Destaques

João Paulo é parabenizado por Antonio Souza pela candidatura a deputado estadual

O candidato a deputado estadual João Paulo (PCdoB) foi parabenizado pelo empreendedor social Antoni ...

CANDIDATA A DEPUTADA FEDERAL DE MARINA NO SERTÃO COMEÇA CAMINHADA EM BOA VISTA E LAGOA GRANDE

A primeira blogueira e única candidata a deputada federal no Sertão, Josélia Maria, (REDE)começo ...

LUCAS RAMOS PRESTIGIA FESTA DE VARZINHA EM SANTA CRUZ

A tradicional festa de Varzinha, em Santa Cruz, contou com a presença do deputado estadual e candid ...

Veja o primeiro dia de agenda dos candidatos ao Governo de Pernambuco

Postado em 16 de agosto de 2018 por Josélia Maria

Quinta-feira (16) começa oficialmente a campanha eleitoral

Quinta-feira (16) começa oficialmente a campanha eleitoralFoto: Marcos Santos/USP
Blog da Folha

A corrida ao Palácio Campos das Princesas começa oficialmente nesta quinta-feira (16). É a hora dos candidatos colocarem na rua as campanhas. Veja abaixo como será o primeiro dia de cada postulante ao Governo do Estado.

Agenda dos candidatos nesta quinta-feira (16):

Armando Monteiro (PDT)
6h – Café da manhã com trabalhadores rurais – Petrolina
10h30 – Visita ao Morro Bom Jesus e caminhada na feira de artesanato – Caruaru
19h – Missa no Morro da Conceição – Recife

Paulo Câmara (PSB)

11h- entrevista à Radio Jornal
18h- Ato dos voluntários na quadra do Sport Club do Recife

Maurício Rands (PROS)
9h – Reunião com núcleo político da campanha
11h – Visita ao Mercado da Madalena
14h – Reunião com equipe de comunicação
15h – Preparativos para debate na UFPE
19h – Debate com os outros candidatos ao governo na UFPE

Dani Portela (PSOL)
10h – Caminhada de abertura da campanha. (Rua das Moças, Arruda)
18h – Lançamento coletivo das candidaturas de Dani Portela, Eugênia Lima, Ivan Moraes, Juntas Co-deputadas, Amanda Palha e Paulo Rubem Santiago – Casa Marielle Franco (Rua Feliciano Gomes, 134, Derby)

19h – Debate com os candidatos ao governo do estado UFPE (Auditório do CCSA). Local: Av. Prof. Moraes Rego, 1235 – Cidade Universitária – Recife)

Simone Fontana (PSTU)
5h – Panfletagem na Metalúrgica de Igarassu (Sindicato MUSACHI)
16h – Panfletagem na comunidade Novo Horizonte
19h – debate na UFPE. Local: UFPE, Auditório Centro de Ciências Sociais (CCSA. Local: Av. Prof. Moraes Rego, 1235 – Cidade Universitária – Recife)

Júlio Lóssio (REDE)
10h – Reunião com Liderança da cidade Parnamirim;
12h – Almoço com Lideranças da Região Metropolitana;
15h – Reunião com a equipe para Revisão da Plataforma de Governo;
19h – Participação do Debate da UFPE
Local: UFPE, Auditório Centro de Ciências Sociais (CCSA) Local: Av. Prof. Moraes Rego, 1235 – Cidade Universitária – Recife)
22h30 – Reunião com equipe de comunicação

Ana Patrícia Alves (PCO)
*Agenda ainda não foi divulgada.




jr telecom

Armando inicia campanha com atividades em Petrolina, Caruaru e no Recife

Postado em 16 de agosto de 2018 por Josélia Maria

image-83788

A onda que vai mudar Pernambuco vem do interior para o litoral. Com o objetivo de marcar o compromisso de sua campanha e do futuro governo com o desenvolvimento de todas as regiões do Estado, Armando Monteiro (PTB) inicia, nesta quinta-feira (16), sua campanha a governador de Pernambuco com atividades no Sertão, Agreste e Região Metropolitana.

O candidato da coligação Pernambuco Vai Mudar cumpre agenda focada nos eixos centrais da campanha, que são voltados a fazer um governo mais próximo das pessoas e que promova a retomada do crescimento econômico para garantir a geração de emprego e renda para a população.

