Destaques

Anisio Viana participa de Audiência Pública sobre esportes equestres na Bahia

O pré-candidato a prefeito de Casa Nova e Presidente do PSDB Municipal Anísio Viana, participou ne ...

Prefeito e Vice de Abaré encontram-se com Deputado Estadual em Salvador

Hoje (22/05), o Prefeito  de Abaré Fernando Tolentino e o seu vice Kaká de Eulina, acompanhados d ...

Deputado Roberto Carlos requer detectores de metal nas salas de cinema, teatros e casas de show

Está em tramitação, na Comissão de Constituição e Justiça da Assembleia Legislativa da Bahia, ...

A maior manifestação da educação da história brasileira

Postado em 21 de maio de 2019 por Josélia Maria

image-92658

15 de maio de 2019 inscreveu-se gloriosamente na história da educação no país. Paulo Freire, patrono da educação brasileira, piscou e sorria confiante através de um cartaz na traseira de um caminhão de som na Av. Paulista em São Paulo de sol e garoa.

Nas ruas, a emoção e a esperança tomaram conta de 222 cidades com mais de 2 milhões de manifestantes ocupando seus lugares centrais.

São Paulo 300 mil, Belo Horizonte 250 mil, Rio de Janeiro e Recife 150 mil, Fortaleza 100 mil, Brasília e Salvador 50 mil participantes…brilharam com os estudantes, crescidos no século 21, os professores, pais e avôs conscientes alegrando e animando com sua indignação e leveza a alma do povo brasileiro.

Ao caminhar com os pés livres e olhos bem abertos durante 4 horas na Paulista, lembrei de muitos guerreiros e educadores que tinham lutado e nos legaram conquistas essenciais na educação. A longa batalha da escola e da universidade públicas e gratuitas. A democratização do acesso a elas na Constituição Federal, a Lei de Diretrizes e Bases, os avanços ainda tímidos contra as discriminações de cor no ensino superior. A ampliação das bolsas de estudo dentro e fora do país que está bloqueada hoje, a educação continuada dos profissionais universitários que ainda está tímida e órfã.

Um fio invisível nos uniu e conduziu ligados a este passado de lutas em todas estas marchas. É a força da memória e da história.

O que o MEC, seu ministro e o presidente mexeram foram com mais de 70 milhões de estudantes de todos os níveis. Um terço da população brasileira estuda. A China tem 30%, os EUA 25%, o Brasil 33%.  Além dos 2 milhões de professores. Foi uma representação significativa e mais mobilizada deste gigantesco oceano que compreendeu o drama vivido e foi às ruas explicar a todos que os cortes e os contingenciamentos para a educação têm que recuar.

É uma questão que afeta a batalha do desenvolvimento soberano, da CT&I e da cultura. Afeta a indústria, a agricultura, o comércio e os serviços. O corte de 30% na educação aprofunda a recessão e o desemprego. A retirada de 42% do Ministério da CT&I ceifa nosso presente. Era sobre isto que o dia 15 de maio aflorou e se impôs. Teve o apoio do movimento sindical, da comunidade científica e tecnológica, a simpatia da população em geral e parte da mídia. Destaco o alto grau de unidade do movimento pacífico e de suas entidades.

A participação vigorosa da CNTE (Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação) e dos seus sindicatos, das entidades estaduais e municipais do professorado, da UNE, UBES, UMES, dos DCEs e dos centros acadêmicos estudantis garantiram um grande leito para que os rios humanos pudessem constituir esta força impactante no cenário político. A solidariedade e apoio da CNTU (Confederação Nacional dos Trabalhadores Liberais Universitários) e suas entidades de engenheiros, economistas, farmacêuticos, odontólogos, nutricionistas filiadas (vide sua precisa nota política divulgada em www.cntu.org.br), dos petroleiros, dos bancários, de várias outras categorias importantes, movimentos sociais e das centrais sindicais constituíram uma aliança social nova.

Isto influirá nos desdobramentos da greve geral programada para 14 de junho contra o projeto que tramita no Congresso Nacional sobre o fim da aposentadoria pública da Previdência Social.

As jornadas de 15 de maio foram a expressão do início do descolamento das camadas médias das manifestações de junho de 2013 e de março de 2015.O bolsonarismo nas camadas médias foi gravemente ferido e perdem força os fantasmas e as fake news fabricados na campanha eleitoral. Mexeu-se na educação e, portanto, na vida das famílias brasileiras. Isto não é pouco. A roda da história se moveu.

*Allen Habert, é engenheiro de produção e mestre pela EPUSP. Foi membro do Conselho Universitário da Unicamp e presidente do SEESP – Sindicato dos Engenheiros do ESP. É atualmente diretor de articulação nacional da CNTU – Confederação Nacional dos Trabalhadores Liberais Universitários e do SEESP.

 




jr telecom

Cine Diversidade exibe filme ‘Meu Nome é Nega Tonha’ em escola de Juazeiro

Postado em 21 de maio de 2019 por Josélia Maria

Dentro da programação da VI edição do Maio da Diversidade foi exibido nesta terça-feira (21), no Colégio Estadual Guiomar Barreto, João Paulo II, o curta ‘Meu Nome é Nega Tonha’ – produção de estudantes do Curso de Comunicação Multimeios da UNEB, através do Cine Diversidade. Após a exibição do curta, os alunos puderam aprender mais sobre descriminalização da LGBTfobia, nome social e sobre as atividades desenvolvidas pelo município focadas no combate ao preconceito.

A diretora de Diversidade Luana Rodrigues destacou a importância de debater o assunto com os alunos. “Trazemos através do filme, uma figura positiva, que representa a resistência, que é Nega Tonha, e a partir dele essa discussão da necessidade do respeito”, afirmou a diretora.

Para a coordenadora pedagógica do colégio, Leia Araújo, é essencial levar atividades como estas para o ambiente escolar, pois “é na escola que discutimos o processo educacional do estudante em sua veia. Entendemos que não formamos o sujeito apenas em conteúdos, mas desenvolvemos habilidades e competências, e o respeito está dentro delas. A parceria com o município é fundamental, pois o aluno fica aqui por 4 horas, o restante do dia está na sociedade, em casa, em seu contexto. As intervenções são necessárias na construção de uma sociedade mais harmônica”.

A aluna Amanda Souza, de 14 anos, ouviu atentamente as informações. Para ela, foi um momento importante para adquirir mais conhecimento. “Achei a proposta muito interessante por trazer informações novas, coisas que até então não havíamos tido contato. O resultado pra mim foi bastante positivo. Saio daqui com uma bagagem muito maior”, destacou.

A atividade na escola contou ainda com a participação de representantes da Comissão de Direitos Humanos da OAB, da Associação Sertão LGBT, além de técnicos do Centro de Referência da Assistência Social (CRAS) do bairro João Paulo II.




jr telecom

Caravana da Saúde e Cuidar da Gente atendem esta semana moradores do distrito de Pinhões

Postado em 21 de maio de 2019 por Josélia Maria

Nesta quarta-feira (22) moradores do distrito de Pinhões vão receber a 166º edição da Caravana da Saúde. O programa tem como objetivo reduzir as demandas reprimidas de guias para especialidades médicas e realização de exames. Serão ofertados aos moradores consultas com endocrinologista, cardiologista, psicóloga, atendimentos odontológicos, realização de exames laboratoriais e eletrocardiograma.

Pelo Programa Cuidar da Gente a população poderá receber vacinas, realizar testes rápidos para busca de Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST’s), além de ter atendimento odontológico e clínico. A Secretaria de Desenvolvimento Social, Mulher e Diversidade (Sedes), também levará serviços aos moradores do distrito. A Caravana da Saúde teve sua primeira edição em 2016 e conta atualmente com mais de 38 mil atendimentos e demandas de cardiologista e endocrinologista já foram zeradas em inúmeras unidades de saúde de Juazeiro.





ABARÉ EM BOAS MÃOS

Postado em 21 de maio de 2019 por Josélia Maria





LBV e Defensoria Pública de PE no Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes

Postado em 21 de maio de 2019 por Josélia Maria


A Legião da Boa Vontade – LBV em parceria com a Defensoria Pública do Estado de Pernambuco, por meio do Núcleo da Infância e Juventude no Estado de Pernambuco, promoveu nesta última quinta-feira, 16 de maio, uma roda de diálogo com os pais e responsáveis das crianças e adolescentes assistidos pelos programas socioeducativos da Instituição, sobre a garantia de direitos e a prevenção ao abuso e a exploração sexual de crianças e adolescentes.

18 de maio é uma data marcada pelo Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, dados do Disque 100 apontam que, apenas em 2017, foram feitas mais de 20 mil denúncias,relacionadas à violência sexual infantil no país. O Brasil ocupa a 11ª posição no combate e prevenção. Em Pernambuco, segundo a SDS, no 1º trimestre de 2018, essa triste estatística registrou, 138 casos confirmados e 202 ocorrências.

