Destaques

Fernando Monteiro assegura conquistas para Dormentes

A atuação do deputado federal Fernando Monteiro (PP-PE) em Dormentes, ao lado da prefeita Josimara ...

Bahia gerou mais de 30% da energia eólica e solar do país em 2019

Balanço da SDE prevê geração de 42,4 mil novos empregos com a construção dos novos parques A B ...

Zé Lima ex -aliado do prefeito Rafael, declarou apoio ao pré- candidato Adalberto Cavalcanti

José Lima , conhecido como Zé Lima é empresário, dono de cerâmica no Distrito de Cachoeira do R ...

UNEB oferta 963 vagas e 420 sobrevagas pelo SISU para ingresso no semestre 2020.1

Postado em 21 de janeiro de 2020 por Josélia Maria

As inscrições pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu), do Ministério da Educação (MEC), estão abertas até dia 26 de janeiro, no site oficial do Sisu.

Para o primeiro semestre letivo de 2020, a UNEB vai ofertar 963 vagas e 420 sobrevagas, distribuídas em 84 opções de cursos da modalidade graduação presencial.

Podem concorrer às vagas os estudantes que fizeram o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2019 e obtiveram nota acima de zero na prova de redação.

A UNEB reservará de 5% de sobrevagas para indígenas, quilombolas, ciganos, transexuais, travestis, transgêneros, pessoas com deficiência, com transtorno do espectro autista e com altas habilidades. Cada grupo contará com essa porcentagem em todos os cursos.

Os candidatos poderão se inscrever em até duas opções de vaga, especificando, em ordem de preferência, as suas escolhas de instituição de educação superior (IES), local de oferta, curso e turno, e a modalidade de concorrência.

O resultado será divulgado no dia 28 de janeiro, no site do Sisu. Entre os dias 29 de janeiro e 4 de fevereiro, os estudantes que não foram selecionados na chamada regular, em nenhuma das opções, podem manifestar o interesse em participar da lista de espera.

Mais informações: www.portal.uneb.br.

 

Serviço

O que: inscrições para SISU UNEB
Quando:
 até 26 de janeiro

Onde: sisu.mec.gov.br





Copa do Nordeste dá pontapé inicial para 17ª edição

Postado em 21 de janeiro de 2020 por Josélia Maria

Orelhuda é cobiçada por todos os clubes nordestinos

Orelhuda é cobiçada por todos os clubes nordestinos
Foto: CBF/Divulgação
Por: William Tavares

Há sete anos, quando passou a ser disputada de forma ininterrupta, a Copa do Nordeste começou a dividir com os estaduais a atenção dos clubes da região. Em 2020, o torneio chega a sua 17ª edição – somando todas as anteriores. Pernambuco estará representado pelo Trio de Ferro da Capital. O Sport, tricampeão regional, retorna ao certame após dois anos afastado. O Santa Cruz busca repetir a façanha de 2016, quando faturou a taça. Já o Náutico entra de olho no inédito troféu da competição.

O jogo que abre a Copa do Nordeste será Imperatriz/MA x CRB, às 19h, no Frei Epifânio. Assim como em 2019, a competição foi dividida em dois blocos com oito times cada. O Grupo A tem ABC/RN, Bahia, Botafogo/PB, CRB/AL, Fortaleza, Frei Paulistano/SE, River/PI e Sport. O B é composto por América/RN, CSA/AL, Ceará, Confiança/SE, Imperatriz/MA, Náutico, Santa Cruz e Vitória/BA. As equipes de um lado enfrentam os integrantes do outro, apenas em jogos de ida. Os quatro melhores de cada chave avançam para as quartas de final, com confronto único e mando de campo dos que terminaram mais bem posicionados. O mesmo vale para a semifinal. Os confrontos de ida e volta acontecerão apenas nas finais.

O Náutico estreia na Copa na quinta, às 19h30, contra o River/PI, nos Aflitos. O Santa Cruz joga sábado, às 16h, diante do Bahia, no Arruda. No mesmo dia, às 18h, o Sport visita o CSA. Na edição do ano passado, vencida pelo Fortaleza, Timbu e Cobra Coral foram eliminados nas semifinais. O Tricolor caiu diante do Leão. Já o Alvirrubro foi desclassificado pelo Botafogo/PB. O outro representante pernambucano na ocasião, o Salgueiro, não passou da fase de grupos.





“PRA VIDA INTEIRA” – IVETE E SILVA

Postado em 21 de janeiro de 2020 por Josélia Maria





Só com demissão de Weintraub o Enem retomará credibilidade

Postado em 21 de janeiro de 2020 por Josélia Maria

As consequências da desorganização e da inépcia do governo Bolsonaro se fazem sentir novamente na área da educação. Agora, de forma mais grave, pois coloca em dúvida um dos exames educacionais mais importantes do país, responsável por definir o futuro de milhões de jovens que tem no resultado do Enem, critério fundamental para a possibilidade de cursar o ensino superior.

Desde a noite de sexta-feira, 17/01, milhares de estudantes denunciaram que suas notas do Enem eram discrepantes com o número de acertos nas questões objetivas. No sábado, 18, o ministro da Educação, Abraham Weintraub, divulgou um vídeo nas redes sociais admitindo “algumas inconsistências na contabilização e correção da segunda prova do Enem”. Segundo ele, um grupo muito pequeno de pessoas teve o gabarito trocado quando foram fechados os envelopes. Corrigimos aqui o português sofrível do ministro, que, no original, afirmou  que “… teve o gabarito trocado quando foi fechado (sic) os envelopes”.

Sem mesmo identificar ou apurar a extensão do problema, Weintraub se apressou em dizer que foram poucos os prejudicados. Nossas entidades estudantis, a UBES e a UNE, desde o início endossaram as denúncias dos estudantes nas redes sociais e continuamos exigindo uma investigação profunda sobre o problema, seja para garantir a lisura do processo e não prejudicar os estudantes que fizeram as provas, seja para garantir a credibilidade do Enem que continuará existindo quando esse governo do atraso se for.

Desde cedo o ministro afirmou que o problema estava restrito a 0,1% dos candidatos; ou que não passava de 10% de acordo com o presidente do INPE. Agora, chegaram ao número de cerca de seis mil provas com erros. Seja qual for o percentual dos afetados, o erro é grave e interfere no resultado geral do exame, na medida em que as notas são calculadas com base na média geral, na maior e menor nota; se a média geral sobe ou diminui, todas as notas são afetadas. Agora, com a abertura para as inscrições no Sisu, estudantes relatam problemas e dificuldades para fazer a inscrição.

Se nenhum governo ou ministério está livre de erros, o que dizer desse ministério, tão desorganizado e com gente tão despreparada. Somente no ano passado, o presidente do INEP (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira), autarquia responsável pela organização e realização do Enem, foi trocado três vezes. Essa é apenas uma das questões que provocaram instabilidade e descontinuidade no trabalho para a realização do Enem.

Lembramos ainda que a gráfica que agora é apontada como a responsável pelo problema, é uma empresa sem nenhuma experiência em exames como o Enem. Foi escolhida pelo governo, mesmo sendo a segunda colocada na licitação para a impressão das provas e gabaritos. O governo deveria ter mais responsabilidade com a escolha da gráfica para realizar esse tipo de trabalho, que exige sigilo e perícia técnica.

Entre tantos outros problemas que pipocaram desde que esse governo assumiu, imagine como se sentiram os funcionários responsáveis pelo exame quando ouviram do Presidente da Republica as afirmações de que as questões do exame seriam aprovadas por ele. Quem se acha no direito de aprovar questões do Enem, no mínimo, precisa ter e cobrar responsabilidade do ministro.

Na lista das barbeiragens desse ministério encontram-se outras questões, como o recurso de R$ 1 bilhão recuperado com a Lava Jato e destinado ao MEC, que não foi utilizado mesmo com a educação sofrendo cortes em todas as áreas.

Ao invés de concentrar investimentos e esforços na melhoria do Enem, o ministro preferiu orientar seu alvo para o ataque às entidades estudantis, na tentativa de calar a oposição à sua política de morte à educação.

Por tudo isso, defendemos a imediata demissão do ministro Weintraub e que se realize uma apuração independente sobre os problemas ocorridos, para que não reste dúvidas sobre a credibilidade e o futuro do Enem, assim como para solucionar o problema das notas individuais, de forma a não prejudicar nenhum estudante. Não se pode manter à frente do MEC, um sujeito que dá péssimo exemplo, não domina, sequer, a língua portuguesa e acumula casos de incompetência que demonstram sua total incapacidade de conduzir um ministério tão importante.

Iago Montalvão – presidente da UNE

Pedro Gorki – presidente da UBES




jr telecom

Inscrições para o Sisu vão até as 23h59 de domingo, 26

Postado em 21 de janeiro de 2020 por Josélia Maria

Novo prazo adiciona dois dias no período, antes previsto até sexta, 24

Guilherme Pera, do Portal MEC

Atenção, estudantes. Haverá mais tempo para inscrições no Sistema de Seleção Unificada (Sisu). A data inicial continua a ser terça-feira, 21 de janeiro, mas o período segue até as 23h59 de domingo, 26, dois dias a mais do que o estipulado no edital.

Para concorrer, é preciso ter feito o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2019 e não zerado a redação. Gratuito, o procedimento deve ser feito na página do Sisu na internet. Como há o uso da nota do Enem, o Ministério da Educação (MEC) resolveu dar mais tempo para solucionar todos os problemas com as correções das provas.

“O Sisu vai estar aberto no prazo que era previsto. Faça sua inscrição e, para quem tiver problema, estamos estendendo em mais dois dias”, reforçou o ministro da Educação, Abraham Weintraub.

Ao se inscrever, o candidato deve escolher até duas opções de cursos ofertados pelas instituições participantes. Ao final, o sistema seleciona os mais bem classificados em cada curso, de acordo com as notas no Enem e eventuais ponderações, como pesos atribuídos às notas ou bônus. Caso o desempenho do candidato permita o ingresso nos dois cursos, prevalecerá a primeira opção, com apenas uma chamada para matrícula.

Os resultados serão divulgados no dia 28 de janeiro. As outras datas são:

matrícula ou registro acadêmico nas instituições participantes: até 4 de fevereiro;
lançamento da ocupação nas vagas pelas instituições participantes: até 7 de fevereiro;
manifestação de interesse para constar na lista de espera: até as 23h59 de 4 de fevereiro.

O cronograma foi publicado na edição de 3 de dezembro, do Diário Oficial da União (DOU). O edital completo está na página do Sisu.

Segundo o presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), Alexandre Lopes, as notas do Enem já foram corrigidas e estão disponíveis na Página do Participante, seja no portal, seja no aplicativo do Enem. “Nós pegamos todos os quase 4 milhões de participantes e corrigimos as provas deles com todos os gabaritos possíveis e calculamos todas as proficiências possíveis”, disse o titular do instituto responsável pela aplicação do exame.

Sisu – O Sisu é uma das formas de ingresso à educação superior com a nota do Enem. Trata-se do sistema informatizado do MEC por meio do qual instituições públicas de ensino superior oferecem vagas a participantes do exame.





Pré-candidato a prefeito Adalberto Cavalcanti mostra força e incomoda adversários

Postado em 21 de janeiro de 2020 por Josélia Maria

Adalberto Cavalcanti e seu filho o médico Adalbertinho

Bastou o ex-deputado federal e ex-prefeito de Afrânio Adalberto Cavalcanti colocar a pré-candidatura na rua para começarem os ataques de toda natureza. Adalberto é uma liderança muito respeitada e tem o reconhecimento do povo de sua cidade.

Adalberto conseguiu recentemente o apoio do sogro e de um cunhado do atual vice-prefeito, o que causou estrago na base de apoio do prefeito que vai tentar a reeleição.

image-103364




jr telecom

NOS DIAS 31 DE JANEIRO, 1 E 2 DE FEVEREIRO TEM TREINAMENTO DL EM PETROLINA

Postado em 21 de janeiro de 2020 por Josélia Maria

Nos dias 31 de janeiro, 1 e 2 de fevereiro acontecerá o que pode ser o próximo grande passo de transformação em sua vida. Descubra um mundo de possibilidades com um treinamento que vai te desenvolver em um nível que talvez, você nunca tenha visto antes!

No treinamento DL de Desenvolvimento e Liderança você aprende a gerenciar as suas emoções e lidar melhor com emoções alheias, entender o que você precisa fazer para desenvolver a sua vida como um todo. Você aprenderá como ser um líder melhor na sua carreira profissional e mais importante, como liderar a sua própria vida.

Tudo isso através de técnicas e ferramentas cientificamente comprovadas da poderosíssima Programação Neurolinguística.

O treinamento acontece no Petrolina Palace hotel. Entre em contato e saber todos os detalhes do treinamento.

Telefone (87) 988-78-6532.