Destaques

Sesc Petrolina celebra Dia do Comerciário neste domingo

O Sesc Petrolina vai celebrar o Dia do Comerciário neste domingo (20/10), a partir das 11h, com laz ...

URGENTE:BALANÇO DAS AÇÕES DE CONTENÇÃO

BALANÇO DAS AÇÕES DE CONTENÇÃO O secretário estadual de Meio Ambiente e Sustentabilidade, Jos ...

Reunião da ‘Operação Papai Noel’ define reforço da segurança em Petrolina

A partir do próximo dia 18 de novembro, Petrolina receberá mais uma edição da Operação Papai N ...

ATLETA JUAZEIRENSE SE PREPARA PARA A SELETIVA DA SELEÇÃO BRASILEIRA DE JUDÔ

Postado em 16 de outubro de 2019 por Josélia Maria

image-98671

A  atleta Allana Moura está buscando uma vaga na Seleção Brasileira de Judô. A decisão será no mês de novembro quando a judoca juazeirense viaja para Fortaleza (CE) para lutar .Porém os desafios vão desde a falta de patrocinador oficial  a falta de dinheiro para viagens ,etc.

Allana Moura está obstinada e quer a vitoria, a garota de 19 anos é a titular da Seleção Baiana, atual Campeã Baiana de Judô Sub21 e quer  ir  mais longe.
Seu treinamento tem sindo intenso, com apoio da Academia Lotus Galeria, Alline Geslane (Personal) , Mateus Reis (Nutricionista) e PNI Suplementação. Os resultados de Allana Moura tem sido surpreendentes, e, grandes adversárias tem caído de Ipon pra essa marrentinha de Juazeiro da Bahia.
https://youtu.be/CCmDS9XMjFM
Precisamos de sua parceira para o grande desafio dessa atleta que representa não só a Bahia, mas o Vale do São Francisco, no próximo mês.
Contato pelo Instagram da atleta @euallanamoura



jr telecom

A Bahia vai marcar presença na 30º Feira Nacional do Artesanato

Postado em 16 de outubro de 2019 por Josélia Maria

image-98668

A Bahia vai marcar presença na 30º Feira Nacional do Artesanato, que acontece de 03 a 08 de dezembro, em Belo Horizonte. A Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre), por meio da Coordenação de Fomento ao Artesanato (CFA), abriu edital de chamamento público para a seleção de interessados em participar do evento.

As inscrições podem ser realizadas até o próximo dia 22, por e-mail (salaonacional@setre.ba.gov.br), pelos Correios ou na sede da CFA, que fica no Largo do Porto da Barra, nº 02, em Salvador. O edital está disponível no endereço eletrônico www.setre.ba.gov.br.

Os selecionados terão a oportunidade de divulgar e comercializar seus produtos em um estande coletivo. São 16 vagas disponibilizadas para expositores nas seguintes categorias: Artesãos Individuais; Mestres Artesãos; Entidades e Grupos do segmento; e Artesãos Indígenas, Quilombolas ou de Religiões de Matriz Africana.





Campanha Estadual Contra as Verminoses atenderá mais de 2,5 mil escolas municipais

Postado em 16 de outubro de 2019 por Josélia Maria

Responsáveis devem autorizar tratamento para crianças entre 5 e 14 anos


Cerca de 515,7 mil crianças matriculadas nas redes municipais públicas de ensino, entre 5 e 14 anos, poderão passar por tratamento contra as verminoses a partir desta quarta-feira (16.10), com o início da Campanha Estadual Contra as Verminoses 2019. A abertura ocorreu nesta quarta-feira (16.10) na escola Dom Azeredo Coutinho, em Olinda, no Grande Recife, quando estudantes, público-alvo da campanha, receberam orientações quanto à prevenção da doença e terão a presença de um mascote super-herói para o enfrentamento às verminoses em Pernambuco.


Com duração de um mês, 2.564 escolas de 163 municípios pernambucanos aderiram à campanha. No entanto, para que as crianças possam ser medicadas, os responsáveis devem autorizar a participação dos alunos mediante assinatura de um termo de consentimento. Os estudantes tomarão dose única do medicamento antiparasitário albendazol, fornecido pelo Ministério da Saúde (MS) e utilizado no tratamento de infecções causadas por vários parasitas intestinais e dos tecidos em crianças.

“Esta faixa etária é o público-alvo da campanha por apresentar grande susceptibilidade de contaminação e disseminação. Embora majoritariamente assintomática, o portador pode, em função da carga parasitária, apresentar quadros de desconforto abdominal, cólicas, perda de apetite, diarreia, anemia, deficiência de vitaminas e de outros nutrientes e dificuldade no aprendizado, aumentando a falta escolar e prejudicando o rendimento”, afirma o secretário estadual de Saúde, André Longo.  

 
Como forma de engajar de modo participativo a comunidade escolar e motivar os municípios a aderirem à campanha, optou-se por trabalhar de forma lúdica o tema da educação em saúde, especialmente, para prevenção das geo-helmintíases também conhecidas como verminoses. “Construímos um personagem, mas que ainda não tem nome e será escolhido durante a campanha por todas as escolas participantes, mediante votação”, pontua a superintendente do Programa de Enfrentamento às Doenças Negligenciadas (Sanar) da Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE), Marcella Abath.
 
Como material de apoio para que os professores possam trabalhar a temática com os alunos em sala de aula, a SES-PE disponibilizará um vídeo curta metragem a ser exibido, além de cartazes com a imagem do personagem e folders. Pernambuco tem mostrado uma progressiva diminuição no número de infectados por geo-helmintos. Resultados dos inquéritos de verminoses em escolares, realizados em 2016 e 2018 em 108 municípios, considerados prioritários para o Programa Sanar, aponta redução de 75,7% na positividade de geo-helmintíases nessa população vulnerável quando se comparam os dois anos. 
 
SAIBA MAIS

A doença: Verminoses é um grupo de doenças causadas por vermes parasitas que se instalam no organismo, geralmente, se alojam nos intestinos, mas podem abrigar-se também em órgãos, como o fígado, pulmões e cérebro. A infecção ocorre pela ingestão direta de ovos por meio do contato mão-boca ou pelo consumo de alimentos crus e água contaminados. Além da via oral, a infecção também pode ocorrer por penetração ativa das larvas na pele do hospedeiro em contato com solo contaminado.

Sintomas
: A contaminação ocorre por meio do contato, principalmente, a ingestão de água e alimentos infectados e por meio de feridas na pele. Os principais sintomas das verminoses são dores abdominais, náuseas, vômitos, diarreia, falta de apetite, perda de peso e anemia.

Prevenção: A prevenção corresponde a melhor forma de proteger a saúde contra as verminoses. Algumas medidas simples são suficientes e alguns cuidados podem ser tomados como: lavar as mãos com água e sabão, cortar as unhas, andar sempre calçado, utilizar o banheiro de forma adequada, beber água filtrada ou fervida, lavar bem os alimentos antes de comê-los.

Diagnóstico e Tratamento: O diagnóstico é feito por meio de exames laboratoriais, como o de fezes. O tratamento deve ser feito com vermífugos específicos. Pequenos cuidados como lavar as mãos com frequência, lavar os alimentos e beber água filtrada colaboram bastante no combate das verminoses! Fique atento!




jr telecom

Maioria dos brasileiros ainda tem dificuldade em adotar práticas de consumo consciente, revelam CNDL/SPC Brasil

Postado em 16 de outubro de 2019 por Josélia Maria

Preço de produtos orgânicos e separação do lixo para reciclagem são principais barreiras apontadas. Para 41% dos consumidores, melhores hábitos estão associados a aspecto financeiros, como evitar desperdício e compras desnecessárias. Indicador mostra que 58% são considerados ‘consumidor em transição’

Embora o brasileiro reconheça que o consumo inadequado de recursos naturais cause impactos ao meio ambiente, poucos são aqueles que realmente têm atitudes sustentáveis no dia a dia. Uma pesquisa, realizada pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) em todas as capitais do país, mostra que a maioria dos brasileiros (97%) possui alguma dificuldade em adotar práticas de consumo consciente.

Os principais entraves mencionados pelos entrevistados para a falta de hábitos mais responsáveis são alto preço dos produtos orgânicos (37%) e os obstáculos em separar o lixo para a reciclagem (32%). Além disso, 30% reconhecem não conseguir reduzir a quantidade de lixo gerado e outros 30% enfrentam barreiras em engajar os vizinhos nessa prática.

De acordo com o levantamento, o brasileiro ainda é considerado ‘consumidor em transição’, ou seja, mais da metade (58%) mantém práticas de consumo consciente, mas em frequência aquém da desejada. Já três em cada dez (29%) se encaixam como ‘consumidor consciente’, enquanto 13% somam os pouco ou nada conscientes.

Os dados fazem parte do Indicador de Consumo Consciente (ICC), que em 2019 atingiu 73%mantendo-se estável em relação ao ano passado, ao registrar o mesmo percentual. O ICC pode variar de 0% a 100%: quanto mais próximo de 100% for o índice, maior é o nível de consumo consciente.

Sem título
41% associam o consumo consciente a atitudes que evitam o desperdício e as compras desnecessárias

O estudo também indica que no Brasil há uma visão de consumo consciente mais voltada ao aspecto financeiro: para 41%, ser sustentável significa adotar hábitos que evitem o desperdício e as compras desnecessárias. Ao mesmo tempo, 32% entendem a necessidade de se refletir sobre as consequências de uma compra antes de concretizá-la, sabendo que o consumo produz impactos sociais, ambientais e econômicos para todos. Outros 14%, por sua vez, pensam em atitudes que tem como foco economizar dinheiro, enquanto 11% correlacionam a ação de economizar com a preservação do meio ambiente.

Em uma escala de 1 a 10 de auto avaliação sobre a prática de consumo consciente no dia a dia —  em que 1 corresponde a “nada consciente” e 10 significa “muito consciente” —, os entrevistados atribuíram a si mesmos a nota média de 7,7. “Embora muitos não consigam definir corretamente o que vem a ser o consumo consciente, a percepção em relação às próprias ações no dia a dia é positiva. Apesar disso, a pesquisa sugere que, sob alguns aspectos, essa autoimagem não corresponde totalmente à realidade”, explica a economista-chefe do SPC Brasil, Marcela Kawauti.

Para 75% dos consumidores, produtos fabricados por empresas `socialmente responsáveis´ pesam na hora da compra

Há um consenso entre os consumidores brasileiros de que as consequências das mudanças climáticas e do consumo desenfreado são um problema que diz respeito a toda a sociedade. Para 98%, o consumo inadequado ou excessivo dos recursos naturais do planeta gera impactos no meio ambiente, entre os quais 50% mencionaram mudanças climáticas, 45% a falta de água e 42% a poluição e a baixa qualidade do ar.

Seis em cada dez entrevistados (60%) acreditam que o consumo não consciente deverá atingir a todos. Além disso, 92% acham que a preservação do planeta a partir de atitudes concretas de consumo consciente depende de toda a população. Já 46% consideram que a principal vantagem em adotar práticas sustentáveis é ter a satisfação em fazer algo positivo para o futuro das próximas gerações, enquanto 43% citaram a sensação de dever cumprido e de estar fazendo o que é correto.

Outro dado revela que para três em cada quatro consumidores ouvidos (75%) pesam na decisão de compra produtos fabricados por empresas que investem em projetos sociais ou ambientais. E para 89%, um aspecto bastante valorizado é conhecer a origem dos produtos que são consumidos, em especial os industrializados (45%), os animais (39%) e os orgânicos (37%). Considerando a importância da origem dos itens que vão à mesa do consumidor, mais da metade (53%) mencionou querer assegurar que os alimentos farão bem à saúde. Já 47% disseram buscar mais segurança sobre a qualidade dos produtos.

Oito em cada dez entrevistados sentem-se prejudicados com falta de atitudes sustentáveis adotadas por outras pessoas

Para a grande maioria, comportamentos pouco sustentáveis adotados por terceiros fazem com que o consumidor se sinta pessoalmente afetado. Oito em cada dez entrevistados (79%) destacaram que ao ver outras pessoas desperdiçando água, energia ou mesmo comprando produtos sem se preocupar com o meio ambiente se sentem prejudicados. Em contrapartida, 15% não ligam para esse tipo de comportamento porque o mais importante é fazer a sua parte.

Ainda segundo a pesquisa, as boas práticas servem de estímulo para a maioria dos entrevistados. O exemplo de um colega, vizinho ou parente economizando água e energia, que pode evitar o consumo exagerado, deixa 70% felizes por perceberem que os outros estão fazendo a parte deles tanto quanto os entrevistados. Além disso, 21% se sentem estimulados a fazer a mesma coisa por serem inspirados a seguir boas atitudes. Por outro lado, 6% admiram quem faz a sua parte, mas reconhece não conseguir fazer o mesmo.

Praticamente a totalidade da amostra (98%) concorda que é importante adotar atitudes como forma de mudar o próprio estilo de vida e alcançar um mundo mais equilibrado e sustentável. E a principal ação que deve ser tomada é criar o hábito de se planejar financeiramente, fazendo listas para evitar as compras por impulso (45%). Na opinião dos entrevistados, também é preciso reutilizar e reciclar, dando novas utilidades a materiais que seriam descartados (45%), refletir antes de comprar, pensando bem nas necessidades (43%) e evitar adquirir produtos piratas ou contrabandeados (41%).

Apagar as luzes antes de sair de um ambiente e preferir produtos com embalagens recicladas estão entre hábitos mais recorrentes 

Indicador de Consumo Consciente (ICC) acompanha as mudanças nos hábitos de compra e outras ações cotidianas dos brasileiros ao longo do tempo, considerando os aspectos financeiros, ambientais e sociais.  Quando se observa os principais comportamentos ligados à preservação do meio ambiente, com relação ao uso racional de energia elétrica, os hábitos mais presentes no cotidiano dos consumidores são apagar as luzes de ambientes que não estão sendo utilizados (96%) e controlar o valor das contas do mês (93%). Já considerando o meio ambiente de forma mais ampla, se destacam os hábitos de doar ou trocar algum item antes de jogá-lo fora (89%) e dar preferência a produtos cujas embalagens são recicláveis (83%).

Entre as práticas de uso consciente do dinheiro, o levantamento destaca a pesquisa de preços (90%) e uso de produtos antigos ou consertá-los em vez de comprar algum item novo (89%). Quanto ao pilar responsabilidade social, 92% dos entrevistados disseram incentivar as pessoas da casa a economizar água e luz, enquanto 88% mencionaram preferir passar o tempo livre com a família ou amigos do que passear em shoppings ou fazer compras.

“É possível notar que boas práticas já estão no radar do consumidor brasileiro, embora de forma ainda tímida. Um longo caminho ainda precisa ser percorrido para que as pessoas entendam que suas atitudes individuais produzem efeitos coletivos e, principalmente, cumulativos na sociedade. No dia a dia, o primeiro ponto a considerar deve ser a própria necessidade da compra, já que é comum o acúmulo de bens, muitos dos quais nem mesmo chegarão a ser utilizados”, orienta o educador financeiro do SPC Brasil, José Vignoli.

Metodologia

Foram entrevistados 837 consumidores, nos meses de maio e junho, nas 27 capitais brasileiras, acima de 18 anos, de ambos os gêneros e de todas as classes sociais. A margem de erro é de 3,4 pontos percentuais para uma confiança de 95%. Baixe a íntegra da pesquisa em https://www.spcbrasil.org.br/pesquisas

SPC Brasil – Há 60 anos no mercado, o SPC Brasil possui um dos mais completos bancos de dados da América Latina, com informações de crédito de pessoas físicas e jurídicas. É a plataforma de inovação do Sistema CNDL para apoiar empresas em conhecimento e inteligência para crédito, identidade digital e soluções de negócios. Oferece serviços que geram benefícios compartilhados para sociedade, ao auxiliar na tomada de decisão e fomentar o acesso ao crédito. É também referência em pesquisas, análises e indicadores que mapeiam o comportamento do mercado, de consumidores e empresários brasileiros, contribuindo para o desenvolvimento da economia do país.

CNDL – Criada em 1960, a CNDL é formada por Federações de Câmaras de Dirigentes Lojistas nos estados (FCDLs), Câmaras de Dirigentes Lojistas nos municípios (CDLs), SPC Brasil e CDL Jovem, entidades que, em conjunto, compõem o Sistema CNDL. É a principal rede representativa do varejo no país e tem como missão a defesa e o fortalecimento da livre iniciativa. Atua institucionalmente em nome de 500 mil empresas, que juntas representam mais de 5% do PIB brasileiro, geram 4,6 milhões de empregos e movimentam R$ 340 bilhões por ano.





Prefeitura de Juazeiro apresenta Feira Cidadã, que vai oferecer serviços de saúde e cidadania a servidores da SESAU

Postado em 16 de outubro de 2019 por Josélia Maria

image-98660

Priscila Guedes/SESAU

A secretária da Saúde de Juazeiro, Fabíola Ribeiro, se reuniu na tarde desta terça-feira, 15, com servidores da pasta para anunciar que o município receberá entre os dias 31 de outubro e 05 de novembro a Feira Cidadã, que acontecerá na Orla 2, das 8h às 17h. O evento realizado pela Secretaria de Saúde do Estado/SESAB, em parceria com as Voluntárias Sociais da Bahia/VSBA e Prefeitura de Juazeiro/PMJ, começou no início do ano e já realizou cerca de 200 mil atendimentos em 2019, em todas as regiões do Estado. De acordo com a secretária, a Feira foi idealizada pela primeira-dama da Bahia e presidente da VSBA, Aline Peixoto, e tem a meta de atender quinze mil pessoas nesta edição.

Nos três primeiros dias, os pacientes passarão por uma triagem. Na área de procedimentos médicos, serão ofertadas consultas com especialistas (clínico geral, ginecologista e cardiologista), além de exames de mamografia para mulheres entre 50 e 69 anos, ultrassonografia – mama, abdômen total, tireóide, vias urinarias, próstata via abdominal e partes moles, que só será realizada com a apresentação da guia médica, com no máximo de 01 ano a contar da data emitida –, exames preventivos para mulheres entre 14 e 69 anos, como preconiza o Ministério da Saúde; realização de eletrocardiogramas e raios-X do tórax. A população terá a possibilidade ainda de aferir a pressão arterial, atualizar o cartão de vacina (tétano, febre amarela e hepatite), fazer a medição do índice glicêmico e obter orientação nutricional.

Para a secretária a iniciativa vai aliviar o atendimento de saúde no município. “Esse evento não é um mutirão, é uma feira com serviços de saúde e cidadania, destinada exclusivamente à população de Juazeiro. O objetivo é ajudar a desafogar as demandas reprimidas de cirurgias oftalmológicas de catarata, odontológicas e, ainda, procedimentos cirúrgicos como miomas e histerectomia. Além de orientar a população sobre prevenção e cuidados com a saúde”, frisou.

Nos seis dias serão disponibilizados também 1.200 atendimentos oftalmológicos para crianças e adultos, com distribuição de armações de óculos para os 250 primeiros pacientes que tiverem necessidades corretivas. Também serão feitos exames e rastreamento para cirurgias de catarata, em crianças a partir dos seis anos e agendamento de cirurgia de catarata para quem tiver indicação cirúrgica para pacientes acima de 60 anos. Os serviços odontológicos também serão realizados durante os seis dias. Além da entrega de 200 próteses dentárias, os pacientes terão acesso a todos os outros procedimentos, exceto clareamento.

Os dias 03, 04 e 05 serão destinados a realização de cirurgias eletivas. Serão 250 por dia, de hérnia (umbilical, hepigástrica, inguinal), vesícula, mioma e histerectomia. Todos que estiverem aptos a fazer os procedimentos deverão estar na fila única de cirurgia eletiva da SESAU. Já aqueles que não estiverem, mas que possuem as guias e os exames pré-operatórios em mãos, devem se dirigir a recepção da secretaria, das 08 às 14 horas.

Uma unidade móvel do SAC também estará no município para emissão de primeira e segunda via de carteiras de identidade, CPF, antecedentes criminais e ainda apoio da Ouvidoria Geral do Estado, tudo de graça. Os documentos serão entregues no SAC após 15 dias. Todos os interessados deverão levar cartão do SUS atualizado, com o endereço da Bahia, RG e comprovante de residência. O evento contará ainda com uma brinquedoteca, com atividades lúdicas para a criançada e um espaço da beleza, com cortes de cabelo gratuitos.




jr telecom

VEREADOR ZÉ BATISTA HOMENAGEIA AS PROFESSORAS IVANDA E NARYELLE TEIXEIRA

Postado em 16 de outubro de 2019 por Josélia Maria

image-98657

O vereador Zé Batista da Gama homenageou as professoras Ivanda e Naryelle Teixeira (mãe e filha) como forma  de reconhecer o trabalho prestado por duas gerações à educação do município de Petrolina .

“Receber esse reconhecimento é realmente ter a certeza que estou indo pelo caminho certo, educando por amor, essa Honra ao Mérito educacional dedico a todos os professores , que nossa luta seja sempre em busca de um mundo melhor e sempre por educação de qualidade a todos”, disse a professora Nayelle .

A HOMENAGEM

Esta terça-feira (15) foi de reconhecimento ao trabalho dedicado à educação do município pelos milhares de professores de Petrolina. Neste ‘Dia do Professor’, a Câmara de Vereadores Plínio Amorim lançou a Medalha de Honra ao Mérito Educacional Isabel Cristina. A homenagem foi entregue na sessão solene para profissionais da educação que se destacam no cenário educacional na região.

A medalha é fruto do Decreto Legislativo 587/2018, de autoria da Vereadora Cristina Costa (PT) como forma de incentivo e reconhecimento a categoria e carrega o nome da professora e ex-vereadora da Casa Plínio Amorim, Isabel Cristina de Oliveira, falecida em 2016, depois de dedicar anos ao ensino em escolas públicas e particulares das cidades de Petrolina e Juazeiro.

Foram homenageados profissionais da Secretaria de Educação, Cultura e Esportes, como as secretárias executivas Rosane Costa (Ensino), Sônia Passos (Gestão Escolar) e o tutor e professor, Benevides Braga, além de outros educadores do município. O evento foi abrilhantado por uma apresentação especial da centenária Philarmônica 21 de Setembro e contou com a presença de autoridades e sociedade civil. (Com informações/ Ascom PMP)




jr telecom

Senado aprova partilha de leilão do pré-sal com municípios e destina R$11 bi a prefeituras

Postado em 16 de outubro de 2019 por Josélia Maria

image-98654

Foto: Marcos Oliveira/Agência Senado

 

Presidente da UPB diz que medida dá “fôlego novo” à saúde fiscal dos municípios

Foto: Marcos Oliveira/Agência Senado
Senadores aprovaram nesta terça-feira (15) a proposta que direciona cerca de R$11 bilhões do mega leilão do excede do pré-sal para os municípios brasileiros. A chamada cessão onerosa levou prefeitos da Bahia e de todo o Brasil a mobilizações em Brasília nas últimas semanas. Sem mudanças no texto já aprovado pela Câmara, fica garantido o repasse desses recursos para os cofres das prefeituras e em igual valor aos estados, até o final deste ano.

De acordo com o presidente da União dos Municípios da Bahia (UPB), Eures Ribeiro, o incremento de receita dá “fôlego novo” à saúde fiscal dos municípios. “Passamos por um momento de estagnação econômica, que compromete os investimentos das prefeituras. Então acredito que a partilha faz justiça aos municípios e vai permitir investir em obras e serviços para gerar emprego e mais desenvolvimento local”, ressaltou Ribeiro que é prefeito de Bom Jesus da Lapa no oeste baiano e vice-presidente da Confederação Nacional de Municípios (CNM).

O senador Otto Alencar, foi autor do pedido de urgência para votação da matéria no plenário. Segundo ele “esse recurso vai entrar no caixa dos municípios, que na ponta é quem resolve os problemas da educação, da saúde, da assistência social no Brasil”. Pelo texto, os municípios terão a opção de destinar os recursos para investimentos ou fundos de previdência.

A proposta de divisão dos recursos do bônus de assinatura da cessão onerosa do pré-sal prevê que da arrecadação do leilão, após a devolução de R$33, 6 bilhões para Petrobras, a União rateará 15% de lucros com estados e outros 15% com municípios, esse último seguindo critérios do Fundo de Participação dos Municípios (FPM).




jr telecom

Governador Paulo Câmara envia Nota de Pesar pela morte de Luiz Lacerda

Postado em 16 de outubro de 2019 por Josélia Maria

Foi com grande pesar que recebi a notícia do falecimento do comunicador Luiz Lacerda. Empresário de sucesso e um dos pioneiros do rádio no interior de Pernambuco, deixou também sua marca como torcedor-símbolo do Central de Caruaru, time que defendeu como jogador e que presidiu por vários anos, cujo estádio leva seu nome. Quero externar meus sentimentos e minha solidariedade aos seus amigos e familiares, em especial à sua filha, a ex-deputada Miriam Lacerda, e ao seu genro, o deputado Tony Gel.
Paulo Câmara
Governador de Pernambuco



jr telecom