A ação reflexiva foi apresentada pela Defensora Pública da Infância e Juventude no Estado de Pernambuco, Dra. Maria Luiza Ramos e a Profa. Dra em Direito Penal da Unicap, Vanessa Pedroso. Elas discorreram a importância do cumprimento do Estatuto da Criança e dos Adolescentes, com foco na responsabilidade dos tutores na garantia dos filhos terem acesso à educação, saúde, liberdade, credo e profissionalização, e também, as várias formas de violência.
Dra Maria Luiza, apresentou os direitos fundamentais para uma vida sadia e proteção integral das crianças e adolescentes. “Trouxemos uma experiência técnica, que se completará com quem está ouvindo, há uma interação e haverá um resultado. Contudo, se não for um resultado de mudar postura, mais será o de pensar e refletir. A nossa maior aliada é a prevenção”, afirma
“Ações como essa é uma sementinha que estamos plantando, como cultura, conhecimento, o que muda a sociedade é o educar, educar é crescer”, complementa a Defensora Pública.
A profa. Dra. Vanessa Pedroso, relatou as dezenas de ações que caracterizam violência à criança e ao adolescente. “Há várias formas de violência, a material, intelectual e moral, é importante refletirmos nossas ações, como estamos lidando com os nossos filhos”, esclareceu.
A mãe Zaíra Gomes, tem seis filhos, dos quais dois são assistidos pelo programa Criança: Futuro no Presente! da LBV, relatou que a ação reflexiva, contribuiu para abrir seus horizontes. “Amei o encontro, esclareceu muitas dúvidas minhas, precisamos muito do conhecimento para que possamos saber viver em harmonia com os filhos. A partir de hoje, vou mudar minhas ações com meus filhos, vou colocar em prática muita coisa que não fazia, saio do encontro bastante fortalecida, semearam uma sementinha. Estou muito feliz com essa preocupação da LBV em nos trazer o esclarecimento da vida” relatou.
O Centro Comunitário de Assistência Social da LBV está localizado na Rua dos Coelhos, 219 – Bairro dos Coelhos – Região Central do Recife – próximo ao Cais José Mariano. Informações: (81) 3413 – 8601.




Homenagens aos vaqueiros e mistura de ritmos encerram a 14ª edição da Caprishow em Dormentes  

Postado em 21 de maio de 2019 por Josélia Maria

A tradicional Cavalgada do Sítio Roça a Sede reuniu mais de mil vaqueiros

O domingo foi de despedida na maior Feira de Caprinos e Ovinos do Nordeste, os criadores e seus animais voltaram para casa ainda pela manhã. A feira que este ano, recebeu cerca de 1.300 caprinos e ovinos das regiões norte e nordeste do país movimentou a região no fim de semana com exposições e competições de animais e muitos shows musicais. O ùltimo dia de Caprishow foi dedicado aos vaqueiros, com almoço, sorteio de brindes, repentistas e muito forró no Sítio Roça. A tradicional cavalgada reuniu cerca de mil vaqueiros que montados em seus cavalos, desfilaram pela caatinga debaixo do sol forte. Puxados pela animação da Frevuca, o cortejo se emocionou ao parar no cemitério onde está enterrado o ex prefeito de Dormentes, Geomarco Coelho. Ao chegarem ao centro da cidade, a vaqueirama se reuniu para a missa especial, celebrada pelo Padre Robério de Afrânio.A missa emocionou e renovou as bençãos sobre os vaqueiros. “É um momento tão lindo, que eu faço questão de trazer toda a família. Pra mim é a melhor festa do ano”, declarou o vaqueiro, Gregório de Sousa do distrito de Caatinga Grande. Depois da missa foram realizados os sorteios de R$ 500 e uma moto zero quilômetro. “Eu to muito feliz, minha paixão é o cavalo e vou pegar o meu prêmio, vender e comprar um cavalo de raça pra mim, que é o meu sonho”, disse emocionado o ganhador, João Luiz Coelho, de 14 anos, morador de Acauã no Piauí.As apresentações musicais começaram em seguida, o cantor Renan de Santa Cruz foi o primeiro a subir no palco, seguido pelo dormentense, Wilker Cantor. Genino Batalha trouxe a animação da vaquejada para o palco e fez muita gente cantar. Encerrando a 14ª Edição da Caprishow, a banda Capim com Mel fez um show animado com muito forró das antigas. Depois de quatro dias intensos, a emoção tomou conta da prefeita Josimara Cavalcanti. “A Caprishow é muito importante pra mim, faço questão de me dedicar a todos os detalhes antes, durante e depois. E uma trabalheira boa fazer uma festa deste tamanho, graças a Deus tenho ao meu lado uma equipe dedicada, criativa e responsável que faz tudo isso aqui acontecer. Quando eu vejo a emoção e a gratidão dos expositores, compradores, parceiros, visitantes e vaqueiros é difícil segurar as lágrimas. Não tem como olhar pra tudo isso também e não lembrar do nosso eterno Geomarco, que tanto se empenhou para fazer da Caprishow o que ela é hoje. Essa edição eu tenho certeza vai ficar pra história”, comemorou Josimara.A tradicional Cavalgada do Sítio Roça a Sede reuniu mais de mil vaqueirosO domingo foi de despedida na maior Feira de Caprinos e Ovinos do Nordeste, os criadores e seus animais voltaram para casa ainda pela manhã. A feira que este ano, recebeu cerca de 1.300 caprinos e ovinos das regiões norte e nordeste do país movimentou a região no fim de semana com exposições e competições de animais e muitos shows musicais. O ùltimo dia de Caprishow foi dedicado aos vaqueiros, com almoço, sorteio de brindes, repentistas e muito forró no Sítio Roça. A tradicional cavalgada reuniu cerca de mil vaqueiros que montados em seus cavalos, desfilaram pela caatinga debaixo do sol forte. Puxados pela animação da Frevuca, o cortejo se emocionou ao parar no cemitério onde está enterrado o ex prefeito de Dormentes, Geomarco Coelho. Ao chegarem ao centro da cidade, a vaqueirama se reuniu para a missa especial, celebrada pelo Padre Robério de Afrânio.. A missa emocionou e renovou as bençãos sobre os vaqueiros. “É um momento tão lindo, que eu faço questão de trazer toda a família. Pra mim é a melhor festa do ano”, declarou o vaqueiro, Gregório de Sousa do distrito de Caatinga Grande. Depois da missa foram realizados os sorteios de R$ 500 e uma moto zero quilômetro. “Eu to muito feliz, minha paixão é o cavalo e vou pegar o meu prêmio, vender e comprar um cavalo de raça pra mim, que é o meu sonho”, disse emocionado o ganhador, João Luiz Coelho, de 14 anos, morador de Acauã no Piauí.As apresentações musicais começaram em seguida, o cantor Renan de Santa Cruz foi o primeiro a subir no palco, seguido pelo dormentense, Wilker Cantor. Genino Batalha trouxe a animação da vaquejada para o palco e fez muita gente cantar. Encerrando a 14ª Edição da Caprishow, a banda Capim com Mel fez um show animado com muito forró das antigas. Depois de quatro dias intensos, a emoção tomou conta da prefeita Josimara Cavalcanti. “A Caprishow é muito importante pra mim, faço questão de me dedicar a todos os detalhes antes, durante e depois. E uma trabalheira boa fazer uma festa deste tamanho, graças a Deus tenho ao meu lado uma equipe dedicada, criativa e responsável que faz tudo isso aqui acontecer. Quando eu vejo a emoção e a gratidão dos expositores, compradores, parceiros, visitantes e vaqueiros é difícil segurar as lágrimas. Não tem como olhar pra tudo isso também e não lembrar do nosso eterno Geomarco, que tanto se empenhou para fazer da Caprishow o que ela é hoje. Essa edição eu tenho certeza vai ficar pra história”, comemorou Josimara.





Vestibular solidário: FTC realiza campanha de arrecadação de agasalhos

Postado em 21 de maio de 2019 por Josélia Maria

Processo seletivo acontece no dia 25 de maio e oferece 300 bolsas de até 100%

Formar profissionais conscientes de seu papel social é um compromisso da Rede FTC com a sociedade e, agora, os vestibulandos da instituição também são convidados à pratica da empatia. A campanha “Vestibular Solidário” propõe que o candidato a uma das vagas de graduação doe, no dia do vestibular, um agasalho ou cobertor que, depois, será destinado a quem mais precisa.

O candidato poderá entregar suas doações na unidade FTC em que vai realizar a prova de vestibular, marcada para o dia 25 de maio. Os donativos arrecadados serão destinados a uma instituição previamente selecionada pela Rede FTC.

Em Petrolina, as doações serão destinadas à Casa SEAMA (Sementes do Amanhã), que atende cerca de 60 crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social. Em Juazeiro, foi escolhida a Casa Lar Maria de Nazaré, que ajuda em média 70 crianças com acompanhamento escolar e alimentar.

Quem esquecer ou não puder participar dessa corrente de solidariedade não vai ficar de fora do processo seletivo que esse ano oferece 300 bolsas de até 100% em todos os cursos, exceto Medicina. “A participação do estudante não está condicionada à doação. Cada um é livre para participar da ação como puder, nós apenas convidamos nossa comunidade a se movimentar pelo bem do próximo e exercitar a empatia e a responsabilidade social, valores muito importantes para todos nós da FTC”, explica, Milena Oliveira, diretora de Marketing Integrado da Rede FTC, responsável pela idealização da campanha.

As inscrições para o processo seletivo da Rede FTC seguem abertas até o dia 23 de maio e podem ser realizadas através do portal da instituição. Para informações sobre a política de bolsas e sobre as vagas ofertadas por cada campi, o candidato deve conferir os editais do Vestibular Tradicional no link https://www.ftc.br/vestibular/

Serviço – Vestibular Solidário FTC Vale do São Francisco

Quando: 25/05, às 14h

Onde: FTC Petrolina – Av. Clementino Coelho, 714, Atrás da Banca

FTC Juazeiro – Rua Canadá, 309, bairro Coreia

Inscrições e Informações:https://www.ftc.br/vestibular/





Paulo Valgueiro deixa claro “não somos contra as pavimentações, somos contra a empréstimos sem transparência”

Postado em 21 de maio de 2019 por Josélia Maria

Bancada do prefeito derruba requerimento pedindo informações sobre empréstimo de R$ 60 milhões e aprova outro crédito especial de quase R$ 18 milhões

Não bastasse a falta de informações sobre o PL n°035 do Executivo Municipal para um empréstimo de R$ 60 milhões, agora os vereadores da bancada governista aprovaram mais um crédito especial com justificativa de realizar obras de pavimentação no município. O PL 005/2019, também do Executivo Municipal, autoriza a gestão pública contrair mais uma dívida de aproximadamente R$ 18 milhões, ou seja, Petrolina agora terá que arcar com um financiamento junto à Caixa Econômica Federal de quase R$ 80 milhões com prazo de pagamento a perder de vista.

O líder da Oposição Paulo Valgueiro diante as argumentações em defesa do Projeto dos vereadores do prefeito, foi taxativo“não somos contra as pavimentações, somos contra a empréstimos sem transparência. Desde de dezembro de 2017 que pedimos detalhamento sobre o Projeto das pavimentações, inclusive sobre o planejamento de obras, como as ruas beneficiadas, orçamento por rua pavimentada, previsões de início e conclusão das obras com esse empréstimo de R$ 60 milhões e até agora nada, nem nós vereadores, nem a população conhecem esse projeto, e agora vem mais um para engabelar a população com placas e sem execução da obra, ou de péssima qualidade como vem acontecendo aqui em Petrolina e é do conhecimento de todos. A própria população está divulgando nas redes sociais o asfalto se desmanchando com menos de quatro meses de recapeado”, disse ao usar a tribuna acrescentando “votamos contra o empréstimo de R$ 60 milhões e mais uma vez seremos contra porque não querem nos dar informações sobre mais um crédito junto a CEF que só faz endividar Petrolina comprometendo as contas do município, comprometendo os exercícios financeiros e sem transparência”.

Ao se posicionar contra o Projeto de Lei n° 005/2019, Valgueiro pontuou “é estranho mais um Projeto do Governo entrar de última hora, justamente quando solicitamos informações sobre o empréstimo de R$ 60 milhões, existe uma articulação para colocar a população contra nós vereadores da Oposição. Mas, a população precisa saber que não somos contra as obras, somos a favor da transparência da gestão qualquer que seja, somos a favor de um município que realiza obras com responsabilidade sem comprometer as contas do munícipio. Aprovamos a Lei Orçamentária Anual que permite a execução dessas obras sem que o município precise se endividar ainda mais. E os R$ 60 milhões como estão sendo gastos prefeito?”, questionou Valgueiro.

Valgueiro também lamentou a postura do colega vereador Ronaldo Silva que chegou a dizer “comigo é pau, cipó e peia, e aguente quem aguentar (…) a partir de agora vamos derrubar tudo que vier da oposição, requerimentos, indicações e projetos. A partir de hoje não passa nada aqui”, ao pedir destaque e posteriormente reprovar o requerimento com pedido de transparência.

Com ampla maioria, os vereadores da bancada do prefeito reprovaram o requerimento dos vereadores da Oposição e aprovaram o Projeto do Executivo municipal. “A gente vai continuar cumprindo nosso papel e vamos mostrar para a população petrolinense o tipo de vereadores que vocês querem ser e o tipo de vereadores que eles querem que a gente seja. Lagartixa aqui não seremos nunca, cumpram com o papel de vocês que nós da Oposição cumpriremos o nosso de fiscalizar o dinheiro público (…) Não vamos baixar a cabeça”, finalizou Valgueiro.




jr telecom