Destaques

Fernando Monteiro assegura conquistas para Dormentes

A atuação do deputado federal Fernando Monteiro (PP-PE) em Dormentes, ao lado da prefeita Josimara ...

Bahia gerou mais de 30% da energia eólica e solar do país em 2019

Balanço da SDE prevê geração de 42,4 mil novos empregos com a construção dos novos parques A B ...

Zé Lima ex -aliado do prefeito Rafael, declarou apoio ao pré- candidato Adalberto Cavalcanti

José Lima , conhecido como Zé Lima é empresário, dono de cerâmica no Distrito de Cachoeira do R ...

DOMINGO É DIA DA FEIJOADA DO DADAU

Postado em 21 de janeiro de 2020 por Josélia Maria




jr telecom

Seca: Governo de PE declara emergência em 61 municípios

Postado em 21 de janeiro de 2020 por Josélia Maria


NE10 INTERIOR

O Governo de Pernambuco declarou situação de emergência em 61 municípios do Agreste do Estado por causa da estiagem (seca). De acordo com decreto publicado no fim de semana no Diário Oficial, os níveis de chuvas estão abaixo do normal nestas cidades, que também apresentam baixos níveis nas reservas hídricas.Caruaru | 20/01/2020 17:10Frentista “serve” álcool combustível para homem embriagadoOportunidade | 20/01/2020 17:10Segundo o edital da seleção, os aprovados terão contratos temporários que podem durar até oito anos

Pesqueira foi uma das cidades em que o Governo decretou situação de emergência (Reprodução/TV Jornal Interior)

A estiagem nos municípios provoca impactos na agropecuária e outras atividades socioeconômicas da região. Os municípios passaram por um parecer técnico elaborado pela Coordenadoria de Defesa Civil de Pernambuco (Codecipe).

A situação de emergência tem um prazo de 180 dias, nos quais os órgãos estaduais da região irão adotar medidas necessárias para diminuir os impactos da seca.

Veja a lista:

1. AGRESTINA
2. ÁGUAS BELAS
3. ALAGOINHA
4. ALTINHO
5. ANGELIM
6. BELO JARDIM
7. BEZERROS
8. BOM CONSELHO
9. BOM JARDIM
10. BREJÃO
11. BREJO DA MADRE DE DEUS
12. BUÍQUE
13. CACHOERINHA
14 CAETÉS
15. CALÇADOS
16. CANHOTINHO
17. CAPOEIRAS
18. CASINHAS
19. CUMARU
20. CUPIRA
21. FEIRA NOVA
22. FREI MIGUELINHO
23. GARANHUNS
24. GRAVATÁ
25. IATI
26. IBIRAJUBA
27. ITAÍBA
28. JATAÚBA
29. JOÃO ALFREDO
30. JUCATI
31. JUPI
32. JUREMA
33. LAGOA DO OURO
34. LAJEDO
35. LIMOEIRO
36. OROBÓ
37. PARANATAMA
38. PASSIRA
39. PESQUEIRA
40. PEDRA
41. POÇÃO
42. RIACHO DAS ALMAS
43. SAIRÉ
44. SALOÁ
45. SANHARÓ
46. SANTA CRUZ DO CAPIBARIBE
47. SANTA MARIA DO CAMBUCÁ
48. SÃO BENTO DO UNA
49. SÃO CAETANO
50. SÃO JOÃO
51. SÃO JOAQUIM DO MONTE
52. SÃO VICENTE FÉRRER
53. SURUBIM
54. TACAIMBÓ
55. TAQUARITINGA DO NORTE
56. TEREZINHA
57. TORITAMA
58. TUPANATINGA
59. VENTUROSA
60. VERTENTE DO LÉRIO
61. VERTENTES





Motoristas de aplicativo de Petrolina relatam insegurança após ataque a profissional

Postado em 20 de janeiro de 2020 por Josélia Maria

O motoristas se uniram em uma campanha de valorização de aplicativos locais.  — Foto: Reprodução/TV Grande Rio

O motoristas se uniram em uma campanha de valorização de aplicativos locais. — Foto: Reprodução/TV Grande Rio

Por G1 Petrolina

 

Os motoristas de aplicativo de Petrolina, no Sertão de Pernambuco, estão inseguros após ataque a um profissional da área na cidade de Juazeiro, BA, na quarta-feira (15). A categoria se uniu para lutar por mais segurança e apoio a classe.

O motorista Tadeu Camacho diz que fica tenso todos os dias ao sair de casa para trabalhar. “Se a gente for pensar em medo, ninguém sai de casa, porque tem que ganhar seu dinheiro para sustentar a família”, afirma.

Para Wellington Batista, trabalhar na área tem sido uma luta diária contra a insegurança. “É difícil trabalhar desse jeito, a gente não sabe quem a gente pega, a gente vai de norte a sul na cidade, não temos segurança”, reclama.

Na quarta-feira (15), um motorista de aplicativo de Petrolina levou várias facadas no bairro Kidé, em Juazeiro, durante uma corrida para levar três passageiros a cidade baiana. Joel Victor da Silva, sofreu ferimentos graves nas mãos e no olho direito. O veículo roubado foi encontrado incendiado no bairro Palmares. Um dos suspeitos foi preso na madrugada da quinta-feira (16).

“O Joel estava no chão do hospital numa maca, com a mão arrebentada de uma facada e o olho prestes a ficar cego e nós, motoristas, intervimos. A Uber precisa entender que aqui tem pai de família. Entendemos que precisamos de mais suporte da Uber”, diz o motorista de aplicativo, Jefferson Santos.

Solidários ao colega, os motoristas se uniram em uma campanha e estão tentando arrecadar dinheiro para oferecer tratamento particular ao profissional agredido. Eles disseram que precisaram agir com urgência para possibilitar atendimento humanizado a Joel Victor. As doações podem ser feitas na conta de Francisco Assis de Souza, Ag- 6794, C/c- 00747-3, Banco Itaú.

O crime motivou protestos da categoria na quinta-feira (16) para alertar sobre os riscos que esses profissionais correm diariamente. Eles passaram pela avenida Cardoso de Sá e seguiram em direção a Juazeiro. Na ponte Presidente Dutra, fizeram um buzinaço.

Em nota, a Uber disse que lamenta que cidadãos sejam alvo da violência que permeia nossas cidades. E que, durante cada viagem, tanto os motoristas parceiros quanto os usuários estão cobertos por um seguro da Uber para acidentes pessoais. Disse ainda que a empresa permanece à disposição para colaborar com as autoridades no curso de investigações ou processos judiciais, nos termos da lei.

Em relação ao seguro, a Uber informou que Joel Vítor tem direito ao reembolso das despesas hospitalares já que sofreu lesões corporais. E que a empresa está tentando entrar em contato com a família do motorista para dar andamento a essa cobertura do segurado.




jr telecom

Adalberto vai recorrer às instâncias superiores

Postado em 20 de janeiro de 2020 por Josélia Maria

image-103344

Tomei conhecimento na última sexta-feira, dia 17 de janeiro, do julgamento em 1ª Instância de ação de improbidade administrativa relacionada ao meu último mandato como Prefeito de Afrânio. Uma pena que uma mentira construída tenha vencido a verdade. Ciente da verdade dos fatos, informo que recorrerei às instâncias superiores o mais rápido possível para esclarecer tais fatos, e que sem sombra de dúvidas a verdade virá á tona. Estou tranquilo e sereno com relação a esta decisão, que apenas representa mais um obstáculo a ser superado pelo povo de Afrânio.

Adalberto Cavalcanti Rodrigues





Uma mulher é agredida pelo companheiro dentro do Hospital Dom Malan Imip

Postado em 20 de janeiro de 2020 por Josélia Maria

Nessa segunda-feira (20), a viatura da Patrulha da Mulher, da Guarda Civil Municipal, que atende vítimas de violência doméstica, recebeu um chamado inusitado, do serviço de assistência social do Hospital Dom Malan Imip, no Centro de Petrolina-PE. Um mãe, J.M.L. da S., estava acompanhando o filho de um ano e um mês internado com diagnóstico de bronquite, e denunciou ter sido agredida pelo companheiro R. C. da S., de 32 anos, quando este, esteve na unidade de saúde para entregar roupas. Segundo relatos da vitima, o companheiro apertou o braço dela, tomou o aparelho celular, e a ameaçou de morte caso ela fosse prestar queixa de agressão na delegacia. Depois das agressões e ameaças, o homem deixou a enfermaria antes que a patrulha da mulher chegasse.

Na Delegacia da Mulher para onde foi conduzida pela guarda civil, J.M. relatou com já sofria violência doméstica há muito tempo, e que inclusive, tinha uma medida protetiva em seu favor. “ Ele disse que ia mudar de comportamento, que ia voltar pra igreja e eu acreditei e retirei a medida protetiva. Agora não acredito mais, e não volto mais pra ele não”. Declarou a vítima, que agora está numa casa de abrigo para mulheres vítimas de violência até que a Vara de Violência conceda medida protetiva novamente. A Patrulha da Mulher visitou o agressor para reaver o celular e a chave da casa da agredida, mas ele está em liberdade.

O Senado Federal realizou em 2017 uma pesquisa que apurou que as mulheres que declararam ter sofrido violência doméstica provocada por um homem, o atual marido, companheiro ou namorado foram apontados como autores da agressão por 41% das respondentes. A mesma pesquisa apontou que para 97% das mulheres ouvidas pelo DataSenado, o agressor deve ser processado mesmo contra a vontade da vítima. O repúdio das brasileiras entrevistadas a esse tipo de violência se verifica também quando a pesquisa mostra que 90% desse universo declara estar disposto a denunciar, caso presencie ato de agressão a outra mulher.




jr telecom

Agenda do governador Paulo Câmara desta terça-feira, 21 de janeiro

Postado em 20 de janeiro de 2020 por Josélia Maria

10h –Transmissão do Cargo de Comandante ao Capitão de Mar e Guerra Márcio Rebello de Oliveira
Local: Capitania dos Portos de Pernambuco. Rua de São Jorge, 25 – Bairro do Recife, Recife/PE




Cidades brasileiras precisam adequar-se às mudanças climáticas, alerta consultoria ambiental

Postado em 20 de janeiro de 2020 por Josélia Maria

De acordo com a Ramboll, municípios não estão preparados para lidar com os efeitos causados pelas mudanças climáticas, como alagamentos e deslizamentos

Na Austrália, os incêndios já devastaram 70 mil quilômetros quadrados de matas, matando mais de um bilhão de animais. Do outro lado do mundo, o Brasil começa a sofrer com as inundações causadas pelo período de chuvas. Mais de 15 mil quilômetros separam os dois países, mas ambos estão sofrendo os impactos causados pelas mudanças climáticas. E, agravando a situação, as cidades brasileiras não estão preparadas para essa nova realidade.

“O clima mudou e as cidades estão sentindo esse reflexo, pois não estão preparadas para a nova realidade”, explica Alejandra Maria Devecchi, gerente de Planejamento Urbano da Ramboll, multinacional dinamarquesa especializada em consultoria ambiental. “O cenário de mudanças climáticas, com a alteração do regime pluvial e concentração das chuvas em poucos eventos, impõe uma revisão das leis de uso e ocupação do solo e dos sistemas tradicionais de infraestrutura. Esta situação constitui uma oportunidade para revisar os planos diretores com este enfoque e introduzir a infraestrutura verde-azul como sistemas complementares aos tradicionais sistemas de drenagem. Precisamos reaprender a conviver com a água”, explica Alejandra.

As enchentes são apenas um dos problemas causados pelas chuvas. Deslizamentos de terra, como aconteceram em Petrópolis, região serrana do Rio de Janeiro, revelam que os danos não ficam limitados às grandes cidades. O 4º relatório do IPCC (órgão da ONU para mudanças climáticas), publicado em 2007, já indicava que as chuvas na região sudeste aumentariam nos próximos anos.

Ainda segundo o relatório, os impactos não ficarão restritos às chuvas. No Nordeste do Brasil, as áreas semiáridas e áridas sofrerão uma redução dos recursos hídricos, com impactos na vegetação e nas espécies, e a recarga estimada dos lençóis freáticos diminuirá dramaticamente em mais de 70%. No Centro-Oeste, de 38% a 45% das plantas do cerrado correm risco de extinção se a temperatura aumentar em 1,7°C em relação aos níveis da era pré-industrial. As áreas costeiras serão impactadas pelo aumento do nível dos oceanos e parte da cidade de Santos pode ser inundada. Esses são exemplos de riscos reais.

“Todas as cidades serão impactadas, de uma forma ou de outra”, destaca Eugenio Singer, presidente da Ramboll no Brasil, alertando: “Apesar de algumas ações pontuais, o País ainda está muito atrasado quanto à adequação às mudanças climáticas, o que pode acarretar inúmeros prejuízos nos próximos anos”.

Sobre a Ramboll
Fundada em 1945, na Dinamarca, a Ramboll, uma das três principais empresas mundiais de consultoria em serviços ambientais, é conhecida por assinar projetos históricos e de reconhecimento global, como a Harpa Concert Hall, o Centro de Conferências, na Islândia, e a Ópera House em Copenhague, na Dinamarca.

Atuando no Brasil desde 2015, a Ramboll Brasil conta com mais de 100 colaboradores nas áreas de Petróleo & Gás, Meio Ambiente, Saúde e Segurança, Água, Energia, Transporte e Planejamento Urbano.

A Ramboll supervisiona e mantem o Programa de Reparação Integral da Bacia do Rio Doce, para o Ministério Público Federal, desenvolvido com as comunidades ribeirinhas, associações, cooperativas e comunidades indígenas da região. No Rio de Janeiro, assina o Plano de Adaptação de Mudanças Climáticas C-40.





Primeira Caravana do Empreendedorismo do ano será Abreu e Lima

Postado em 20 de janeiro de 2020 por Josélia Maria

A primeira Caravana do Empreendedorismo de 2020 será realizada pela Secretaria do Trabalho, Emprego e Qualificação de Pernambuco no município de Abreu e Lima, na Região Metropolitana do Recife, a 19 quilômetros da Capital. A ideia é dar continuidade ao programa que percorreu, em cinco meses, 26 cidades de Pernambuco. Com novos caminhos traçados, a ação acontecerá na Escola Municipal Professora Valdeci Damazio, na Avenida D, 255 – Caetés I, das 13 às 17 h. Ao longo do mês, a iniciativa chegará em Bezerros, Glória de Goitá e Pombos. (Veja o cronograma abaixo)

A proposta da Caravana do Empreendedorismo é levar para mais municípios, informações atualizadas referentes à Lei Geral do Microempreendedorismo Individual (MEI), orientações sobre a linha de Crédito da Agência de Empreendedorismo (AGE), bem como palestras direcionadas à educação financeira. O projeto tem como objetivo principal criar um ambiente para expandir o conhecimento e estimular a formalização do MEI, dando suporte necessário para aumentar os negócios e, desta forma,  impactar a economia da região.

“Fico muito feliz em poder acompanhar a força que a Caravana do Empreendedorismo vem trazendo para Pernambuco. No ano passado (2019), a caravana beneficiou cerca de 1.344 mil pessoas, em apenas cinco meses. Nós, da secretaria, estamos trabalhando dia e noite para levar mais informações para mais municípios do Estado”, ressaltou o secretário do Trabalho, Emprego e Qualificação de Pernambuco, Alberes Lopes.

Ainda em janeiro, a caravana terá como destino as cidades de Bezerros (23), no Agreste, Glória de Goitá (28), na Mata Norte, e Pombos (30), na Mata Sul. (Veja todo o cronograma abaixo)

Confira o cronograma completo em Abreu e Lima (dia 21):

Local: Escola Municipal Professora Valdeci Damazio, na Avenida D, 255 – Caetés I

13h – Abertura do Evento

13h15 – Palestra de Empreendedorismo

14h  –  Palestra  da Lei Geral do MEI

14h45 – Intervalo  (Coffee Break)

15h  – Palestra de Linhas de Crédito

15h45  – Palestra de Educação Financeira

16h45  – Entrega de Certificados

17h00  – Encerramento

Confira o cronograma completo de Bezerros

Local: Edifício J. Ferraz, Sala 09, 2º Andar, na Praça Duque de Caxias

13h – Abertura do Evento

13h15 – Palestra de Empreendedorismo

14h –  Palestra  da Lei Geral do MEI

14h45 – Intervalo  (Coffee Break)

15h – Palestra de Linhas de Crédito

15h45 – Palestra de Educação Financeira

16h45 – Entrega de Certificados

17h – Encerramento

Confira o cronograma completo em Gloria de Goitá

Local: Centro Pedagógico, sito à Av. Djalma Dutra, s/n – Centro, no dia 28 de janeiro de 2020, das 13 ás 17 horas, conforme programação abaixo:

13h – Abertura do Evento

13h15 – Palestra de Empreendedorismo

14h –  Palestra  da Lei Geral do MEI

14h45 – Intervalo  (Coffee Break)

15h – Palestra de Linhas de Crédito

15h45 – Palestra de Educação Financeira

16h45 – Entrega de Certificados

17h – Encerramento

Confira a programação em Pombos (30 de janeiro)

Local: Casa das Juventudes (Sala do Empreendedor),  sito à Rua Experidião Vieira Sandres, nº 54, no dia 30 de janeiro de 2020, das 13 ás 17 horas, conforme programação abaixo:

13h – Abertura do Evento

13h15  – Palestra de Empreendedorismo

14h –  Palestra  da Lei Geral do MEI

14h45 – Intervalo  (Coffee Break)

15h – Palestra de Linhas de Crédito

15h45 – Palestra de Educação Financeira

16h45 – Entrega de Certificados

17h – Encerramento