Destaques

Para preservar a saúde dos idosos, vacinação contra a gripe será oferecida em escolas de Petrolina

A Prefeitura de Petrolina adotou nova estratégia para a vacinação contra a gripe no município. A ...

Pontos oferecem cuidados para população em situação de rua

A partir desta terça-feira (dia 31), o Governo de Pernambuco, através da Secretaria de Políticas ...

Imprensa internacional destaca postura de Bolsonaro em relação ao coronavírus

Postado em 31 de março de 2020 por Josélia Maria

Jornal Nacional

A imprensa internacional tem noticiado com destaque a postura do presidente brasileiro em relação ao coronavírus.

A revista “The Atlantic” chamou Bolsonaro de “O líder do movimento negacionista do vírus”.

Um dos principais jornais alemães, o “Frankfurter Allgemeine”, destacou na manchete que Bolsonaro é “o último negacionista do corona”.

A agência de notícias AP publicou que, mesmo com o aumento de número de casos de coronavírus no maior país da América Latina, o presidente Jair Bolsonaro tem mantido uma postura mais desdenhosa do que qualquer outro grande líder mundial, chamando a pandemia de um problema menor.

A rede britânica BBC publicou que, enquanto o mundo tenta desesperadamente controlar a pandemia, o presidente brasileiro está se esforçando para minimizá-la, indo contra os conselhos do seu próprio ministro da Saúde.

Jornais do mundo inteiro publicaram, nesta segunda-feira (30), a decisão da rede social Twitter de excluir postagens do presidente Jair Bolsonaro. De acordo com a rede social, as imagens publicadas em aglomerações vão contra as normas das autoridades de saúde de combate ao coronavírus.

O francês “Le Monde” destacou que, menos de 24 horas antes das postagens de Bolsonaro, o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, tinha reforçado a importância do confinamento para enfrentar a pandemia do coronavírus.

O inglês “The Guardian” disse que a resposta anticientífica de Bolsonaro assusta os governadores.

A ” Economist”, uma das revistas mais importantes do mundo, chamou o presidente Jair Bolsonaro de “BolsoNero”, uma referência ao último imperador romano, que teria tocado música enquanto Roma queimava. Na manchete, a revista diz que Bolsonaro brinca enquanto a epidemia é iminente.

O argentino “La Nación” publicou que “Bolsonaro aprofundou a radicalização de seu discurso diante da crise do coronavírus, cada vez mais aconselhado pelo que o jornal chamou de ‘gabinete do ódio’: um grupo de consultores ideologizados, com o selo e a presença de seu filho Carlos Bolsonaro”.

O “The New York Times” reproduziu texto da Agência Reuters dizendo que as medidas econômicas de austeridade põem em risco a luta contra o coronavírus, também que as medidas para mitigar a pandemia no Brasil são “muito cautelosas e limitadas”.

O cientista político Ian Bremmer, da empresa de consultoria Eurasia, publicou numa rede social: “Bolsonaro tem um nível de irresponsabilidade que eu nunca vi num líder democraticamente eleito”.





Coronavírus – Estudantes fabricam sabão para doar ao Hospital Regional Costa do Cacau e Corpo de Bombeiros em Ilhéus

Postado em 31 de março de 2020 por Josélia Maria

Com o objetivo de contribuir com a prevenção ao Coronavírus, o Centro Estadual de Educação Profissional (CEEP) em Gestão e Tecnologia da Informação Álvaro Melo Vieira, localizado em Ilhéus, no Sul da Bahia, preparou 230 litros de sabão líquido concentrado para doação ao Hospital Regional Costa do Cacau e ao Grupamento de Bombeiros. A produção do sabão é realizada na fábrica da unidade escolar, instalada desde 2019 para a prática dos estudantes do curso técnico em Química, que estão envolvidos na iniciativa.