“É fundamental tirar o Estado dessa situação de paralisia fruto da atuação do governo nos últimos anos. Precisamos trabalhar duro para retomar as obras paradas, animar a economia em todas as regiões e estimular a geração de emprego”, afirmou Armando, que dá o pontapé da corrida eleitoral em Petrolina, no Sertão do São Francisco, em um café da manhã com agricultores numa fazenda de exportação de frutas.

De Petrolina, onde está desde esta quarta-feira (15), Armando segue para Caruaru, no Agreste Central, onde participa de uma caminhada pelo centro comercial do município e visita obras inacabadas que deveriam estar atendendo às pessoas. Armando cumpre as atividades ao lado da prefeita Raquel Lyra (PSDB) e do ex-governador João Lyra Neto (PSDB).

A longa agenda de contatos e de diálogo com a população e com lideranças de todo o Estado se encerra com uma missa, no início da noite, na Igreja de Nossa Senhora da Conceição, em Casa Amarela, Zona Norte do Recife.

 “Queremos fazer uma campanha limpa, propositiva e voltada para estimular a paz e resgatar a autoestima de todas as pernambucanas e todos os pernambucanos”, enfatizou Armando. “As pessoas esperam que o próximo governo recupere a autoridade no combate à violência e que todas as famílias voltem a viver um clima de segurança nas ruas”, acrescentou o petebista, que cumpre toda a agenda ao lado dos candidatos ao Senado Mendonça Filho (DEM) e Bruno Araújo (PSDB) e a vice-governador, Fred Ferreira (PSC).

Foto: Leo Caldas/Divulgação

Agenda Armando Monteiro

Quinta-Feira – 16/08/2018

6h00             Café da manhã com trabalhadores rurais – Petrolina

10h30           Visita ao Morro Bom Jesus e caminhada na feira de artesanato – Caruaru

19h               Missa no Morro da Conceição – Recife




jr telecom

Eletrobras prevê demissão de até 3 mil funcionários ainda em 2018

Postado em 16 de agosto de 2018 por Josélia Maria

Eletrobras vai reabrir programa de demissão voluntária / Foto: ABr

Eletrobras vai reabrir programa de demissão voluntária
Foto: ABr
Agência Brasil

A Eletrobras vai reabrir o Plano de Demissão Consensual (PDC) neste segundo semestre. O presidente da companhia, Wilson Ferreira Júnior, disse nesta quarta-feira (15) que na primeira etapa houve a adesão de 736 empregados, avaliada por ele como baixa diante da expectativa de alcançar entre 2,5 mil a 3 mil profissionais do quadro da empresa.

Segundo o presidente, esse efetivo é para fazer frente a uma saída de pessoas da área administrativa, resultado de programas desenvolvidos para organização interna, incluindo a redução de cargos que tinham funções semelhantes.

“Isso explica um pouco porque foi menos. Um motivador das pessoas sair é não ter o que fazer, hoje elas têm o que fazer, na medida em que se for implantando [os programas] vai ficando mais claro para as pessoas e se faz a opção. Por isso, estamos esperando uma segunda janela neste segundo semestre”, disse.

O início

A data de início da nova etapa será anunciada nos próximos dias e não haverá mudança na lista de benefícios, que ele identifica como um bom incentivo. “É o mesmo plano que será reaberto com as mesmas condições e mesmos benefícios. Não vai melhorar nenhum benefício”, disse.

A empresa propôs no PDC o pagamento da multa do FGTS, somado ao aviso prévio correspondente a três salários do empregado, mais 50% relativos à soma dos valores da multa e do aviso prévio, além de cinco de plano de saúde.

Na visão do presidente, entre as razões da baixa adesão está a avaliação de que o momento da economia e do mercado de trabalho não é propício. Segundo ele, para os que pretendem continuar com uma vaga de emprego fora da empresa, com o panorama atual, seria difícil uma realocação. Apesar disso, Ferreira Júnior acredita que a situação pode alterar com a retomada da economia e se houver uma perspectiva mais efetiva de Reforma da Previdência.

“Estamos esperando ter uns fatos que mobilizam as pessoas, entre elas, a entrada dos sistemas, ativar o Centro, as pessoas que estão em idade de aposentadoria e as reformas ficarem mais evidente que vão acontecer, os debates [da campanha eleitoral] vão levar a isso”, observou.

