Eduardo e Dilma têm empate no Recife: pesquisa JC-IPMN

Eduardo e Dilma têm empate no Recife: pesquisa JC-IPMN

Pesquisa para presidente aponta Dilma com 36% e Eduardo 34% no Recife. Entre os recifenses, presidente e governador estão em empate técnico na corrida presidencial; gestão estadual tem 75% de aprovação

 DO JORNAL DO COMMERCIO

Mesmo à frente de uma gestão cujo índice de aprovação é de 75%, o governador Eduardo Campos (PSB) enfrentaria uma disputa acirrada com a presidente Dilma Rousseff (PT), no Recife, caso a eleição presidencial acontecesse hoje e os dois se enfrentassem. No levantamento realizado pelo Instituto de Pesquisa Maurício de Nassau (IPMN), em parceria com o Jornal do Commercio, os dois aparecem empatados tecnicamente em primeiro lugar. Dentre os 816 entrevistados, 36% declararam voto na petista enquanto 34% afirmaram que votariam no governador. Os outros dois prováveis concorrentes, Marina Silva (ex-PV) e Aécio Neves (PSDB) somaram, respectivamente, 4% e 2 % das intenções de votos. A margem de erro da pesquisa é de 3,5 pontos percentuais.

O número de pessoas que votariam em Eduardo Campos para assumir a Presidência é menor do que o índice de satisfação com a sua administração – 75%, sendo 28% que a consideram excelente e 47% como boa. Do grupo que considerou a gestão como “excelente” (28%), 63% confirmaram o voto no pernambucano. Mas entre os 47% que avaliaram o governo como “bom”, apenas 32% disseram que votariam em Eduardo, enquanto 40% declararam voto em Dilma.

A pesquisa JC/IPMN ouviu 816 entrevistados no Recife, nos dias 1 e 2 de abril, a partir de um plano de amostragem estratificada. O nível de confiança do estudo é de 95%.

 

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar