Destaques

A VACINA POR AQUI

Dimas Covas, diretor do Instituto Butantan, responsável pela produção de uma vacina contra a Covi ...

Senado aprova limite de juros do cartão de crédito e do cheque especial

Durante a pandemia, os juros do cartão de crédito e do cheque especial poderão ser limitados. O ...

Oposição diz que a mentira continua no desgoverno do atual prefeito de Orocó

Mais uma mentira do atual prefeito de Orocó está sendo divulgada nas redes sociais . Estão dizend ...

Hospedagem WordPress
Hospedagem WordPress Hospedagem WordPress
Hospedagem WordPress Hospedagem WordPress
Hospedagem WordPress
Hospedagem WordPress
Lista de Links

Morre, aos 91 anos, o ex-prefeito de Terra Nova, Joaquim Freire

Postado em 12 de maio de 2014 por Josélia Maria

10367595_483532078444617_6772774868073028539_n
image-22931
POR ODLANIER RIBEIRO
A cidade de Terra Nova perdeu na madrugada de hoje (12), um dos seus mais antigos e influentes políticos. Joaquim Freire de Carvalho, conhecido carinhosamente por “Quinca Freire”, faleceu hoje aos 91 anos por volta das 4h.
Quinca Freire foi prefeito de Terra Nova durante seis anos, mais precisamente entre os anos de 1983 e 1988. Um dos seus filhos, o Dr. Niuson Pires, seguiu os passos do pai na política terranovense e chegou a ser prefeito do município no mandato de 1997/2000, já um dos netos do saudoso Quinca Freire, o advogado Dr. Emerson Mororó (Mercinho), fora vereador de Terra Nova por dois mandatos. Recentemente outro neto do velho político terranovense ingressou na vida política, tentando o cargo de prefeito do município, quando na última eleição municipal, o médico Dinha Mororó candidatou-se ao cargo pelo PSB.
Quinca Freire era possuidor de um carisma e descontração ímpares, o que o caracterizou como um político que, de fato, mantinha o corpo-a-corpo com o eleitor. Como prefeito, foi um dos grandes construtores do município, sendo um dos gestores que mais construiu prédios públicos e pavimentação.




Fernando Bezerra Coelho faz balanço do giro pelo Sertão do Araripe

Postado em 12 de maio de 2014 por Josélia Maria

araripe_ouricuri
image-22927

O pré-candidato ao Senado pela Frente Popular de Pernambuco, Fernando Bezerra Coelho (PSB), avaliou como positivo o giro pelo Sertão do Araripe, realizado no último final de semana, em companhia dos pré-candidatos a governador e vice, Paulo Câmara (PSB) e Raul Henry (PMDB).  Foram visitadas sete cidades (Araripina, Trindade, Ipubi, Ouricuri, Bodocó, Moreilândia e Exu) em dois dias, percorrendo um roteiro onde vivem mais de 285 mil pernambucanos. A Frente Popular participou de 19 compromissos, entre reuniões, plenárias, debates e entrevistas a rádios e blogs locais. Todos os prefeitos visitados manifestaram apoio à chapa, que conta também com as forças políticas adversárias na maior parte dos municípios.

“Foi uma agenda bastante proveitosa, em que tivemos a oportunidade de conversar com muita gente, ouvir as demandas e pactuar algumas soluções que vão fazer parte do nosso programa de governo”, ponderou Fernando Bezerra. Ele lembrou que durante o período em que esteve à frente do Ministério da Integração Nacional pôde atuar na região, construindo barragens, cisternas, poços e adquirindo equipamentos. Os investimentos somados ultrapassam os R$ 174 milhões. Ele discutiu com os produtores locais o fortalecimento de cadeias produtivas importantes, como as do queijo, leite e mel. “Precisamos investir em inovação, melhorar a qualidade dos produtos para disputar os principais mercados do Brasil. Desta maneira poderemos gerar mais empregos para o povo do Araripe”, conceituou.

Outro ponto abordado foi a água, afinal, o Araripe está saindo de um período de estiagem que durou três anos. “Garantir o abastecimento da região é fundamental. O canal de Entremontes já irá jogar água em Serrita, mas precisamos estudar a melhor e mais barata maneira de trazer para esta região mais alta”, ponderou.





Em Vitória da Conquista, Lídice diz que campanha será marcada pela simplicidade

Postado em 12 de maio de 2014 por Josélia Maria

Diante de uma plateia de estudantes de diversas universidades, entre elas a Federal da Bahia (Ufba) e a Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb), a pré-candidata ao governo do Estado Lídice da Mata fez uma comparação com o Papa Francisco, ao citar que sua campanha será marcada pela simplicidade. “Não temos dinheiro, aviões, nem tempo de TV. Nossa campanha será como a do Papa Francisco, marcada pelo contato direto, olho no olho porque ninguém conquista o poder para mudá-lo se não vier na contramão do poder estabelecido”.
A declaração foi feita durante o ato público “Dialogando com a Juventude”, realizado nesta segunda-feira, 12, no auditório da Faculdade Independente do Nordeste (Fainor), em Vitória da Conquista, onde as mais de 500 pessoas presentes, entre universitários, militantes e lideranças do PSB-Rede, fizeram dezenas de perguntas à senadora e aos pré-candidatos ao senado, Eliana Calmon, e à presidência da República, Eduardo Campos.
 
Lídice também explicou que se eleita governadora, não vai admitir receber apoios que mudem seus programas e sua identidade. “Não dá para aceitar as alianças com esses que ficam com o governo para colocá-lo para trás. Quero ser governadora para fazer diferente”, acrescentou.
 
Ministra aposentada do Superior Tribunal de Justiça (STJ), Eliana Calmon, disse que sua candidatura representará uma ação de reintegração de posse dos espaços públicos que foram abandonados pelas pessoas de bem e ocupadas por pessoas despreparadas e oportunistas. “Quero me apossar de espaços públicos que foram tomados por pessoas sem qualificação para estar lá”, afirmou.
O presidenciável Eduardo Campos reforçou que o objetivo dele da pré-candidata a vice, Marina Silva, é visitar o maior número de cidades brasileiras até o mês de julho, quando será apresentado o programa de governo da aliança nacional PSB-Rede. Ele também criticou a presidente Dilma Rousseff ao citar que ela “foi eleita para mudar o Brasil, mas se aliou às raposas para sugar os nossos sonhos”. 
 
Quanto ao cenário baiano, o presidente nacional do PSB classificou a disputa na Bahia entre o ontem e o hoje. “Mas nós queremos o futuro, com Lídice da Mata e Eliana Calmon”. Durante o debate, Campos respondeu perguntas sobre mobilidade urbana, ações de convivência com a seca, corrupção e segurança pública. 




Luiza Erundina no 4º ENCONTRO NACIONAL DE BLOGUEIR@S E ATIVISTAS DIGITAIS

Postado em 12 de maio de 2014 por Josélia Maria

2176
image-22918

Luiza Erundina – coordenadora da Frente Parlamentar pela Liberdade de Expressão (Frentecom)

Com uma vida inteira dedicada à Política, Luiza Erundina assumiu seu primeiro cargo público no ano de 1958, quando foi Secretária de Educação de Campina Grande, na Paraíba, seu estado de origem. Em 1971 emigra para São Paulo, perseguida pela ditadura militar. No ano de 1980, participa da fundação do PT (Partido dos Trabalhadores) e em 1982 elege-se vereadora da cidade de São Paulo. Quatro anos depois, em 1986, é eleita deputada estadual e em 1988, elege-se prefeita da maior cidade da América Latina, São Paulo, pelo PT, sendo a primeira mulher a assumir o cargo na capital paulista. Em 1993, depois do impeachment do presidente Collor, Luiza Erundina é nomeada ministra da Secretaria da Administração Federal, no governo Itamar Franco. No ano de 1998, já no PSB (Partido Socialista Brasileiro), é eleita deputada federal por São Paulo.

Assumiu mandato parlamentar na Câmara dos Deputados no ano de 1999 e desde então vem atuando de forma exemplar e ética, próxima das bases e integrada à sociedade pela inclusão da classe trabalhadora, dos excluídos e das minorias, tendo como princípio maior a justiça social e a igualdade de direitos. Na Câmara, Luiza Erundina tem se destacado na atuação junto à Comissão de Ciência e Tecnologia, Comunicação e Informática (CCTCI), à Comissão de Legislação Participativa, (CLP) da qual foi sua primeira presidente e também é integrante da Comissão de Direitos Humanos e Minorias (CDHM), na qual, coordena uma Subcomissão Permanente, a Comissão Parlamentar Memória, Verdade e Justiça.

Atualmente Luiza Erundina está no seu quarto mandato como deputada federal e é coordenadora da Frente Parlamentar pela Reforma Política com Participação Popular que, luta por uma reforma política ampla, capaz de corrigir as graves distorções do sistema partidário e eleitoral e coibir os desvios éticos que têm marcado historicamente, a vida política brasileira e também, coordena a Frente Parlamentar pela Liberdade de Expressão e o Direito à Comunicação com Participação Popular (Frentecom), onde, dentre os principais pontos tratados, estão a garantia do exercício da liberdade de expressão e do direito a comunicação, além da reformulação do Marco Regulatório do setor. Destaca-se ainda na luta pela ampliação da participação das mulheres na política, pela democratização dos meios de comunicação no Brasil e pela reforma do sistema político brasileiro.

encontro-540x200
image-22919





Mensagem de Roberta Arraes primeira dama de Araripina

Postado em 12 de maio de 2014 por Josélia Maria

roberta arraes
image-22915





Entrevista com o secretário de Agricultura e Reforma Agrária, Aldo Santos, da Série Pernambuco Ponto a Ponto

Postado em 12 de maio de 2014 por Josélia Maria

DSC_80422
image-22912

Em entrevista ao Pernambuco Ponto a Ponto, o secretário de Agricultura e Reforma Agrária, Aldo Santos, detalha as ações de governo que convergem para a consolidação de políticas pública de convivência com o Semiárido, região que concentra 122 dos 184 municípios pernambucanos, entre outros temas relevantes para o desenvolvimento da agropecuária no Estado. Assista ao vídeo:





PREFEITO ALEXANDRE ARRAES MOSTRA FORÇA POLÍTICA E PROMOVE RECEPÇÃO CALOROSA AOS PRÉ-CANDIDATOS DA FRENTE POPULAR

Postado em 12 de maio de 2014 por Josélia Maria

alexandre4
image-22907

O prefeito Alexandre Arraes (PSB) mostrou a sua força política e a grandeza do grupo que lidera em Araripina, promovendo uma grande e calorosa recepção aos pré-candidatos da Frente Popular: Paulo Câmara (governador); Raul Henry (vice-governador) e Fernando Bezerra Coelho (Senador).

O grupo político liderado pelo prefeito Alexandre Arraes promoveu uma das maiores manifestações políticas e populares da história, demonstrando com isso a força que conquistou em Araripina e, sobretudo o reconhecimento ao trabalho que vem sendo feito em benefício do povo. Uma verdadeira multidão se aglomerou no aeroporto de Araripina na manhã da última sexta-feira (09) para recepcionar os pré-candidatos da Frente Popular.

alexandre1
image-22908

Eles não esconderam a satisfação de serem recebidos de forma tão calorosa pelo povo de Araripina. Paulo Câmara, pré-candidato a governador, disse que aquela manifestação calorosa aumentava ainda mais a sua responsabilidade quando for governador de Pernambuco. Ele disse que aquele momento representava o reconhecimento ao trabalho do ex-governador Eduardo Campos e do prefeito Alexandre Arraes, que promoveram verdadeiras transformações no município, com obras e ações voltadas para o bem estar da população.

O deputado federal Raul Henry, pré-candidato a vice-governador, garantiu que aquele foi um momento histórico e que representava a verdadeira força política do grupo que quer o bem de Araripina, do Araripe, de Pernambuco e do Brasil.

alexandre
image-22909

O ex-ministro, Fernando Bezerra Coelho, pré-candidato ao Senado, como bom sertanejo, afirmou que a recepção calorosa em Araripina cria um estímulo ainda maior para a cainhada vitoriosa nas urnas em outubro próximo. Ele também reconheceu a força política do prefeito Alexandre Arraes e do grupo político que promoveram uma verdadeira manifestação de carinho, respeito e, sobretudo o sentimento de continuidade do trabalho que foi implantado pelo ex-governador e pré-candidato a presidente Eduardo Campos.

O prefeito Alexandre Arraes agradeceu aos pré-candidatos da Frente Popular e disse que o povo de Pernambuco vai reconhecer as transformações implantadas e os avanços que fizeram o estado crescer economicamente mais do que o próprio Brasil. O grupo liderado por Alexandre Arraes em Araripina conta com 10 vereadores; vários suplentes de vereadores; diversas lideranças comunitárias e populares; representações empresariais e de clubes de serviços; ex-governador José Ramos; ex-prefeitos Valdeir Batista, Valmir Lacerda, Dionéa Lacerda e EmanoelBringel, entre outros.

 





Programa Atleta na Escola 2014 atrai atenção dos alunos da rede

Postado em 12 de maio de 2014 por Josélia Maria

Ano de Copa do Mundo no Brasil e em todos estados, cidades, a expectativa é grande entre as comunidades escolares. O Programa do governo federal  Atleta na Escola 2014 teve adesão de 100%   entre as escolas municipais de Petrolina, que tem como slogan da gestão “Petrolina, cidade que educa. O Programa tem como objetivo incentivar a prática esportiva nas escolas, democratizar o acesso ao esporte, desenvolver e difundir valores olímpicos e paraolímpicos entre estudantes da educação básica, estimular a formação do atleta escolar e identificar e orientar jovens talentos.

O Governo Federal em parceria com os Estados, Distrito Federal, Municípios, Escolas públicas (privadas e federais), Comitê Olímpico e Paraolímpico Brasileiro e as Confederações Brasileiras de Atletismo, Judô e Voleibol, com o intuito de alcançar os objetivos expostos, apresentam o Programa ATLETA NA ESCOLA 2014 que este ano irá agregar novas modalidades, abaixo apresentadas:  olímpicas: Judô, Voleibol e Atletismo.  Na modalidade Atletismo acrescentou-se o Arremesso de Peso  e também paraolímpicas: Atletismo Bocha, Futebol de Cinco (deficiência visual), Futebol de Sete (paralisia cerebral), Goalball, Judô, Natação, Tênis de Mesa, Tênis em Cadeira de Rodas e Voleibol Sentado.

O programa ATLETA NA ESCOLA tem duas grandes ações: os Jogos Escolares e o Centro de Iniciação Esportiva, que é o acolhimento dos talentos identificados nos Jogos Escolares.

A ação Jogos Escolares do programa ATLETA NA ESCOLA tem financiamento para as Etapas Escolar, Regional e Estadual. A intenção é apoiar o desenvolvimento prioritário das modalidades do programa e proporcionar um apoio inédito a realização da Etapa Escolar e um apoio supletivo às competições escolares que já acontecem nos Estados e que são seletivas da Etapa Nacional (Jogos Escolares da Juventude e Paralímpiadas Escolar).