Destaques

I Workshop Sistema Sustentável aconteceu no Complexo Multieventos da Univasf em Juazeiro-BA

O “I Workshop Sistema Sustentável – Abelhas, Agricultura e Saúde Humana” aconteceu durante o ...

Nota Pública de dirigentes, parlamentares, militantes, candidatas e candidatos da REDE Sustentabilidade – Pernambuco

Os dirigentes, parlamentares, militantes, candidatas e candidatos da REDE Sustentabilidade – P ...

Comissão da Mulher Advogada envia Nota de Repúdio

OAB lança nota de repúdio à música cantada em marcha pró Bolsonaro na Avenida de Boa Viagem  ...

REDE notifica Lossio e candidato terá 24 horas para se defender

Postado em 20 de setembro de 2018 por Josélia Maria

image-84789

A REDE Sustentabilidade notificou, nesta quarta-feira (19), o candidato ao governo de Pernambuco, Julio Lossio, por infidelidade partidária, depois de realizar aliança não autorizada com candidatos de outra coligação que representam o que há de mais reacionário no Brasil. Lossio terá 24 horas para apresentar sua defesa à Executiva Nacional da legenda. O candidato poderá ser expulso da REDE e ter o seu registro de candidatura cancelado na Justiça Eleitoral.

As manifestações de Lossio foram amplamente publicizadas na mídia nacional e pernambucana, redes sociais, materiais de campanha e eventos políticos, nos últimos dias.

Esse tipo de infração está previsto no Estatuto da REDE, que, em suas normatizações, considera ato de infidelidade partidária o candidato que fizer campanha eleitoral para candidatos ou partidos políticos que contrariem as deliberações da Convenção Eleitoral e os interesses partidários da REDE.

Em agosto deste ano, a legenda realizou sua primeira Convenção Nacional Eleitoral e oficializou, por aclamação, a candidatura de Marina Silva à Presidência da República




jr telecom

Datafolha senado:três tecnicamente empatados

Postado em 20 de setembro de 2018 por Josélia Maria

Folha de S.Paulo

Na disputa ao Senado, Jarbas (MDB), Mendonça Filho (DEM) e Humberto Costa (PT) encabeçam as preferências do eleitor, com 36%, 31% e 30% das intenções de voto, respectivamente.

Em seguida, aparecem Bruno Araújo (PSDB), com 12%; Sílvio Costa (Avante), com 11%; Pastor Jairinho (Rede), com 6%; Adriana Rocha (Rede), com 3%; Hélio Cabral (PSTU) e Lidia Brunes (PROS), com 2%; e Eugênia (PSOL), Alex Rola (PCO) e Albanise Pires (PSOL), com 1%.




jr telecom

COORDENADOR DE JUVENTUDE DA REDE ENVIA NOTA À IMPRENSA

Postado em 20 de setembro de 2018 por Josélia Maria

 

image-84781

NOTA PÚBLICA

A REDE Sustentabilidade está enfrentando uma situação complicada no Estado de Pernambuco. Infelizmente, a nossa candidatura ao Governo está sendo, de forma irresponsável, vinculada à candidatura de Jair Bolsonaro.

É de conhecimento geral que nosso Partido tem uma candidatura própria, consolidada e aprovada em convenção nacional por ACLAMAÇÃO, o que exclui qualquer possibilidade de abrir espaço no nosso palanque para outro presidenciável. Nós temos o compromisso MORAL e ÉTICO de levar o nome de Marina Silva ao Palácio do Planalto, sem espaço para dubiedade ou ambiguidade.

A nossa bandeira é a defesa da democracia, da justiça social, da estabilidade econômica e da sustentabilidade. Nós não temos afinidade programática com personalidades que representam o atraso, o autoritarismo e tudo que há de mais primitivo na política.

Sendo assim, venho comunicar que, como Coordenador de Juventude da Rede Recife/PE, repudio todo e qualquer vínculo que seja estabelecido entre a nossa sigla e o candidato do PSL, Jair Bolsonaro. E que todo pronunciamento ou anúncio extraoficial deve ser ignorado.