O sabão é produzido a partir de óleo de cozinha usado e doado por restaurantes, bares e moradores locais. Sua composição também leva outros ingredientes, como soda cáustica, água, álcool e essência. 
Segundo o professor de Química e idealizador da iniciativa, Joilson Silva Sampaio, os estudantes vêm desenvolvendo pesquisas sobre o descarte inadequado do óleo residual e sua transformação em sabão de melhor qualidade para o uso na limpeza em geral e sem agressão à pele. “Contra a pandemia do Coronavírus, vimos a oportunidade de ajudar a sociedade, de alguma forma, para evitar a propagação do vírus com o uso do sabão desenvolvido no CEEP, mesmo em tempo de isolamento social”, destacou o educador A estudante Kleyane Vilela Santos, 17, do curso técnico em Química, falou da satisfação em participar da iniciativa. “É uma honra saber que estamos contribuindo para o combate à COVID-19, pois o sabão vai servir para que o hospital seja higienizado adequadamente. Foi muito estimulante aprender a reutilizar o óleo de cozinha na fabricação de sabão e ajudar, também, na preservação do meio ambiente”, afirmou.
O diretor técnico do Hospital Regional Costa do Cacau, Almir Gonçalves, garante que a doação chega em um momento oportuno: “Agradecemos ao CEEP pela doação de 100 litros de sabão concentrado que, diluído, chega a 200 litros e que será usado na limpeza da área externa, pisos, paredes e banheiros  da unidade hospitalar. Neste momento de pandemia contra a COVID-19, a doação irá nos ajudar bastante, visto que estamos todos concentrados na prevenção e a higienização é uma das ações mais importantes”.
O diretor do CEEP, Jorgeney de Argôlo Souza, falou de que forma a iniciativa impacta no desenvolvimento dos estudantes. “Para além deste enfrentamento ao Coronavírus, este tipo de conhecimento é ideal para os jovens estudantes para atender as demandas da sua comunidade local, bem como sua aprendizagem para o mundo do trabalho”, salientou. 
Alem do hospital, também foram doados 130 litros de sabão líquido ao 5° Grupamento de Bombeiro Militar de Ilhéus. O material já entregue está permitindo que os bombeiros mantenham os requisitos de higiene recomendo pela Organização Mundial da Saúde (OMS) para o atendimento à sociedade.





Sobe para seis o número de mortes por coronavírus em Pernambuco; estado tem 77 casos confirmados

Postado em 31 de março de 2020 por Josélia Maria

Morte registrada no boletim desta segunda aconteceu no Hospital dos Servidores do Estado. (Foto: Controladoria-Geral do Estado/Divulgação)

Diário de Pernambuco

Mais uma morte por coronavírus foi confirmada em Pernambuco. Nesta segunda-feira (30), o estado contabiliza seis óbitos relacionados à Covid-19. De acordo com o novo boletim epidemiológico, Pernambuco tem 77 casos confirmados da doença, quatro a mais do que o número divulgado no último balanço, nesse domingo (29). Também foram registrados dois novos casos de cura clínica, chegando a 13 recuperações.

No Brasil, o Ministério da Saúde informou, nesta segunda, que são 4.579 casos confirmados e 159 mortes. O boletim do órgão federal contabiliza 78 casos em Pernambuco, um a mais do que o número divulgado pela Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE). Em relação aos casos confirmados, Pernambuco é o 11º estado brasileiro com o maior número de registros, atrás de São Paulo (1.517 casos confirmados);Rio de Janeiro (657); Ceará (372); Distrito Federal (312); Minas Gerais (261); Rio Grande do Sul (241); Santa Catarina (197); Bahia (176); Paraná (155) e Amazonas (151). Em relação à quantidade de mortes, porém, Pernambuco aparece como o terceiro estado, atrás apenas de São Paulo (113 óbitos) e Rio de Janeiro (18).

A mais recente morte relacionada à Covid-19 em Pernambuco foi a de um homem de 62 anos, com quadro de hipertensão e diabetes. Ele deu entrada no Hospital dos Servidores do Estado (HSE), no bairro do Espinheiro, Zona Norte do Recife, no dia 25 de março, depois de ser encaminhado por uma unidade de saúde do município de Goiana, com quadro de infecção no trato respiratório.

No HSE, o homem recebeu tratamento intensivo, foi entubado em ventilação mecânica e teve as amostras colhidas para os exames laboratoriais. A confirmação para a Covid-19 saiu nessa sexta-feira (27). O paciente evoluiu com piora do quadro clínico e morreu na tarde desse domingo. As mortes registradas no estado são de cinco homens e uma mulher, todos acima dos 60 anos.

