Destaques

Anisio Viana participa de Audiência Pública sobre esportes equestres na Bahia

O pré-candidato a prefeito de Casa Nova e Presidente do PSDB Municipal Anísio Viana, participou ne ...

Prefeito e Vice de Abaré encontram-se com Deputado Estadual em Salvador

Hoje (22/05), o Prefeito  de Abaré Fernando Tolentino e o seu vice Kaká de Eulina, acompanhados d ...

Deputado Roberto Carlos requer detectores de metal nas salas de cinema, teatros e casas de show

Está em tramitação, na Comissão de Constituição e Justiça da Assembleia Legislativa da Bahia, ...

SAAE de Casa Nova recebe visita do prefeito Wilson Cota

Postado em 17 de março de 2013 por Josélia Maria

image-6655

O prefeito Wilson Cota  visitou a sede do SAAE de Casa Nova, com o objetivo de  estimular os servidores no que diz respeito a uma boa prestação de serviços e reiterar a importância do órgão na vida da sociedade Casanovense já que é de responsabilidade do SAAE garantir, com boa qualidade, o fornecimento de água, essencial para a vida do ser humano. O prefeito Wilson Cota parabenizou a todos os funcionários pelo serviço até agora executados já que em apenas dois meses de governo muito já foi feito através do SAAE em benefício da população como, a recuperação da tubulação de captação até a distribuição do precioso líquido nas torneiras, troca de filtros na central de abastecimento, o que melhorou de forma significativa a qualidade da água, reparos e manutenção nos equipamentos, melhorias no esgotamento sanitário, entre outros serviços.

 Na ocasião, o diretor do órgão, Ciro Viana distribuiu novos fardamentos para os servidores e agradeceu ao apoio que o prefeito tem garantido ao SAAE, sem o qual não seria possível a realização dos serviços realizados.




jr telecom

Associação de moradores de Izacolândia recebeu atendimento de Unidade Móvel

Postado em 17 de março de 2013 por Josélia Maria

image-6647

A Associação de Moradores de Izacolândia em parceria com o Deputado Estadual Adalberto Cavalcanti (PHS),realizou  atendimento médico à população através da Unidade Móvel com odontólogo e Clinico Geral.”Este é um trabalho que a Associação de Moradores faz para atender as pessoas que não podem se deslocar a Petrolina ,”disse  o presidente da associação José Gilberto.

image-6648

” Deputado Estadual Adalberto Cavalcanti esperamos que está  Unidade Móvel venha pelo menos uma vez por mês  “disse Gilberto em reunião na tarde deste sábado (16), na Associação de Moradores

image-6649
Izacolandia Noticias atualizado por Josélia Maria





Foi um brasileiro que deu a Jorge Bergoglio a ideia da escolha de seu nome ( FRANCISCO )

Postado em 16 de março de 2013 por Josélia Maria

image-6642

D. Cláudio Hummes deu ideia de nome a papa

Durante um pronunciamento para a imprensa, na manhã de hoje, na Sala Paulo VI no Vaticano, ele disse que muitos queriam saber por que ele quis se chamar Francisco.

“Alguns pensaram em Francisco Xavier, de Sales e de Assis. Vou contar a história: na eleição, eu tinha a meu lado o arcebispo emérito de São Paulo, o cardeal d. Cláudio Hummes, um grande amigo. Quando a coisa começou a ficar perigosa, ele começou a me tranquilizar e, quando os votos chegaram a dois terços, aconteceu um aplauso. Ele me beijou e disse: não se esqueça dos pobres.”

Enquanto o escrutínio prosseguia, inspirado pelas palavras de Hummes, teve a ideia do nome “que apareceu em seu coração”: Francisco de Assis. “Para mim, ele é o homem da pobreza, da paz, o homem que ama e protege”. Ele ainda contou, bem humorado, que os cardeais fizeram algumas brincadeiras sobre seu nome. Alguns disseram que ele deveria ter escolhido o nome Clemente. “Então você seria o Clemente XV, para se vingar de Clemente XIV, que suprimiu a Companhia de Jesus”.

Durante sua fala, o papa enfatizou que a Igreja não tem natureza política, “mas essencialmente espiritual”. “É o povo de Deus, o santo povo de Deus que caminha em direção ao encontro com Jesus Cristo.”

O papa Francisco também agradeceu pelo trabalho dos jornalistas. “Quero deixar um renovado agradecimento pelos esforços desses dias especialmente trabalhosos e um convite para tentar conhecer cada vez mais a natureza da Igreja e também seu caminho no mundo, com suas virtudes e pecados. Conhecer as motivações espirituais que a movimentam.”

Ele disse ainda que o trabalho da imprensa tem semelhanças com o trabalho da Igreja. “Seu trabalho exige atenção especial para com a verdade, a bondade e a beleza. Isso nos torna extremamente próximos, porque a Igreja exige para comunicar exatamente isso: a verdade, a bondade e a beleza.”

Francisco, então,

deu uma bênção a todos os presentes e cumprimentou parte do público. Por fim, disse algumas palavras em espanhol, quebrando o protocolo que previa que só falasse em italiano. O pronunciamento arrancou muitos aplausos. (Site São Miguel Arcanjo)





20 de abril te dou um A B R A Ç A Ç O

Postado em 16 de março de 2013 por Josélia Maria

image-6638

Quando:    20 de Abril de 2013 – Sábado

Categoria:    Shows

Onde:    Arena Iate Clube

Site:    http://www.portalsg.com

Endereço:    Av Dr Cardoso Sá.

Cidade:    Petrolina,PE

Telefone:    87 3861-4625





Dá para fazer muito mais do que Dilma, diz Eduardo

Postado em 16 de março de 2013 por Josélia Maria

image-6634
MÔNICA BERGAMO – FOLHA DE S.PAULO

‘Dá para fazer muito mais’ que a presidente Dilma Rousseff. Com esse, digamos, slogan, o governador Eduardo Campos (PSB-PE), de Pernambuco, passou seu recado a um grupo de 60 empresários que se reuniram anteontem em SP, num jantar, para conhecê-lo melhor — e descobrir se ele é, mesmo, candidato à presidência. Boa parte saiu de lá com a certeza de que Campos vai, sim, se lançar contra Dilma em 2014.

* O encontro foi na casa do empresário Flávio Rocha, da Riachuelo. E Campos soltou o verbo.

* Começou dizendo que o Brasil teve grandes conquistas nas últimas décadas -e logo engatou crítica que a oposição sempre fez a Lula, a Dilma e ao PT: ‘O Brasil não começou ontem. Não começou com o partido A, B ou C’.

* Na sequência, engrossou o coro dos que dizem que as coisas no país vão bem — mas podem piorar. ‘Não há grande incômodo nas grandes massas. Não há na classe média esse sentimento, nem de forma generalizada no empresariado. Mas há, nesse instante, nas elites, grande preocupação com o futuro. Há o sentimento de que as coisas podem piorar.’

* Os ‘florais aplicados em todas as crises’ não funcionaram desta vez, diz Campos. ‘E mais do que de repente começa uma série de medidas, em série, em relação a vários setores, sobretudo, no início, na área do petróleo’, segue, referindo-se aos pacotes lançados por Dilma. ‘Há um sobressalto daqueles que foram atingidos e daqueles que não foram atingidos por medidas.’ Para ele, ‘se estabelece uma ansiedade total’.

* ‘E a tudo isso se somou a antecipação do debate eleitoral’, segue o governador, referindo-se, sem citar o nome de Lula, ao fato de o ex-presidente ter lançado Dilma à sucessão presidencial. ‘Um debate maniqueísta, eu sou o bem, você é o mal.’

* Na sequência, Campos passa a criticar a campanha presidencial de 2010, quando Dilma Rousseff disputou com José Serra (PSDB-SP). ‘Nós tivemos uma campanha das mais pobres do ponto de vista do conteúdo. Acusação de lá, defesa de cá. Acusação de cá, defesa de lá. Sinceramente, não dá para respeitar como um debate à altura dos desafios do Brasil. E isso deixou as coisas desamarradas para o futuro.’

* ‘Um monte de político se junta e diz: ‘Olha, a gente precisa ganhar a Presidência da República’. É como dizia o meu avô [Miguel Arraes]: na política, você encontra 90% dos políticos atrás de ser alguma coisa. Dificilmente eles sabem para que.’

* É chegada a hora, portanto, de debater. E é o que o governador está fazendo, ainda que desperte a ira de Lula, de Dilma e do PT -até então seus aliados. ‘Esse é o momento para que o Brasil aprenda a viver com diversidade. Fazer crítica não é ser contra, não é ser inimigo.’

* E crítica é o que não falta. ‘O estado que está aí, as políticas, as normas como são feitas, precisam evoluir.’

* ‘Dá para ser melhor. E não é uma ofensa para quem está aí você dizer que dá para ser melhor. Nós queremos mais. E que bom que queremos mais, né? Isso deveria desafiar as pessoas a fazer, a quebrar o velho costume e afirmar novos valores.’

* ‘Dá pra fazer muito mais’, repete Campos. Para, então, disparar o torpedo: ‘E isso não vai ser feito se a gente não renovar a política. O pacto político que hoje está no centro do governo que eu defendo, que ajudei a eleger, a meu ver, não terá a condição de fazer esse passo adiante. Não vai fazer. As últimas eleições no parlamento brasileiro [em que Renan Calheiros foi eleito presidente do Senado com o apoio de Dilma e do PT] são uma indicação. É ficar de costas para tudo isso.’

* O governo, além de tudo, ‘às vezes não dialoga’. A solução ‘é falar com o governo pela imprensa. Não quer me receber? Você pode tuitar. Eu, por exemplo, tive a oportunidade de dar a minha opinião sobre a Medida Provisória dos Portos pela imprensa, porque não tive a oportunidade de discutir [com Dilma] antes. Apesar de o meu estado ter o porto público mais eficiente do Brasil. Eu podia até ser convencido de que estava certo. Mas não custava nada ouvir a mim e a outros.’

* ‘Quanto mais popularidade o governo tiver, mais paciência e diálogo deve ter’, afirma. ‘E popularidade vai e vem. Popularidade é uma coisa. Voto é outra coisa.

* O ano, afirma ele, deveria ser o da construção de ‘convergências políticas’. ‘E nós corremos um sério risco de botarmos 2013 fora.’

* ‘Enquanto o Brasil diz que tem o petróleo do pré-sal, importa gasolina. A Petrobras, que já foi ‘case’ de sucesso lá fora, tá cheia de problema. E aí? Vamos ficar discutindo a eleição que vai ter em 2014 ou o país? Porque daqui a pouco a gente não sabe nem o que vai encontrar em 2014, entendeu? Precisamos encontrar em 2014 um país em que seja possível fazer algo para ele melhorar. E, sinceramente, a gente não pode ficar pelos cantos, constrangido em fazer o debate.’

* Campos diz que a presidente Dilma conhece suas críticas. E mais: sabe também que seu partido, o PSB, o pressiona para se lançar candidato à presidência. ‘Quem disse a ela não foram terceiros, fui eu mesmo’, afirma. ‘Ela sabe o que o meu partido pensa e sabe os sonhos que meu partido tem. Se esses sonhos vão ser realizados ou não, é outra coisa.’

* Ele então faz uma ressalva: ‘Só não vamos nos meter em aventura. E não vamos ajudar a destruir o que nós construímos. Nós queremos é seguir adiante, não é desmanchar as coisas boas que foram feitas. Nós queremos fazer mais coisas boas’. Continuidade, mas com liderança renovada.

* Campos finaliza a conversa da noite sem assumir que é candidato. ‘Não vamos entrar num debate eleitoral. Cada um tem seu relógio. Ninguém é obrigado a andar no fuso horário dos outros.





Estado inicia entrega de milho forrageiro para alimentação animal no Sertão

Postado em 16 de março de 2013 por Josélia Maria

image-6628

O Governo do Estado iniciou, no dia (15/03), a distribuição de milho forrageiro produzido no projeto de irrigação de Bebedouro, em Petrolina. Os primeiros cinco caminhões foram entregues aos criadores dos municípios de Cabrobó, Bodocó, Terra Nova e Serrita. Serão colhidas, nessa primeira etapa, 4,5 mil toneladas que irão atender os pecuaristas dos sertões do Araripe e do São Francisco.

image-6629
A implantação dos 140 hectares irrigados, em Bebedouro, recebeu investimentos de R$ 500 mil e tem como meta atender o rebanho da bacia leiteira das duas regiões. Particiaram da ação, o secretário de Agricultura e Reforma Agrária, Ranilson Ramos, o presidente do Instituto Agronômico de Pernambuco, Júlio Zoé de Brito e o diretor de Pesquisa e Desenvolvimento do IPA, Antônio Santana.

Ranilson Ramos destacou que, apenas o Araripe responde por uma produção diária de 250 mil litros de leite, o que torna a ação imprescindível para a manutenção dos bons índices de produtividade. “A ideia é fornecer a parte aérea do milho como volumoso, atendendo as necessidades nutricionais do gado. A produção desse milho irrigado possibilitará, também, uma boa remuneração aos pequenos produtores do projeto bebedouro que terão na atividade uma nova fonte de renda”.

Além disso, Ranilson disse que, o milho forrageiro do Projeto Bebedouro vai encurtar distâncias, uma vez que substitui o  fornecimento de cana-de-açúcar para a alimentação animal, reduzindo o percurso, antes de 600 quilômetros entre a área de colheita na Mata Sul até o Sertão para 150 quilômetros, em média, entre Petrolina e os municípios do Araripe.

Ainda em Cabrobó, acompanhado pelos prefeitos de Cabrobó, Bodocó, Orocó e Terra Nova, o secretário reuniu-se com pecuaristas e representantes de associações e sindicatos rurais, e anunciou que serão abertos mais cinco polos para o cultivo de milho forrageiro nos municípios de Cabrobó, Cedro, Ibimirim e Inajá.

Na ocasião, apresentou as ações que estão sendo executadas pela Operação Seca em relação à assistência à população e ao rebanho. No que diz respeito ao fortalecimento da infraestrutura hídrica, destacou o volume de recursos investidos em obras, por meio dos programas Irrigação para Todos e Água para Todos, que já alcançam o valor de R$ 250 milhões.




jr telecom

Coronel assume Educação em Petrolina

Postado em 16 de março de 2013 por Josélia Maria

“Sinto-me honrado em está assumindo esse cargo. É um desafio principalmente pelos avanços educacionais obtidos com o governo Julio Lossio, a exemplo do desenvolvimento no índice do IDEB. Minha missão é dar prosseguimento a política educacional que vem sendo implantada no município desde a educação infantil ao ensino fundamental”. É com essa frase que Heitor Bezerra Leite, mais conhecido como Coronel Leite, assume a pasta da Educação em Petrolina, no lugar da professora Célia Regina de Carvalho.

Coronel Leite serviu ao Exército por 37 anos e é um renomado profissional na área educacional. Doutor em Ciências Militares integrou o corpo docente da Escola Preparatória de Cadete de Capinas (SP), bem como da Academia Militar das Agulhas Negras no Rio de Janeiro, Escola de Comando de Estado Maior do Exército em Praia Vermelha (RJ). Foi diretor da Escola de Formação Complementar do Exército e do Colégio Militar na cidade de Salvador (BA) até fevereiro de 2012.

Na direção do Coronel Leite, o Colégio Militar de Salvador alcançou o primeiro lugar tanto na capital baiana como no Estado no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB). Na mesma instituição implantou a Escola de Tempo Integral, uma das políticas educacionais em análise pelo governo municipal.





Prefeito de Cabrobó (PE) participa de Seminário sobre Sistema Nacional de Trânsito

Postado em 16 de março de 2013 por Josélia Maria

image-6622

O prefeito de Cabrobó (PE), Auricélio Torres (PSB), e o secretário de planejamento e gestão, Arnaldo José, participaram nesta sexta-feira (15) da ‘Segunda edição do Seminário sobre municipalização do Trânsito’  que aconteceu no Hotel Jangadeiro, em Recife.

O seminário  reuniu representantes de 185 cidades do estado para orientá-los em relação aos requisitos para municipalizar o trânsito.Atualmente, há apenas 28 municípios pernambucanos integrados ao Sistema Nacional de Trânsito. Para os municípios se integrarem ao SNT, eles precisam criar um órgão executivo com estrutura para atuar no planejamento, operação, fiscalização, engenharia e educação de trânsito.

No seminário, os prefeitos e representantes foram sensibilizados em relação ao trânsito e mobilidade enquanto fatores indutores de segurança, saúde e economia para a previdência pública.

Entre as atribuições dos municípios, estão a gestão da engenharia de tráfego e da fiscalização a veículos e condutores, implantação de sistema de sinalização e fiscalizar o nível de emissão de ruídos e poluentes nas vias municipais.