Destaques

Casa do Carnaval foi a novidade de Belém em 2020

Antony idealizador da Casa do Carnaval de Belém A Casa do Carnaval foi a grande novidade da festa d ...

Bicharada do Mestre Jaime invade as ruas de Salgueiro fazendo paródia sobre o coronavírus  

   Já se vão cerca de 70 anos de folia e a Bicharada do Mestre Jaime, mesmo com as mudanças oco ...

Um Carlitos, dois Carlitos

*Carlos Laerte Há 106 anos o ator, diretor, produtor, roteirista, montador, compositor, diretor de ...

PSB realiza Seminário de Políticas Públicas para as Mulheres, nesta sexta-feira (22)

Postado em 22 de março de 2013 por Josélia Maria

image-6887
A Secretaria de Mulheres do Partido Socialista Brasileiro na Bahia (PSB-BA) realiza, nesta sexta-feira (22), o Seminário de Políticas Públicas para Mulheres do PSB. O evento será realizado ao longo do dia no Ciranda Café Cultura e Arte, no Rio Vermelho, e tem o objetivo de capacitar as vereadoras, prefeitas e vice-prefeitas eleitas pelo partido em 2012.

 





Governador Wagner se reúne com presidente Dilma para tratar seca na Bahia

Postado em 22 de março de 2013 por Josélia Maria

image-6897
por David Mendes

O governador Jaques Wagner (PT) se reunirá, nesta sexta-feira (22), com a presidente Dilma Rousseff (PT), em Brasília, para discutir ações de enfretamento dos impactos causados pela seca que castiga o estado. Para tentar minimizar os efeitos da estiagem, a mandatária brasileira e o líder baiano discutirão possíveis medidas para acelerar as ações dos governos federal e estadual. Antes de embarcar para o encontro com a presidente, marcado para às 14h, o governador inaugura em Juazeiro e Curaçá sistemas de abastecimento de água. Logo após os eventos, marcados para às 9h em Juazeiro e 11h30 em Curaçá, Wagner segue para Petrolina, onde embarca para a capital federal. A previsão é que o petista retorne no mesmo dia. No sábado (23) está agendado a sua ida ao município de Glória, também no Vale do São Francisco, para dar continuidade à visita na região, onde também inaugura o sistema de abastecimento da cidade. Nesta quarta (20), a ministra de Relações Institucionais, Ideli Salvatti, informou que a presidente Dilma anunciará novas medidas para o socorro às cidades nordestinas atingidas pelo fenômeno. Segundo Ideli, uma das alternativas que podem ser adotadas pelo governo federal seria o repasse direto da União para as prefeituras afetadas por meio do cartão da Defesa Civil.





Juazeiro promove curso de Humanização para profissionais da rede de saúde

Postado em 22 de março de 2013 por Josélia Maria

A Secretaria da Saúde de Juazeiro realiza – a partir do dia 12 de abril – Curso “Teórico-Vivencial em Humanização e Cuidado Integral” para profissionais da Rede Municipal de Saúde. As inscrições já começaram e serão encerradas dia 28 de março, no Núcleo de Humanização e Educação Permanente, das 8h às 12h, no 2º andar do prédio da Secretaria da Saúde. Estão sendo disponibilizadas 50 vagas.

O curso visa através de técnicas corporais, de respiração, movimentação, música e experiências, proporcionar saúde e bem-estar aos participantes, que serão orientados a oferecer um cuidado integral e humanizado aos usuários do SUS de Juazeiro. Será promovido de abril a novembro, no Centro de Saúde III, com 12 encontros de 03 horas de duração cada.

O evento está sendo organizado pela equipe do Núcleo de Humanização e Educação Permanente e pelo professor Alexandre Barreto do Colegiado de Psicologia da Univasf. Mais informações através do telefone 3612 3631.

 





Serra: ”Candidatura de Eduardo é boa para o Brasil”

Postado em 22 de março de 2013 por Josélia Maria

image-6891
Um dos principais nomes do PSDB, o ex-governador José Serra disse ontem à Folha de S.Paulo que a candidatura do governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB), à Presidência da República nas eleições de 2014 seria ‘boa para o Brasil e boa para a política’.

Serra, que tem evitado discutir em público o cenário político nacional e concorreu duas vezes ao Planalto por seu partido, deu a declaração ao confirmar que se reuniu com Campos na última sexta-feira, em sua casa, na capital paulista. A assessoria de Eduardo Campos disse que se tratou de ‘uma conversa sobre o Brasil’. A versão do ex-governador de São Paulo vai na mesma linha. ‘Foi uma conversa cordial sobre o Brasil, a política e a economia’, disse Serra.