Boletim
Dos casos confirmados da doença nas últimas 24 horas em Pernambuco, três são do sexo masculino e um do feminino. Todos estão na faixa etária entre os 30 e 80 anos. Dos pacientes, dois são residentes do Recife, um de Olinda e um de Palmares, na Mata Sul do estado. Dois estão em isolamento domiciliar e dois em leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

Os registros estão distribuídos por 10 municípios pernambucanos: Recife, Jaboatão dos Guararapes, Olinda, Camaragibe, São Lourenço da Mata, Palmares, Belo Jardim, Caruaru, Petrolina e Goiana, além do arquipélago de Fernando de Noronha e de ocorrências de pacientes de outros estados e países. No momento, 19 pacientes estão internados, sendo 12 em UTI/UCI e sete em leitos de isolamento. Outros 39 estão em isolamento domiciliar e 13 já se recuperaram da Covid-19.

Restrições

Os secretários de Saúde do estado e do Recife, André Longo e Jailson Correia, respectivamente, ressaltaram nesta segunda que as medidas de restrição para incentivar o distanciamento social, como suspensão das aulas nas escolas e faculdades, deverão ser mantidas ao longo do mês de abril.
“Estamos fazendo análises diárias das curvas de projeção e, se as medidas que adotamos não tivessem sido tomadas, teríamos uma situação muito pior hoje. Estamos dialogando, por videoconferência, com todos os secretários estaduais de Saúde. Há uma previsão para que a curva de contaminação se acentue ainda nos primeiros dias de abril”, disse André Longo.

Noronha

Teve início nesse sábado (28) em Fernando de Noronha o trabalho de montagem de um hospital de campanha para receber possíveis pacientes com a Covid-19. A estrutura está sendo levantada na Escola Arquipélago e ocupará uma área de 132 m². “O objetivo é fazer o atendimento inicial nesse pequeno hospital de campanha para que não sejam levados ao Hospital São Lucas (o único do arquipélago). Casos mais graves, eventualmente, serão transferidos para a capital”, afirmou o secretário estadual de Saúde, André Longo.

O hospital de campanha de Noronha terá seis leitos e capacidade para receber até 12 pessoas em tratamento. O arquipélago teve o primeiro caso confirmado nessa sexta-feira (27). O paciente é um homem de 48 anos, funcionário da empresa que administra o aeroporto da ilha. Ele está em isolamento no alojamento. Ao todo, 11 pessoas que trabalham na mesma empresa também foram isoladas e fizeram testes para identificar se eles foram infestados com o novo coronavírus.

Vacina

Desde o início do ano, Pernambuco registrou 231 casos confirmados para outros vírus de transmissão respiratória. Foram 120 casos de Influenza A; 55 de Influenza B; 42 de Influenza A(H1N1); seis casos de rinovírus; quatro testes positivos para outros tipos de coronavírus e quatro para outros vírus.

De janeiro a 30 de março, o estado registrou 53 mortes por Síndrome Respiratória Aguda Grave (Srag), sendo 10 óbitos decorrentes de casos confirmados de Influenza A, cinco de Influenza B e seis positivos para Covid-19. Um teste deu negativo para Covid-19 e ainda aguarda resultado para Influenza. Além desses, 31 testes deram negativo tanto para Covid-19 quanto para Influenza e ainda estão em investigação.

Ainda não existe uma vacina para o novo coronavírus, mas há imunização para evitar outras formas de Síndrome Respiratória Aguda Grave. Desde o dia 23 deste mês, idosos e profissionais de saúde começaram a receber a vacina contra gripe. Eles são o público-alvo da primeira etapa da Campanha Nacional de Vacinação contra Gripe, que foi antecipada em um mês.

Na primeira fase, Pernambuco tem uma população a vacinar de 1.148.115. O objetivo da antecipação é proteger os pernambucanos contra três vírus da influenza – A(H1N1), A(H3N2) e B -, evitando adoecimentos e, consequentemente, o impacto nos serviços de saúde neste momento da ocorrência de casos do novo coronavírus.

Mortes

A primeira morte de um paciente com coronavírus no estado foi a de um homem de 85 anos que estava internado no Hospital Universitário Oswaldo Cruz (Huoc), na área central do Recife. Ele tinha histórico de diabetes, hipertensão e cardiopatia isquêmica. Também foi confirmado o óbito de um homem de 69 anos que morava no Recife. Ele era hipertenso e tinha histórico de viagem para Portugal e Itália. Um turista canadense de 79 anos que estava no navio retido por 14 dias no Porto do Recife também morreu em decorrência da Covid-19.
Outra morte registrada no estado foi a de um homem de 82 anos que morava no bairro do Vasco da Gama, Zona Norte do Recife. Ele era diabético, hipertenso e tinha histórico de infecção do trato respiratório. Uma mulher de 69 anos que estava em hospital privado no Recife morreu após contrair o novo coronavírus. Ela tinha leucemia.
Evolução dos casos do novo coronavírus em Pernambuco:
25 de fevereiro – 1 caso suspeito
26 de fevereiro – 3 casos suspeitos
27 de fevereiro –  5 casos em investigação, 1 caso descartado
28 de fevereiro – 5 casos em investigação, 5 casos descartados
29 de fevereiro – 5 casos em investigação, 7 casos descartados
1º de março – 5 em investigação, 8 descartados
2 de março – 4 em investigação, 10 descartados
3 de março – 4 em investigação, 11 descartados
4 de março – 6 em investigação, 11 descartados
5 de março – 8 em investigação, 12 descartados
6 de março – 6 em investigação, 16 descartados
7 de março – 7 em investigação, 16 descartados
8 de março – 9 em investigação, 18 descartados
9 de março – 12 em investigação, 18 descartados
10 de março – 12 em investigação, 22 descartados
11 de março – 17 em investigação, 22 descartados
12 de março – 2 casos confirmados, 12 em investigação, 1 provável e 30 descartados
13 de março – 2 confirmados, 38 em investigação, 1 provável, 33 descartados
14 de março – 7 confirmados, 44 em investigação, 12 prováveis, 40 descartados
15 de março – 8 confirmados, 61 em investigação, 11 prováveis, 47 descartados
16 de março – 18 confirmados, 81 em investigação, 3 prováveis, 81 descartados
17 de março – 19 confirmados (primeiro caso de transmissão comunitária confirmado), 250 em investigação, 3 prováveis, 85 descartados
18 de março – 22 confirmados, 364 em investigação, 3 prováveis, 96 descartados
19 de março – 28 confirmados, 311 em investigação, 3 prováveis, 166 descartados
20 de março – 31 confirmados (1 curada), 289 em investigação, 3 prováveis, 206 descartados
21 de março – 33 confirmados, 318 em investigação, 3 prováveis, 276 descartados
22 de março – 37 confirmados (3 curados), 310 em investigação, 3 prováveis, 375 descartados
23 de março – 42 confirmados (3 curados)
24 de março – 42 confirmados (5 curados)    25 de março – 46 confirmados, 1 óbito 
26 de março – 48 confirmados, 3 óbitos
27 de março – 57 confirmados, 4 óbitos
28 de março – 68 confirmados, 9 curados, 5 óbitos
29 de março – 73 confirmados, 11 curados, 5 óbitos
30 de março – 77 casos, 13 recuperados, 6 óbitos

750






Ministro do STF encaminha pedido de afastamento de Bolsonaro

Postado em 31 de março de 2020 por Josélia Maria

Revista Forum

O ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), encaminhou ontem um pedido de afastamento de Jair Bolsonaro à procuradoria-geral da República.

Marco Aurélio é o relator da notícia-crime protocolada na semana passada pelo deputado federal Reginaldo Lopes (PT-MG), que acusa Bolsonaro dos crimes de omissão e difusão do coronavírus.

O documento lista uma série de episódios em que o presidente minimizou o surto da Covid-19 – detalhando uma série de adjetivações usadas pelo ex-capitão – e aponta que ele “incentivou ostensivamente o descumprimento das medidas de isolamento recomendadas pela Organização Mundial da Saúde e pelo próprio poder executivo”.

Caso a PGR aceite a notícia-crime, Câmara será consultada para autorizar ou não o seguimento da Ação Penal e, em caso positivo, Bolsonaro será afastado por 180 dias. Em caso de crime transitado em julgado, o presidente perde o mandato.

Também na segunda-feira (30), partidos de oposição protocolaram outra queixa-crime contra Bolsonaro pelo “passeio” que o presidente deu no Distrito Federal, no último domingo (29). Na ação, são apontados diversos crimes que Bolsonaro pode ter cometido ao sair às ruas mesmo estando sob suspeita de ter contraído coronavírus.





OAB-PE consegue liminar para Banco do Brasil pagar alvarás, RPVs e precatórios

Postado em 31 de março de 2020 por Josélia Maria

A OAB-PE conseguiu, nesta segunda-feira (30), uma decisão liminar na 21ª Vara Federal em Pernambuco para obrigar o Banco do Brasil a processar e pagar alvarás, precatórios, Requisições de Pequeno Valor (RPVs) ou qualquer ordem judicial de pagamento. A decisão veio em uma ação civil pública ajuizada pela Ordem contra o banco para obrigá-lo a abrir um canal de atendimento eletrônico (não presencial) a estas demandas.

Na decisão, o Juízo Federal da 21ª vara determinou ao banco que “restabeleça os serviços de cumprimento de ordens judiciais de pagamento (alvarás, requisições de pequeno valor, precatórios e similares), mediante canal eletrônico adequado” em cinco dias úteis, sob pena de pagamento de multa diária de R$ 5 mil, “sem prejuízo das sanções por ato atentatório à dignidade da Justiça, a serem aplicadas à empresa e aos seus gestores, em caso de descumprimento”.

A liminar foi deferida no mesmo dia da propositura da ação, que é assinada pelo presidente da OAB-PE, Bruno Baptista, e pela equipe do departamento jurídico da Ordem pernambucana. O Banco do Brasil não havia aberto um canal eletrônico para atender estas demandas. Na decisão, há uma sugestão para que o banco adote a proposta da OAB-PE de formalizar um termo de cooperação técnica nos mesmos moldes do firmado com a Caixa Econômica Federal, para o processamento de alvarás, RPVs e precatórios por meio da Central de Alvarás Digital que a Ordem lançará esta semana.

Nesta Central, os advogados podem efetuar eletronicamente todo o processamento prévio de liberação das ordens de pagamento. Em seguida a OAB enviará os dados e a Caixa, se não houver pendências de documentos ou informações, fará o depósito na conta indicada pelo beneficiário, sem a necessidade de comparecer pessoalmente à agência bancária, somente utilizando o certificado digital do advogado.

Esta medida atende as normas das autoridades públicas, de evitar a disseminação do novo coronavírus (Covid-19). Mesmo assim, o Banco do Brasil recusou o acordo de cooperação técnica e ainda informou que não iria proceder com atendimentos presenciais sobre ordens judiciais de pagamento.

Na decisão judicial, ficou enfatizado que é injustificada a recusa do banco em adotar canais eletrônicos de atendimento e que o pagamento de ordens judiciais é atividade essencial.

“Foi uma grande vitória da OAB Pernambuco em prol da advocacia e da sociedade. Os alvarás, RPVs e precatórios possuem nítido caráter alimentar e é fundamental que esses recursos cheguem aos seus beneficiários, especialmente em um momento de tanta dificuldade”, afirma Bruno Baptista.Foto: Alysson Maria/OAB-PE





Pandemia do Coronavírus: Paulo Bomfim prorroga medidas restritivas até 13 de Abril. Comércio, bares e restaurantes continuarão fechados, aulas permanecem suspensas

Postado em 31 de março de 2020 por Josélia Maria

Em reunião realizada na manhã desta segunda-feira, 30, com os membros do Comitê de Enfrentamento à Pandemia do Cornavírus, o prefeito Paulo Bomfim decidiu prorrogar até o dia 13 de abril a vigência das medidas de distanciamento social anunciadas nos decretos expedidos desde a declaração da pandemia, feita pela Organização Mundial de Saúde. No fim da tarde de hoje, o Diário Oficial trará a publicação da decisão.

“Sabemos dos problemas econômicos que todas as cidades estão enfrentando com as medidas restritivas, mas este tem sido o caminho mais racional na prevenção ao Covid-19. Precisamos pensar primeiro na saúde das pessoas e, dentro daquilo que está ao nosso alcance, não fugiremos às nossas responsabilidades”, declarou o prefeito Paulo Bomfim.

Dentre as restrições com prazo estendido, está o fechamento do comércio, bares, restaurantes e a proibição da realização de eventos festivos. Continuam liberados os funcionamentos de supermercados, mercadinhos, padarias, açougues, casas de rações e defensivos agrícolas, desde que preservados o distanciamento e limite máximo de pessoas em cada ambiente. As aulas também continuam suspensas.

A secretária de Saúde, Fabíola Ribeiro, ressaltou a importância da decisão: “Nossas restrições tiveram início há poucos dias, mas já têm se mostrado acertadas. Ainda não é hora, segundo orienta a OMS, de recuar. Temos nos guiado pela opinião de especialistas e sabemos que este é o caminho correto”.

Na cidade de Juazeiro, os bancos e casas lotéricas foram reabertos por decisão do Governo Federal. No entanto, o decreto municipal estabelece uma série de normas de distanciamento e a Secretaria de Meio Ambiente e Ordenamento Urbano têm atuado na fiscalização das mesmas.





SEDES realiza higienização dos automóveis utilizados pela equipe

Postado em 31 de março de 2020 por Josélia Maria

A Secretaria de Desenvolvimento Social, Mulher e Diversidade (SEDES) da Prefeitura de Juazeiro realizou nesta segunda-feira, 30, a higienização dos automóveis utilizados pela equipe em trabalhos da instituição. A medida tem como objetivo prevenir os riscos de contágio e propagação diante da pandemia do novo Coronavírus – Covid 19 e do H1N1 entre os trabalhadores da secretaria.

De acordo com o superintendente administrativo da SEDES, Alessandro Maracajá, a iniciativa segue as recomendações de cuidados propostas pelo Prefeitura e das organizações de saúde. “Visto que a Sedes não parou os trabalhos em seus equipamentos, com exceção dos locais de atendimento em assistência social. A higienização dos transportes é uma estratégia necessária para coibir a ação dos vírus”, explica.

A medida visa proteger os trabalhadores da SEDES que permaneceram em atividade neste momento. “Cuidarmos também de cada um dos servidores que se propõem a estar na frente de batalha nessa conjuntura tão crucial para o povo brasileiro”, afirma Maracajá. A secretaria pretende dar continuidade a essa estratégia de prevenção durante todo o período de recomendação de cuidados contra o Coronavírus e H1N1.





MEC abre 31,7 mil vagas de cursos técnicos e de qualificação profissional em EaD

Postado em 31 de março de 2020 por Josélia Maria

De imediato, já estão liberadas 14 mil vagas; Iniciativa faz parte do programa Novos Caminhos, lançado no ano passado

Estudar sem sair de casa. Com essa proposta, o Ministério da Educação (MEC) oferta gratuitamente, em conjunto com instituições públicas de ensino do país, 31,7 mil vagas em cursos de ensino a distância (EaD) de qualificação profissional e técnicos. De forma imediata, são 14 mil vagas. O restante poderá ser acessado nas próximas semanas.

A iniciativa faz parte do programa Novas Caminhos, que estimula o empreendedorismo e o ensino profissional e tecnológico no país. Até 2021, serão, ao todo, 78 mil vagas de diferentes cursos, nas modalidades presencial e a distância.

O MEC reuniu em no portal do programa todas as oportunidades.A busca é simples, basta acessar portal.mec.gov.br/novoscaminhos, indicar estado, município, modalidade EaD e nível de escolaridade. As instituições cadastradas e com cursos já disponíveis vão aparecer na sua tela. 14 mil vagas já disponíveis na plataforma.

Esse tipo de ensino remoto é fundamental em meio à pandemia do coronavírus, em que o participante pode optar pelo estudo em casa e obter um certificado para a carreira. A plataforma reúne cursos técnicos em Administração, Logística, Meio Ambiente e por exemplo.

Em média, a carga horária é de 800 horas. Já para os cursos de qualificação, como Programação e Ferramentas de Gestão, a duração é de 160 horas. O sistema também apresenta os sites das instituições que vão ofertar os cursos, além de informações como período de matrículas, cronograma, entre outros.