Reafirmo que não existe aliança ou apoio institucional, nem tão pouco expectativa que o tenha, por parte dos dirigentes da REDE em Pernambuco, com o capitão Meira ou com o Partido Social Liberal (PSL). E que tenho um posicionamento pessoal CONTRÁRIO a qualquer diálogo com quem representa o retrocesso e a violência.

Durante a construção da candidatura da REDE, participei da elaboração do projeto, das diretrizes e da condução da campanha; trabalho do qual sinto muito orgulho de ter contribuído e feito parte. Entretanto, nunca negociei ou relativizei meus valores, características do meu caráter que me fazem vir a público expressar meu pesar pelo que estamos passando.

Então, diante dos últimos acontecimentos referentes à candidatura majoritária da REDE SUSTENTABILIDADE PE, venho à público RETIRAR meu apoio à Júlio Lossio, por compreender que o mesmo não comunicou suas articulações à executiva Estadual da REDE e as manteve mesmo quando notificado. Também quero deixar registrado que não concordo totalmente com a nota divulgada pela Executiva, pois não fora convocada, formalmente, uma reunião para deliberar sobre os acontecimentos.

Em um momento tão delicado na história do Brasil, onde corremos o risco de legitimar, através do voto, um projeto que despreza minorias políticas, que despreza a democracia e todas as conquistas do povo brasileiro, não podemos deixar dúvidas sobre quais bandeiras defendemos e que projeto de país queremos para o futuro de todos os brasileiros e brasileiras. Nós somos Marina Silva Presidente do Brasil.

MATHEUS ARRUDA
Coordenador de Juventude REDE/PE




jr telecom

JOSÉLIA SERÁ A ENTREVISTADA DO “ESPAÇO ABERTO ” RÁDIO EDUCADORA DE BELÉM

Postado em 19 de setembro de 2018 por Josélia Maria

image-84775

A candidata a deputada federal Josélia Maria (REDE),será entrevistada nesta quinta-feira (20), no programa “ESPAÇO ABERTO ” , Rádio Educadora de Belém AM 1470 kHz, às 12h30 .

Josélia é natural de Belém do São Francisco .

image-84776

Acompanhe a entrevista nas redes sociais da candidata .




jr telecom

Em visita à Vertentes, Lossio garante a criação de programas de incentivo às fábricas de confecção

Postado em 19 de setembro de 2018 por Josélia Maria

image-84768

VERTENTES – Em caminhada na cidade de Vertentes, o candidato a governador Julio Lossio (Rede) visitou as fábricas de confecções no distrito de Chã do Junco. Ao lado do seu vice-governador Luciano Bezerra e do vereador Kleiton Vieira (PV), Lossio reforçou o compromisso em incentivar a produção da confecção e realizar cursos profissionalizantes para garantia de renda. A visita ocorreu na tarde dessa terça-feira (18).

image-84769

“Vamos estimular cursos de capacitação para quem não sabe produzir confecção e financiamento para iniciarem seu próprio negócio. Assim, as pessoas irão ganhar dinheiro sem depender tanto do estado, dos governos e dos políticos”, declarou Lossio.

image-84770

De acordo com o candidato, mais uma de suas propostas para a região é a criação do Presídio-Trabalho. “Vamos criar o da Confecção, no Agreste, para que o presidiário abra uma facção de trabalho, espaço onde a família toda se dedica a produzir roupas, como o caso daqui, que é o jeans”, explicou.

O morador de Chã de Junco e proprietário de uma facção de jeans, Sebastião Rodrigues da Silva, ficou surpreso com a visita do candidato e suas propostas. “É a primeira vez que eu vejo isso, um candidato a governador passar por aqui, nunca tinha visto isso na minha vida e eu achei as propostas de Julio Lossio muito boas. Nós dependemos da produção de confecção para viver e muita gente acha que é um trabalho fácil, mas não é, precisamos de incentivo”, afirmou.




jr telecom

JORNALISTA PETROLINENSE RELATA ABORDAGEM TRUCULENTA DO BIESP

Postado em 19 de setembro de 2018 por Josélia Maria

image-84765

Ocupado com intimidações aos cidadãos, 2º BIEsp esquece de combater a criminalidade em Petrolina

Jacó Viana

Jornalista – DRT/PE 6513

Faltavam 30 minutos para meia noite de ontem (18) quando recebi um pedido de ajuda de um amigo. Ele se encontra doente e não tem transporte para buscar médios nas pouquíssimas farmácias abertas 24h em Petrolina. Saí às pressas, de modo que minha carteira, com documentos e habilitação, ficou em casa. Está aí um erro.

Parei em frente à casa dele ao mesmo tempo em que mandei uma mensagem avisando que já tinha chegado. Eram 23h47. Neste momento fui surpreendido pela abordagem truculenta e totalmente autoritária de um grupamento do 2º Batalhão Integrado Especializado – (BIEsp) no município. “Bota a mão na cabeça, vagabundo”, gritou-me um dos quatro policiais, enquanto apontava um revolver direto para minha cabeça. Mas, como sabe ele que sou vagabundo? No dicionário, seu significado evoca a pessoa que não trabalha, não gosta de trabalhar , um “vadio”. Só para constar, normalmente pego no batente às 8h e termino lá para 21h, de segunda a sábado.

A situação foi desorientadora, não sabia se colocava a mão no capacete (uso moto), se guardava o celular ou se estendia o pé de apoio da motocicleta para me dar equilíbrio. Eu estava parado num local íngreme. Para os MPs, aquilo era um descaso a sua autoridade. Quem já se viu não colocar a mão na cabeça imediatamente após um comando deles? Só pode ser um crime.

A partir daí permaneci com os braços levantados, em silêncio, mesmo quando não mais obrigado, vendo onde tudo aquilo terminaria. Pediram-me minha habilitação e, como não a tinha ali, disseram-me que iriam apreender meu transporte. Certo. Eles conhecem a lei e eu também, um pouco. Liguei a câmera do celular e comecei a filmar o que pude… E não foi muito. Tomaram de mim o aparelho e me fotografaram dizendo apenas que não me era permitido gravá-los. Talvez só eles podiam.

Busquei respeitar a autoridade dos policiais da BIEsp, mas não me detive em lembrá-los, firmemente, que eles não tinham o poder de me apear da moto (em dias) e de meu aparelho, menos ainda me censurar. São eles o carrasco e o juiz? Se todo o procedimento estava correto, não havia o que temer da parte deles, óbvio. Por eu ser graduado, me desdenharam apenas afirmando que “esses estudantes saem da faculdade pensando serem os donos do mundo”. Porque cobrar um tratamento digno dos policiais é um ato soberbo, acham.

Gravei a abordagem por 1 minuto e 28 segundos, e, por isso, fui autuado por “desobediência”. Ordenaram-me sentar no chão, enquanto chamavam o reforço: 4 viaturas, 4 motos e 14 policiais para conter minha desordem. Já eu continuava sentado no asfalto, cercado por eles e observado pelos vizinhos. Senti-me intimidado.

Levaram-me à delegacia do bairro Jardim Maravilha, esperei até às 3h para ser liberado, enquanto ouvia os policiais me explicarem os motivos de eu estar totalmente errado. “Porque me trataram educadamente”, “Porque minto quando digo que fui xingado”, “Porque eles são trabalhadores”, “Porque recebi um tratamento padrão no Brasil todo”, “Porque eu estava exaltado” e “Porque tenho tendência hostil à Polícia”. Ou seja, causei tudo isso. Eu, por outro lado, já tinha conhecimento da fama de truculência do 2º BIEsp, só não sabia ainda que eles, também, são formados em Psicologia.




jr telecom

Em Sergipe, Marina anuncia plano para reduzir conta de luz

Postado em 19 de setembro de 2018 por Josélia Maria

A candidata da coligação Rede-PV à Presidência, Marina Silva, anunciou nesta segunda-feira (17), em Aracaju, um plano para reduzir a conta de luz dos brasileiros e, ao mesmo tempo, aumentar a segurança energética da população com geração limpa e posicionar o País em direção a uma nova economia mais inclusiva e sustentável.

“Vamos criar um novo ciclo de prosperidade e vamos aumentar a energia solar na matriz energética brasileira em cerca de 10% em relação ao que já temos. Vamos nos tornar uma potência em geração de energia limpa, utilizando as possibilidades que temos do sol, do vento e da biomassa”, disse Marina ao chegar na capital sergipana.

Intitulado Sol para Todos, o plano visa mobilizar R$ 50 bilhões em investimentos e gerar empregos por meio da contratação de 10 gigawatts de energia solar fotovoltaica no Brasil até 2022. Essa potência instalada é o equivalente a quase uma usina hidrelétrica de Belo Monte (cuja potência nominal é 11 gigawatts). Os investimentos virão da iniciativa privada, de linha de crédito do BNDES e de bancos estatais e, em menor escala, também da parcela reembolsável do Fundo Clima.

O plano é um detalhamento das diretrizes do programa de governo de Marina Silva e Eduardo Jorge, que pretendem instalar 1,5 milhão de telhados solares no Brasil em quatro anos. O programa segue premissas da Irena (Agência Internacional de Energia Renovável) e endereça uma preocupação da população brasileira: os aumentos dramáticos na conta de eletricidade nos últimos anos, em especial devido às estiagens cada vez mais frequentes e à alta do dólar. Até agosto, a tarifa de energia elétrica havia subido quatro vezes mais que a inflação – 13,79% contra 2,94%.

A instalação de painéis solares nas casas permite aos usuários reduzir em mais de 90% suas contas de luz, usando a energia da rede interligada apenas à noite. Em caso de carga excedente, o usuário poderá até mesmo vender eletricidade para o sistema. O investimento inicial ainda é relativamente alto, cerca de R$ 20 mil por residência, daí a necessidade de financiamento estimulado pelo governo. As famílias serão beneficiadas pelo plano de subsídio e financiamento de acordo com seu grau de vulnerabilidade. Nas áreas rurais, em propriedades acima de 5 hectares, os agricultores poderão ter renda extra com o arrendamento para fazendas solares – usinas de geração fotovoltaica.

Marina escolheu uma capital do Nordeste para anunciar o plano por duas razões. Primeiro, a região é campeã de insolação com incidência média de 5 kilowatts por metro quadrado (contra 3,6 kilowatts por metro quadrado na Alemanha, país pioneiro na disseminação de energia solar distribuída no mundo). Depois, o Nordeste foi altamente impactado pela recessão produzida nos governos Dilma-Temer: a taxa de desemprego lá é de 17%, contra 13% da média nacional. Além disso, o Nordeste já vem se firmando como o principal polo de energia limpa e renovável do país, com 36% de sua matriz hoje composta por usinas eólicas.

Ao anunciar o projeto, Marina disse que a região pode ser um polo de desenvolvimento econômico. “O nordeste brasileiro tem uma grande capacidade de geração de energia solar, já tem uma grande quantidade de geração de energia eólica e vamos ampliar cada vez mais a energia limpa, colocando a energia solar no sistema brasileiro”, destacou a candidata.

Além do benefício para o consumidor de energia, o Sol para Todos também visa estimular a fabricação de placas solares no Brasil – hoje a China é o maior fabricante de painéis fotovoltaicos do mundo. Com o crescimento da demanda interna, toda a cadeia de valor será criada, incluindo produção, instalação e manutenção da infraestrutura. Entre empregos diretos e indiretos, projetamos a criação de 2 milhões de novos empregos em energias renováveis ao ampliar a capacidade contratada para 10 GW até 2022 e fortalecer a geração eólica.

“Eu tenho dito que o Brasil se preocupa demais com o pré-sal, mas que o Nordeste é o nosso ‘pré-sol’: uma riqueza energética potencial ainda pouco explorada, mas que pode se reverter em benefícios para a população e para o planeta”, disse Marina.




jr telecom

CANDIDATA DEFENDE A DEMOCRATIZAÇÃO DA CULTURA

Postado em 19 de setembro de 2018 por Josélia Maria

image-84757

A candidata a deputada federal Josélia Maria (REDE) tem defendido a democratização da cultura e diz que vai apoiar projetos culturais do Sertão de Pernambuco e cita como exemplo o do pianista Arthur Moreira Lima “Piano pela Estrada” na área social, mesclando o popular ao erudito. O projeto faz parte de uma campanha pela democratização da cultura erudita, levando a música, através de um caminhão a partir do qual se monta um palco em uma hora, aos mais distantes cantos do Brasil.

 




jr telecom