Destaques

Ivete Sangalo no repertório da live da cantora Fabiana Santiago “Entre Elas de Elis a Maria”

A cantora Fabiana Santiago realizou na tarde desse domingo (12/07) ,a live “Entre Elas de Elis ...

Bahia registra 1.575 casos de Covid-19 nas últimas 24 horas

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registrados 1.575 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de + ...

Instituições de Longa Permanência para Idosos recebem cartão de alimentação e higiene para assistência ao segmento durante pandemia

Durante três meses, serão direcionados R$ 500 mil do Fundo Estadual do Idoso para 73 entidades sem ...

Hospedagem WordPress
Hospedagem WordPress Hospedagem WordPress
Hospedagem WordPress Hospedagem WordPress
Hospedagem WordPress
Hospedagem WordPress
Lista de Links

Mais 1.200 Unidades do Minha Casa, Minha Vida começam a ser construídas em Petrolina

Postado em 29 de outubro de 2012 por Josélia Maria

image-1379

O processo de construção de mais 1.200 unidades habitacionais do Programa “Minha Casa, Minha Vida”, desenvolvido entre o Governo Federal e a Prefeitura, já começou a ser realizado em Petrolina. As novas moradias serão construídas no bairro Nova Petrolina, em uma área de aproximadamente 30 hectares, com acesso ao Distrito Industrial, beneficiando famílias com renda entre zero e três salários mínimos. Na última sexta-feira (26), a secretária de Planejamento e Urbanismo, Marlize Mainardes, e o superintendente de Habitação de Petrolina, Dario Lopes, estiveram no local para acompanhar os primeiros passos da construção deste que será o maior empreendimento do “Minha Casa, Minha Vida” em Petrolina.

Diferente dos últimos conjuntos habitacionais entregues em Petrolina, quando a parceria do Município foi com a Caixa Econômica Federal, as casas do Nova Petrolina estão sendo feitas em parceria com o Banco do Brasil. “Petrolina foi o primeiro município do estado de Pernambuco a assinar contrato com o Banco do Brasil. Isso nos dá uma certeza de que no futuro teremos muito mais casas a serem construídas, já que passamos a trabalhar com dois agentes financeiros, a Caixa e o Banco do Brasil”, comemora a secretária Marlize Mainardes.

Segundo a secretária, a previsão é de que as 1.200 unidades fiquem prontas no final do próximo ano. Além disso, os futuros moradores terão acesso a uma escola de ensino fundamental com seis salas, creche, posto de saúde e um clube do bairro com pista de caminhada, academia ao ar livre, quadra poliesportiva e quiosque. “Para nós, é a certeza de que as pessoas terão acesso a todos os equipamentos, sem precisar se deslocarem para outros locais”, observou Marlize Mainardes.

Curta a página www.facebook.com/joseliamariareporter

 





Xico Sá: O grito de ‘chupa’

Postado em 29 de outubro de 2012 por Josélia Maria

COLUNISTA DA FOLHA

A praga do grito de “chupa” nasceu com o futebol, atingiu a vilã Carminha na novela “Avenida Brasil” recentemente e ontem sobrou para os eleitores tucanos em SP.

Assim como nas pelejas entre São Paulo e Corinthians, a agressão oral rendeu até cenas de luta livre, como testemunhei no largo Santa Cecília, na região central da cidade. Nada, porém, que a turma do deixa-disso, talvez a nossa instituição nacional mais eficiente, não apazigue.

O ambulante Vicente Ferreira ajudou a apartar os brigões. Estava interessado mesmo em vender seu cachorro-quente. Nem esperou o resultado das urnas e devolveu sua carrocinha de comida às ruas –uma das tantas proibições do prefeito Kassab.

A travesti Vanessa também se manifestava em uma padaria da Vila Buarque: “Nem tenho nada contra o Serra, mas não aguento mais um dia desse prefeito”. O motivo da queixa é o fechamento, quase diário, de hotéis de alta rotatividade da área.

O balconista Carlos Marinho trabalharia, na mesma padaria, até as 14h. Estava decidido. Não iria votar. Iria trocar o voto por um churrasco com os amigos no Jardim Damasceno, zona norte. O desinteresse de Carlos, 25, ajudou a engrossar a turma de 20% dos eleitores paulistanos que não compareceram às urnas.

Marta Vieira, 32, baiana, havia justificado o voto e estava preocupada com a eleição na sua terra. Vivia a nostalgia do carlismo. “A Bahia só prestava com painho Antonio Carlos.”