Pelos cálculos da empresa, a adesão dos 736 empregados representa economia anual para a Eletrobras de R$ 231 milhões. O presidente inseriu a questão de pessoal em uma das evoluções do Plano de Desafios para o período 2021/22.




jr telecom

Pesquisa Ipespe/Folha mostra intenção de voto para presidente em PE

Postado em 16 de agosto de 2018 por Josélia Maria

Na pesquisa realizada pelo Instituto de Pesquisas Sociais, Políticas e Econômicas (Ipespe), divulgada em parceria com a Folha de Pernambuco, o ex-presidente Lula (PT) lidera, em Pernambuco, a disputa para a Presidência da República com 55% das menções. Na segunda colocação, Jair Bolsonaro (PSL) registra 13%, seguido por Marina Silva (Rede), 7%; Ciro Gomes (PDT), 4%; e Geraldo Alckmin(PSDB), 3%. O senador Alvaro Dias (Podemos) obteve 2% das intenções, e João Amoêdo (Novo) e Vera Lúcia (PSTU) registraram 1%, cada. O ex-ministro Henrique Meirelles (MDB), Cabo Daciolo (Patriota), Guilherme Boulos (PSOL), João Goulart Filho (PPL) e José Maria Eymael (PDC) não pontuaram na amostragem. Os brancos, nulos ou “nenhum” somam 10%, e os entrevistados que não sabem em quem vão votar ou não responderam são 4%.

Pesquisa Ipespe/Folha, em Pernambuco, para presidente da República
image-83784
Pesquisa Ipespe/Folha, em Pernambuco, para presidente da República – Arte/Folha de Pernambuco

O levantamento também questionou os eleitores sobre as intenções de votos em um cenário com o ex-ministro Fernando Haddad (PT) como candidato, sendo apoiado por Lula. Nesse panorama, o petista aparece na frente, com 27% das menções. Sem Lula, Marina Silvasobe para 15% das intenções de votos, em um empate técnico com Bolsonaro, 14%. Considerando a candidatura de Haddad, apesar de Marina ocupar o segundo lugar na pesquisa, quem herda mais votos do ex-presidente é Ciro Gomes, que sobe para 9%. Outro dado que chama atenção é o percentual de votos brancos e nulos, que aumenta significativamente para 20% sem candidatura de Lula.

pesquisa foi realizada entre os dias 11 e 13 de agosto, por telefone, ouvindo 800 pessoas, definindo cotas de sexo, idade, localidade, instrução e renda. A margem de erro é de 3,5 pontos percentuais para mais ou para menos, com um intervalo de confiança de 95,45%. Como manda a lei, a pesquisa foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob os números de protocolo BR-06973/2018 e PE-07336/2018.

Por: Folha de Pernambuco




jr telecom

Rede Mulher do Sertão do São Francisco realiza Assembleia anual e celebra parcerias

Postado em 16 de agosto de 2018 por Josélia Maria

image-83781

Elas são pescadoras, produtoras rurais, líderes de pastorais e de comunidades e, sobretudo, mulheres que estão animando a Rede Mulher do Território do Sertão do São Francisco, as quais mostraram sua força e organização durante a realização da 17ª Assembleia.

Esse  ano, a Assembleia aconteceu  entre os dias 10 e 12 de agosto, no Centro de Formação Palmeira de Elim, em  Pilão Arcado. Durante o evento, elas realizam também a Feira Feminista de Economia Solidária, um espaço que serviu de amostra para muitos produtos trabalhados por essas mulheres dos municípios de Remanso, Casa Nova, Sento Sé, Campo Alegre de Lourdes, Uauá, Canudos, Curaçá e Pilão Arcado.

Um  dos momentos marcantes da Assembleia foi a discussão da temática Violência contra a Mulher, na perspectiva do enfrentamento e superação desse problema, onde a assistente social e professora Jacqueline Soares, facilitadora dessa temática no evento, apontou à conduta machista e visão sociocultural extremamente conservadora, como fatores que muito contribuem para o aumento da violência e do preconceito contra a mulher. As mulheres apontaram que esses fatores estão bem visíveis na vida de muitas delas.

Jacqueline lembrou que quebrar o silêncio, denunciado todo tipo de agressão praticada contra a mulher é um passo estratégico para a superação desse problema e que a presença das mulheres agindo coletivamente em redes, grupos e fóruns, só amplia a luta feminista por igualdade e tantos outros direitos que ainda são negados às mulheres. “Estando articuladas elas até começam a cobrar do poder público ações com relação a sua responsabilidade  no combate à violência contra mulher”, destaca a assessora.

