Equipe de transição de Miguel Coelho condena falta de transparência da Prefeitura de Petrolina

Equipe de transição de Miguel Coelho condena falta de transparência da Prefeitura de Petrolina

Em respeito ao povo de Petrolina, a equipe de transição de governo do prefeito eleito Miguel Coelho lamenta que o atual gestor da cidade, Julio Lóssio, venha dificultando e tumultuando o processo legal de coleta de informações sobre a Prefeitura. Desde o início, buscamos trabalhar de forma técnica, correta e seguindo rigorosamente as recomendações do Tribunal de Contas do Estado, pensando apenas no interesse da população e na continuidade dos serviços.
 
Apesar do discurso do prefeito Lóssio de estar garantindo a transição, a realidade que se mostra é a oposta. Menos de 50% dos dados solicitados foram liberados pela prefeitura. Não bastasse o volumoso quantitativo de ofícios sem resposta adequada, esta equipe de transição não teve sequer acesso a algumas obras de interesse da população. Além disso, o limitado material que nos é fornecido, quando chegou, foi fora dos prazos legais, retardando o processo e criando embaraços.
 
Em virtude disso, esta equipe vem a público condenar a postura pouco republicana e sem transparência dos atuais mandatários da Prefeitura de Petrolina. Sofremos até ataques do prefeito e de alguns de seus auxiliares na tentativa de tirar o foco do que realmente interessa, a situação da Prefeitura (obras, finanças, pessoal, entre outros). Reforçamos que nossa obrigação é apenas de coletar as informações e permitir que o próximo prefeito possa garantir os serviços na cidade. Politicagem e propaganda não estão em nosso foco de trabalho.
 
Por fim, declaramos que estamos à disposição caso o prefeito Lóssio, ao apagar das luzes e com os prazos da transição quase esgotados, deseja a participação do Ministério Público neste processo. Talvez, com a mediação do MP, a equipe da prefeitura finalmente cumpra a obrigação legal de fornecer os dados que estamos solicitando há meses e que, por motivos obscuros, não nos são fornecidos.
 
​Diniz Eduardo Macedo​ – Coordenador da equipe de transição de Miguel Coelho

 

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar