Programa Nossa Voz, da Rádio Grande Rio FM, presta homenagem aos 82 anos de Osvaldo Coelho

Nós somos filhos da seca.

Ela é a dona de nossas vidas.

Ela nos impõe todos os sofrimentos:

A fome, a sede, a pobreza.

As novas gerações devem ser filhas da irrigação das águas do São Francisco

Livres, prósperas, felizes.

Osvaldo Coelho 

O empresário do ramo da fruticultura irrigada e ex-deputado Osvaldo Coelho comemora, este sábado (24), 82 anos. Como tributo aos seus feitos, o programa Nossa Voz abre espaço para que as principais lideranças políticas de Petrolina, admiradores, familiares e amigos homenageiem o empreendedor e político que mudou a realidade de muitos nordestinos e principalmente, colocou Petrolina em destaque no cenário nacional.

Os ouvintes do Nossa Voz também poderão participar com mensagens através do telefone (87) 3862.1007 ou pelas redes sociais – deixando recados pela fanpage www.facebook.com/nossavoz e tweets citando o perfil @nossavozonline.

História

Osvaldo Coelho nasceu em 24 de agosto de 1981. Filho de Clementino de Souza Coelho, conhecido como Coronel Quelê e de Dona Josefa, é irmão de outros grandes nomes da política pernambucana: Nilo Coelho, o primeiro governador de Pernambuco eleito por via indireta depois do Golpe Militar de 1964, além do também ex-deputado Geraldo Coelho e, ainda, o ex-prefeito de Petrolina, Augusto Coelho.

Casado com Anamaria Coelho e pai de seis filhos, é formado a Faculdade de Direito do Recife, uma das mais antigas e tradicionais do Brasil. Dos seus 82 anos, dedicou 44 à criação de políticas públicas que favorecessem o Nordeste – com três mandatos na Assembleia de Pernambuco e oito na Câmara dos Deputados. Defensor de investimentos em irrigação para o Nordeste, Osvaldo Coelho se empenhou em fortalecer este setor no semiárido nordestino.

Entre as realizações que podem ser computadas à sua luta e ao seu trabalho, estão a construção da eclusa do rio São Francisco, que permitiu a navegabilidade do rio na área. Foi dele a luta e o trabalho que instalou um dos maiores projetos de irrigação para fruticultura que este País já conheceu e, com isso, transformou a região do São Francisco numa grande produtora e exportadora de frutas. Osvaldo ainda batalhou pela industrialização da sua cidade e seus entornos. Desta luta surgiu a Petrolina de hoje, com um comércio dinâmico e em expansão.

Como Deputado Constituinte em 1988, Osvaldo foi o autor do artigo 60 das disposições transitórias, que determinou que 50% dos recursos constitucionais destinados à educação nos Estados e Municípios sejam gastos no ensino fundamental. Foi esta determinação que criou o FUNDEF, instrumento que mudou em muito a educação em nosso País.

É ainda a seus esforços creditada a implantação da Universidade Federal do Vale do São Francisco. “Espero que as pessoas se lembrem de mim como aquele que fez tudo para fortalecer os mais fracos”, ressaltou Osvaldo Coelho.

 

Para conhecer um pouco mais sobre o pensamento de Osvaldo Coelho, consulte o Blog ‘Olhando o Sertão’ – atualizado semanalmente com textos críticos sobre o desenvolvimento do semiárido.

 

Deixe uma resposta