“Situação do Rio São Francisco é desesperadora”, alerta Lídice da Mata

“Situação do Rio São Francisco é desesperadora”, alerta Lídice da Mata

lidiceDSC07925A

A senadora Lídice da Mata (PSB-BA) fez, nesta segunda-feira (1º),  um alerta para a situação que passa o Rio São Francisco com as obras de transposição, iniciadas há sete anos e com atraso de pelo menos outros quatro. Nesta quarta-feira (3), serão realizados atos em favor do Rio em todo o Nordeste pela passagem do Dia Nacional em Defesa do São Francisco.

Ao citar reportagem feita pelo jornal O Estado de Minas, Lídice comparou o Velho Chico a um paciente agonizante em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Com problemas como poluição e assoreamento, o rio agoniza em praticamente todos os estados por onde passa. Recentemente, uma mancha escura surgiu em trechos da Bahia e Sergipe, comprometendo o abastecimento em algumas regiões.

Para a senadora, o Governo Federal tem que – mesmo com ajuste fiscal – viabilizar recursos para a recuperação do Velho Chico. “É preciso entender que o São Francisco é prioridade. Não da para empurra esse problema com a barriga. A situação é desesperadora”, disse Lídice da Mata.

Segundo trecho da reportagem do jornal O Estado de Minas, “o São Francisco definha a uma velocidade que surpreende os mais pessimistas e a transposição, apresentada como panaceia para matar a sede no Nordeste, não apenas avança a passos trôpegos, como zomba de sertanejos, ao lhes negar acesso até à pouca água que tinham antes do início da obra”.

Os repórteres do periódico percorreram 3.500 quilômetros entre Minas, Bahia e Pernambuco, para uma série de reportagens que será veiculada ao longo dessa semana.

“São milhares de famílias agonizando junto com o rio, perdendo suas pequenas lavouras e deixando animais e até os filhos com sede”, contou a senadora.

barco7c803cff6d7ae69cf477e

Projeto de autoria de Lídice prevê revitalização da Bacia do Velho Chico

Lídice é autora do Projeto de Lei do Senado (PLS) 86/2015, que institui normas para a revitalização da bacia hidrográfica do Rio São Francisco. Um dos itens é a criação de um fundo para a recuperação do Velho Chico.

Além da recuperação do rio, Lídice está estudando um outro projeto, com a sugestão de criação de um corredor ecológico ao longo do São Francisco, como forma de preservação ambiental e como forma de estimular o turismo.

Lídice disse ainda que em 2014 foram aplicados R$ 136 milhões, quando o total previsto era de R$ 245 milhões. “O programa existe, mas suas ações se mostram insuficientes para dar conta da realidade que vemos hoje”, disse a senadora.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar