Destaques

Oração à Santo Expedito, o Santo das causas urgentes

Ó Deus, que intercessão de Santo Expedito nos recomende junto a Vossa Divina bondade, a fim de que ...

Secretário-geral do PSB, Adilson Gomes anuncia candidatura à Alepe

Filiado ao PSB há 28 anos, o secretário-geral do Partido Socialista Brasileiro de Pernambuco, Adil ...

Eduardo da Fonte amplia cacife para disputar o Senado

Postado em 18 de Abril de 2018 por Josélia Maria

Inaldo Sampaio – Coluna Fogo Cruzado

Jarbas Vasconcelos vai ocupar o espaço deixado pelo vice-governador Raul Henry

O governador Paulo Câmara vai enfrentar dificuldades para fechar sua chapa majoritária por excesso de pretendentes às duas vagas do Senado. Uma já estaria reservada para Jarbas Vasconcelos, conselheiro político do governador e “irmão mais velho” dos aliancistas. Ele vai ocupar o espaço deixado pelo vice-governador Raul Henry, que é candidato a deputado federal. A segunda vaga está sendo cobiçada pelo deputado estadual André Ferreira (PSC), pelos deputados federais Luciana Santos (PCdoB) e Eduardo da Fonte (PP) e pelo ex-prefeito de Caruaru, José Queiroz (PDT).

Curiosamente, não há ninguém do PSB batalhando por essa vaga, o que significa dizer que o partido não terá representantes de Pernambuco no Senado. Elegeu Fernando Bezerra Coelho em 2014, mas ele se transferiu para o MDB. Dos quatro que aspiram à segunda vaga, o que está mais cacifado para brigar por ela é Eduardo da Fonte, campeão de votos em Pernambuco nas três últimas eleições.

Ele tem o controle do PP, uma bancada de 14 deputados estaduais e de dois federais, 50 candidatos à Assembleia Legislativa e o apoio do PR que é presidido regionalmente pelo deputado Sebastião Oliveira, gesto interpretado como uma “alfinetada” na pré-candidatura de André Ferreira, irmão do prefeito de Jaboatão, Anderson Ferreira (PR), com quem o ex-secretário dos transportes não se dá. Da Fonte construiu as condições políticas para entrar na chapa, e para tirá-lo da disputa só por meio de um “tsunami”.




GOVERNO BAHIA

Frente pela democracia lançará manifesto no dia 18

Postado em 18 de Abril de 2018 por Josélia Maria

Grupo formado por seis partidos da oposição — PCdoB, PT, PSB, PDT, PCB e PSOL — divulgará documento conjunto sinalizando a união das forças políticas de esquerda em prol de um novo ciclo de democracia, soberania nacional e progresso.
A iniciativa vem sendo construída pelos partidos frente aos últimos acontecimentos da conjuntura nacional, onde a prisão inconstitucional do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva representa o auge dessa escalada autoritária que o país vive.
O lançamento do documento acontecerá nesta quarta-feira (18), às 11h, no Salão Nobre da Câmara dos Deputados.
Para Luciana Santos, a Frente formada pelos sei partidos é mais uma oportunidade de mostrar que o Brasil tem destino próprio, é um país rico, de possibilidades, com povo inteligente e inovador.
“Os golpistas têm uma grande pedra no caminho, que é o voto. Nossa resposta mais contundente é a possibilidade de as forças partidárias que estão aqui, tenham a capacidade política de ter unidade de ação e derrotar a direita”, pontuou a deputada.



jr telecom

Aécio no banco dos réus

Postado em 17 de Abril de 2018 por Josélia Maria

A Primeira Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) tornou, hoje, réu o senador Aécio Neves (PSDB-SP) pelos crimes de corrupção passiva e obstrução à justiça. Com a decisão, os ministros confirmam que os indícios apontados pela Procuradoria-Geral da União (PGR) são suficientes, neste momento, para que o senador responda aos crimes por meio de ação penal.

A PGR acusa o tucano de receber ilicitamente R$ 2 milhões de Joesley Batista, oriundos do grupo J&F, e de atrapalhar as investigações em torno da Operação Lava Jato. Os demais acusados, Andrea Neves, Frederico Pacheco de Medeiros e Mendherson Souza Lima se tornaram réus pelo crime de corrupção passiva. As informações são do Blog do Fausto Macêdo.

Relator do caso, o ministro Marco Aurélio afirmou que há indicativos de solicitação de vantagem indevida pelo detentor de mandato, com auxílio da irmã, Frederico e Mendherson. Sobre a atuação de Aécio nas atividades parlamentares, o ministro disse que não há como imputar crime de obstrução à justiça.

No entanto, sobre este crime, a denúncia foi recebida por Marco Aurélio com base em ligações telefônicas que apontam que Aécio buscava direcionar delegados federais para atuar em inquéritos de seu interesse com a finalidade de beneficiá-lo, como narra a PGR.

“Sobre a atuação do senador visando a aprovação casuística de anistia em caixa-dois, inexistem sinais que haveria prática para tentar impedir a investigação em torno da Lava Jato. A atuação parlamentar não pode ser criminalizada”, disse o ministro, que fez a ressalva sobre as tentativas de influenciar a designação dos delegados.

“Ocorre que a transcrição de conversas telefônicas do senador, ou a seu comando, se extrai que estaria influenciando na escolha de delegado para conduzir inquéritos na Operação Lava Jato. Assim surgem sinais de prática criminosa”, completou o ministro.

Luís Roberto Barroso, que votou em seguida do relator, afirmou que há fortes indícios de cometimento de crimes no caso. “No mundo de negócios ilícitos, empréstimos se fazem por transferência bancária ou no máximo por cheque. Nos dias de hoje ninguém sai por aí transportando pela estrada malas de dinheiro”, disse Barroso sobre o recebimento em dinheiro dos R$ 2 milhões, que a defesa alega ser um empréstimo, sem contrapartida ilegal.

Barroso também lembra de trecho de conversa entre Aécio e Joesley, na qual o senador afirma que o recebimento dos valores teria que ser feito por “alguém que a gente mate antes de fazer delação”.

DIVERGÊNCIA – Em votos mais sucintos, Rosa Weber e Luiz Fux, assim como Barroso, aceitaram integralmente a denúncia. Último a votar, Alexandre de Moraes abriu a principal divergência no julgamento, ao não entender que a denúncia deveria ser aceita pelo crime de obstrução de justiça.

“Em relação à acusação de corrupção passiva, o conjunto probatório neste momento é suficiente para que seja recebida a denúncia. Esses pontos controversos apontados devem ser devidamente comprovados pelo Ministério Público durante a instrução processual penal para que possa ser atestada a culpabilidade de cada um dos acusados”, disse Moraes.

“A existência de dúvida razoável neste momento com os indícios fortes que existem sobre a prática da corrupção passiva leva ao recebimento da denúncia”, prosseguiu o ministro.

Moraes, no entanto, considerou “bravatas” e “falso poder” as declarações de Aécio sobre a escolha de delegados para conduzir inquéritos no âmbito da Operação Lava Jato.

“Algumas frases demonstrando intenção, outras meio bravatas, um falso poder, sendo bravatas, sejam intenções, ficaram aqui da mesma forma que lá, no mundo das intenções, da cogitação, seja na parte congressual, seja na parte quanto a nomeações de delegados”, minimizou Moraes.

Além disso, ao final do julgamento, os ministros discutiram sobre outra divergência em relação ao recebimento da denúncia. Marco Aurélio frisou que seu voto, no âmbito da acusação por obstrução à justiça, não considerava a atuação parlamentar de Aécio, apontada pela PGR, em torno da anistia aos crimes de “caixa-dois” e o projeto de lei do abuso de autoridade.

O relator só considerou os indícios de que Aécio exerceu pressão sobre membros do governo e da Polícia Federal, para escolher delegados para conduzir os inquéritos da Operação Lava Jato.

Enquanto Moraes não considerou nenhum dos indícios em torno do crime de obstrução à justiça, os outros três ministros, Fux, Rosa e Barroso, decidiram aceitar integralmente a denúncia, considerando também a atuação parlamentar de Aécio, formando maioria neste aspecto.




jr telecom

Procedimento inédito no mundo é realizado no Hospital de Clínicas do Paraná

Postado em 17 de Abril de 2018 por Josélia Maria

image-79770

O Complexo Hospital de Clínicas da Universidade Federal do Paraná (CHC-UFPR), vinculado à Rede Ebserh, realizou um procedimento endoscópico para avaliação e tratamento de doença pancreática nunca antes realizado no mundo inteiro. Chamada de pancreatoscopia via gástrica, trata-se de uma endoscopia do ducto pancreático utilizando o estômago como via de acesso.

“Em cerca de 10 a 30% dos pacientes que possuem alguma suspeita de câncer biliopancreático não é possível obter um diagnóstico definitivo com os métodos convencionais. Os pacientes, por terem uma forte suspeita de câncer, vão para uma cirurgia de grande porte sem de fato terem um diagnóstico. Essa é uma realidade mundial que vem sendo modificada com esses novos métodos”, explicou o endoscopista do CHC Eduardo Bonin.

O procedimento realizado no CHC consistiu, na prática, na introdução de um endoscópio ultrafino por dentro de um outro endoscópio posicionado no estômago, adentrando no canal do pâncreas e possibilitando o diagnóstico de lesões suspeitas para câncer com o tratamento de estreitamentos do canal e remoção de cálculos difíceis. “Nesse caso, o método foi utilizado para avaliarmos um estreitamento e cálculos dentro do canal pancreático de uma paciente que já tinha sido operada no pâncreas previamente, e cujo acesso teve de ser realizado através de estômago”, destacou a médica endoscopista do CHC Raquel Canzi.

O endoscopista Eduardo Bonin enfatiza ainda que o principal beneficiário é o paciente que, além de ter um tratamento pouco invasivo e um diagnóstico mais seguro, ainda pode receber alta muito mais cedo. “O benefício é obtermos diagnóstico e tratamento minimamente invasivos, por via endoscópica”. Os pacientes já se encontram em suas residências e manterão acompanhamento regular nos ambulatórios de Gastroenterologia e no Serviço de Endoscopia Digestiva.

Nova técnica

O aparelho utilizado para as técnicas chamadas de coledocoscopia e pancreatoscopia peoral foi doado pelos Amigos do HC e trata-se de um equipamento de ponta, de alto custo, aprovado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) em meados de 2017. Ele permite procedimentos para tratamento de alguns cálculos biliares e pancreáticos e estreitamentos (estenoses) considerados como cirúrgicos.

“Além de poder ser determinante no diagnóstico de lesões suspeitas para câncer; descartando-se a malignidade por imagem e biópsia, evita-se, com o equipamento, uma cirurgia hepática e pancreática, que costumam ser de grande porte e morbi-mortalidade considerável”, considerou Bonin.

Sobre a Ebserh

Desde outubro de 2014, o CHC-UFPR faz parte da Rede Ebserh. Estatal vinculada ao Ministério da Educação, a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh) atua na gestão de hospitais universitários federais. O objetivo é, em parceria com as universidades, aperfeiçoar os serviços de atendimento à população, por meio do SUS, e promover o ensino e a pesquisa nas unidades filiadas.

A empresa, criada em dezembro de 2011, administra atualmente 39 hospitais e é responsável pela gestão do Programa Nacional de Reestruturação dos Hospitais Universitários Federais (Rehuf), que contempla ações em todas as unidades existentes no país, incluindo as não filiadas à Ebserh.




Governo Pernambuco

Bahia fecha primeiro trimestre com R$ 2,9 bi em investimentos

Postado em 17 de Abril de 2018 por Josélia Maria

image-79767

Nos três primeiros meses de 2018, 41 empreendimentos, com protocolo de intenção firmado com o Governo do Estado, foram implantados. São 33 a mais que o mesmo período de 2017. Foram investidos R$ 2,9 bilhões com a geração de 2.755 novos empregos. O segmento de Eletricidade e Gás foi responsável por 65,5% dos investimentos com a entrada em operação de 18 parques eólicos e solares, na região do semiárido baiano.

Além da energia renovável, o segmento de Calçados também entrou o ano com boas notícias. Foi inaugurada a fábrica da Lia Line no município de Camacã. Para esta nova unidade no distrito industrial foram investidos R$ 5,8 milhões e já são mais de 300 funcionários trabalhando na empresa, com a perspectiva de dobrar o efetivo até o final de 2019.

“Apesar da grave crise econômica e política que se arrasta desde 2016, a Secretaria de Desenvolvimento Econômico tem se esforçado para atrair novos empreendimentos e consolidar os já existentes. A atuação mais presente junto ao empresários, sindicatos e federações visa minimizar e anteceder os impactos da crise”, afirma o secretário da pasta, Paulo Guimarães.

Novos investimentos a vista

De acordo com Guimarães, existe uma boa perspectiva para concretização de novos investimentos até 2019. A ligeira melhora na economia fez com que os investimentos previstos para se implantarem em 2016 e 2017, que haviam sido paralisados, retomassem as atividades.

Há um total de 426 empreendimentos em fase de implantação, totalizando R$ 39,3 bilhões em investimentos e uma oferta potencial de 40.122 empregos. Desse total, 278 empreendimentos têm previsão de implantação até 2019, com investimentos estimados em R$ 17,6 bilhões. O segmento de Eletricidade e Gás continua se destacando com previsão de investir R$ 12 bilhões  no Estado.

Foram assinados até agora 17 Protocolos de Intenções com previsão de investimentos de R$ 4,6 bilhões e estimativa de geração de 2.825 empregos diretos. A unidade da Nestlé em Feira de Santana vai investir R$ 53 milhões na modernização da planta, onde serão gerados até 70 novos postos de trabalho.

A Transmissora de Energia Elétrica IB SPE beneficiará diversos municípios do Estado com a implantação de linha de transmissão que tem investimentos estimados em R$ 403 milhões.




Governo Pernambuco

Tadeu Alencar levará situação de Bodocó ao governo federal

Postado em 17 de Abril de 2018 por Josélia Maria

Em visita a Bodocó nesta terça-feira (17), o deputado federal Tadeu Alencar (PSB) afirmou que levará ao governo federal um pedido de ajuda ao município, seriamente afetado pelas fortes chuvas do último final de semana. O parlamentar informou que fará um pronunciamento durante a sessão da Câmara sobre os problemas na cidade e que também irá formalmente levar o caso à União.
“Pretendo, até amanhã (quarta-feira), fazer um pronunciamento (na Câmara) e provocar formalmente o governo federal. Também vamos fazer um relato ao governador Paulo Câmara sobre a situação no município”, afirmou, ressaltando o empenho do governo do Estado em ajudar a cidade no que for necessário.
Tadeu visitou a ponte na PE-545, que liga Bodocó a Ouricuri e que cedeu em razão da enxurrada.
O deputado defendeu a priorização na sua recuperação em razão do isolamento de Bodocó e a abertura de rotas alternativas, para não submeter a população a percorrer uma distância muito grande para se deslocar entre os dois municípios. Ele também visitou moradores e comerciantes que tiveram as casas atingidas pelas enchentes e que perderam bens e mercadorias. Cerca de 300 famílias foram prejudicadas.
O deputado também reforçou a importância de ações de saúde, pela proliferação de doenças em razão das enchentes, e do apoio a agricultores familiares. Muitos deles perderam suas lavouras nas enxurradas. Durante a passagem pelo município, o deputado afirmou que o momento é união de forças para ajudar a cidade a superar as dificuldades. “Chamo a atenção que aqui não tem uma torcida de uma cor vermelha, de uma cor amarela, de uma cor azul. Quem tem responsabilidade não fica tirando proveito político da tragédia da população. É dever nosso acompanhar essa situação e tomar providência”, disse. No meio da tarde, Tadeu Alencar seguiu para Brasília.
Assim que tomou conhecimento dos estragos das chuvas, ainda na sexta-feira passada, através do relato do ex-prefeito Danilo Rodrigues, Tadeu Alencar iniciou uma série de articulações junto ao governo do Estado de apoio ao município. No domingo, o coronel Eduardo Pereira, chefe da Casa Militar do governo do Estado, atendeu pleito do deputado e enviou uma equipe para verificar a situação da ponte na PE-545.
 
Créditos das fotos: Hércules Félix/Divulgação



GOVERNO BAHIA

Parceria leva educação ambiental para alunos do CAIC

Postado em 17 de Abril de 2018 por Josélia Maria

image-79760

Alunos da Escola Municipal CAIC tiveram na manhã dessa terça feira (17) uma aula diferente. Acompanhados dos professores eles foram para as ruas dos bairros Malhada da Areia e Argemiro coletar o lixo espalhado e jogado indevidamente nos terrenos baldios.

A ação de educação ambiental foi uma iniciativa da Empresa de Pesquisa Técnica EIRELI em parceria com o Serviço de Água e Saneamento Ambiental – SAAE, Secretaria de Desenvolvimento Urbano – SEDUR e Cooperativa de Catadores de Materiais Recicláveis de Juazeiro – COOPERFITZ.

O coordenador social do Projeto Eduardo Fragoso, explicou que o objetivo da ação é conscientizar os estudantes para que eles levem até as suas casas informações sobre a limpeza urbana. “É um trabalho gratificante, pois ao tempo em que ensinamos também aprendemos com eles. Sabemos que é na prática que se aprende e, a partir do momento que levamos estes garotos e garotas para vivenciarem essa experiência, estamos exercendo a cidadania e passando essa consciência de educação ambiental”, disse Fragoso.

A assistente social do SAAE Marineide Macedo, falou do trabalho ambiental realizado pela autarquia,  destacando as palestras nas escolas e comunidades que abordam, além das informações sobre esgotamento sanitário, a coleta seletiva e o destino final dos resíduos sólidos. “Esperamos que a partir dessa aula em campo eles possam estar mais conscientes da importância de colocar lixo no lixo para termos uma comunidade e, conseqüentemente uma cidade mais limpa. Desde que o SAAE assumiu essa parte ambiental manteve o trabalho de orientação junto às escolas e comunidades”, frisou.

Para a professora Lidiane Gomes, são ações como estas que fortalecem o aprendizado na sala de aula. É muito bom ver os alunos vivenciarem na prática as lições que passamos na escola. Um trabalho de cidadania  que certamente trará resultados positivos”, pontuou. A estudante  do 3º ano fundamental, Ana Clara era uma das mais ativas.  De luvas e muita disposição ela catou todo lixo que via pelas ruas. “Agora sei como fazer em casa. Vou começar a juntar o lixo e colocar na rua só nos dias da coleta”. O aluno Moisés Santos pensa igual. “Se cada um fizer o que nós estamos fazendo hoje a cidade ficará mais limpa”, completou.

Já o presidente da Cooperativa de Catadores de Materiais Recicláveis, Raimundo Francisco da Silva, lembrou que a seleção do lixo reaproveitado deve começar em casa para facilitar o trabalho dos catadores. “Cada peça de lixo que os alunos tiraram hoje das ruas foi uma contribuição para um ambienta cada vez mais limpo. Vamos trabalhar em conjunto para que todos possam sonhar com um planeta melhor”, resumiu.

No final da ação, que coletou mais de uma tonelada de lixo houve dinâmica com os alunos e informações sobre coleta seletiva, lugar do lixo e decomposição dos diversos produtos.




Governo Pernambuco

Casa Nova: Visita de prefeito a Colônia de Pescadores reafirma e reforça compromissos

Postado em 17 de Abril de 2018 por Josélia Maria

O prefeito Wilker Torres, esteve na manhã desta segunda-feira visitando a Colônia de Pescadores de Casa Nova – Z-42, acompanhado pelo assessor Leonardo Silva e do Secretário de Obras João Vilinei onde foi recebido pelo Presidente Cicinho (Cícero Reis) e pescadores associados.

“Mantenho o compromisso de conversar com todos os segmentos da sociedade, a pesca é uma atividade importante para economia familiar em Casa Nova e a Colônia reúne um número expressivo de pescadores, com demandas específicas, além das questões comuns a todas as comunidades” – explica o prefeito – “Conversamos sobre as questões dos pescadores, das ações da prefeitura através da Secretaria de Ação Social e da Secretaria de Obras e fiquei satisfeito, porque reforçamos nossos compromissos políticos e administrativos”.

Para o prefeito, “não tem como trabalhar sem ouvir as comunidades” e, “neste ano, que é um ano político, temos de ter compromisso com quem pode contribuir para a melhoria das condições de vida nas comunidades. O presidente Cicinho reafirmou seu compromisso com nossos candidatos, deputados, senadores e governador e isso é importante, porque




Governo Pernambuco