Destaques

Sesc Petrolina celebra Dia do Comerciário neste domingo

O Sesc Petrolina vai celebrar o Dia do Comerciário neste domingo (20/10), a partir das 11h, com laz ...

URGENTE:BALANÇO DAS AÇÕES DE CONTENÇÃO

BALANÇO DAS AÇÕES DE CONTENÇÃO O secretário estadual de Meio Ambiente e Sustentabilidade, Jos ...

Reunião da ‘Operação Papai Noel’ define reforço da segurança em Petrolina

A partir do próximo dia 18 de novembro, Petrolina receberá mais uma edição da Operação Papai N ...

Homem é morto pela família e jogado em poço

Postado em 2 de novembro de 2013 por Josélia Maria

A dona de casa Marilene Rocha Nascimento, de 58 anos, e sua filha Silvani Rocha Nascimento, de 32, foram presas nesta sexta-feira, 01, em São Roque, acusadas de assassinar e jogar num poço o corpo do marido de Marilene, José Vieira da Cruz, de 59 anos. O genro da mulher e marido de Silvani, Levi Vieira Leite, de 33 anos, teria participado do crime e está foragido. Ele já era procurado por homicídio.

As duas mulheres justificaram o crime alegando que o padrasto tentara estuprar Silvani. O crime aconteceu no dia 26 de outubro, na casa da família, zona rural do município, mas o corpo só foi encontrado após a confissão das duas mulheres. Parentes da vítima denunciaram seu desaparecimento à polícia. O homem foi morto com golpes de faca e de barra de ferro.

O Corpo de Bombeiros precisou da ajuda de uma equipe da Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) para reduzir o nível da água no poço e resgatar o cadáver. O corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) de Sorocaba. Mãe e filha foram autuadas por homicídio e levadas para a Cadeia Feminina de Votorantim.

Estadão





Dupla Sertaneja:”superação. Esta é a palavra que define a carreira de Jean e Bruno, pai e filho”…

Postado em 2 de novembro de 2013 por Josélia Maria

734396_594414963928009_454286586_n
image-16101

Jean & Bruno no programa Cidade Repórter com a blogueira/radialista na Rádio Cidade AM 870 

Superação. Esta é a palavra que define a carreira de Jean e Bruno, pai e filho, residentes em Petrolândia.

De início a dupla de sertanejo universitário era formada por dois amigos, Jean e Cid. O interesse pela música e principalmente o estilo, surgiu na vida de Jean desde criança quando ouvia a música sertaneja, principalmente moda de viola. “Temos como ídolos as duplas Milionário e José Rico, Zezé de Camargo e Luciano, Leandro e Leonardo, entre tantos outros”, conta.

A primeira formação da dupla ocorreu no ano de 2003, porém após sete anos juntos, um fato lamentável separou os amigos, a morte de Cid em 2010. “Foi muito difícil, éramos grandes amigos, mas era como se fôssemos irmãos. Me senti mal, achei que não voltaria mais aos palcos”, lembra.

Com a dor da perda, Jean parou com a música, porém, em 2011, o seu filho Bruno o encorajou a continuar o sonho. “Bruno me encorajou e com a nova formação há dois anos botamos o pé na estrada, mas não foi nada fácil. Deus nos deus força. É importante ressaltar que temos recebido muito força, inclusive apoio do empresário Armando Rodrigues do Grupo Sanfrancisco. Armando acreditou nosso trabalho e vem investindo muito. Ele é um grande empresário de Petrolandia no Sertão de Itaparica. Bruno, que fazia Backing Vocal” e assumiu a primeira voz”, ressalta

A dupla está em Petrolina para apresentar o novo trabalho, com o título ‘Um anjo’, já que, para eles, a cidade é uma vitrine de talentos. Esse é o segundo trabalho da dupla, que conta com 14 faixas, entre elas cinco são músicas inéditas.

Jean e Bruno, estão à disposição dos empresários Petrolinense e de todo Nordeste. Os interessados devem entrar em contato pelo telefones (87) 8809-7932/ 8835-0230.

Do facebook de Claúdio Farias




jr telecom

Aflitos e ansiosos

Postado em 2 de novembro de 2013 por Josélia Maria

20131102011744_cv_MARINDILMAAECIOEDUmontagem-materia_gde
image-16098

ELIANE CANTANHÊDE *

Segundo Aécio Neves, Lula e o PT estão “aflitos e ansiosos” e os petistas vivem “inseguranças internas”, duvidando das chances de Dilma Rousseff em 2014.

Ok, isso tem até uma boa parcela de verdade, mas reflete só um lado da intrincada história da eleição.

Talvez o mais correto seja dizer que, tanto quanto Lula e o PT, também o próprio Aécio e o PSDB, o governador Eduardo Campos e o PSB, mais a ex-senadora Marina Silva e a Rede estão “aflitos e ansiosos” e vivem “inseguranças internas”. Em alguns casos, até mais.

Dilma, que foi eleita com fama de gerente aplicada e eficiente, anuncia o pior resultado fiscal para o mês de setembro desde o Plano Real, balança comercial desbalanceada, índice de inflação sempre raspando o teto da meta e um modelo de privatização que assusta os melhores da praça internacional.

Pior: a taxa de crescimento é de deixar “aflitos e ansiosos” não apenas candidatos e partidos, mas todos os analistas e o setor produtivo.

Aécio, apesar de ser de um partido recheado de grandes nomes na economia, inclusive dos “pais do real”, também não diz como dar uma guinada para resolver a questão fiscal, a balança, a inflação, as privatizações e, especialmente, o crescimento.

Para ele, Dilma, como candidata à reeleição, deveria estar em condições muito melhores do que está. Mas, como candidato do PSDB, principal sigla de oposição e que governou o país por oito anos, Aécio também não deveria estar em condições melhores do que está a essa altura? Dilma não tem o que mostrar na economia, mas tem propaganda, máquina, dados sociais, emprego e renda a seu favor. E Aécio, o que contrapõe?

No caso de Campos e Marina, nem é preciso gastar linhas para explicar o porquê de estarem “aflitos e ansiosos” e convivendo com “inseguranças internas”. Só se fala nisso.

Quanto à crítica do tucano de que Lula é uma “sombra” de Dilma: Aécio e Campos sabem bem o que é isso.  (* Folha de S.Paulo)




jr telecom

Inscrição para 72ª Exposição Nordestina de Animais termina na próxima sexta

Postado em 2 de novembro de 2013 por Josélia Maria

santa-ines
image-16091

O prazo de inscrição de bovinos, equinos, ovinos e caprinos para a 72° Exposição Nordestina de Animais e Produtos e Derivados – ENAPD termina na próxima sexta-feira, dia  8 de novembro. O evento, que acontece de 17 a 24 de novembro de 2013, no Parque de Exposição do Cordeiro, deve receber mais de 300 mil visitantes. Criadores de todos os estados do Nordeste, assim como diversos municípios de Pernambuco, estarão presentes na exposição. O destaque fica para as cidades de Carpina, Limoeiro, Surubim, Bom Conselho, Garanhuns, Itaíba, Arcoverde, São Bento do Una, Afogados da Ingazeira e Sertânia.

Os criadores poderão inscrever cada bovino ao preço de R$ 80,00 (sócio) e R$ 150,00 (não sócio). Para a participação no ranking das raças nelore e guzerá será cobrado o valor adicional de R$ 15,00 e R$ 10,00, por cabeça, respectivamente. Já para os equinos, a inscrição custa R$ 150,00 (sócio) e R$ 180,00 (não sócio). Para ovinos e caprinos os preços são R$ 180,00 (sócio) e R$ 300,00 (não sócio).

Boi exposição 3p
image-16092

Para participar do evento, todo animal deve estar acompanhado da Guia de Trânsito Animal (GTA). Além da guia, bovinos e bubalinos devem estar vacinados contra febre aftosa e com atestados negativos para brucelose e tuberculose. Já os equídeos devem apresentar os exames negativos de Anemia Infecciosa Equina (AIE) e Mormo.

A ENAPD, que é considerada a maior feira do segmento no Norte-Nordeste, deverá reunir mais de cinco mil animais, entre bovinos, caprinos, ovinos e equinos de alta qualidade genética de criadores da região. Realizada pela Sociedade Nordestina do Criadores, em parceria com a Secretaria de Agricultura do Estado, a exposição também contará com mais de 200 estandes, com exposições e vendas de máquinas, tratores, veículos leves e utilitários, motos, equipamentos de irrigação, coleta e resfriamento de leite e implementos agrícolas.

Cavalo exposição 2
image-16093





Rotas da Integração Nacional receberá apoio de superintendências regionais

Postado em 2 de novembro de 2013 por Josélia Maria

Acordos de cooperação visam a ampliar as ações do projeto e a alcançar novas regiões brasileiras

O Ministério da Integração Nacional está fechando parceria com as superintendências regionais para fortalecer o projeto Rotas da Integração. O objetivo é superar as desigualdades no país, por meio da estruturação produtiva e integração das regiões de menor dinamismo econômico e social. Os acordos de cooperação com as superintendências do desenvolvimento do Nordeste (Sudene), do Centro-Oeste (Sudeco) e da Amazônia (Sudam) devem ampliar as áreas de atuação das rotas.

Para o coordenador geral de programas sub-regionais da Secretaria de Desenvolvimento Regional (SDR), Marcos Sant’Ana, a parceria com os órgãos possibilitará o mapeamento e a prospecção de novas cadeias. “A ideia agora é inserir as rotas em regiões pouco exploradas, como nos perímetros irrigados e sequeiros. Para isso, contar com a expertise e a proximidade das nossas vinculadas será fundamental para gerar resultados ainda mais satisfatórios”, destaca.

De acordo com o especialista em políticas públicas e gestão governamental da SDR, Vitarque Coêlho, no primeiro ciclo de trabalho foram investidos R$ 94,9 milhões na estruturação produtiva e na interligação econômica das áreas menos desenvolvidas no país. A expectativa é de que até o final deste ano mais de 60 mil famílias sejam beneficiadas.

Segundo uma das gestoras do programa, Joana Nemoto, nesta nova fase do projeto serão priorizados setores com potencial de crescimento, inclusão produtiva e desenvolvimento tecnológico. “Os principais critérios de escolha são a sustentabilidade ambiental, vinculação à agricultura familiar, atividade intensiva em emprego e representatividade regional”, explica.

Rotas da Integração – Coordenadas pela SDR, as rotas formam redes de Arranjos Produtivos Locais (APLs), que atuam na promoção, na competitividade e na lucratividade dos empreendimentos associados, mediante o aproveitamento das sinergias coletivas e a ação convergente das agências de fomento.

Atualmente, o projeto atua em seis cadeias produtivas: Cordeiro, Economia Criativa, Frutas, Mandioca, Mel e Peixe, além de contemplar as centrais de comercialização de produtos oriundos desses setores. O orçamento total para execução das ações em 2013 é de R$ 169 milhões. Para 2014, estão sendo programados R$ 230 milhões para implantação das rotas em todo país.




jr telecom

Coordenador de campanha da Chapa 1 sofre sequestro relâmpago em Petrolina

Postado em 2 de novembro de 2013 por Josélia Maria

marcia e deomiro
image-16086

Um dos coordenadores de campanha da Chapa 1, que concorre à eleição do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Petrolina – PE, sofreu um sequestro relâmpago na tarde desta sexta-feira (1º). Deomiro Santos, que também é sobrinho do candidato a presidente, Francisco Pascoal (Chicôu), e sua esposa, Márcia Regina Cordeiro, médica do PSF do bairro Pedro Raimundo, foram abordados nas proximidades do povoado que Catinguinha, por dois homens numa moto, que estavam armados.

Eles saiam de sua chácara particular em direção ao Centro de Petrolina. Os bandidos entraram no carro e seguiram com o casal até um local de caatinga fechada, nas proximidades da comunidade da Tapera, onde eles foram liberados e tiveram o carro roubado. O boletim de ocorrência já foi registrado.

Este já é o segundo atentado envolvendo integrantes da Chapa 1. No dia 18 de outubro, a atual diretora de Política Sindical, Simone Paim, sofreu um sequestro relâmpago em Petrolina. Vale destacar que Simone também é candidata que integra a Chapa 1, encabeçada por Chicôu.





Guilherme Coelho chama de “amputação da esperança sertaneja” a nova proposta do Canal do Sertão

Postado em 2 de novembro de 2013 por Josélia Maria

996939_356861237793644_182451689_n
image-16080

Centenas de moradores do município de Ouricuri e de cidades do Araripe pernambucano se reuniram  no Salão Paroquial da cidade, para discutir sobre o projeto hídrico chamado Canal do Sertão. O encontro foi organizado pela CDL de Ouricuri, juntamente com a Câmara de Vereadores e Sindicato dos Trabalhadores Rurais do município.

A proposta do evento foi explanar, junto à comunidade, a concepção original do Projeto Canal do Sertão, em contraposição aos cortes feitos pelo Governo Federal, que reduzem consideravelmente as áreas que seriam beneficiadas com água para irrigação. Os detalhes desta grande obra foram apresentados pelo ex-técnico da Codevasf, Otávio Alves, hoje secretário de Irrigação no município de Petrolina.

Na oportunidade, o vice-prefeito de Petrolina, Guilherme Coelho, fez duras críticas à proposta de redução do Canal. “O que o governo está propondo é uma amputação da esperança sertaneja. O Canal do Sertão é um projeto redentor para o povo do nordeste, em especial do Araripe, que espera por esta obra há mais de uma década. O que estamos fazendo aqui, hoje, é acordando a sociedade, antes que seja tarde demais.”

1383508_356861607793607_1054465170_n
image-16081

Inconformado com a estagnação do projeto, Guilherme Coelho complementou: “É inaceitável que os políticos desta terra tenham passado pelo poder e nada fizeram pelo Canal do Sertão. Há sete anos tivemos representação política da região como Secretário de Estado, Ministro do Estado, alinhado ao Governo Dilma, e ao invés de avançar e ser ampliado, o projeto é drasticamente cortado.”

Outras lideranças e representantes de entidades presentes no encontro fizeram suas críticas. Entre eles, o sempre deputado Osvaldo Coelho, idealizador da proposta original do Canal, que levou uma gamela – espécie de tigela de madeira – , repleta de frutas oriundas de projetos de irrigação em Petrolina, comentando: “estas maravilhas são o que vocês deixam de produzir por não terem o Canal do Sertão”.

1393992_356861947793573_1189356158_n (1)
image-16082

Também estava presentes no evento o presidente da Comissão criada para mobilizar a construção do Canal do Sertão, Antônio Fernandes; o deputado estadual Raimundo Pimentel; e o presidente da Associação de Vereadores do Araripe, Ubirajada Araripe. Além destes, recebendo os convidados, estavam os anfitriões da casa, o presidente da CDL de Ouricuri, Assis Junior, o presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Ouricuri, Ferrinho; e o presidente da Câmara de Vereadores, Gildejânio Melo.

O Canal do Sertão ORIGINAL

Originalmente, o Projeto Canal do Sertão foi concebido a partir de uma proposição do Deputado Osvaldo Coelho ao Dr. Airson Bezerra Lócio, presidente da CODEVASF, em 1995.

Sua implantação integral beneficiaria cerca de 139 mil hectares, em 17 cidades da região, a saber: Dormentes, Santa Filomena, Santa Cruz, Ouricuri, Parnamirim, Ipubi, Granito, Exú, Bodocó, Araripina, Moreilândia, Trindade, Petrolina, Afrânio, Cedro, Serrita, Casa Nova – esta última na Bahia.

Com a alteração proposta pelo Governo Federal, o Canal do Sertão passa a ter apenas 40 mil hectares, e quatro cidades contempladas, excluindo todo o Sertão do Araripe (Araripina, Trindade, Ipubi, Ouricuri, Bodocó, Exú, Granito e Moreilândia).





Oficina aborda aspectos fundamentais da importação

Postado em 2 de novembro de 2013 por Josélia Maria

O Centro Internacional de Negócios da FIEPE realiza, na segunda-feira (4), oficina sobre custos, tributação e formação de preços na importação. Voltado para profissionais que atuam em áreas como contabilidade, estoque e finanças de empresas importadoras, o curso traz conteúdo sobre impostos, despesas operacionais e aspectos legais. As aulas vão das 8h30 às 17h30, na sede da entidade, no Recife. As inscrições podem ser feitas no site da Federação (http://fiepe.org.br/cursos-eventos/#oficina-custos-tributacao-e-formacao-de-precos-na-importacao-recife). Mais informações: 3412-8400 ou comercial@fiepe.org.br.