Destaques

CSTT realiza intensa fiscalização no final de semana

A Companhia de Segurança, Trânsito e Transporte (CSTT) realizou blitzes itinerantes neste último ...

A CRUCIFICAÇÃO BATE RECORDE DE PÚBLICO NA CONCHA ACÚSTICA DE PETROLINA

A Concha Acústica de Petrolina e arredores foram palcos da encenação do maior e mais belo espetá ...

Apresentações da Via Sacra emocionam público juazeirense da sede e interior

Entre os dias 18 e 21 de abril a comunidade juazeirense, da sede e do interior, prestigiou as aprese ...

Imprensa internacional aposta em que o arcebispo de São Paulo será próximo papa

Postado em 11 de março de 2013 por Josélia Maria

image-6430
A missa celebrada pelo arcebispo de São Paulo, dom Odilo Pedro Scherer, de 63 anos, indicou neste domingo (10) que, para a imprensa estrangeira, ele está entre os mais cotados para suceder o papa Bento XVI. Repórteres, fotógrafos e cinegrafistas italianos, espanhóis, portugueses, norte-americanos e canadenses lotaram neste domingo a Igreja de Sant’Andrea (Santo André, em português), no centro de Roma, para assistir à cerimônia.

Dom Odilo nasceu em uma família de 13 filhos, de pais descendentes de alemães radicados no interior do Rio Grande do Sul. Desde cedo, demonstrou vocacão para o sacerdócio, estudando no Seminário São José, em Toledo, no Paraná, no Seminário Menor São José, em Curitiba, e na Faculdade de Educação da Universidade de Passo Fundo, no Rio Grande do Sul.

O cardeal é formado em Teologia, no Studium Theologicum da Pontifícia Universidade Católica do Paraná, é mestre em Filosofia e doutor em Teologia pela Pontifícia Universidade Gregoriana de Roma. Dom Odilo domina vários idiomas, entre eles alemão, italiano e latim.

Às vésperas do início do conclave (reunião de cardeais para eleição do papa), a imprensa italiana e internacional intensifica as apostas sobre quem será o sucessor de Bento XVI. Com o voto secreto, garantido por juramento dos cardeais e pela cédula queimada, as especulações em torno do nome aumentam.

Na relação dos cardeais com chance de suceder Bento XVI, há brasileiros, argentinos, colombianos, asiáticos, africanos, europeus, canadenses e norte-americanos. O nome de dom Odilo passou a ser citado com mais frequência, embora ainda ocorram menções a outros candidatos. (Do Diario de PE)

 




jr telecom

Petrolina:Deputado Adalberto Cavalcanti leva Unidade Móvel para Bairros

Postado em 11 de março de 2013 por Josélia Maria

image-6426
Programação da Unidade Móvel

Dia 11.03-Segunda-Feira-manhã no Bairro Jardim Petrópolis, na rua 12, em frente a residência de nº5,   haverá atendimento do Médico e dentista.

14 h no Bairro João de Deus, na rua 7   em frente a residência de nº11,haverá  atendimento  de dentista ;

Dia 12.03 – Terça-Feira – 8h no Bairro Henrique Leite na Av.1 em frente a quadra poliesportiva, haverá atendimento de Dentista;

14h no Bairro Pedra Linda, Av. Fernando   Farias, em frente ao Mercadinho Gomes, haverá  atendimento de dentista.





Prefeitura de Sobradinho comemora Dia Internacional da Mulher com Feira da Mulher Empreendedora

Postado em 11 de março de 2013 por Josélia Maria

image-6417
Para marcar o Dia Internacional da Mulher celebrado, na última sexta-feira (8), a prefeitura de Sobradinho, através da Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social, promoveu a Feira da Mulher Empreendedora “Mulher e Seu Verdadeiro Valor”. Profissionais autônomas participaram do evento na Praça Geraldo Silva.

No local, foram montados postos de distribuição de material informativo do Cras, Creas, stands das secretarias municipais, artesanatos, culinária regional, salão de beleza e distribuição de brindes. A banda Quarto Som e o grupo de teatro de Sobradinho também marcaram presença.

image-6418
A secretária da Sase, Fernanda de Cássia Berti, destacou o importante papel das mulheres na sociedade. “Ao longo dos anos as mulheres ocuparam espaços importantes em todas as esferas. Esta feira é um marco que mostra o papel da mulher no desenvolvimento do comércio local”, destacou a secretária dizendo que um dia para homenagear as mulheres é justo. “Mas o restante do ano deve ser de trabalho constante, para reverter a realidade cruel de uma grande parte das mulheres sobradinhenses”, disse.

Para a artesã Iraci Moraes, a Feira foi uma oportunidade para apresentar seu trabalho. “Além disto, podemos trocar experiências e conhecermos o trabalho de outras pessoas que ajudam no crescimento de Sobradinho. A Sase está de parabéns pela iniciativa”, comemora.

Durante o evento, o prefeito Luiz Vicente Berti falou do compromisso do Executivo em implantar políticas publicas de valorização da mulher e ressaltou o trabalho que vem sendo realizado pela secretária de assistência social, Fernanda de Cássia Berti. “Nós temos uma secretária preocupada em fazer um trabalho social na cidade, que tem um compromisso com as pessoas”, disse Vicente, afirmando que está se empenhando para reabrir o Hospital Municipal; “meu sonho é ver as mães de Sobradinho poder dar a luz aqui na cidade. Trabalharei incansavelmente para promover o desenvolvimento sustentável, através de uma gestão participativa, lutarei para proporcionar mais saúde, segurança, educação e bem estar para nossa população”, concluiu o prefeito.

Também participaram das atividades, autoridades, servidores públicos e as secretárias de Administração, Maísa Sanjuan, de Educação, Ducilene Kestering e de Turismo Rita de Cássia Araújo.

 





Caboclo realizador:Maciel Melo emplaca trilha na nova novela das seis, “Flor do Caribe”

Postado em 11 de março de 2013 por Josélia Maria

Maciel Melo está feliz da vida. Afinal, não é todo dia que o cantor e compositor de forró pernambucano emplaca uma música em uma coletânea de alcance nacional. Semana passada, ele anunciou, em sua conta no Facebook, que a faixa “Rainha”, escrita por ele há 15 anos e lançada no disco “Sem Ouro e Sem Mágoa” (2010), foi escolhida por Walther Negrão e Jayme Monjardim para entrar na trilha sonora da novela Flor do Caribe, novo folhetim do horário das seis da TV Globo.

image-6412
“São 30 anos de estrada. É como se fosse um prêmio, um aval de qualidade ao meu trabalho”, comentou o músico, autor da famosa faixa “Caboclo Sonhador”, por telefone à Folha. “E estou orgulhoso porque escolheram uma música não-comercial. Não é um forró, é algo que é fora disso”, comemorou Maciel, que contou com participações de Xangai (nos vocais) e Naná Vasconcelos (na percussão) para a produção da faixa.

“É uma cantoria, na verdade…uma música de viola. Fala da minha mãe, da história do meu avô e pai dela. É uma letra muito forte”, continuou. “Rainha” não é a primeira composição de Maciel Melo a figurar em uma compilação de folhetim para a TV. Em 2000, a sua “Meninos do Sertão”, interpretada por Zé Ramalho, apareceu como tema da novela “Marcas da Paixão”, na Record.

Desta vez, Maciel estreia também como intérprete em uma trilha. Além dele, está outro pernambucano: Alceu Valença, com a canção “Dona de 7 Colinas”, pinçada do álbum “Embolada do tempo” (2005). A lista de artistas que participam da coletânea inclui Elba Ramalho (aliás, com uma música de dois pernambucanos, “Minha vida é te amar”, de Dominguinhos e Nando Cordel), Djavan, Isabella Taviani, Luiza Possi, Marcelo Jeneci, entre outros.

“Estou junto das estrelas Elba e Alceu. E tô lá no meio. É muito importante, mas dá uma responsabilidade ao mesmo tempo”, disse. Este ano, quando completa 50 anos de vida e 30 de carreira, Maciel pretende lançar um DVD, a partir do material gravado em março do ano passado e exibido pela Globo Nordeste no último dia 6 de janeiro, além de uma biografia. “Quero lançar um bocado de coisa”, finalizou. (FolhaPE)





Conflito entre aliados cria risco para Dilma nos Estados

Postado em 11 de março de 2013 por Josélia Maria

LUIZA BANDEIRA/Folha

Os dois maiores partidos da coalizão que sustenta o governo da presidente Dilma Rousseff estão em conflito na montagem dos palanques da disputa pelos governos estaduais nas eleições de 2014.

A um ano e meio da disputa, PT e PMDB preveem que estarão em campos opostos em 16 Estados. As duas siglas governistas devem lançar candidatos próprios a governador em nove desses Estados.

A rivalidade poderá criar dificuldades para a campanha de Dilma à reeleição, prejudicando a mobilização das máquinas dos dois partidos a seu favor nesses lugares.

Do ponto de vista do governo, a situação atual é mais preocupante do que a observada em 2010, quando Dilma foi eleita. Naquele ano, PT e PMDB estiveram em campos adversários em 13 Estados.

O PMDB é o principal aliado de Dilma. Além de ser a legenda do vice-presidente Michel Temer, é a sigla que comanda a Câmara e o Senado.

Numa convenção realizada no início do mês, o partido aprovou uma resolução contra a participação de seus integrantes nos palanques de candidatos adversários.

A tensão com o PT é grande no Rio de Janeiro. O senador Lindbergh Farias (PT) anunciou que concorrerá ao governo estadual, mas o PMDB quer o apoio do PT para lançar o atual vice-governador, Luiz Fernando Pezão.

Na Bahia, o ex-ministro Geddel Vieira Lima (PMDB) quer disputar o governo estadual, mas o governador Jaques Wagner (PT) prefere alguém do PT para a sua sucessão.

Nas eleições de 2010, quando Geddel concorreu contra Wagner, um acordo que previa a participação de Dilma na campanha do peemedebista jamais foi cumprido.

Em Mato Grosso do Sul, onde o PMDB também planeja lançar candidato próprio, o partido considera até mesmo a possibilidade de apoiar o senador Aécio Neves (PSDB-MG) para presidente, afastando-se da campanha de Dilma.

Líderes das duas siglas ainda acham possível chegar a um acordo em alguns Estados. “Só desisto na última hora. Faremos todas as tentativas para que haja convergência com a chapa nacional”, disse o presidente do PMDB, senador Valdir Raupp (RO).

“O esforço do PMDB, do PT e dos outros partidos da base é para ter palanque único”, afirmou o senador Wellington Dias (PT-PI). “Mas sempre tem caso em que a gente não consegue fazer isso.”





Paulo Azi cobra explicação para crescimento da dívida do Estado

Postado em 11 de março de 2013 por Josélia Maria

“Se já não convenceu em sua tentativa de negar a maquiagem das contas governamentais, o governador Jaques Wagner precisa explicar agora a razão do aumento significativo do endividamento do Estado em 2012, quando a tendência dos últimos 12 anos era de queda”, questiona o presidente estadual do Democratas, deputado estadual Paulo Azi.

Com base em dados oficiais, o parlamentar informa que a dívida consolidada do Estado passou de R$ 10,4 bilhões em 2011 para  R$ 13,4 bilhões em 2012, um aumento de 28,7%. “É um indicativo de participação crescente da entrada de empréstimos financeiros nos cofres estaduais, viabilizada  por uma política mais liberal do Governo Federal em relação ao endividamento dos Estados”, observa.

De acordo com Azi, embora com  níveis ainda confortáveis em relação ao limite legal,  a relação dívida/receita  que  em 2011 era de 54,17% passou, em 2012,  para 62,31%. “Essa variação interrompeu uma queda  que já persistia por  12 anos”, destaca, acrescentando que, pela primeira vez em 2012, os ingressos provenientes  de empréstimos, de  R$ 1,854  bilhão, superaram o pagamento de juros e amortização da dívida, de R$ 1,548 bilhão, com um saldo  de R$ 306 milhões”.

Em 2011, por exemplo, sinaliza o presidente democrata, enquanto o estado amortizou R$1,414 bilhão, os ingressos foram de apenas R$ 448 milhões, ou seja, o Estado pagou R$ 966 milhões a mais do que recebeu em operações de crédito (empréstimos financeiros).

Paulo Azi não descarta que a situação ocorrida em 2012 permita ao Estado da Bahia aumentar seus investimentos, apoiado por uma política de expansão do endividamento, desde que os recursos sejam efetivamente utilizados em programas de investimentos. “O problema é que isso não ocorreu em algumas operações  anteriores”, desconfia.

Por outro lado, alerta o deputado estadual, o efeito desses investimentos perde muito de sua capacidade reprodutiva em virtude da sua pulverização, que ficou claramente configurada em períodos  pré-eleitorais, o que poderá ocorrer novamente no período 2013/2014.

“Outra preocupação quanto à aplicação desses recursos está relacionada  à situação muito crítica da disponibilidade  de caixa  de recursos próprios do   Tesouro, que ficou evidente  nos Relatórios de Gestão Fiscal de 2011 e 2012”, diz Azi.

Ele lembra que, por dois anos consecutivos, o Estado teve de lançar mão de recursos vinculados de diversas origens para cobrir  um déficit expressivo de  R$ 2 bilhões  de recursos próprios, equivalente a 10% de sua receita corrente líquida.

 Azi teme que o Estado lance mão, ainda que provisoriamente, dos recursos de financiamentos para a cobertura desses recursos  “emprestados” à  fontes de vinculação legal, retardando  os investimentos previstos nas operações de crédito.

“Com operações de crédito já aprovadas, nos últimos seis anos, no valor de R$ 8,6 bilhões, das quais R$ 6,2 bilhões, nos últimos dois anos, as perspectivas de novos ingressos  de recursos nos dois próximos anos é  expressiva, com aumento substancial da  dívida estadual”, diz o deputado.

 Ele pondera que, mesmo ainda estando a relação dívida/receita num patamar confortável, muitos analistas tem colocado em dúvida a capacidade de pagamento do Estado, por causa do aumento do endividamento, consequência do crescimento das despesas de custeio,  reduzindo as disponibilidades de recursos próprios para pagamento do débito público.

“Em 2012, ainda sem o reflexo da amortização das novas operações, e mesmo com o aumento das transferências correntes do Governo Federal, ao contrário da frustração alegada, houve uma grande dificuldade do Estado em fazer face ao pagamento de seus fornecedores de bens e serviços, o que ocorreu com muito atraso, mesmo com a utilização irregular de  mais de R$  2 bilhões   de recursos vinculados”, denuncia Azi.




jr telecom

Petrolina:Show de Gal Costa emociona público

Postado em 10 de março de 2013 por Josélia Maria

image-6396

O Show “Recanto” da cantora Gal Costa foi o evento promovido pela , Sucesso Promoções – produtor  Osvaldo Marley-,na noite deste sábado (09),Iate Clube de Petrolina.

image-6397

Osvaldo Marley (Sucesso Promoções) ,Jota Veloso (cantor,compositor e irmão de Caetano Veloso) e a blogueira

Pela primeira vez Gal Costa veio a Petrolina e região , num show dirigido por Caetano Veloso, com co-produção de Moreno,filho de Caetano Veloso e seu afilhado. Além das canções novas destaque, para alguns clássicos Baby, Força Estranha,Meu Bem Meu Mal.

image-6398

Mesas e área vip lotada ,mostraram que o público gosta do “fino” da música brasileira e do diferencial que faz Osvaldo Marley e a Sucesso Promoções   nos grandes eventos no Vale do São Francisco.

image-6399

“Recanto”, mistura rock,programações eletrônicas ,e dub-step à MPB, e a cantora reafirma a excelência de sua voz.

Claramente emocionada, Gal Costa agradeceu algumas vezes durante o show a “Obrigada,Sucesso Promoções. Obrigada, Petrolina. Obrigada ,Juazeiro(terra de João Gilberto)”.

E se a apresentação já ganhava ares de antológica lá pela sua metade, a plateia delirou ao ouvir o solo de guitarra de Pedro Baby.

image-6400

Gal encerrou a noite, não antes do merecido bis pedido pela plateia. A intérprete fechou o show consagrada por um público ávido por mais. Idolatrada por gerações passadas, reverenciada e premiada pela nova safra e alçada, sempre, ao posto de diva pela plateia do Vale do São Francisco.

image-6401

Gal Costa fez uma retrospectiva de sua carreira e dos caminhos que a levaram até “Recanto”, seu trigésimo álbum, em noite já marcada na memória afetiva da cidade.




jr telecom

Ministro Fernando Bezerra Coelho participa da inauguração da Monsanto em Petrolina

Postado em 10 de março de 2013 por Josélia Maria

image-6393

Nesta segunda-feira (11/3), às 14h, o ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra Coelho, estará em Petrolina para a inauguração da unidade da Monsanto no município. A empresa, histórica no país com foco na produção de alimentos por meio de tecnologia sustentável, terá sede no perímetro de irrigação Senador Nilo Coelho, sob responsabilidade do Ministério da Integração Nacional.

A unidade da Monsanto em Petrolina terá o objetivo de realizar pesquisas e estudos sobre as culturas de milho, soja e cana de açúcar. Os investimentos vão contribuir com o desenvolvimento da região, linha que direciona também as ações do Ministério da Integração. A pasta tem como prioridade a implantação de programas para reduzir as desigualdades no país e proporcionar melhor qualidade de vida aos sertanejos.

Perímetro de irrigação Senador Nilo Coelho – Sob responsabilidade do Ministério da Integração Nacional, sendo executado pela Codevasf, vinculada a pasta, o perímetro recebeu novos investimentos recentemente, cerca de R$ 1,6 milhão, para a construção do “Centro de Manutenção do Perímetro Nilo Coelho”. Essa ação dará mais agilidade à manutenção dos equipamentos eletromecânicos utilizados no projeto que possui uma área irrigada de mais de 24 mil hectares. O projeto gera oportunidades de negócio e emprego para mais de 90 mil pessoas.




jr telecom