Em pouco tempo, a padaria, esta entidade paulistana, vivia um debate nacional. Palpites para todos os gostos, além das profecias para 2014. Lula, Dilma, Aécio e Eduardo Campos largaram na frente. Ao menos no “databoteco” deste cronista.

 

 





ACM Neto dedica vitória ao avô

Postado em 29 de outubro de 2012 por Josélia Maria

image-1372

Prefeito eleito de Salvador com 53,91% dos votos válidos, ACM Neto (DEM) foi recebido na noite deste domingo no comitê de campanha por milhares de pessoas. Neto venceu a disputa no segundo turno contra o petista Nelson Pelegrino, que recebeu 46,49% dos votos. Aos gritos de “ACM voltou”, ele dedicou a vitória ao avô Antônio Carlos Magalhães.

”Eu jamais poderia esquecer de alguém que não está aqui , mas que eu sei que hoje ele está tão feliz quanto cada um de nós. Eu aprendi com ele a amar a Bahia, a ter amor pelo nosso povo e a fazer politica. É claro que neste momento, eu tenho que dedicar a vitória ao senador Antônio Carlos Magalhães.” (O Globo)





‘A vontade popular é soberana’, comemora presidente do PV na Bahia

Postado em 28 de outubro de 2012 por Josélia Maria

por Rodrigo Aguiar / David Mendes

O presidente estadual PV, Ivanilson Gomes, afirmou na noite deste domingo (28) que a “vontade popular é soberana”, ao comemorar a vitória de ACM Neto. “Esta eleição revela três coisas. Em primeiro lugar que existe uma insatisfação generalizada com o PT. Revela também a necessidade de ter uma pessoa comprometida com a cidade. E que é possível vencer sem usar o medo, a chantagem e a máquina”, declarou o dirigente em conversa com a imprensa no comitê central do democrata. Também não faltaram críticas ao PT. Segundo o verde, o PT “quer dominar de forma exclusivista”. “Tenho certeza que muitas pessoas que estão ao lado de Pelegrino gostariam de estar do lado de cá”, disse. Questionado sobre a participação do PV no futuro governo do democrata eleito, o dirigente limitou-se a dizer apenas que o partido fez uma aliança “programática” e não “pragmática”. Ivanilson Gomes ainda garantiu que os vereadores eleitos pelo PV cobrarão para que as propostas na área ambiental assinadas por Neto sejam cumpridas. “Ele é uma cara do século 21, não da revolução industrial”, finalizou. O prefeito eleito ainda não chegou ao seu QG político, instalado na Avenida Vasco da Gama.

 





ACM Neto é eleito prefeito de Salvador e derrota PT

Postado em 28 de outubro de 2012 por Josélia Maria

image-1365

Advogado,33 anos,deputado federal no terceiro mandato conquista a prefeitura de Salvador, maior colégio eleitoral do Nordeste.





Prefeitos eleitos segundo turno

Postado em 28 de outubro de 2012 por Josélia Maria

Campo Grande – Alcides Bernal

O candidato do PP levou a maioria e venceu o adversário Giroto, do PMDB.

São Luís – Edivaldo Holanda Jr.

O candidato do PTC recebeu a maioria dos votos e venceu o adversário Castelo, do PSDB.

Florianópolis – Cesar Souza Junior

O candidato do PSD recebeu 52,64% dos votos e venceu o adversário Gean Loureiro, do PMDB.

Natal – Carlos Eduardo

O candidato do PDT recebeu a maioria dos votos e venceu o adversário Hermano Moraes, do PMDB.





Prefeitos eleitos nas capitais com segundo turno

Postado em 28 de outubro de 2012 por Josélia Maria

Fernando Haddad – São Paulo

image-1356

Vitória – Luciano Rezende

O candidato do PPS teve 52,73% dos votos e venceu seu adversário Luiz Paulo (PSDB).

image-1357





Luciano Rezende vence em Vitória

Postado em 28 de outubro de 2012 por Josélia Maria

image-1352

Vitória, capital do Espírito Santo, chegou a 100% das urnas apuradas, às 16h50 deste domingo (28). O candidato Luciano Rezende (PPS) é o novo prefeito da cidade, eleito com 53,73% dos votos. Seu rival Luiz Paulo (PSDB) teve 47,57%. Votos brancos e nulos somaram 7% dos votos.