A artesã Maria de Lurdes Oliveira, da comunidade de Mucambo, interior de Casa Nova, vítima de vários tipos de violência doméstica e que já levou seu caso à justiça, disse que ficou “com mais coragem de continuar denunciando, porque antes eu  tinha medo, agora não tenho mais”. A agricultora Benedita Varjão, da comunidade de Pau Ferro, interior de Curaçá, evidencia o quanto os debates sobre mulher e gênero ajudam essas mulheres se libertarem do preconceito e da violência. “Encontro como esses da Rede Mulher é uma forma de passar para as mulheres as formas de violências que elas passam (…), esses encontros instruem para elas lutarem contra isso e possam mudar essa realidade”, disse Benedita.

Feira Feminista de Economia Solidária

Na manhã do sábado (11), o grupo formado por mais de 80 mulheres, expôs uma diversidade grande de produtos como artesanato, mel, biscoitos, doces e sucos feitos de forma orgânica. A Feira busca dar visibilidade ao trabalho das mulheres, onde podem expor e comercializar produtos, além de proporcionar troca de experiências.

Para Maria do Socorro Santos, coordenadora de Rede Mulher (Regional de Remanso), a realização da Feira foi muito importante, principalmente para animar os grupos e comunidades de Pilão Arcado que precisavam desse incentivo trazido pela Feira. “A Feira em si foi o foco maior, porque o povo veio, as comunidades participaram, se animaram e vão sair daqui pra fortalecer mais ainda os grupos”, avalia Socorro.

Socorro lembra que a Rede está mais mobilizada, e que o fortalecimento precisa acontecer nos municípios. A Rede conta com o apoio das entidades locais e regionais que executam ações de orientação, formação e mobilização apoiadas pelo Pró-Semiárido, projeto executado pelo Governo da Bahia, através da Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), órgão da Secretaria de Desenvolvimento Rural da Bahia (SDR).

Para Beth Siqueira, Assessora de Gênero, Raça, Etnia e Geração do Pró-Semiárido, todo esse apoio à Rede Mulher também contribui no fortalecimento da construção de articulações com órgãos, entidades e representações, especialmente na linha de gênero, geração de renda e empoderamento das mulheres, uma das ações estratégicas do Pró-Semiárido.

Entidades da sociedade civil que também trabalham na região e que dão suporte às ações da Rede como Instituto Regional da Pequena Agropecuária Apropriada (Irpaa), Serviço de Apoio a Organizações Populares (Sasop) e o Serviço de Assistência Socioambiental no Campo e Cidade (Sajuc), prestaram apoio na realização do evento.

Outro grande aporte para o evento veio do Projeto Pró-Semiárido, cujos recursos são frutos do acordo de empréstimos entre o Governo da Bahia e o Fundo de Desenvolvimento Agrícola (FIDA). O Projeto viabilizou todo apoio logístico e de estrutura como transporte, alimentação, articulação e assessoria, por exemplo. Garantindo esse apoio, o Pró-Semiárido reforça sua perspectiva em apoiar às ações de fortalecimento das experiências existentes nos municípios e comunidades dos Territórios Rurais onde atua e que vão além do aspecto produtivo.




jr telecom

Agenda do candidato à reeleição Paulo Câmara desta quinta-feira (16)

Postado em 16 de agosto de 2018 por Josélia Maria

11h- Entrevista à Rádio Jornal
Local: Rádio Jornal – Rua Capitão Lima, 250, Santo Amaro
 
18h – Grande encontro com voluntários P40
Local: Quadra do Sport Club do Recife



jr telecom

Lei Maria da Penha: Câmara aprova texto com intuito de agilizar proteção às mulheres

Postado em 16 de agosto de 2018 por Josélia Maria

Especialista em Direito Penal comenta medida e destaca falta de estrutura como atual entrave

O Plenário aprovou na última terça-feira (14) proposta que altera a Lei Maria da Penha, autorizando autoridades policiais (delegados e policiais militares) a decidirem, em caráter emergencial, sobre medidas protetivas para atender mulheres em situação de violência doméstica e familiar. O texto aprovado, que segue para análise do Senado Federal é o substitutivo ao Projeto de Lei 6433/13 e apensados.

O que se pede neste texto é que, no prazo de 24 horas, a vítima possa ser atendida por uma autoridade policial e, já tenha nesse mesmo período de tempo, uma decisão remetida ao juiz sobre a manutenção ou a revisão da medida, verificada a existência de risco à vida ou à integridade física da mulher ou de seus dependentes.

Rogério  Cury

“Devemos lembrar que a Lei Maria da Penha já traz algumas providencias que a autoridade policial pode tomar em relação à mulher em situação de violência doméstica familiar, como por exemplo: acompanhar para segurar sua integridade na retirada dos pertences do local da ocorrência ou do domicílio, fornecer transporte para a mulher e dependentes para um abrigo ou local seguro quando houver risco de vida, garantir proteção policial comunicando de imediato o Ministério Público e o judiciário sobre a situação”, afirma Rogério Cury, especialista em Direito Penal e sócio da Cury & Cury Advogados Associados.

“Toda ideia de se proteger a mulher, desde que respeitados princípios e garantias constitucionais do cidadão, sempre vem em boa hora, no entanto, medidas que envolvem privação de liberdade de agressor ou agressora sempre devem ser tomadas pelo Poder Judiciário. Poderia, sim, haver uma medida extremamente excepcional em alguns casos, pois a nossa legislação processual não admite a privação à liberdade de uma pessoa que não esteja em situação de flagrância, por parte da autoridade policial, mas sim somente com decisão judicial”, reforça o jurista.

Ainda segundo o jurista, cabe sanálise sobre eficácia desse projeto, que pode ser comprometida, uma vez que há dificuldade de operacionalização pela falta de estrutura por parte das autoridades policiais.

Atualmente, a lei estabelece um prazo de 48 horas para que a polícia comunique ao juiz de direito sobre as agressões, para que, só então, ele decida sobre as medidas protetivas, e o prazo, é considerado excessivo em alguns casos.

O projeto segue para o Senado. Se aprovado vai à sanção presidencial. Se for alterado pelos senadores, será necessária uma rodada final de votações na Câmara antes do envio do projeto para a Casa Civil.

Sobre O CPJUR
Com foco no desenvolvimento de estudantes e profissionais de todo o Brasil que buscam capacitação e aprimoramento de conhecimentos na carreira jurídica publica ou privada, o Centro Preparatório Jurídico (CPJUR) promove cursos para o Exame da OAB, Concursos Públicos e Pós-graduação nas modalidades presencial, telepresencial e online. Com investimentos na qualidade de seu corpo docente, formado pelos principais juristas do Brasil; profissionais de atendimento com vasta e comprovada experiência no segmento; salas de aula com padrão de excelência e moderna tecnologia de transmissão, visa oferecer soluções inovadoras e adaptadas às necessidades de mercado, com a personalização e atualização constante exigida pelo ramo do Direito.



jr telecom

Rui convida Haddad à Bahia e se diz “ansioso para ir às ruas fazer campanha”

Postado em 15 de agosto de 2018 por Josélia Maria

image-83774

Em coletiva de imprensa durante o registro da candidatura do ex-presidente Lula à Presidência da República, confirmando Haddad como vice, hoje à tarde (15), em Brasília, o candidato à reeleição ao Governo da Bahia, Rui Costa (PT), fez um chamamento ao ex-prefeito de São Paulo para vir à Bahia. “Haddad, eu quero que o mais rápido possível você vá lá para a Bahia, pois na Bahia nós vamos ganhar a eleição, pra presidente da República, pra governador e pra senador, para esse país voltar a crescer e gerar emprego. Chega de depressão, chega de conflito no país. O Brasil precisa voltar a crescer, ser respeitado lá fora. E só tem um jeito de fazer isso que é através da eleição”, garantiu.

Nesta sexta-feira (17), Rui Costa sai em caravana pela Bahia, iniciando o percurso pelas cidades dos territórios Piemonte da Diamantina e Piemonte do Itapicuru. O candidato chega às 10 horas no aeroporto de Jacobina, passando a percorrer todos os trechos do trajeto de ônibus, conversando com moradores de cada município.Na sequência, ainda na sexta, a caravana vai às cidades de Caém (13h), Saúde (15h), Pindobaçu (17h), Antônio Gonçalves (18h30) e Senhor do Bonfim (19h30), começando pelo bairro Bonfim III e encerrando na Praça Antônio Gonçalves, onde será realizado o comício da coligação. Todos os 27 territórios de identidade do estado serão visitados pela chapa majoritária, ao lado dos pré-candidatos a vice-governador, João Leão (PP), e ao Senado, Jaques Wagner (PT) e Angelo Coronel (PSD).

Foto: PT/ Divulgação




jr telecom