Saúde sem Fronteiras Rastreamento do Câncer de Mama chega à Região de Feira de Santana

Saúde sem Fronteiras Rastreamento do Câncer de Mama chega à Região de Feira de Santana

A Secretaria da Saúde do Estado (Sesab), dando continuidade ao programa Saúde sem Fronteiras Rastreamento do Câncer de Mama, desta vez estará na Região de Feira de Santana. As equipes atuarão em 27 municípios da Região de Feira de Santana, com uma demanda de 34.620 mulheres. O atendimento, que começa amanhã (03/12), prosseguirá até o dia 21/12, com a realização de exames de mamografia em mulheres de 40 a 69 anos.

O atendimento começa as 7h da manhã e prossegue até 18h. Para ser atendida, a mulher (40 a 69 anos), deve levar um documento de identidade com foto, o Cartão do SUS e um comprovante de endereço no município.

De 03 a 19/12, as unidades móveis, equipadas com mamógrafos de última geração, atenderão nos seguintes municípios: Ipirá (15 dias), Baixa Grande (11 dias), Serra Preta (8 dias), Pintadas (6 dias) e Pé de Serra (8 dias).

A partir de 04/12, até 21/12, as equipes estarão nos seguintes municípios: Riachão do Jacuípe (15 dias), Santa Bárbara (11 dias), Tanquinho (5 dias), Candeal, (4 dias), Ichu (4 dias), Gavião (3 dias), Nova Fátima (5 dias), Santanópolis (5dias), Anguera (6 dias), Santo Estevão ( 15 dias), Irará ( 15 dias), Rafael Jambeiro ( 13 dias), Ipecaetá (8 dias), Antonio Cardoso (6  dias) e Capela do Alto Alegre (8 dias).

Já de 7/12 a 20/12, o atendimento será feito em: Mundo Novo (12 dias), São Gonçalo dos Campos (15 dias), Amélia Rodrigues (14 dias), Coração de Maria (12 dias), Conceição do Jacuípe (15 dias), Terra Nova (7 dias) e Teodoro Sampaio (4 dias).

Para as mulheres com diagnóstico positivo, o tratamento cirúrgico, quimioterápico ou radioterápico será realizado em unidades de alta complexidade em oncologia. Este programa é uma ferramenta de acesso da mulher às ações de atendimento, diagnóstico e tratamento do câncer de mama.

O Saúde sem Fronteiras, programa da Secretaria da Saúde do Estado, tem como diferencial o acompanhamento das mulheres com mamografias inconclusivas, com a oferta de exames complementares para o diagnóstico e o encaminhamento ao tratamento, visando a integralidade do atendimento.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar