferição da pressão arterial, preventivos, glicemia, testes rápidos de HIV, além de um espaço de estética (corte e escova).

As comunidades da Ilha do Massangano, Roçado, Alto da Cabaceira e Pedra Cerca também vão participar da I Feira da Família.





Ascensão de Marina Silva amplia pressão sobre Aécio Neves no PSDB

Postado em 12 de agosto de 2013 por Josélia Maria

A ascensão da ex-senadora Marina Silva na corrida presidencial e o desempenho tímido do senador mineiro Aécio Neves (PSDB) reavivaram antigas divisões no principal partido da oposição sobre a melhor maneira de enfrentar a presidente Dilma Rousseff nas eleições de 2014.

Os resultados da mais recente pesquisa do Datafolha, publicados ontem, mostram que o senador mineiro perdeu quatro pontos no cenário mais provável. Marina Silva foi a única candidata no campo da oposição que avançou, indo de 23% para 26%.

Ao mesmo tempo, a aparição na pesquisa levou o ex-governador José Serra a declarar abertamente que deseja uma “comparação” direta entre o seu desempenho e o de Aécio, ainda que ele resista em assumir-se candidato.

“Independente de ser candidato ou não, curiosamente a pesquisa não permite uma comparação adequada entre mim e o Aécio”, disse Serra. “De todo modo, o que fica evidente é como o quadro sucessório é mutante”, finalizou.

Sem mencionar Serra, Aécio, que é presidente nacional do PSDB, afirmou que neste momento, os candidatos que já concorreram à Presidência estão em vantagem.

“As pesquisas são estimuladoras, principalmente se analisarmos o conhecimento dos nomes colocados, o que, neste momento, é a informação mais relevante”, disse. “O PSDB, não tendo definido ainda sua candidatura, manterá sua estratégia, que é a de conversar cada vez mais com mais brasileiros.”

Aécio conta com os programas que o PSDB exibirá em cadeia de rádio e televisão em setembro para se tornar mais conhecido nacionalmente.

Hoje o mineiro tem quase que a hegemonia no partido, o que levou o ex-governador Serra a estudar opções para poder se lançar pela terceira vez ao Planalto.

Nesse sentido, Serra passou a cogitar desde sair do PSDB –foi convidado pelo PPS– até disputar uma prévia com Aécio, embora saiba que hoje o senador tem apoio majoritário no partido.

É por esse histórico que o desempenho de Aécio e sua briga interna com Serra começam a preocupar integrantes do partido.

No cenário do Datafolha em que foram testados juntos, Serra e Aécio, somados, praticamente empatam com Marina. Separados, Serra tem desempenho pouco melhor que o de Aécio, mas o mineiro, quando testado sem o rival interno, não consegue atrair todos os seus votos.

Vice-presidente do PSDB, o senador Álvaro Dias (PSDB-PR) disse que a sigla deveria ter feito prévia para escolha de candidato em vez de abraçar a candidatura de Aécio. “A especulação de que Serra vai sair só provoca instabilidade. Em vez de dividir o partido, deveríamos promover a unidade”, afirmou Dias.

A declaração gerou desconforto entre os principais aliados de Aécio. O deputado Marcus Pestana (PSDB-MG), disse que a posição de Dias não reflete a do partido.

“Aécio conseguiu unir o PSDB. O fato é que uma eleição que era dada como certa agora está totalmente aberta. O que está claro é que o povo descartou a continuidade automática do governo Dilma como principal opção.”

Mas mesmo entre os mais próximos, há uma cobrança para que o mineiro seja mais incisivo. “O que a pesquisa mostra é que todos os candidatos que não são Dilma Rousseff e Marina Silva precisam falar mais com o povo”, afirmou o deputado Sérgio Guerra (PSDB-PE).


Folha de  São Paulo

 




jr telecom

Ministro vistoria nova etapa das obras de contenção do mar em Jaboatão

Postado em 12 de agosto de 2013 por Josélia Maria

Durante a vistoria, Fernando Bezerra Coelho informou que vai sugerir à presidenta Dilma a criação de um programa de obras de prevenção nas orlas do País

image-12623
Jaboatão (PE) – Com mais de 50% das obras concluídas, o ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra Coelho, vistoriou a segunda etapa da recuperação da orla de Jaboatão dos Guararapes. A visita foi acompanhada pelo governador de Pernambuco, Eduardo Campos, e pelo prefeito do município beneficiado pela intervenção, Elias Gomes. A expectativa é de que a obra, financiada com recursos de R$ 41 milhões do Governo Federal, seja concluída até o fim deste ano.

O ministro demonstrou satisfação com os primeiros resultados da ação que beneficiará cerca de 6 km da orla jaboatonense. “Essa obras estão se transformando em referência, pois vários prefeitos visitaram Jaboatão e se impressionaram com os resultados. A população já sente os benefícios e o setor econômico se prepara para um novo momento que surgirá após a recuperação dessa orla”, destacou.

Ainda durante a agenda, o ministro informou que está em análise a possibilidade da criação de um programa voltado para obras de prevenção nas orlas do país. “A presidenta Dilma Rousseff já tem conhecimento dos resultados dessa obra e vamos propor a criação de um programa para trazer resultados imediatos para o litoral brasileiro.”

Iniciada há quase seis meses, as obras visitadas pelo ministro preveem a engorda de 5,8 km de faixa de areia da orla jaboatonense. A intervenção já recuperou 3 km na primeira etapa, no trecho entre as praias de Barra de Jangada e Candeias. Com a engorda, as áreas beneficiadas terão um incremento de 40 metros de largura, em média, beneficiando os banhistas que visitam a orla e preservando os imóveis situados à beira-mar que sofriam com o avanço do mar.

Também em Pernambuco, o Ministério da Integração investirá mais R$ 14,3 milhões para a recuperação da orla do município do Paulista. As obras foram iniciadas, na semana passada, na praia de Pau Amarelo e devem seis meses.