COMPESA PARTICIPA DO EVENTO PERNAMBUCO NO CLIMA 2015

COMPESA PARTICIPA DO EVENTO PERNAMBUCO NO CLIMA 2015

Tavares PE-Clima

O presidente da Compesa, Roberto Tavares, foi um dos palestrantes do painel “Cidades Participativas e Inovações para Metrópoles Sustentáveis”, na programação do evento  Pernambuco no Clima 2015,  realizado ontem (5), no Teatro do  Shopping Rio Mar, evento organizado pela Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade do Estado-SEMAS. Em sua participação,  Roberto Tavares, falou sobre as atividades desenvolvidas da Compesa  que nem sempre são compreendidas pela sociedade, a exemplo da abertura de valas  para execução de serviços de manutenção e obras de água e esgoto. “As pessoas sempre lembram dos transtornos e esquecem os benefícios das  ações, que  interferem diretamente na melhoria da qualidade de vida da população”, salientou. O presidente da estatal fez um balanço  dos projetos  que estão sendo realizados pela Compesa  que irão contribuir para  sustentabilidade de Pernambuco, citando os projetos da Adutora do Agreste, que irá beneficiar 68 municípios do Agreste e o Programa Cidade  Saneada, que prevê a ampliação de 30 % para 90%, em 12 anos,  do índice de cobertura dos serviços de esgoto em 14 c idades da Região Metropolitana do Recife e mais a cidade de Goiana, na Mata Norte.

A importância dos órgãos públicos e a sociedade trabalharem  em conjunto para pensar o futuro das cidades  foi defendida pelo presidente da Compesa, Roberto Tavares. “Não é arrumando culpados que vamos construir uma cidade melhor. Temos que atuar de forma sincronizada, o público e  o privado, para que possamos  planejar ações rápidas e sustentáveis  para melhorar a  vida  nas cidades”, enfatizou.  O apoio da sociedade as causas sustentáveis  e de cidadania também foi ressaltado pelo presidente da Compesa. “Estamos  desenvolvendo um grande  programa de responsabilidade social  em todo o Estado. Precisamos  trabalhar a conscientização das novas gerações para a importância do uso  racional da água, um bem finito e que é usado ainda de forma perdulária. As novas gerações precisam entender e valorizar um produto   que é o sinônimo da própria existência do ser humano. Roberto Tavares destacou também as ações que a companhia desenvolve na área ambiental, com a produção de mudas e  reflorestamento. “Lançamos o desafio de produzirmos  1 milhão de mudas em quatro anos em nossas sementeiras espalhadas no Estado. Segundo ainda Tavares ,a Compesa não é apenas uma empresa que faz buracos. “É uma empresa que trabalha com a vida”, finalizou. A Compesa também está   participando do PE Clima com um estande na Praça de Eventos, com a presença do Robô Bio, um  robô  interativo que conversa e ensina  aos jovens e adolescentes conceitos sustentáveis.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar