Destaques

CSTT realiza intensa fiscalização no final de semana

A Companhia de Segurança, Trânsito e Transporte (CSTT) realizou blitzes itinerantes neste último ...

A CRUCIFICAÇÃO BATE RECORDE DE PÚBLICO NA CONCHA ACÚSTICA DE PETROLINA

A Concha Acústica de Petrolina e arredores foram palcos da encenação do maior e mais belo espetá ...

Apresentações da Via Sacra emocionam público juazeirense da sede e interior

Entre os dias 18 e 21 de abril a comunidade juazeirense, da sede e do interior, prestigiou as aprese ...

AblogPE e o Nordeste.com promovem o 2º Blogger neste final de semana

Postado em 19 de abril de 2013 por Josélia Maria

image-8102

Fui recepcionada na capital pernambucana por Ivan Maurício, jornalista desde os 17 anos. Repórter e editor do “Diário da Noite” (Recife, Prêmio Esso de Jornalismo – Região Nordeste (1978).

image-8103

Aqui vai acontecer o encontro de 100 produtores de conteúdo para a mídia digital de Pernambuco ,2º bloggerPe.

image-8104

image-8105





FIEPE debate o uso das redes sociais nos negócios

Postado em 19 de abril de 2013 por Josélia Maria

image-8098

A FIEPE traz ao Recife, no próximo dia 24 de abril, o jornalista, apresentador e diretor de TV Marcelo Tas. O comunicador vai apresentar aos empresários do Estado as oportunidades que as redes sociais e a comunicação digital podem garantir para seus negócios. O evento, com início às 19h, no Recife Palace, também contará com a presença do Social Relationship Manager do site Peixe Urbano, Pedro Costa, que vai detalhar as estratégias de relacionamento com clientes do portal. Durante o seminário, o apresentador, premiado pelos experimentos que já realizou em diversas ferramentas de comunicação, tratará das características das tecnologias existentes e o modo como as pessoas interagem com ela. A partir desse ponto, Tas mostrará como o empresariado pode utilizar as ferramentas com eficiência e criatividade para obter os resultados desejados. Já Costa abordará como empregar aspectos regionais da comunicação para se diferenciar no ambiente globalizado, para isso ele vai compartilhar sua experiência de oito anos à frente do desenvolvimento de campanhas em mídias sociais e conteúdo no varejo, nas áreas política, editorial e artística. Empresas associadas aos sindicatos filiados à Fiepe têm desconto na inscrição. O evento possui o apoio do Sebrae e do portal Pernambuco.com. Mais informações (81) 3412-8461 ou produtoseservicos@fiepe.org.br.




jr telecom

“Só a irrigação resolve a seca do Nordeste” diz o ex-deputado Osvaldo Coelho

Postado em 19 de abril de 2013 por Josélia Maria

image-8093

Bom dia meus amigos do Sertão …

Vamos fazer uma análise sobre essa seca:

Primeiro vamos recordar o Governo Roberto Magalhães, quando era governador, foi uma seca dura e ele respondeu a seca pelos menos com 3 obras importantíssimas. O Açude Chapéu em Parnamirim, Adutora do Sertão que chegou a Salgueiro, e o Açude dos Copos entre outros em Bodocó. Essas 3 obras marcaram a resposta de Roberto Magalhães a um ano de seca. Quando Marco Maciel foi Governador, ele respondeu a seca com a perenização do

Brígida, e com o inicio da Adutora do Oeste. Uma Adutora com mais de 200 km. Então a seca sempre tinha uma resposta, e mais que isso, Maciel conseguiu do Governo Federal o Açude Entre Montes em Parnamirim, sem outros detalhes, sem outras obras. Aí veio esta seca adivinhada por Fernando Henrique, que estabeleceu estudos bem cuidadosos de Projetos muito importantes para o oeste de Pernambuco. Por exemplo, durante 8 anos Fernando Henrique investiu em estudos do Canal do Sertão. E Jarbas, também investiu no Projeto chamado Projeto das Ilhas que é pavimentar ao longo cada ilha até Belém do São Francisco, o que representa a incorporação de mais de 15 mil hectares com agricultura moderna para irrigação, então os Projetos foram feitos.

Mas, os governos dos últimos 10 anos não foram tão cuidadosos como foram Marco Maciel e Roberto Magalhães. Eles pegaram os Projetos e engavetaram, senão vejamos:

Fernando Henrique, estudou e iniciou o Projeto Pontal, deixou ele na faixa de 80% pronto, há 10 anos não se faz nada no Pontal. Iniciou e fez o Projeto Executivo de grande parte do Canal do Sertão e durante 10 anos ninguém botou uma pedra no Projeto Canal do Sertão. Em Boa Vista foi estudado o Projeto Garça, ficaram os Projetos prontos, sem nem uma obra desses Projetos prontos.

Então vamos perguntar o seguinte:

Se tivesse sido feito o que teria acontecido? Teria acontecido 45 mil empregos na margem do Rio daqui até Belém do São Francisco, incorporando e produzindomuito, muito e muito … Teria acontecido com o Pontal pronto, seria mais pelo menos 30 mil empregos para uma região que sabe o que é irrigação. E o Canal do Sertão atenderia Casa Nova na Bahia, e 16 Municípios de Pernambuco, entre eles: Ouricuri, Exú, Bodocó, Afrânio, Serrita, Dormentes – cuja área irrigada seria de 166 mil hectares, gerando 500 mil empregos. Então isso que não foi feito, o que é que representa? Representa na minha conta mais de 200 mil empregos que nos foram roubados, e áreas que não foram incorporadas à fartura, ficaram aí secas, pobres e vitimas da seca. Então essa seca tem dono, essa seca não pode ser responsabilidade de São Pedro não, São Pedro já anunciou há muito que ia nos dá o Rio, nos dá o sol, e nos dá água, e que precisava que os homens fizessem os canais. Fernando Henrique fez canais, o Governo da Revolução também fez muito canal, Sarney também fez muito canal, e os 10 últimos anos não fez Canal nenhum. Então a responsabilidade de remediar essa seca e de plantar um tempo novo é do atual governo. Mas o atual governo não está tratando nem de remediar, nem muito menos de plantar o futuro.

Por exemplo, estão colocando cisternas e caminhão pipa, isso aí é coisa do século passado. O século atual exige é adutora, Projetos de irrigação nosaçudes e no Rio São Francisco. Senhores nós temos tudo para ser prósperos. Nós temos sol, solo, água do rio e água dos grandes açudes, isso tudo parado. Tem alguém responsável por isso. A gente não pode ser bonzinho e jogar tudo para São Pedro não, se tivessem feito isso que eu disse aos senhores, o nosso Oeste de Pernambuco era outro. Então eu quero dizer que a gente tem que se indignar pelo que não foi feito, e pedir muito mais do que merecemos. Que se a seca foi cruel até agora março, ela vai ser impiedosa e o governo tem que nos atender. O governo agora está dizendo que vai dar bagaço de cana, não adianta se não adicionar uréia para o bagaço ficar rico, e isso é muito pouco … muito pouco … tem que ser cobrado deles a uréia e a tecnologia de aplicação da uréia, para depois a uréia não matar. Isso é o que tem que fazer.

De forma que eu digo aos senhores que não vejo isso pacificamente não, eu vejo isso indignado, as coisas deveriam ter sido feitas e que não são feitas, Meu Deus o que é que estamos esperando por esse Pontal, porque não fazem o Canal de derivação do Vira-beijú, o canal do Vira-beijú foi um pacto feito … compraram e desapropriaram as terras, anunciaram para aquelas populações de agricultores que ia ter o Canal de Vira- beijú. A Codevasf estudou o canal, concluiu, e aí chegou o governo e diz aí não vai mais ter canal … Não é certo isso. Os pactos tem que serem honrados. Projeto Pontal houve um pacto que as terras seriam aberto mão para o governo, mas o governo selecionaria gente da região para serem agricultores.

Aí inventaram o PPP não vai ser justo, o agricultor não vai mais ser proprietário vai ter que doar o terreno, está errado, muito errado, tem que haver uma reação a essas coisas, precisa dizer aos donos do Poder, que eles podem ser donos do Poder, mas não donos da vida da gente. Se os pactos foram feitos os pactos tem que serem honrados. Tem que pegar o Pontal, tem que ser no sistema antigo, tem que acabar com PPP, PPP já 2 vezes 3 vezes, botam o Edital e ninguém concorre.

Agora estão anunciando que vão fazer tudo com PPP, vai ser mais uma vez uma concorrência vazia, não podemos ser cúmplices de experiência de ninguém, as obras de irrigação no Rio Grande do Sul, que é o maior produtor de arroz do Brasil, foram feitas na época de Vargas, com dinheiro da União. O Projeto Nilo Coelho, foi feito com dinheiro da União, e agora porque mudar a moeda, essa moeda PPP não circula, ninguém quer, é moeda falsa.

Meus amigos vamos reagir a isso, vamos pedir o que nós temos direito, nós temos direito a irrigação, não há solução para a seca aqui no Oeste do Rio, sem ser com irrigação, tudo mais é enganação, e tapeação é coisa que não resolve. Onde nós temos água, solo e sol, temos que ter um Canal de irrigação.

Vamos lutar por isso.

Muito Obrigado.”.

Diante do texto apresentado é que pedimos aos meus Ilustres Pares neste Parlamento Estadual, que aprovem o presente requerimento.

Fonte:Blog Vinicius de Santana





Direto da capital pernabucana

Postado em 19 de abril de 2013 por Josélia Maria

Aceitando convite  da  Associação dos Blogueiros de Pernambuco e o portal www.onordeste.com ,á estamos na capital pernambucana onde vamos participar do evento que reúne 100 blogueiros das diversas regiões do estado.

image-8086

 

 





Recife sedia III Congresso Nacional do Feijão-Caupi

Postado em 19 de abril de 2013 por Josélia Maria

image-8080

Encontro contará com quatro palestrantes internacionais

Com expectativa de reunir 600 participantes, será aberto, na manhã da próxima segunda-feira (22/04) e prossegue até a próxima quarta-feira, no Mar Hotel, em Boa Viagem, o III Congresso Nacional do Feijão-Caupi (Conac). Este ano, o tema central do encontro é “O Feijão-Caupi como Alternativa Sustentável para os Sistemas Produtivos Familiares e Empresariais”. São ao todo quatro palestrantes internacionais e trinta nacionais, que abordarão as pesquisas realizadas nas áreas de exigências nutricionais, doenças, ervas daninhas, fixação biológica de nitrogênio, recursos genéticos, cultivares, melhoramento, biotecnologia, biofortificação e processamento, abrangendo toda a cadeia produtiva.

De acordo com o pesquisador, Antonio Felix, apesar de a maior parte da produção ainda estar concentrada na agricultura familiar, percebe-se certo interesse dos grandes produtores, que detêm maior poder aquisitivo e acesso a modernas tecnologias, em contribuir para a expansão das fronteiras agrícolas das regiões Norte e Nordeste, seus principais produtores, para o Centro-Oeste. “Devido à importância da cultura do feijão-caupi, sua adaptação a climas adversos e a qualidades nutricionais, é de grande importância a realização de um evento periódico no Brasil, evidenciando o interesse crescente que este cultivo vem despertando no mundo” destacou o presidente do IPA, Júlio Zoé de Brito.

Para o secretário de Agricultura e Reforma Agrária, Ranilson Ramos, Pernambuco tem uma posição estratégica no cultivo de feijão-caupi na região, o que torno de grande importância a realização de um evento dessa natureza no Estado. “É importante estar atento às inovações tecnológicas e o intercâmbio de informações entre os pesquisadores é, sem dúvida, um dois mecanismos mais eficientes de troca de experiências em todas as cadeias produtivas, sobretudo às de exploração pela agricultura familiar”, afirmou.

O Congresso Nacional de Feijão-Caupi (Conac) acontece a cada três anos no Brasil e tem por finalidade o intercâmbio de experiências no âmbito científico entre pesquisadores, técnicos, estudantes, produtores rurais e consumidores, proporcionando informações atualizadas à comunidade acadêmica e a todos que produzem ou que, de alguma forma, estão ligados à cultura, de maneira a fortalecer cada vez mais os elos da cadeia produtiva.

O feijão-caupi, feijão-macassar ou feijão de corda, como também é conhecido, era explorado utilizando sistemas de produção tradicionais, tendo um mercado restrito e destinado à agricultura de subsistência. Entretanto, nos últimos anos, vem adquirindo maior expressão econômica, devido, basicamente, à busca da população por alimentos saudáveis, e também à ampliação da área de produção que corresponde a 2/3 da produção de feijão do Nordeste e a 1/3 da produção nacional.

Em 2011 foram colhidos no Brasil aproximadamente 1,6 milhão de hectares, com produção de 822 mil toneladas, média de 525 kg/ha. A maior produção concentra-se no Nordeste, com 84% da área plantada e 68% da produção nacional. A cultura do feijão-caupi mantém a cada ano 1,2 milhão de empregos diretos.





Malhas da Lei de Floresta prende acusado de praticar homicídio na noite de Natal

Postado em 19 de abril de 2013 por Josélia Maria

A Equipe Malhas da Lei da 22ª Desec- Floresta conseguiu prender nesta terça-feira (16), Marcelo Rosa de Menezes de 28 anos, acusado de assassinar com quatro disparos de arma de fogo a pessoa de José Manoel da Silva de 19 anos, em praça pública, na noite de natal do ano de 2009, na cidade de Floresta.

Marcelo Rosa foi preso após Uma denúncia anônima que levaram os policiais ao município de Formosa do Rio Preto, na Bahia, local onde ele estava escondido. O acusado não reagiu à prisão, e como tinha ainda em seu desfavor outros mandados de prisão do Estado da Bahia, ele foi recolhido a Cadeia Pública de Riachão das Neves, BA, onde permanece à disposição da Justiça.





Por causa das reclamações da população, Celpe será convidada para audiência pública em Petrolina

Postado em 18 de abril de 2013 por Josélia Maria

image-8074

por Carol Souza

O vereador de Petrolina, Adalberto Bruno (PSL), solicitou uma audiência pública com a participação da direção da Celpe. A iniciativa do parlamentar é retomar o diálogo entre a concessionária e o município no momento em que as reclamações da população sobre os serviços se acumulam.

image-8075

Segundo o edil, o deputado estadual, Adalberto Cavalcanti (PHS) se comprometeu a fazer essa ponte e garantir a presença do gestor da Celpe em Petrolina. De acordo com o vereador Adalberto, a audiência deve abranger também a discussão sobre os serviços da Compesa, além do representante local dos Correios, já que outro grave problema está nas entregas das contas na cidade.

Mas, certamente, a batalha maior dos vereadores de Petrolina é a descentralização do atendimento da Celpe. “Aqui não se trata mais de uma cidadezinha. Aqui é um super cidade do interior do estado de Pernambuco, então, a gente precisa ter um tratamento diferenciado devido à demanda que nos temos”, justificou Adalberto Bruno.




jr telecom

Santa Maria: Prefeita Eliane oficializa candidatura sábado 20/04 e vice deve ser anunciado nesta sexta

Postado em 18 de abril de 2013 por Josélia Maria

image-8065

As primeiras movimentações rumo à eleição suplementar que acontece em 02 de junho para prefeito de Santa Maria da Boa Vista (PE), já começaram. E a prefeita interina, Eliane Costa (PSL) quer ser a primeira a oficializar sua candidatura, marcando sua convenção para as 17h do domingo  dia 21, na AABB da cidade.

image-8066

O nome do vice vai ser divulgado amanhã as especulações estão em torno dos nomes do vereador Tatá Medrado e do ex-prefeito José Gualberto.Até o momento o ex-prefeito Jetro Gomes  não consolidou um chapa para disputar as eleições.

image-8067