O tucano negou que, durante o encontro, Campos tenha falado sobre sua candidatura presidencial ou discutido alianças eleitorais. Serra disse que, ‘apesar do distanciamento político’, foi muito amigo do avô de Eduardo Campos, o governador Miguel Arraes (1916-2005), e que recebeu abrigo da família em Paris na ditadura militar, quando os dois estavam exilados.

A aproximação de Serra e Campos ocorre num momento em que a cúpula do PSDB trabalha para viabilizar a candidatura do senador mineiro Aécio Neves. Seus aliados veem como maior obstáculo ao projeto a falta de unidade na sigla em torno do senador. (Folha de S.Paulo – Daniela Lima)

 

 





Eduardo teria oferecido a vice a Serra. Aliados negam

Postado em 22 de março de 2013 por Josélia Maria

image-6888
De acordo com fontes próximas ao ex-governador José Serra, o tucano recebeu o convite para ser vice em uma eventual chapa presidencial encabeçada por Campos, mas ele não cogita essa hipótese. A assessoria do pessebista negou o encontro. “Ele não tem perfil para ser vice nem no PSDB, muito menos numa chapa de outra legenda”, diz um aliado de Serra. Uma das hipóteses para Serra deixar o PSDB seria aceitar o convite de setores do PPS para integrar essa legenda.

O PPS estuda uma fusão com o PMN e correligionários dessas siglas gostariam de ter Serra ou numa disputa nacional ou até mesmo na disputa pelo Palácio dos Bandeirantes, num confronto com o atual governador, Geraldo Alckmin (PSDB) e servindo de plataforma para a eventual candidatura presidencial do governador Eduardo Campos. Mesmo essa hipótese é rechaçada por pessoas próximas a Serra, que apostam que ele lutará “até as últimas consequências” para garantir um espaço de destaque no PSDB, ou seja, a presidência da legenda.  (Da Agência Estado)





Ministro Fernando Bezerra participa de assinatura de ordem de serviço no Projeto Maria Tereza

Postado em 21 de março de 2013 por Josélia Maria

image-6883

O Ministro da Integração Nacional Fernando Bezerra Coelho participa nesta sexta-feira (22), às 19h, da assinatura da ordem de serviço da pavimentação asfáltica que  ligará o Km 25 – Projeto Maria Tereza ao Pontal.

 





Faculdade de Direito de Belém promove Pós Graduação

Postado em 21 de março de 2013 por Josélia Maria

image-6880





Em Serra, Dilma pode fazer anúncio emblemático

Postado em 21 de março de 2013 por Josélia Maria

 

image-6877

Presidente pode aproveitar passagem por Pernambuco para ofuscar aliado (Foto: Diego Nigro/Arquivo Folha)

A ministra de Relações Institucionais, Ideli Salvatti, revelou que a presidente Dilma Rousseff (PT) deverá fazer um novo anúncio, na próxima semana, de mais um pacote de socorro às vítimas da seca. E essas medidas seriam conhecidas numa viagem da petista à Região Nordeste. O que indica que a chefe do Executivo nacional pode aproveitar sua passagem, na segunda-feira (25), por Serra Talhada, no Sertão pernambucano, para tal ação. Justamente na presença do governador Eduardo Campos (PSB), seu provável adversário na eleição do ano que vem. Uma oportunidade única para tentar ofuscar o ainda aliado.

Uma investida como essa poderia soar como uma afronta ao socialista, ainda mais que Eduardo e seus aliados no Estado têm acumulado críticas ao formato escolhido pelo governo Federal no enfrentamento da seca. Além disso, uma nova liberação de recursos federais, desde que ocorra de maneira mais direita do que as anteriores, poderia ofuscar o efeito das ações anunciadas pelo governo do Estado, no mês passado, no socorro aos municípios pernambucanos.

E, caso se confirme o anúncio, Dilma poderá reforçar o discurso que já vem sendo empregado pelos seus correligionários do Estado, de que o governo Federal tem sido o principal parceiro no desenvolvimento registrado por Pernambuco durante os seis anos do Governo Eduardo Campos. Esse tipo de fala tem ficado cada vez mais frequente entre os petistas, diante da projeção nacional obtida pelo socialista.

Além do impacto das ações que podem ser anunciadas pela presidente Dilma, também há, claro, uma grande expectativa sobre a possibilidade de a petista e o governador Eduardo Campos conversarem reservadamente. Nos últimos dias, ambos têm disparados recados velados, recheados de críticas ao outro. É aguardar.(FolhaPE)