Destaques

Casa do Carnaval foi a novidade de Belém em 2020

Antony idealizador da Casa do Carnaval de Belém A Casa do Carnaval foi a grande novidade da festa d ...

Bicharada do Mestre Jaime invade as ruas de Salgueiro fazendo paródia sobre o coronavírus  

   Já se vão cerca de 70 anos de folia e a Bicharada do Mestre Jaime, mesmo com as mudanças oco ...

Um Carlitos, dois Carlitos

*Carlos Laerte Há 106 anos o ator, diretor, produtor, roteirista, montador, compositor, diretor de ...

FBC e Dom Saburido são homenageados com título de cidadão de Vitória

Postado em 8 de novembro de 2013 por Josélia Maria

Saburido e FBC (1)
image-16339

Em evento prestigiado por diversas autoridades da Zona da Mata, o ex-ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra Coelho, e o arcebispo de Olinda e Recife, Dom Fernando Saburido, foram diplomados, na noite desta quinta-feira (08), cidadãos de Vitória de Santo Antão. A honraria é concedida pela câmara municipal em reconhecimento a relevantes serviços prestados ao povo de Vitória.

No discurso de apresentação, o vereador de Vitória, Edvaldo Bione, pontuou as principais ações que motivaram a homenagem da Câmara a FBC. “A cidade passou por mudanças significativas com a chegada de grandes indústrias como a Sadia e a Kraft. Com isso, a vocação de Vitória foi mudada em 10 anos e Fernando Bezerra foi responsável por esse processo de interiorização do desenvolvimento.”

FBC título vitoria2
image-16340

O ex-ministro agradeceu a homenagem e ressaltou que o título de cidadão aumenta a responsabilidade na busca por novas conquistas para Vitória. “Tivemos a oportunidade de inverter a lógica, dando mais incentivos para a interiorização da industrialização e do desenvolvimento, além de reforçar a estrutura dessa cidade para acabar com o racionamento com as obras da Adutora de Santo Antão. Agora, essa honraria é combustível para continuar fazendo política com paixão e ajudar na transformação da vida do povo de Vitória.”

Além de Fernando Bezerra e Dom Saburido, a cerimônia concedeu cidadania ao médico Raul Mariz e à secretária da Mulher de Vitória, Maria das Graças. O evento foi prestigiado pelo prefeito Elias Lira, pelo deputado estadual, Henrique Queiroz, pelo presidente do PSD/PE, André de Paula, vereadores e lideranças políticas da região.

 





SESI qualifica jovens em situação de exploração sexual no Estado

Postado em 8 de novembro de 2013 por Josélia Maria

Cem jovens em situação de exploração sexual no Estado serão beneficiados pelo SESI, a partir deste mês, com cursos profissionalizantes, reforço de escolaridade e atendimento psicossocial. A iniciativa acontece através do programa ViraVida, desenvolvido em 20 estados e 23 cidades do País, com o objetivo de resgatar a autoestima e inserir no mercado de trabalho adolescentes e jovens em condição de vulnerabilidade social.

“Primeiro, eles serão capacitados nas áreas de operador de computador, promotor de vendas e atendente de lanchonete. Depois, cada jovem participará de outros dois cursos, ainda a serem definidos, dentro do prazo de um ano”, explica a coordenadora do ViraVida em Pernambuco, Giselle Soares. Ao final das três capacitações, os alunos serão encaminhados para programas de aprendizagem, estágio ou emprego formal, com a ajuda de empresa parceiras.

Desde 2008, mais de 200 pernambucanos foram atendidos pelo ViraVida e inseridos no mercado profissional. Em todo o País, já são quase quatro mil jovens beneficiados. Mais informações nos sites www.pe.sesi.org.br e www.viravida.org.br.





Raquel Lyra destaca equipagem de creches no Estado

Postado em 8 de novembro de 2013 por Josélia Maria

photo (25)
image-16334

A equipagem das creches em todas as regiões do estado de Pernambuco, em especial as cinco de Caruaru, foi destacada, na manhã desta quinta-feira (07), no plenário da Assembleia Legislativa (Alepe), pela deputada Raquel Lyra (PSB). A medida é uma das ações do Programa de Fomento à Educação Infantil – Criança Agora, da Secretaria de Criança e da Juventude (SCJ), criado quando a parlamentar esteve à frente da pasta.

“No primeiro ano do Programa, atendemos 51 creches de 41 municípios pernambucanos. E agora, em 2013, estão sendo atendidas 199 unidades, de 121 municípios de todas as regiões do Estado. Em Caruaru, cinco instituições receberam mobiliário, aparelhos eletrodomésticos, eletroeletrônicos e brinquedos”, ressaltou Raquel Lyra.

Segundo a parlamentar, o ciclo está se fechando agora, com a entrega do mobiliário, equipamentos e parques infantis às 199 creches. Desde o início do Programa, já foram contempladas 250 creches de 162 municípios, totalizando cerca de 38 mil crianças atendidas.

Para 2014, a deputada destinou 100 mil reais, por emenda parlamentar, para a aquisição de livros infantis e brinquedos para 10 creches de Caruaru. Esses recursos possibilitarão que cada creche tenha uma brinquedoteca e uma biblioteca totalmente adequadas a crianças de 0 a 5 anos.

O trabalho de levantamento das necessidades de cada creche foi iniciado em 2012. A equipe técnica da SCJ visitou as creches realizando um diagnóstico da organização escolar e da infraestrutura física, com registro fotográfico das instalações e rotina pedagógica, identificando o que precisavam a fim de funcionar de modo adequado.





Secretaria da Receita Municipal anuncia mudanças no sistema de atendimento

Postado em 8 de novembro de 2013 por Josélia Maria

A secretaria da Receita Municipal de Petrolina implantará um novo sistema tributário de atendimento ao contribuinte. A iniciativa visa proporcionar mais comodidade aos petrolinenses, gerando economia de tempo e praticidade na execução dos serviços prestados pela instituição.

Devido à mudança, a partir das 12h da próxima quarta-feira (13), até a segunda-feira (18), a secretaria suspenderá o atendimento ao público.  O secretário da Receita, Allan Maux, explica sobre os resultados que a modificação no sistema de atendimento trará.

“A nova ferramenta disponibilizará à população da cidade em geral, um meio de serviços 100% web, no qual todos os serviços que eram desenvolvidos na Prefeitura, agora poderão ser executados da própria residência do munícipe”, pontua.

A população poderá acessar das próprias residências, serviços como emissão de segunda via de carnê de IPTU, certidões negativas de tributos municipais, emissões de notas fiscais avulsas, segundas vias de alvarás de funcionamentos e taxas em gerais.

No último mês, a secretaria realizou mudanças no sistema operacional de emissão de Nota Fiscal Eletrônica (NF-e), utilizados pelos prestadores de serviços.

Mais atendimento

Além das mudanças realizadas no atendimento aos contribuintes, a secretaria da Receita Municipal anuncia também mais um espaço para atender à demanda dos servidores municipais. Com a intenção de facilitar o acesso desse grupo aos serviços prestados pela Caixa Econômica Federal, um ambiente está sendo instalado no térreo da Prefeitura de Petrolina.

 





Corrente interna do PT acusa Humberto Costa e João Paulo de não permitirem oxigenação do partido

Postado em 8 de novembro de 2013 por Josélia Maria

foto(197)
image-16325

Blog do Jamildo

O Movimento de Ação e Identidade Socialista (MAIS), uma das correntes que apoiam a candidatura de Teresa Leitão à presidência do PT de Pernambuco, publicou em seu Facebook um texto com duras críticas às atuais lideranças políticas do partido, principalmente o senador Humberto Costa e o deputado federal João Paulo. O MAIS tem uma cadeira na Executiva Estadual do PT e sua principal estrela é a ex-vice-presidente da UNE e secretária de Participação Social da prefeitura de Caruaru, Louise Caroline.

Para a corrente, “reconhecer que o PT precisa mudar não combina com a manutenção do atual comando partidário”.

A corrente partidária faz um relato de momento de “decepção” no partido sob o comando da atual direção. Primeiro culpam o senador Humberto Costa por patrocinar uma intervenção no Encontro Estadual de 2009 do partido para retirar uma parte do texto com críticas ao governador Eduardo Campos. Para eles, Humberto Costa “coordenou a anulação daquela moção, sob alegação de que o governador não iria gostar”.

Também criticaram o deputado federal João Paulo que, para eles, apesar de fazer uma administração “revolucionária” no Recife, tinha um único objetivo de “disputar a hegemonia do partido no estado em contraposição ao campo comandado por Humberto Costa”.

A corrente que é uma dissidência da CNB, campo majoritário do partido, e é basicamente composta por militantes na faixa dos 30 anos. O MAIS pede que os atuais expoentes da legenda que “permitam a oxigenação do partido”.

Veja a íntegra:

Carta ao PT de Pernambuco: mudar para sermos os mesmos

Temos em torno de 30 anos de idade, a mesma idade do PT. Fazemos parte, portanto, daquela geração que foi conquistada para as fileiras do partido através da ação de nossos fundadores. Temos pela primeira geração profunda admiração. Foi responsável por nós e milhares de outros brasileiros e brasileiras serem convencidos/as da importância de participar da política e fortalecer um partido popular e democrático para erguer um mundo mais fraterno. Somos felizes com essa opção e seus resultados.

Compomos, desde 2011, a executiva e o diretório do PT estadual, conquista por chapa própria nas últimas eleições internas. Pensávamos que nesse espaço poderíamos dar nossa contribuição ao projeto que nos conquistou. Em Pernambuco, o sonho virou pesadelo.

Para nossa incredulidade e decepção, os mesmos protagonistas que nos animaram, comandam um espetáculo lamentável no estado e conduzem, sem freio, todo nosso acúmulo para um precipício angustiante. Não é fácil resistir diante de tanta tragédia. Apenas muita convicção petista e certeza das transformações que fazemos na política e na vida dos brasileiros nos fazem resistir.

É uma longa tragédia, com episódios épicos. Nossa tendência compunha a mesa do Encontro Estadual em que o PT aprovou o apoio à reeleição do governador Eduardo Campos e, também, uma moção contra algumas políticas do mesmo governo. Algo muito natural em um processo de composição eleitoral: apoiar registrando as divergências e disputando os rumos da gestão. Absurdamente, apenas o apoio à reeleição vigorou. Encerrado o encontro, o companheiro Humberto Costa, referência e dirigente da nossa vida militante, coordenou a anulação daquela moção, sob alegação de que o governador não iria gostar. Ali, argumentamos que o apoio incondicional nos deixaria reféns do PSB. Fomos ignorados, atropelados, calados. Dias depois, o mesmo Humberto apresentou o nome de Joaquim Francisco na sua suplência para o Senado. Por oito anos, estaremos todos/as ameaçados/as a perder nossa primeira e única vaga de senador justamente para o PSB. Um movimento que careceu de mínima inteligência política e da visão estratégica sobre as possibilidades do futuro próximo que agora se concretiza.

Na composição do governo reeleito, travou-se uma discussão que parecia democrática na executiva estadual. Nela, foi aprovada a intenção do PT reivindicar a Secretaria de Juventude, renovando os quadros públicos do partido e apostando na disputa de uma nova geração política. Ao final, a maior corrente do PT de Pernambuco, comandada por Humberto Costa, indicou Maurício Rands e Isaltino Nascimento para representar a todos nós. Os fatos, o PSB comemora.

Nesse período, nos organizamos no campo estadual que era representado publicamente pelo Deputado João Paulo. Sua principal impulsão era constituir uma resistência e disputar a hegemonia do partido no estado em contraposição ao campo comandado por Humberto Costa. Após uma gestão revolucionária no Recife, João Paulo apresenta João da Costa para a sucessão e de repente, sem que nunca soubéssemos por que, rompe com o Prefeito, complica o nosso governo e se alia justamente a Humberto Costa, pondo fim ao projeto de resistência da esquerda petista que ele mesmo capitaneou.
Ainda sem entender qualquer coisa, vimos João Paulo ingressar no governo estadual, depois sair e, mesmo assim, seguimos a orientação de que Maurício Rands seria o melhor nome para disputar as prévias e resgatar o PT no Recife. Os fatos? Bom, já se sabe.

Foi Humberto que argumentou à Direção Nacional que seu nome seria o único a angariar apoio de Eduardo para a Prefeitura do Recife. O que se sucedeu nas eleições de 2012 é tão conhecido que pouparemos a tristeza de descrevê-los.

Elencamos esses episódios para concluir que as grandes lutas de nossas principais lideranças no estado não são combustível suficiente para que sigam no comando majoritário do PT. O patrimônio político de um/a dirigente é sua capacidade de continuar encantando, mobilizando, acertando. E o acerto não é ganhar tudo, mas é elaborar uma estratégia convincente e capaz de responder aos sonhos que as promoveram lideranças. Nossos heróis se perderam no caminho. E, talvez, porque pensaram poder tomar todas essas decisões sozinhos, sem debate em seus campos, nem nas instâncias partidárias. A riqueza de ser coletivo não é só parecer democrático, é que muitas cabeças juntas pensam melhor que poucas, mesmo que elas sejam especiais.

A capacidade de perceber que se está perdido e permitir que outros conduzam uma organização política é, além de admirável, fundamental para um partido como o PT. O PT não pertence a seus fundadores. Eles mesmos criaram um partido que é patrimônio de milhões de petistas.

As novas gerações que saem às ruas criticando o atual modelo da política têm muito mais de aliadas da nossa história que de adversárias dela. Alertam sobre a necessidade de mudar. E mudar não para depor pessoas, mas para permitir que o projeto tenha a capacidade de conquistar mais gente para nossa grande batalha contra o capital econômico, contra a desigualdade social e o autoritarismo político. Há lugar para todos/as no PT, principalmente para nossas grandes figuras públicas. Mas até para que elas representem algo de sólido e com vida longa, é preciso a autocrítica suficiente para saber se afastar, diminuir o ritmo, cumprir outras e grandes tarefas coletivas que têm e sempre terão.

Para ser o mesmo de sempre, o PT precisa mudar. E, em Pernambuco, essa mudança é fundamental para a sobrevivência de nosso projeto. Nós, que fomos conquistados/as por eles, pedimos sincera e ansiosamente que permitam a oxigenação do partido, apostem na capacidade da direção coletiva, abram caminho para que possamos substituir a frustração pelo encantamento. Seus lugares estarão sempre ocupados pela sua inegável história, mas libertos da responsabilidade de seguir errando sozinhos nesse momento.

A força que o governador tem demonstrado na cooptação de nossos quadros reside mais em nossa fraqueza de oferecer alternativas de organização partidária que em seus belos olhos azuis. Nem, muito menos, nos lamentáveis dados de inclusão social e deplorável prática política de seu governo.

Permanecer no PT de Pernambuco hoje é um ato de coragem e respeito ao que foi conquistado. Mas, mais que tudo, obriga a lutar pela mudança urgente, radical e imediata de nossas práticas e estratégias.

É por isso que, no próximo domingo, votaremos em Teresa Leitão Presidenta do PT/PE e em Paulo Teixeira Presidente Nacional. Ainda, relançamos nossa chapa estadual, “Chega MAIS: é hora da renovação!”. Afinal, reconhecer que o PT precisa mudar não combina com a manutenção do atual comando partidário. A escolha que faremos neste PED é decisiva para que outros jovens sintam-se animados a fazer nossa bandeira tremular por pelo menos mais 33 anos.

 





Governo do Estado amplia em mais de dois mil por cento a rede de Escolas de Referência no Ensino Médio

Postado em 8 de novembro de 2013 por Josélia Maria

Atualmente Pernambuco conta com 260 unidades implantadas em 160 municípios da Região Metropolitana do Recife ao Sertão

Com a maior rede de Escolas de Referência no Ensino Médio (EREM’s) do país, totalizando 260 unidades, distribuídas em 160 municípios, incluindo o Arquipélago de Fernando de Noronha, Pernambuco foi o estado que mais investiu nessa modalidade educacional, passando de 13 Centros de Ensinos Experimentais, em 2007, para 260 Escolas de Referência, em 2013, o que representa um crescimento de 2000%.

A projeção é de que em janeiro do próximo ano, 40 novas Escolas de Referência sejam implantadas, contabilizando 300 unidades em funcionamento, sendo 165 integrais e 135 semi-integrais. Com isso, a capacidade de atendimento será ampliada, dos atuais 150 mil para 260 mil alunos. Os investimentos nas Escolas de Referência, de 2007 a 2012 totalizaram mais de R$ 283 milhões. Das novas unidades a serem implantadas, nove ficarão na Região Metropolitana do Recife, 13 na Zona da Mata, dez no Agreste e oito no Sertão.

Das 260 unidades já implantadas, 122 funcionam em horário integral e outras 138 oferecem jornadas semi-integrais. A experiência demonstrou tanto êxito, que o modelo pernambucano das Escolas de Referência no Ensino Médio está servindo de exemplo para vários estados do país, incluindo São Paulo, Ceará, Piauí e Goiás que já possui unidades em funcionamento nos mesmos moldes das implantadas em Pernambuco.

De acordo com a gerente geral do Programa de Educação Integral, Socorro Rodrigues, o Governo de Pernambuco foi pioneiro na implantação das Escolas de Referência no país, a partir da Lei Complementar nº 125, de 10 de julho de 2008, contabilizando hoje, segundo os dados preliminares do censo escolar 2013, do Ministério da Educação (MEC), 30% das unidades educacionais de ensino médio integral do Brasil. “A lei complementar instituiu de uma só vez 51 Escolas de Referência, sendo 33 em jornada integral e 18 semi-integral, entre elas o Ginásio Pernambucano, localizado na Rua da Aurora, Centro do Recife”, destacou a gerente.

As Escolas de Referência em números:

  • Escolas de referência: 260
  • Escolas de referência integrais: 122
  • Escolas de referência semi-integrais: 138
  • Municípios atendidos: 160
  • Alunos matriculados: 150 mil
  • Projeção para janeiro de 2014: 40 novas unidades de referência




Armando encontra ex-presidente Lula em São Paulo

Postado em 8 de novembro de 2013 por Josélia Maria

AIKW9756
image-16319

O senador Armando Monteiro teve um encontro de mais de duas horas com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, na sede do Instituto Lula, em São Paulo, nesta quinta-feira (07). Segundo Armando, a conversa com Lula foi muito produtiva e girou em torno da conjuntura política do País, das questões do Congresso Nacional e, evidentemente, do cenário político no Nordeste e em Pernambuco.

Armando destaca, sobretudo, a disposição e a animação de Lula para participar do processo eleitoral: “O presidente Lula mostrou estar muito atento ao quadro de Pernambuco, muito bem informado sobre o quadro, e manifesta uma posição clara de que estará participando ativamente do processo eleitoral, que vai estar firmemente engajado na eleição nacional e na eleição em Pernambuco”, afirmou.

A passagem de Armando por São Paulo também foi marcada por outro compromisso de peso. Antes do encontro com Lula, o senador participou de um almoço com o presidente do Banco Itaú, Roberto Setúbal, onde falou sobre conjuntura econômica, perspectivas do País e a visão da agenda legislativa. O convite para o almoço com o senador pernambucano partiu de Roberto Setúbal.





BPC e aposentadoria serão temas de palestra ministrada aos assistentes sociais da Sedest

Postado em 8 de novembro de 2013 por Josélia Maria

Nesta sexta-feira (8), profissionais da área de assistência social da Secretaria de Desenvolvimento Social e Trabalho (Sedest) que fazem parte dos centros de Referência de Assistência Social (Cras), especializado de Assistência Social Municipal (Creas) e de Referência Especializado para População em Situação de Rua (Centro Pop), participam de uma palestra ministrada por técnicos do INSS, no Creas Municipal, sobre orientações á respeito de benefícios e aposentadoria, com ênfase no Benefício de Prestação Continuada (BPC).

O BPC faz parte do Sistema Único de Assistência Social (SUAS) e é voltado a idosos a partir dos 65 anos e para pessoas com deficiência que não podem garantir sua sobrevivência seja por conta própria ou com o apoio da família. Para requerê-lo, o interessado deve se dirigir ao Cras que faz parte da área de abrangência da localidade onde ele reside ou á Sedest. O valor do benefício é de um salário mínimo, que é pago mensalmente.